História Linha Tênue - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Tags Swanqueen
Exibições 203
Palavras 2.325
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um pra fechar a noite !

Capítulo 12 - Cap 12


Fanfic / Fanfiction Linha Tênue - Capítulo 12 - Cap 12


Quarta-feira 


               Buscar segurança !

Quando acuados ou em duvida a primeira coisa de que precisamos é buscar segurança, em um amigo, em um familiar, em nossos próprios pensamentos. Alguns se resolvem muito bem sozinhos, outros precisam de acolhimento, de conselhos, de força e de estimulo pra tomar alguma decisão e se posicionar frente a vida. 
Regina Mills era uma mulher "sozinha", seus pais falecidos a muito tempo, sua irmã, sua família mais próxima morava a quilômetros de distância, tinha uma vida corrida e cheia de compromissos, desde que ela se lembra sempre esteve de certa forma sozinha... ambas foram criadas de maneira diferente, talvez pela idade, talvez pela personalidade tão distinta. 
Regina sempre foi mais reservada e cautelosa, com suas palavras, com seus brinquedos, com suas notas, sempre esforçada em ser a filha perfeita, em ter os melhores resultados em tudo, sempre tão esforçada em manter tudo sobre controle desde sempre, Zelena por sua vez assim como seus cabelos longos ruivos e rebeldes era na vida a rebeldia em pessoa, quando adolescente saia escondido pra como dizia sua mãe vadiar com seus amigos e toda a sorte de peripécias propicias pra uma adolescente.

 Conforme o tempo foi passando a distinção entre as duas só aumentava, Regina saiu da cidade apenas pra fazer faculdade e investir em seus estudos voltando o mais rápido possível, Zelena não via a hora de dar um fora da cidade pequena, sempre ansiou por conhecer o mundo, por aventurar-se em outros lugares, conhecer pessoas novas, ser alguém importante e fazer mais do que ter filhos e ser sustentada pelo marido em uma cidade pequena. Ao longo de suas descobertas muitas coisas foram omitidas de sua família, muitas experiencias e gostos jamais revelados, mesmo a sua irmã... 
A ligação das duas era forte apesar de tudo, Regina sempre que possível encobria as escapadas de Zelena e sempre que seus problemas surgiam era no colo uma da outra que encontravam a solução pra tudo, foi assim que elas lidaram com a perda dos pais uma dando força e incentivo a outra... mas o caminho das duas com certeza não estava destinado a ser traçado no mesmo lugar. 


Pouco tempo depois de seus pais morrerem Zelena decidiu que era hora de abrir suas asas em definitivo e partiu pra NY a cidade da moda! Regina por sua vez usou seus conhecimentos em administração pra se candidatar a prefeita de Storybrooke, a muitos anos ela comandava a cidade com maestria, sempre evitando o contato pessoal mas exercendo muito bem seu cargo e dando crescimento e condições favoráveis pra que todos vivessem confortavelmente na cidade. 


Os anos se passaram e os encontros entre as duas ficaram cada vez mais escaços, Zelena foi galgando pouco a pouco o seu sucesso e hoje era diretora de uma das mais importantes revistas de moda do pais, Regina por sua vez contentou-se com a vida na cidade pequena mas sempre sentindo que faltava alguma coisa... 


Depois de muito refletir tomou a decisão de adotar uma criança e foi o que fez, foi até Boston buscar um garotinho rosado e rechonchudo a quem chamou de Henry Mills em homenagem a seu falecido pai. Os anos se passaram e as coincidências aconteceram até que Henry por fim juntou alguns pontos e acabou na porta de Emma Swan ! 


Como um garoto de dez anos foi parar na porta de uma estranha em Boston continuava sendo um mistério, mas o garoto era esperto, levantou documentos, caçou assunto aqui e ali e acabou por localizar sua mãe biológica, de fato o google ajuda em muita coisa hoje em dia. 
Por fim ele trouxe sua mãe pra cidade e depois de anos de insistência, brigas, conversas e fugas Regina e Emma decidiram que o melhor para o bem estar do garoto era de fato se juntar na criação do menino, com sua experiencia na policia e o falecimento do xerife da cidade Emma foi incumbida de se tornar a xerife da cidade. Ela mudou toda sua vida, abandonou amigos e anos de solidão na cidade grande pra reconstruir sua vida em Storybrooke ! 


