História Limoeiro - Capítulo 69


Escrita por: ~

Postado
Categorias Turma da Mônica, Turma da Mônica Jovem
Personagens Cascão, Cebola, Magali, Mônica
Tags Magali + Cascao
Exibições 30
Palavras 1.632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


(mil perdoes pela demora . a culpa toda foi da facu e das malditas provas e trabalhos q os profs inssitem em parcar tudo junto e proximo de mais ai ficamos sem vida. mas graças a deus sou nerd e ja to de ferias kkk nada de sub e de recuperaçao pra mim \o/ me deem parabens pq o indice de reprova foi alto kkk momento sou foda kkkk to feliz de mais! esta chegando o fim da saga ^_^ opiniões são muito bem vindas)

Capítulo 69 - Longas explicações.


Fanfic / Fanfiction Limoeiro - Capítulo 69 - Longas explicações.

Como o esperado...

 Era logico que o time do Dc havia ganho o torneio feito no cemitério assombrado e com isso muitos membros dos outros times derrotados foram obrigados a se juntarem a nós, ou melhor o time dele.  E como foi uma coisa contra a vontade deles logo a base tomou a posição de deixar estas pessoas em “papeis” inferiores ou secundários só podendo ser realmente um membro da equipe caso "prove" a sua fidelidade.
Achei no mínimo inteligente.

Mas me preocupei por causa da demora do retorno do grupo a base. 

Nada de Magali. 

Nada de Dcontra. 

Nada de Monica. 

A onde eles estavam?

Em todo caso eu não tinha tempo para ficar ali na base do Dcontra um cara que eu nem concordava ou trabalhava em conjunto esperando como um cachorrinho domesticado.
Sai e fui resolver as minhas coisas.

E claro que o meu eterno cachorro domesticado veio junto rerere.

Com todos focados no torneio e seus resultados eu me senti livre para ir atrás daqueles clones que havia visto a um bom tempo. 
Mas a onde eles estariam agora?

Fica dificil com tantas cosias acontecendo e tanto tempo em que deixei isso pra traz, sorte que eu não tinha deixado completamente de lado, isto é, os amigos/ familia do Cascão que iam vendo todas as coisas que eu precisava enquanto eu podia ajudar o grupo e ainda os manter seguros longe de suas burrices. Que foi? Eu não sou mal eles que são um bando de drogados.

Mas infelizmente o maior burro desta equação fui eu.

 

Entreguei o coelho sem pestanejar.

Lembram disso?

Se não lembram voltem aos primeiros caps que vai estar lá.

Eu fui idiota e entreguei aos inimigos o que eles queriam sem nem pensar no por que eles queriam aquilo, só pra ter uma meia vantagem que agora não me valhe de nada.

Burro.

Burro.

Burro.

Imbecil!

Ok! Eu posso ter feito a maior cagada do seculo e agora tinha que ter mais informações para resolver.              E eu não confiava tanto assim no Dcontra pra pegar algo com seu grupo. O que foi? Me julgue se quiser mas eu não vou mudar! Já fiz muito por eles e você sabe. Perdi coisas e ate morri varias vezes.

 

---- Esta guerra toda já esta enchendo o saco não.

Eu estava concentrado em meus planos e mal reconheci a voz do louro.

Ele entra e fica a olhar minhas anotações em pleno silencio e assim se vai alguns minutos e volto a me esquecer de sua existência. Eu tinha que descobrir que diacho eram aqueles clones e tudo mais; ligava todos os dias para conversar com Antônio e o anjo e para facilitar o nomeamos de Ângelo.

---- Muita coisa já aconteceu acho que já chega não é mesmo? ---- ele volta a falar e volto a recobrar a lembrança de que ele estava ali o tempo todo.

Só então noto que este estava acompanhado de um cachorro de pelos azuis.

Fico olhando o pequeno cão que muito bem comportado olhava a tudo e hora ou outra coçava as longas e caídas orelhas. Não podia ser o mesmo cão.                                Floquinho tinha sido contaminado, mas mesmo assim já estava velho; enquanto este...

---- Podemos dar uma volta? ---- o tom dele soa serio e desta vez o olho e ele esta a me encarar frio e serio como se fosse capais de ler a minha alma.

Não sei por que, mas engoli seco e me levantei e logo ele saiu pela porta e eu o segui pelos corredores estranhos daquela base ate sairmos e chegarmos a garagem do lugar e o cãozinho vinha saltitando a seu lado, tudo era muito sinistro e estranho.

Logo ele parou em frente a um carro, o que era muito estranho já que o Dcontra só mantinha hônibus grandes ali ou outros armamentos.         Abriu a porta e entrou deixando a aberta para que eu entrasse também.
Mais uma vez respirei fundo e entrei.

Pude ver que o Xaveco estava no banco da frente lendo algo como se nos esperasse e o cãozinho pula para o banco do motorista, mas ninguém se move.

---- Não vai fechar a porta? ---- posso ouvir uma voz desconhecida mas não localizo a origem e logo ouço claramente Xaveco rir um riso debochado. ---- Vamos então. ---- e assim noto a origem da voz. O cãozinho.

---- Mas o que...?

