História Linhas do Tempo - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Namjin, Taegi
Exibições 307
Palavras 3.812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VORTEI <3

*nada pra falar* :v

Obrigada pelos favoritos e comentários do último cap :3 Boa leitura

Bônus pro Jungkook rindo do Taegi maravilhoso bem na sua frente-qqq

Capítulo 18 - Uyu


Fanfic / Fanfiction Linhas do Tempo - Capítulo 18 - Uyu

Yoongi

 

Mais uma vez, corria apressado pelas ruas frias de Seul. Mas o próprio calor que criara no seu corpo pelas suas roupas quentes o mantinham aquecido.

Era um gênio no seu trabalho e em tudo o que fazia. Um dos melhores trabalhados e o queridinho de vários superiores. Uma vida profissional de se gabar...

Mas seu único problema era seus sonos inevitáveis. Toda vez que ficava entediado ou sem estar fazendo absolutamente nada, sentia seus olhos ficarem pesados e lutava para não cair e dormir onde estivesse. Enquanto alguns tomam remédios para dormir, Yoongi toma remédios para se manter acordado.

Todos os seus amigos, o rotulavam como o garoto que tinha um relacionamento sério como seu sono. E por causa disso, pensavam que era só isso que Yoongi tinha em seus planos e sabia fazer. Bom, hoje em dia mostrou que é bem mais capaz.

Mas voltando a sua correria tentando amenizar seu atraso ao trabalho, tudo aquilo havia sido causado pelo ato de dormir que tanto lhe agonizava.

As pessoas em volta de si que andavam calmamente, o olhavam estranhando toda aquela agitação em plena manhã e naquele frio.

Ao parar frente ao enorme prédio onde trabalhava, arrumou sua bolsa com os inúmeros papéis desorganizados e principalmente tentando recuperar grande parte de sua respiração que havia sido perdida na sua breve corrida.

Ao passar pelos seguranças, mostrou seu crachá que era motivo de piadinha entre os outros trabalhadores  pela parede ser branca e sua pele bem clara. E naquela época, a cor loira comandava seus fios, então ele quase nem aparecia na foto. Um fantasma praticamente. Por isso decidiu voltar aos fios negros e dar um basta na montanha de tintas e descolorantes.

Entrou dentro da sala onde trabalhava com um determinado grupo de pessoas. Lá era onde as decisões sobre o projeto eram tomadas, ou seja, era de muito mérito Yoongi estar ali. Mas já havia sido alertado várias vezes de dormir no trabalho, mas só não fora demitido ainda pela sua capacidade e inteligência.

Se sentou na sua mesa frente ao seus materiais e já começou a trabalhar. Lembrava que havia dormido bem cedo! Daria umas doze horas de sono, mas ele estava tão cansado...

_ Bom dia..._ Ouviram a voz desanimada de sua chefe entrando na sala.

Hyun estava mais acabada do que nunca! Depois de meses e mais meses tentando consertar erros na máquina, o segundo teste acabou dando muito errado.  O que testou a máquina quase se machucou, e Kang-Dae ficou furioso por isso.

Desde então, ela vem saindo do trabalho mais tarde e perdendo várias horas de sono, algo que Yoongi nunca conseguiria fazer.

Pelo canto do olho,Yoongi  observou a mesma digitar e fazia pausas para desenhar algo. Ela fazia várias coisas de uma vez, e parecia estar realizando o serviço de várias pessoas ao mesmo tempo. Ela realmente estava desesperada.

Yoongi não poderia fazer nada para ajuda-la, como a maioria ali. Então a única coisa que conseguiria fazer era seguir cegamente as ideias de sua chefe.

E quando eu digo cegamente, era exatamente isso! Yoongi lembrava de que alguns dias atrás, algumas coisas estranhas estavam acontecendo, e Hyun já pensou no objeto e trouxe todos para trabalhar. Mal sabia ela que essas coisas que estavam a acontecer era consequência de Jimin e Jungkook. Mas Yoongi não poderia dizer nada. Também se encrencaria nisso e não queria dedurar seus amigos.