Maior ainda foi a coincidência e a surpresa em saber que seus pais biológicos estavam no mesmo lugar ! 
Emma Swan foi resgatada em uma gigantesca operação policial quando estava prestes a ser contrabandeada para o exterior ainda bebê, ela havia sido roubada de seus pais com poucos dias de vida, e sem documentos, provas ou qualquer tipo de pista foi impossível localiza-los naquela época. Depois de passar anos entre orfanatos, lares adotivos e o reformatório ela já havia perdido a esperança de um dia encontrar a sua família, afinal ela nem ao menos sabia se havia sido entregue ou sequestrada realmente. 


Seu companheiro de policia na cidade era David Nolan, casado a anos com o primeiro amor de sua vida Mary Margaret ele confidenciou a Emma sua historia e como ele e sua esposa haviam perdido seu precioso bebe a mais de vinte anos, e com uma unica foto da criança ainda guardada em sua carteira todo o mistério foi solucionado ! Emma ainda tinha a mesma roupa e coberta com que foi encontrada e resgatada a mesma roupa e manta que usava naquela foto....  


Sim Storybrooke parecia uma cidade mágica !! As historias de milagres e lendas urbanas faziam a fama da pequena cidade e por fim a família de Emma Swan havia sido reconstruída, e mesmo que ainda se sentisse extremamente culpada por ter dado seu filho pra adoção ela também se sentia extremamente realizada em agora poder fazer parte de sua vida e tentar corrigir seu gigantesco erro passado. 

****


Regina embarcara cedo com destino a NY  e em breve estaria na cidade, seus pensamentos durante o tempo de voo seguia sendo em Emma e na pequena mágica envolvida em tudo que mencionei acima... ela não tinha muita certeza de como iria contar a sua irmã tudo o que estava acontecendo e tão somente ela mesma sabia o que se passava em seus sentimentos, mas pra ela com certeza valia a pena tentar pois jamais em sua vida havia sentido algo parecido por alguém,  e quem sabe tudo aquilo também não fisese parte do seu conto de fadas particular ?


- Sis !! 
Zelena a esperava com um enorme cartaz, seu cabelo ruivo esvoaçante era impossível de não ser reparado, mas um cartaz florido e colorido chamava ainda mais atenção. O rosto de Regina foi automaticamente tomado por um vermelho fogoso a medida que se aproximava de sua irmã 
- Você quer me matar  de vergonha ? Pra que um cartaz desse tamanho ? Eu ainda me lembro de como você é !! Ambas trocavam um abraço apertado e cheio de saudade 
- Eu sei !! Foi só o meu jeito de me vingar por você ficar sem me visitar por tanto tempo !! kkkk 
- Eu também estava com saudade Zel ! O sorriso de Regina era claro e lindo em meio aos cachos vermelhos de sua irmã enquanto ainda se abraçavam 
- Cade meu sobrinho ? Achei que ele fosse vir com você ! 
- Não ele tem aula, semana de prova inclusive, e bem.... eu queria um tempo apenas com você, posso traze-lo durante as férias 
- Eu vou adorar ! Mas o que esta acontecendo com você ? Parece no minimo estranho esse nosso encontro, essa sua necessidade de me ver tão desesperadamente.
- Algumas coisas de fato estão acontecendo e acho que você vai se a única capaz de me ajudar !
- ok, vamos logo embora e chegando em casa podemos colocar todo o nosso papo em dia !
-------------------- 
- Caramba Zel esse apartamento é ainda maior e mais bonito que o anterior, estou impressionada ! 
- Falou a prefeita que mora em uma mansão kkkk 
- Nada comparado a isso ! 
- Eu disse que você tinha que visitar minha casa nova !! 
- É agora eu entendo porque fez tanta propagando do local 
- Ta com fome ? 
- Na verdade não... 
- Vem vou te mostrar seu quarto, você pode se instalar e ai damos sequencia ao seu misterioso assunto que precisa de tanta ajuda. 
------------------------
              Storybrooke 


- Bom dia Ruby ! Dois hambúrgueres e milk Shake por favor 
- Bom dia pra vocês, só um momento e eu já trago... 
- Então sua mãe ja chegou em NY ?
- Já sim, ela mandou mensagem avisando a algum tempo na verdade, ela viajou hoje cedo...
- A ta... E como foi na escola hoje ? 
- Normal, fiz algumas provas, todas extremamente fáceis kkkk 
- E como vão as coisa com a Violet?
- Hummm eu precisava falar com você sobre isso ! Henry tomava uma generosa golada de seu milk shake 
- Então fale !! Vai com calma vai congelar seu cérebro desse jeito kkkk 
- Tarde de mais... já congelou... Eu preciso de alguns conselhos, novamente... 
- O que foi dessa vez, não vai me dizer que... já.... 
- Não !! Não é nada disso que você esta pensando ! É sobre a família dela, o pai dela mais exatamente, eles querem me conhecer, ela ficou de organizar um almoço no domingo pra nós !
- Pra nós ? Como assim ?
- Os pais dela querem conhecer melhor a nossa família, querem que eu leve você e Regina pra almoçar com eles.... 
- Você avisou que sua mãe não esta na cidade ? 
- Na verdade eu avisei minha mãe do almoço e ela me garantiu que estará aqui no domingo por conta disso... 
- Entendi.... bom se é assim acho que eu não tenho muita escolha kkk 
- Prontinho pessoal o lanche de vocês ! 
- Obrigada Ruby ! 
- De nada garotão ! Curvando-se mais próximo do ouvido de Emma Ruby lhe falava... 
Será que podemos conversar depois ? A sós ? 
- Claro.... Meio sem jeito Emma respondia que sim, já imaginando do que se tratava e que muito provavelmente teria problemas... 
-------------------

