História Limite || [Namjin] - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Fanfic, Hoseok, Jhope, Jungkook, Lemon, Namjin, Namjoon, Park Jimin, Seokjin, Suga, Taehyung, Vizinhos, Yaoi
Exibições 441
Palavras 857
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annygasheio!
~perdõe algum erro.
Boa leitura!

Capítulo 35 - Rapidinho


Park Jimin.


Arregalo os olhos ao ouvir sua habitual voz rouca, parando de dançar. Ele... Senhor! Que vergonha!

— Porque parou? Vamos continuar... — Uma de suas mãos desceu para minha cintura exposta, fazendo-me mecher novamente conforme a música. Engulo em seco, com um mínimo sorriso em meu rosto que eu tentava reprimir. Voltei a mecher meus quadris por vontade própria, sentindo o pó entrando em minha boca. Solto uma risada baixa, engasgando momentaneamente.

— Oque foi? — Tae me pergunta.

— O pó veio parar na minha boca. — O respondo em quanto limpo o canto de minha boca com uma das mãos, e a sacudindo.

— Desastre. — Ele dá um riso rouco próximo a meu ouvido, e um arrepio corre por todo o meu corpo. Oque eu estava fazendo? Não tinha ideia, mas eu estava gostando. — Está bonito com essa pintura.

Tae diz em quanto passa uma das mãos sob meu abdômen, causando-me mais arrepios. Sua mão fica levemente manchada, mas ele parece não ligar, subindo a mão em neon para meu mamilo. Admito que fiquei com vergonha, mas ninguém alí parecia notar oque estávamos fazendo. O sinto esfregar seu membro em mim, me fazendo encolher os ombros, e cravar as unhas em suas mãos. Ele reclama, mas continua, distribuindo carícias com a mão sobre meu peito, dando alguns passos para o lado. Eu sabia onde ele estava querendo ir, eu sabia oque ele queria, e eu certamente, também queria. 

Sua mão sobre minha cintura me guia para um corredor estreito, que daria no vácuo. Um frio na barriga me atormenta quando Taehyung se põe á minha frente, apoiando as mãos na parede atrás de mim. Ele morde o próprio lábio inferior, descendo os olhos por meu rosto, por meu pescoço. Tae sabia me intimidar, isso era tão intimidador!

— Não posso ver a cor que está suas bochechas, mas tenho certeza de que está com vergonha. — Ele ri, colocando uma das mãos sobre minha bochecha não-pintada. 

— Aigo... — Dou um sorriso tímido, olhando para seu rosto, que estava próximo até demais.

— Tão fofo.

São seus últimos dizeres, até que seu rosto se inclina para o lado, colando sua boca á minha com os olhos fechados. Meu coração dispara, mas tento não parecer tão nervoso quanto realmente estava. Subo meus braços á volta de seu pescoço, dando uma breve levantada nos pés por conta de minha altura. Seus lábios se movem lentamente, em sincronia com os meus, alternando o lado que a cabeça ficava tombada, dando-lhe mais movimentos sobre minha boca. Sua lingua toca em meio á meus lábios pela primeira vez, que eu hesitou, mas cedo por fim. 

Colocou sua lingua para dentro de minha boca instantaneamente, dando-me o frescor da bebida amarga com gosto de limão, e a mesma se enrola á minha, fazendo leves movimentos. As mãos de Taehyung param em minha cintura, descendo calmamente para minhas coxas fartas. Com impulso, ele me faz levantar, me colocando com as pernas á volta de sua cintura, pressionado contra o duro da parede, e o duro de Taehyung.

Subo uma das mãos entre seus fios de cabelo, dando um leve puxão, oque o faz grunhir contra meus lábios. Sorrio com satisfação, soltando algo parecido como um gemido ao sentir um aperto forte de suas mãos sobre minhas nádegas. Ele ri contra meus lábios, parando o beijo para a busca de ar. Arfo quando seus lábios já avermelhados descem para meu pescoço, com beijos molhados ou chupões. Á essa hora, eu não me importava mais com a tinta neon, somente aos lábios de Taehyung, e oque eles poderiam me oferecer.

— Tae... — Sussurro seu nome, mas ele não parece ouvir, dando uma mordida fraca em meu queixo.

— Estamos em uma balada, temos que nos contentar com pouco. — Ele profere, e fico confuso por alguns instantes, fitando seus olhos suplicantes. — Aish... Pode... Hm... Colocar a mão... Como posso dizer sem parecer que quero te estuprar... — Arregalo meus olhos, e ele ri. — Pode dar um jeito no meu problema abaixo, com suas mãozinhas?

Meu rosto esquenta com seu pedido, me deixando sem reação por alguns instantes.

— É rapidinho. — Ele chupa meu pescoço, me ocasionando um arrepio por todo meu corpo. Relutante, desço minhas mãos por seu corpo coberto, abrindo os botões iniciais de sua calça. Um sorriso se forma em seu rosto, e ele continua a me segurar pelas coxas. — Vou evitar fazer barulhos.

Assinto, deslizando minha mão para dentro de sua boxer, e engolindo em seco ao notar o membro rígido presente. Entimidsdo e envergonhado, o apalpo com minha mão, recebendo um "Mm" de Taehyung, que apoia sua cabeça ao meu ombro. Ao começar com leves movimentos na masturbação, ele geme ao meu ouvido, ocasionando-me uma excitação súbita. Eu não podia negar, que meus sentimentos por Tae nunca morreram. 

— Jiminie... — Ele chama meu nome com sua voz rouca e arrastada, prensando os próprios lábios contra meu pescoço. Aperto seu membro, o sentindo molhado pelo pré-ejaculatório, junto á minha mão lubrificada. Tae da uma palmada em minha nádega de surpresa, oque faz-me dar um pulo sobre seu apoio. Ele ri, mordendo meu pescoço logo em seguida.



Notas Finais


PS: ultimo capitulo por hoje. Tenham um bom sono! <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...