 

 

A maioria saiu para o intervalo e aproveitarem para comer. Mas para seu azar, Yoongi não havia trago praticamente nada, e estava sem dinheiro para comprar alguma coisa.

Decidiu descansar um pouco e começou a estalar seus dedos enquanto suspirava olhando para a janela que dava para o corredor.

Deitou sua cabeça na mesa enquanto continuava a olhar a janela que lhe chamava tanto a atenção, por algum motivo. Era engraçado ver as pessoas passando apressadas cheias de papéis nas mãos. Mas uma pessoa andava calma pelos corredores, até mesmo se destacando das outras pessoas. Ele andava calmo e olhava para os lábios procurando algo ou alguém.

Yoongi se assustou ao ver que se tratava de Taehyung.

Logo agora que o mais velho havia conseguido se concentrar em outras coisas, o ruivo aparece!

O mais velho realmente se assustou! Já estava disperso, e a presença de Taehyung só iria piorar tudo. Havia percebido que com a presença do mais novo, não conseguia ficar sério ou continuar atento, e isso o prejudicaria mais ainda.

Saiu rapidamente de sua sala, assustando um homem que estava prestes a entrar.  Pela segunda vez ao dia, correu novamente, e foi até o banheiro com a intenção de se esconder ali.

Estava sendo irracional... Sabia disso!

Encostou-se na parede de azulejos dali e pegou seu celular no bolso, ligando para Jungkook. Precisava que seu favor fosse pago imediatamente!

_ Que foi Yoongi?_ Ouviu a voz entediada do mais novo.

_ E-Eu preciso de ajuda_ Corou ao pensar que teria que dizer esse assunto ao mais novo. Logo ele que sempre se ferrava quando o assunto era gostar de outra pessoa! E Jimin era a prova disso_ Pra ser mais claro... Eu preciso que pague o meu favor.

_ Olha, só mais duro que eu é o meu pa-

_ Não, não!_ O interrompeu sabendo o que viria em seguida_ Eu não quero dinheiro! Eu realmente preciso de ajuda... Com alguém.

_ E quem é hyung?_ Agora ele realmente falava sério.

_ Não acho que isso seja importante por agora..._ Suspirou_ E-Eu posso ir na sua casa hoje? Eu quero mesmo que você me ajude!

_ Eu nunca te vi desse jeito então... Tudo bem!_ Pode sentir que o mais novo sorriu entre a fala_ Quando você acabar o seu trabalho, pode passar aqui e eu te ajudo, ok? Mesmo esses tipos de experiências românticas não seja a minha praia.

_ Jimin que o diga_ Yoongi riu debochando de Jungkook e ouviu o mais novo fazer um ruído de reclamação.

Depois de um tempo, Yoongi desligou o celular e saiu do banheiro. Não havia mais ninguém nos corredores e isso provava que o intervalo havia acabado, ou seja Taehyung  já havia ido embora.

Se sentiu triste de não vê-lo, mas também ficou aliviado de que não ficaria disperso até o fim do expediente.

Voltou até a sala em que estava, e todos já estavam a trabalhar. Mas Hyun interrompeu o que fazia e foi em direção a Yoongi com uma caixinha nas mãos.

_ Um garoto trouxe isso para você_ Entregou o objeto a ele_ Eu acho que é seu almoço... Mas como você ficou aqui dentro praticamente todo o intervalo, o que acha de comer agora?

_ A-Ah, tudo bem. Obrigado_ Saiu da sala depois que a mesma se sentou novamente no seu lugar.

Deu passos largos até a cantina e se sentou naquele cômodo completamente vazio. Abriu a caixinha que tinha um bilhete no fundo da tampa.

“ Você tinha me contado que não come o suficiente no trabalho. Então eu decidi preparar alguma coisa para você. Pode ter ficado bem ruim... Pode ter ficado muito bom também! Mas se você passar mal, tem todo o direito de me bater”

                                                                                                                 TaeTae  ❤ 

Taehyung sempre gostou desses apelidos ridículos, e sempre quis que Yoongi inventasse um para si. Mesmo contra sua vontade, o mais velho fez um, mas se recusou em chama-lo assim.

