História Limite || [Namjin] - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Fanfic, Hoseok, Jhope, Jungkook, Lemon, Namjin, Namjoon, Park Jimin, Seokjin, Suga, Taehyung, Vizinhos, Yaoi
Exibições 349
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annygasheio!
Preparem para uns dramas nos próximos capitulos hehe <33
~perdõe algum erro.
Boa leitura!

Capítulo 30 - Cometemos um erro


O ano definitivamente havia se passado muito rápido, muitas coisas aconteceram esse ano que viraram minha cabeça para baixo. O namoro ás escondidas com Joonie, a confissão de Jimin, a separação dos pais do Tae... Sim, se separaram ah algumas semanas, e pelo que sei, Taehyung está acomodado na casa de Jimin, que ficou altamente feliz em abrigar o amigo, amigo no qual guarda sentimentos profundos. Yoongi anda muito focado nos estudos, até estranhamos algumas vezes que ele negou sair para comer fora junto com nós todos, de acordo com ele, se acabar o ano com uma média boa, talvez consiga entrar para a universade que ele tanto quer de Busan. Jimin irá fazer medicina, e como seus pais têm uma boa condição financeira, conseguira entrar no curso facilmente. Tae anda perdido, não sabe oque vai fazer com a vida. Em alguns momentos aleatórios, Joonie fez menção á seu sonho de viajar, conhecer pontos turísticos, e até mesmo sair da Asia, coisa que em minha cabeça seria considerada impossível. Sobre nosso relacionamento, apenas os garotos e a mãe de Namjoon sabem por enquanto, estamos planejando contar á minha mãe quando nos formamos. A idéia de dividir um apartamento com Joonie durante o ensino superior parece bom. Pode parecer impossível, mas em questão á toques e coisas do tipo, não fizemos nada demais, Namjoon parece entender meu ponto de vista, não quer ir rapido demais, afinal, fazem pouco menos de seis meses que estamos juntos. Um longo tempo já se passou. 

— A america talvez. — Disse Joonie, sentado ao meu lado no sofá, com um dos braços por meus ombros, e acariciando meu joelho com a outra mão. Estávamos sozinhos em casa, oque significava que poderíamos ficar juntos.

— Namjoon, para de falar asneiras. 

— Não estou falando. Oque acha de vir comigo? Huh? Nós dois, passeando pelo mundo. — Ele deposita um beijo em minha bochecha, me fazendo soltar um sorriso de canto. — Não tem curiosidade em saber oque ah por aí?

— Ter eu tenho, só... Isso não faz parte da minha realidade.

— E oque faz?

— Estudos, casa fixa, e agora você. — Um sorriso se abre em seu rosto, e posso perceber a vermelhidão em suas bochechas.

— Eu não fazia parte, podemos colocar o termo "viajens" aí também, não acha?

— Shh. Pare de falar nesse assunto. — O dou um leve empurrão, saindo de seu abraço para pegar o controle da TV.

— Então sobre oque quer conversar?

— Qualquer coisa, menos isso. — Ele se ajeita no sofá, com os olhos fixos em meu rosto.

— Podemos ver um filme. — Assinto para seu chute. — Conheço uns legais.

Joonie toma o controle de minhas mãos, fuçando pelos canais da TV, até parar em um aleatório, que passava um filme aleatório, algo como "Aguas Rasas" era o titulo do filme.

Sua cabeça apoia-se em minhas coxas, e quase que imediato coloco uma das mãos sobre seu cabelo, fazendo uma carícia entre seus fios.

— Quando você disse que sua mãe chega?

— Em meia hora.

— Jin. — O olho. — Já pensou em falar para ela.

— Sim, Joonie... — Respiro fundo. — Eu vou falar, só não sei quando.

— Podemos morar juntos, não seria bom?

— Sim, seria.

— Então, porque não o fazemos?

— Shh, presta atenção no filme.

Assim se encerra o assunto, que se resumiu em carícias trocadas e alguns selinhos rápidos até minha mãe chegar, com um olhar nada bonito sobre nos dois. Admito que fiquei com medo, da última vez que ela estava assim foi quando eu anunciei meu vermelho em matemática. Aquela época minha mãe havia me dado o videogame, fiquei viciado por semanas, acabando por esquecer os trabalhos da escola.

— Seokjin, depois precisamos conversar. — Ela disse, se dirigindo ás escadas, e subindo para seu quarto.

— Fez algo de errado? — Se questionou Namjoon, levantando a cabeça de meu colo.

— Alem de estar com você, não.

— Esta me chamando de coisa errada? — Ele sorri, aproximando o rosto.

— Talvez... — Estreito os olhos, com um sorriso formado em minha boca.

— Menino mal. — E assim nos beijamos.

As vezes, fazemos atos por impulsos, não ligando para oque estava a volta, ou ate mesmo no andar de cima. Com isso em mente, podemos dizer que cometemos o maior erro da minha vida.

— Seokjin!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...