História Linha Tênue - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Tags Swanqueen
Exibições 209
Palavras 1.919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HOT HOT HOT !! Desfrutem !

Capítulo 15 - Cap 15


Fanfic / Fanfiction Linha Tênue - Capítulo 15 - Cap 15


- Oi... o que... como... 


Sem tempo algum pra responder as perguntas de Swan eu somente agi... Adentrei o apartamento me lançando em seus braços, tomando seus lábios com saudade, com o desejo que eu abrigava dentro de mim a tanto tempo... finalmente sendo capaz de assumir meus desejos e agir em prol deles 


- Você... espera... Regina... 
- Eu não quero esperar ! Eu já esperei demais... 


Nossas bocas até tentavam falar mas não sabiam fazer outra coisa que não procurar uma pela outra. Bati a porta atras de nós e avançando pra dentro do apartamento eu iniciei a retirada de suas roupas sem descolar meu lábios dos de Emma... 
Amparada por meus braços Emma cedeu cada vez mais espaço para que tomasse seu corpo com sede e saudade, nossos lábios se devorando, minha língua avançando apressada, desesperada por sua boca, descendo por seu pescoço, minhas mãos arrancavam-lhe cada pedaço de roupa e quando chegamos ao sofá ela já vestia apenas a sua lingerie. A sentei e pude desfrutar de apenas um momento de calma....


- Meu Deus Regina o que você esta fazendo ? Emma sorria envergonhada enquanto eu me posicionava em meio a suas pernas abertas, ainda de pé a sua frente. 
- Acho que estou me livrando de minhas barreiras... não era isso que você queria ? Meu tom, meus gestos, por um momento a insegurança parecia de me dar um soco no estomago enquanto eu espera a sua resposta. 
- Sim ! É exatamente isso que eu quero ! Tomei a liberdade de me erguer para puxa-la pros meu braços mas fui logo impedida, Regina colocou suas mãos delicadamente sobre meu ombro me jogando novamente contra o sofá. Deu um pequeno passo pra trás sem desviar os seus olhos dos meus um segundo se quer. Abriu delicada e lentamente o sobre tudo que usava e minha surpresa não poderia ser maior !! 
Vestia apenas um linda lingerie preta toda de renda, seus seios saltando a frente de meus olhos, sua barriga definida, e seu sexo, seu sexo bem ali a minha frente protegido apenas por uma delicada renda... eu não podia acreditar no que via, meus olhos se derretiam por todo seu corpo vagarosamente, eu queria gravar aquele momento em minha mente, queria memorizar seus detalhes, cores e curvas.... 


Vencendo todas as minhas barreiras me despi a sua frente e me deliciei com o seu olhar instigante que me devorava mirada após mirada dos pés a cabeça... 
Sentei-me em seu colo com as pernas abertas e novamente nossos olhos se encontravam num misto de dúvidas e desejos... não havia mais o que esperar... 
Beijei novamente seus lábios, sem pressa... eu queria saborear cada gota de Emma e agora eu sabia e sentia que ela queria o mesmo, suas mãos fortes desciam e subiam por todo o meu corpo, e logo meu colo era beijado e mordido por sua boca habilidosa, me deixei levar, me colocava cada vez mais a frente, cada vez mais a sua disposição... com uma de suas mãos ela apertava minha bunda com a outra abriu rapidamente meu sutiã, logo meus seios se derretiam em sua boca, meus mamilos endurecendo contra seus lábios, entumecidos e vermelhos contra a língua quente de Emma.... 

Sua mão logo pressionava meu sexo com força, movimento circulares que estavam quase me levando a loucura, eu rebolava em seu colo tentando ao máximo aumentar o nosso contato. Emma simplesmente afastou minha calcinha e logo seus dedos estavam dentro de mim, ela deslizava com facilidade pra dentro e pra fora de mim, meu sexo ensopado apenas a recebia da melhor maneira possível, eu rebolava em seus dedos, subindo e descendo em sua mão, a sentindo me preencher profundamente, movimentos circulares eram feitos dentro de mim por uma Emma Swan sedenta que quase arrancava meus seios com seus dentes, meus gemidos agudos ressoavam por todo a apartamento enquanto eu cavalgava sem tréguas sobre a mão de Emma. Ela apoiava minha nuca com a outra mão e com a boca devorava tudo a sua frente, meus seios dentro de sua boca, nossos corpos começando a suar.... eu não aguentaria aquilo por muito tempo e logo tudo em mim pegava fogo, todo meu corpo recebia Emma de todas as formas possíveis, seus beijos, seu cheiro, sua mão que passeava por meu corpo sem pudores, seus dedos entrando e saindo de mim, entrando e saindo com pressa e vontade até eu não aguentar mais... gozei... gozei como nunca, longo e profundo, eu não sentia mais nada além dela dentro de mim, me possuindo de forma animalesca e deliciosa... 


Eu não podia acreditar em tudo o que estava acontecendo, seu corpo, sua boca, suas palavras e me arrisco a dizer até seus sentimentos estavam ali expostos, a minha disposição... Mesmo apos seu recente orgasmos eu não conseguia parar, meus beijos iam crescendo em um rompante de desejos e vontade, não tinha mais como esperar, segurei firmemente seu quadril com as duas mãos e a ergui em meu colo, entre beijos e caricias a coloquei deitada sob o sofá, meu corpo por cima do dela, nossas peles quentes se tocando, se acariciando vagarosamente.... desci minha língua por seu pescoço, parando em seus seios novamente, seus gemidos tornavam-se cada vez mais audíveis, seu sexo molhado cheio de tesão a minha disposição novamente... 