 

 “_ Eu não posso te chamar assim em público! Vamos parecer um casal!

_ E isso é um problema?_ Viu o mais velho corar, e pelo tom da sua pele era difícil esconder aquilo. Taehyung riu disso_ Então me chame apenas quando estamos nós dois... Mas assim fica bem mais íntimo. Não é pior?_ Foi sua deixa de corar.

_ Ok..._ Suspirou_ Mas não pense que vou te chamar assim o tempo todo.

_ O importante é que você me chame!_ Disse animado”

 

                                                      ...

_ E então?_ Jungkook arqueou uma das sobrancelhas barrando Yoongi na porta_ Do que você precisa?

_ Posso entrar primeiro?_ O mais novo assentiu saindo de sua frente_ Jimin ainda não chegou?

_ Não..

_ Ótimo, menos gente melhor para não ter que ver minha vergonha alheia.

_ Eu não vou perguntar quem é, mas por que decidiu me pedir ajuda com isso só agora?

_ Essa pessoa decidiu me visitar no trabalho, e eu a evitei.

_ Mas você é idiota?! Quando se gosta de alguém você não pode ficar fugindo dela!_Deu um tapa no seu ombro.

_ Mas eu não sabia o que fazer!_ Coçou seu cabelo nervoso e o bagunçou.

_ Tudo bem... Eu vou tentar dar um jeito_ Se sentou ao lado do mais novo e fez um carinho na sua cabeça, bagunçando ainda mais os seus cabelos.

A porta se abriu e Jimin entrou com um sorriso no rosto enquanto tirava os seus sapatos.

_ Oi Jungk- O que estão fazendo?_ Jimin ficou sério, isso era algo que Jungkook costumava a fazer consigo.

_ Eu volto outra hora_ Tentou se levantar mas o mais novo segurou seu pulso.

_ Ele gosta de alguém e quer minha ajuda_ O mais velho lhe lançou um olhar feio_ O quê? Ele não vai te julgar!

_ E quem é?_ Jimin perguntou.

_ Ele não quer me dizer_ Fez bico.

_ Mas nós podemos ajuda-lo mesmo assim!_ Sorriu animado_ Do que você precisa?

_ Eu estava planejando chamar.. Essa pessoa pra sair hoje.

_ Pode ao menos nos falar o gênero_ Jungkook disse tedioso_ Não vamos adivinhar assim.

_ -É e-ele_ Abaixou sua cabeça.

_ Ah! Eu vou morrer de curiosidade!_ Jimin segurou o ombro do mais velho_ E você não sabe como chama-lo?_ Yoongi assentiu constrangido_ Não tem porque se envergonhar hyung!

_ É mesmo, eu me esqueci de vocês dois_ Olhou para os mais novos que sorriram um para o outro_ O problema é que vocês estão juntos porque você é lerdo_ Apontou para Jimin_ E você é um idiota desastrado_Apontou para Jungkook_ E pelo jeito isso combina.

_ Fico gratificado pelas suas palavras_ Jimin disse forçando um sorriso_ Mas eu acho que as personalidades não tem tanto haver assim... É isso que te incomoda?_ Assentiu.

_ Vocês são muito diferentes um do outro?_ Jungkook perguntou mais velho assentiu outra vez_ Eu não vejo isso como um problema.

 

                                                                             ...

_ Agora, você tem roupas para o encontro? Roupas são importantes!_Jimin falou.

_ Não acho que isso seja o principal... Mas ele já aprendeu bastante coisa então_ Jungkook deu de ombros_ Pode escolher alguma coisa no guarda roupa no nosso quarto.

_ Ok_ Deu passos largos até o quarto dos mais novos.

_Nosso quarto?_ Jimin corou.

_ Não esperava dormir no sofá ainda, não é?_ Apertou a ponta do nariz do mais velho que riu fazendo uma careta.

Os dois continuaram brincando entre si até ouvirem o celular que Yoongi esquecera ali no sofá. Jungkook olhou para o aparelho e depois olhou para Jimin.

_ Não mexa nas coisas do Yoongi hyun- Ei!_ O mais novo pegou o celular e atendeu.