---- Este é o Bidu lembra dele? ---- o louro me pergunta tão tranquilo ao ver o pequeno cachorro ligar o carro usando de aparelhos para deficientes e assim sair. ---- Monica, Cassio e Magali estão muito ocupados agora e eu não posso mais esperar. Na verdade acho que enrolei de mais para por vocês apar de algumas coisas. ---- ele fala serio me passando uma pasta simples. ---- Para resumir a coisa toda eu sou membro de um grupo. Ele não tem nada haver com esta droga toda, mas vamos por partes tudo bem? ---- eu podia ver as ruas passando rápido, logo estávamos longe do centro. Podia ver Xaveco abri pequenos portais por onde passávamos seguindo muito rápido por um caminho que era nítido que todos ali conheciam muito bem. ---- Eu fui descoberto depois de ser salvo por eles. Não são ruins mas tomam todas as precauções possíveis para salvar vidas e isso inclui deixar esta cidade isolada do resto do mundo, e acalmar seu dono o CF enviando criminosos e ate mesmo loucos para preencherem suas ruas em troca de ele ficar aqui. Um acordo que faz bem a ambas as partes, afinal CF não parece ter um plano la muito fácil de se entender.

---- Então me diga só uma coisa. ---- corto sua tagarelice por um segundo. 

---- Claro. O que eu puder.

---- Pra que o passeio de carro? O que quer me mostrar que não pode dizer lá?

---- Na base do Avesso? ---- ele questiona cético sabendo bem da minha implicância e eu meio que me alegro de ele sentir o mesmo.

---- Você tem razão. Também não confia nele?

---- Não é isso.

---- Então o que é?

---- É que se ele não provar você não vai entender e nem acreditar. ---- o cachorro fala novamente me perturbando a paz. Mas a esta altura e com tanta doideira eu não ia implicar com um cão que fala. ---- O garoto. Aquele que estava preso sobre os escombros... Ele te disse algo sobre seu ódio? A fonte dele culpar vocês?

---- Não. ---- respirei fundo para saber se contaria sobre os tais clones de uma vez ou não. ---- Mas vi algo que me perturbou muito. Por que isso seria nossa culpa? Pare de enrolar!

E então franjinha respira fundo e desembesta a falar.



 


Ele fala e fala ate que chegássemos a fazenda do primo da Monica.

Em resumo:                       Pra explicar mesmo do jeito menos confuso e louco que eu consigo...

Magali era uma bruxa.

Como assim? Tipo ela tinha magia e tudo mais que você deve esta imaginando; ele me explicou que bruxas existem mesmo e a séculos umas são hiper velhas e são uma raça que nasce assim como nós humanos só que elas tem poderes, bem ao estilo Harry Potter mesmo com sua propria cultura mais... Maldosa. Só que assim como no livro famoso a Magali não sabia ate que o Dc contou a ela; ela foi tirada da Coven que é o nome de um clã de bruxas pela mãe antes mesmo de ter chance de saber de algo. A mãe dela que também é uma bruxa não queria que a filha fizesse parte deste mundo e se casou e a teve com um “trouxa” (vou usar os termos de HP pra facilitar) resumindo ela era uma desertora da raça. Mas parece que assim como em Dragom Balll um mestiço é bem mais forte que um sangue puro e a nossa Magali é mais que um prodigio. Alem disso tudo tem a explicação da fome extrema da Magali que seria por que ela não esta comendo o que precisa, como sendo uma bruxa ela teria que comer... uma coisa mais expecifica.

Ai vinha a Monica.

Esta tinha recebido a radiação de um objeto vindo do espaço, que ele não soube identificar direito o que era. Mas era de la que vinha toda a sua força (força não resistência já que ela tinha que bater com algo se não se feria normalmente), mas por algum motivo só ela tem esta força da família toda. Não da pra resumir muito o dela ate por que ele mesmo não tem toda a informação.

Ai vem o Cascão.

Este eles não conseguiram explicar sem contar a historia completa do C.F. Franquilin ate deu uma lacrimejada ao lembrar. Parece que tinha sido ele a salva-lo no passado de algo horrível que ele não quis comentar. Mas logo contou que este mesmo homem que antes bom e justo era o membro mais valioso do grupo onde ele mesmo trabalha agora; mas que foi contaminado por algo... Algo que tinha vindo do mesmo lugar que as habilidades da Monica. Mas infelizmente isso havia não só o dado as habilidades mas o deixado louco; completamente insano ou seguindo uma logica que nós simplesmente não conseguimos entender.           Foi nítido o quanto era difícil para ele contar e falar sobre seu salvador caído e convertido, mas logo tratou de resumir e dizer que Cascão seria seu único descendente, que na verdade o cara não era seu tio e sim seu pai biológico mesmo como já imaginávamos, e por conta disso acabou herdando suas habilidades, mas sem a loucura que o consumiu.

E então foi a minha vez.

Ele olhou bem nos meus olhos e começou a falar.


Ass: Negi Menezes da Silva _I_


Notas Finais


(Espero mesmo que nao tenha ficado massante ou confuso. qualquer duvida por favor me falem que vou arumando ou explicando melhor tudo pq tem muito detalhezinho minimo. E desculpem mas planejo matar mais alguns personagens kkk calma que na Petangueras eles tao vivos ainda kkkk )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...