História Lingerie - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Kordeihalfling

Postado
Categorias 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, 50 Tons de Cinza, Amizade Colorida, Azul é a Cor Mais Quente, Beyoncé, Fifth Harmony, Jennifer Lopez, Mariah Carey, Melanie "Mel B" Brown, O Diabo Veste Prada, One Direction
Personagens Alex (Nate), Beyoncé, Dinah Jane Hansen, Jennifer Lopez, Lauren Jauregui, Liam Payne, Mariah Carey, Melanie Brown, Niall Horan
Tags Chefe, Funcionária, Hot, Romance Gay
Exibições 111
Palavras 1.409
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey Beautiful!! Prontos para mais um capitulo eletrizante de Lingerie? Então divirtam-se e muita Victória's Secret pra vocês!!

Capítulo 2 - Muita confusão para um dia!!!


Mariah Carey on

"Mariah, quero você na minha sala em 5 minutos!" Ouço a voz da minha chefe no comunicador e respiro fundo. Sabia que ela estava mais do que nunca nos seus dias de mau humor e que provavelmente eu era a culpada sem nem ao menos saber o que houve.

Olho para a cadeira da frente e encontro minha amiga que me olha e sorri com aquela típica expressão maliciosa no rosto. E como sempre eu apenas reviro os olhos com um pequeno sorriso no canto dos lábios e me levanto em direção a grande porta de madeira onde o Demo... Digo, minha chefe me espera. Dou três singelas batidas na porta ouvindo um "entra" singelo.

"Deseja alguma coisa Srta. Lopez?" Indaguei encarando-a. Ela estava usando uma camisa social branca, com uma calça social preta e saltos vermelhos que julgo ser escarpim. Ela me encarou por cima dos pequenos óculos de grau que usava por não mais que três segundos e volta à papelada em sua mesa.

"Quero que ligue para a Lauren Jauregui e mande trazer o catálogo das novas modelos, depois ligue para o Gosling e mande trazer para mim as novas opções de modelos para a Calvin Klein, e mande o Office Boy entregar esses papéis em cartório e trazê-los assinados, e depois ligue para o agente de Jennifer Aniston e pergunte se ela confirmou a nossa entrevista sobre o novo seriado." Ela disse fazendo aquelas típicas pequenas pausas e falando calma, mas ao mesmo tempo rígida.

"Mais alguma coisa?" Perguntei esperando uma nova lista que não veio.

"Sim, eu fiquei de te dar folga nesta Sexta-feira, mas o agente de George Clooney estará na cidade então eu quero que marque uma entrevista para no máximo semana que vem não mais do que isso, e me traga os relatórios da lista de compra e venda e depois você vai acompanhar a sessão de fotos da Victoria's Secret comigo então sua folga será adiada por tempo indeterminado." Quando ela disse aquilo me desesperei eu tinha marcado compromissos para Sexta não podia ficar.

"Mas Srta eu já marquei um compromisso para Sexta que eu..."

"E o que seria tão importante que você tenha que faltar ao trabalho nessa altura de campeonato?!" Ela me encarou feroz e analítica. Desgraçada!!

"O aniversário do meu pai." Eu suspirei dizendo mas para mim mesma,mas ela ouviu.

"Bom, eu creio que o aniversário do seu pai seja todo dia não é mesmo?! E além do mais ele não irá morrer se você for no Sábado ou Domingo ou irá?!" Minha cabeça bolou mil respostas diferentes para deferir a ela, mas eu me controlei ouvindo meu cérebro gritar "Vadia" a plenos pulmões.

"Não Srta."

"Ótimo. Mande o estagiário trazer meu café com creme e sem leite. É só isso." Eu saí dali com tanta raiva que não me dei nem o trabalho de pedir licença apenas sai. Tudo o que queria era espancar aquela mulher até a morte! Eu sei, pararia na cadeia e mancharia meu nome em mercado, mas não me arrependeria nem um pouco disso.

Eu sou Mariah Carey, secretária de Jennifer Lopez que não é nada menos que uma das pessoas mais importantes de Nova York, a dona e presidenta da revista VIP. Conhecida por todos como a Imperatriz de Gelo, mas eu costumo chamá-la de... Bom, deixa pra lá e essa é a minha maravilhosa vida. Que odeio só essa parte.

No Pov

Jennifer ignorou a saída apressada de Mariah e suspirou jogando-se contra a grande cadeira de couro extremamente confortável ao qual estava sentada. Estava cansada, sexualmente frustrada e visivelmente irritada com tudo. Mas em si sabia que seus funcionários não ligavam tanto para isso, já estavam acostumados e se não estivessem que se habituaram a ela ou arrumassem outro emprego. Era assim que ela agia.