 
Por mais eu gostasse de estar sempre no controle naquele momento eu não tinha forças e nem vontade de reagir... eu queria apenas me deixar levar por seus toques, seus beijos, suas mãos habilidosas. A puxei novamente a altura de meus lábios e retirei seu sutiã, agora era ela quem oferecia seus lindos seios aos meus lábios... nossos corpos em uma dança sensual se enroscavam, se prensavam um contra o outro... seus lábios voltavam a descer por meu corpo até chegar em meu sexo, mais uma vez Emma Swan estava pronta pra faze sua mágica e me levar a loucura.... e dessa vez eu estava mais pronta que nunca pra receber seus toques. 

Era hora de sentir o gosto de Regina novamente e em meus lábios ela rebolava até chegar ao orgasmo novamente... seu liquido quente escorrendo em meus lábios, seu gosto divino se fundindo a cada parte do meu ser.., como aquilo podia ser tão bom ? Como ela podia ser tão gostosa ?


Horas depois nossos corpos exaustou pediam por uma parada deveras necessária, Emma repousava deitada sobre mim enquanto nos recuperávamos do ultimo orgasmo... palavra nenhuma havia sido dita até aquele momento...

 
- Eu... eu posso... perguntar algo a você ? O meu maior medo em falar alguma coisa naquele momento era justamente estragar o momento e vê-la partir apressada, arrependida novamente... 
- Pode ! Eu já imaginava qual seria a sua pergunta e finalmente eu teria uma resposta ! 
- O que deu em você ? Quer dizer... porque está aqui ? Por que fizemos tudo isso ? 
- Achei que você também quisesse isso... 
- Sim, eu quero, mas... o que vem além disso ? Me levantei e ambas ficamos sentadas, nuas de frente uma pra outra, confesso a dificuldade em me concentrar em nossa conversa tendo a visão de Regina nua a minha frente, mas era necessário. 
- Eu não sei... não sei o que vem além disso, mas.... 
- Mas ? 
- O que você quer além disso ? Meu rosto fitava meus dedos que se remexiam nervosos sobre minhas pernas cruzadas.... 
- Eu ? Eu quero isso... Me lancei em seus braços e novamente nossos lábios se encaixavam em um beijo terno e profundo 
- Então só isso lhe é suficiente ? 
- Acho que você não entendeu kkk. Eu quero exatamente isso, quero poder te beijar quando eu tiver vontade, quero poder sentar e conversar com você sem reservar, sem medos, quero poder fazer... fazer... amor... quero fazer amor com você exatamente como fizemos agora ! Sem ser uma resposta, uma provocação ou uma briga... 
O sorriso se Emma se alargava a cada palavra, suas mãos seguravam ternamente meu rosto enquanto falava, seus olhos presos aos meus, suas mãos levemente tremulas. 
- Então você acha realmente que deveríamos ter algo além de sexo ? É isso ?
- Por que você não me responde isso ? O que você quer ? O que você esta sentindo ?
- Eu acho que quero isso também... Minha cabeça baixa e temerosa agora se elevava para olhar a reação de Swan depois da minha resposta. 
- E o que nós impede de tentar Regina ? 
- Tem tantas coisas Emma !! Eu sou... eu sou uma pessoa dificil e você sabe disso, nós temos um histórico, um passado... temos um filho que pode não lidar muito bem com isso tudo, e eu também não quero a cidade inteira falando disso, falando da gente ! Eu tenho medo de não dar certo e acabar me tornando a piada da cidade, e acabar piorando tudo que existe entre nós eu tenho medo disso refletir no Henry... tem tantas, tantas coisas envolvidas que eu não sei se vale a pena, entende... 
- Eu entendo completamente tudo o que você esta dizendo mas eu acho também que é tão claro, tão evidente a ligação que nós temos, a química que rola quando nos beijamos, quando nos tocamos. E bom quanto ao Henry eu não acho que isso seria nenhum problema pra ele, nós criamos um garoto muito maduro e com a cabeça boa o suficiente pra entender isso tudo... 
- Emma eu não tenho experiencia com, com isso... eu não sei se é realmente isso que eu quero, sexualmente falando... 
- E você acha que eu tenho ? kkkk mais uma fez um sorriso franco se fazia nós lábios de Emma 
- Bom... eu deduzi que sim... você parece saber o que esta fazendo e... 
- E não ! Eu não tenho ! Eu nunca havia me envolvido sexualmente com nenhuma mulher ! Eu jamais havia sentido o que eu sinto quando estou com você e bom... eu também poderia estar em dúvida quanto ao fato de saber se é isso que eu quero sexualmente falando como você mesma disse mas... eu me sinto tão satisfeita e completa quando estou com você que não tem espaço pra essas duvidas... eu só preciso saber se você sente a mesma coisa quando esta comigo ! 
- Eu sinto... quer dizer, quando nós... você sabe, eu não sinto falta de nada, eu me sinto satisfeita e extasiada de uma forma como nunca senti antes... 
- Então eu acho que essa parte dos seus medos nós conseguimos superar ! Agora a parte em que você morre de medo que toda a cidade saiba, eu não acho que isso seja uma necessidade, ao menos agora... 
- Quer dizer que você quer ter um relacionamento secreto ? kkk 
- Acho que seria a melhor forma de iniciar-mos tudo isso e buscar-mos as respostas necessárias juntas ! 
- Certo.... eu posso concordar com isso. Mas e quanto ao Henry ? 
- Eu acho que no momento talvez também seja melhor deixarmos as coisas entre nós até saber onde isso tudo vai dar. 
- Certo... 
- E então ? Você concorda com isso ? Você esta disposta a tentar ? 
- Sim ! Sim eu estou ! 


Nossos beijos selaram o compromisso recém feito de segredo e cautela entre as duas... tudo era diferente e novo para ambas, tudo o que traziam como bagagem do passado podia e iria interferir de alguma forma, mas não agora, não naquela noite... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...