NY


- Lunch time ! 
- Agora sim eu estou com fome ! 
- Desculpe por ter te deixado sozinha, mas acabou tendo uma emergência na revista... 
- Tudo bem Zel, eu entendo... e você já me pediu desculpa um milhão de vezes durante o dia 
- Eu sei ! Mas você chegou aqui tão aflita e eu fiquei de te ouvir, te ajudar e nem consegui me manter em casa durante o dia pra você ! 
- Não tem problema sério ! De certa forma foi bom ficar um pouco sozinha, me deu tempo suficiente pra pensar em como te contar as coisas que estão acontecendo
- Regina isso tudo é por causa daquele tal Robin ? Eu sei que vocês terminaram e que deve estar sendo dificil pra você... 
- Não é bem sobre isso, e não precisa se fingir de dramática com isso por que eu sei que você não gostava nem um pouco dele.... kkkk 
- Não mesmo ! Desculpe mas ele não me passava nenhuma confiança, coisa de cidade grande a gente aprende a ler melhor as pessoas sabe ?
- Sei, sei sim.... tem alguém que vive me dizendo isso.... 
- Ta !! Calma vamos decidir isso primeiro, quer pedir alguma coisa pra comer aqui ou ir a um restaurante ? 
- Acho que podemos pedir, melhor, vou me sentir mais a vontade pra conversar com você aqui ! 
- Certo então faremos o seguinte, vou pedir a comida e enquanto ela não chega vou tomar um banho, e durante o jantar podemos conversar ! De acordo ?
- Sim !! Continua mesma mandona de sempre, até pior kkkk 
---------------------
Storybrooke 


- Vou te esperar no carro ! 
- Ok garoto. 
Ao lado de fora do Granny's Ruby e Emma se sentaram em um banquinho pra ter a tal conversa... 
- E então Ruby no que eu posso te ajudar ?
- Bom... eu não sei ao certo se eu deveria estar te pedindo conselhos sobre isso... mas eu não tenho mais ninguém a quem pedir. 
- Pois então fale e se estiver ao meu alcance eu vou te ajudar ! 
- Poucas pessoas na cidade sabem da minha preferencia sexual... e eu não sei muito bem como agir com a Rach, eu nunca tive nenhum tipo de relacionamento serio.... e ela... ela é incrível, e da cidade grande e experiente... e eu não sei exatamente onde estou me metendo. 
- E como estão as coisas entre vocês ?
- Nós estamos nos falando todos os dias e eu estou bem animada com a forma como as coisas aparentemente estão indo, porém eu não sei se deveria criar expectativas sabe ?
- Olha em tudo o que você falou tem razão, ela é uma mulher mais experiente e da cidade grande onde as coisas nesse sentido são... como posso dizer... mais fáceis. Eu realmente não sei se posso te mandar cair de cabeça nisso tudo porque existe sim o risco de você se machucar, mas também não posso e não quero podar suas asas e a oportunidade de você encontrar alguém que realmente goste e que possa te fazer feliz. 
- Eu entendo... eu to te pondo em uma sinuca de bico né kkkk você é a melhor amiga da Rach, uma irmã como ela mesma disse, misturar as coisas é uma puta sacanagem com você... mas como eu disse não tenho mais a quem recorrer. 
- Faz assim, ao menos uma vez na vida eu vou ser um agente infiltrado, porque eu gosto muito de você  e não quero ver você se machucar, eu vou falar com ela, sondar o que ela esta sentindo... e bom se possível eu te conto o que conseguir ! 
- Obrigada Emma de coração, você esta fazendo por mim muito mais do que poderia imaginar ! 
- Assim que tiver noticias eu te aviso kkk 
- Boa noite Emma, obrigada ! 
- Se cuida... 
--------------------------
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...