Os únicos problemas nos quais realmente se importava eram os seus e seu dilema era claro que já os tinha mais do que o suficiente para se preocupar com o alheio. Mas não era como se fosse a própria dama de ferro! Mas no mundo em que vive deve ser assim ou será pisada. E Jennifer era orgulhosa demais para se deixar pisar por qualquer um! Por isso pisava primeiro. Mas esses pensamentos foram interrompidos por seu telefone tocando de forma estridente. Ela olhou sem interesse algum e assim permaneceu,mas esse não era algo dispensável infelizmente. Mas bem que poderia...

"Alô?" Ela tentou parecer menos tão sem emoção. Sem sucesso.

"Oi,está ocupada?" A voz masculina demonstrou-se animada e tentou ser sexy. Sem sucesso.

"Sim. Por que?"

"Porque eu estou aqui na porta da sua empresa pensando em te levar para tomar um café, o que acha?"

Pensamento 1: "Acho que você deveria ir se foder!"

Pensamento 2: "Acho que você deveria enfiar esse café no seu rabo."

Pensamento 3: "Acho que você deveria se tocar e não encher a porra do meu saco!"

Realidade...

"Acho que será mais fácil se comprar o café e trazer pra mim. Com leite e creme. Ah,e não se esqueça dos Croissant. Não se atrase." Ela disse autoritária e se aproveitando da situação um pouquinho.

"Já disse que adoro esse seu jeito mandona? É muito sexy,amor. E não se preocupe é só o tempo de pegar seu elevador e já te vejo. Beijos." Ele disse rindo e desligou fazendo-a bufar. Mas que porra! Como se já não bastasse o seu dia ter começado uma merda ainda teria que atura-lo. Affs!

E os segundos não se arrastaram nem um pouco até ele chegar e ser anunciado por Mariah enquanto ficava secando-a como um lobo faminto. Mas a situação mudou quando entrou na sala de Jennifer encontrando-a com os olhos vidrados no computador. Ela olhou de relance encontrando o homem não muito alto,branco,careca,com barba em fase de crescimento como um adolescente e usando um terno preto simples. 

"Jennifer Lopez. A mulher dos meus sonhos." Ele sorriu galante e ela não se preocupou nem um pouco em fazer disfarce e revirou os olhos. "Ainda vou fazer você revirar esses belos olhos por outros motivos." Sonhe! É de graça e não mata.

"Casper Smart. O que você quer garoto?" Foi direta e não se preocupou em encará-lo.

"Não tenho o direito de ver minha futura esposa?" WTF?

"Esse é o seu jeito de me pedir em casamento? Está perdendo seu tempo Casper." Ela levantou e abaixou uma sobrancelha e encarou-o por não mais que dois segundos degustando seu café que por sinal estava ótimo.

"Quanto tempo vai se negar? Nós queremos um ao outro e isso é fato." Ele se levantou caminhando até a cadeira de couro dela onde chegou pousando suas mãos nos ombros dela e massageando-os devagar. "Você me quer tanto quanto eu te quero. E só eu posso satisfazer os seus desejos eu... Mas que porra é essa?" Sim,ele havia chegado perto do pescoço dela e encontrou o chupão vermelho ali.

"O que?" Ela se fez de cínica. Com sucesso.

"Esse chupão no seu pescoço!! QUEM FEZ ISSO? Alguma vadia? Sua secretaria?" Aquilo trouxe toda aquela raiva matinal de volta fazendo-a se levantar e se por diante dele. Com o café na mão.

"Primeiro: NÃO grita no meu ouvido! Segundo: Você está no meu local de trabalho eu exijo respeito! Terceiro: O que eu faço ou deixo de fazer da minha vida é um problema meu! Agora sai Casper!" Ela foi até a porta e abriu para ele sair.

Ele encarou-a com raiva explícita e caminhou para a saída,mas antes de ir roubou um beijo de Jennifer que empurrou contra porta deferindo-lhe um tapa forte que deixou o rosto dele vermelho e o empurrou para fora. Ele caiu no chão. Mariah e Dinah encaravam toda a cena estáticas.

"SUA VADIA!! VOCÊ ME PAGA POR ISSO!!" Ele gritou e ela sorriu com maldade explícita.

"Pode ser com isso aqui?" Ela apontou o copo de café e jogou contra ele na direção de seu membro fazendo-o gritar pela quentura. As secretarias continuavam sem ação e de repente os dois funcionários que saíram do elevador também. "Some Casper. Some de vez!"

Dito isso,ele se levantou com dificuldade e saiu xingando um dicionário inteiro enquanto Jennifer ria de vê-lo andar de perna aberta como um gay. Após a brincadeira ela fechou a porta de sua sala voltando-se para dentro dela enquanto suas secretarias continuavam sentadas e estáticas.

"Você viu aquilo?!" Dinah disse e Mariah assentiu devagar. Uma palavra mesmo sentimento: Wow!


Notas Finais


Wow mesmo!! E ai,gostaram? Me contem tudo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...