_ Alô?_ Jimin apoiou suas mãos na coxa de Jungkook enquanto tentava pegar o celular_ Ah, oi Taehyung!_ O mais velho não tentou mais tirar o aparelho das mãos de Jungkook e começou a escutar atentamente a conversa.

_ Ele está bem? Eu fui visitar o Yoongi hyung no trabalho hoje e não o encontrei.

Jungkook sorriu e em seguida desligou o celular.

_ Isso foi falta de educação! Por que desligou?_ Pegou o telefone das mãos _ Por que está rindo?_ Observou o mais novo tapar seu rosto enquanto ria descontrolado.

_ O Yoongi gosta do Taehyung_Apontou para o citado que ainda escolhia suas roupas no quarto.

_ O quê?!

 

                                                                        ...

Yoongi parou frente a porta de sua casa pegando as chaves nervosamente. Ainda não tinha ideia como os meninos descobriram de quem realmente ele gostava, e ficou surpreso por não ser zoado boa parte do tempo, já que eles brincaram um pouco com isso.

Entrou em casa e jogou a bolsa que usara no trabalho no sofá. Ligaria para Taehyung agora mesmo, e o chamaria para sair... Mas queria um encontro feito em casa. Seria bem mais fácil organizar as coisas.

Se deitou no sofá e pegou seu telefone no bolso. Ficou confuso ao ver uma chamada de Taehyung que fora atendida no momento em que estava na casa do casal.

_ Ah... Isso explica como eles descobriram_ Bateu na sua própria testa por ter dado uma pista tão óbvia.

Discou o número do mais novo e colocou o aparelho próximo ao ouvido, esperando o outro atende-lo.

_ A-Alô?_Ouviu a voz do mais novo soar bastante estranha.

_ O que estava fazendo?_ Se permitiu rir por um breve momento.

_ N-Nada, eu estava apenas-nada.

_ Ok..._ Disse meio desconfiado_ E-Eu queria te pedir uma coisa.

_ Diga hyung!

_ Eu queria t-te ver hoje_ Coçou o lábio inferior.

_ SÉRIO!? Q-Quer dizer.. É mesmo? Onde?

_ N-Na minha casa! Eu queria fazer algo só para nos dois e...

_Tipo um encontro?_ Ouviu o mais novo rir envergonhado_ Tudo bem! A noite eu estarei ai.

_ Tudo bem!_ Sorriu.

_ E então, você vai precisar me bater?

_ O quê? Ah... É mesmo, o seu bilhete! Não... Estava delicioso_ Mentiu apenas para ver a felicidade do seu dongsaeng.

_ Fico feliz de saber isso hyung! Eu tenho que me arrumar se vamos ter mesmo esse encontro_ Yoongi corou_ Até à noite hyung!

_ Até à noite TaeTae.

_DO QUE VOCÊ ME CHAMOU?_ O mais novo disse em um tom animado.

_ De Taehyung!

_ Não foi não! Vamos... me chame assim de novo_Yoongi podia jurar que o mais novo estava fazendo aegyo naquele momento.

O mais velho bufou e desligou o telefone, cortando Taehyung.

Eram essas diferenças de personalidade que tanto incomodavam Yoongi...

                                                                 

                                                                      . . .

Yoongi corria de um lado para o outro, arrumando suas coisas e checava a comida a cada dois segundos para ver se estava boa. Nunca havia ficado tão preocupado na vida.

_Uyu! Por favor!_ Yoongi reclamou com a gata que o seguia pela casa_ Eu não posso deixar você do lado de fora, então se comporte!_Cruzou os braços ao perceber que continuava conversando com o animal.

O pálido ouviu batidas na porta, e sentiu que seu coração iria sair pela sua boca. Arrumou suas roupas e abriu a porta.

O loiro estava lindo, não vestia roupas que lhe chamassem a atenção, mas tudo ficava majestoso no seu corpo.

_ Ah, você está tão bonito hyung!_ Disse com naturalidade olhando Yoongi de cima a baixo.

_ O-Obrigado.. Você também está_ Deu espaço para que o mais novo entrasse_ Eu vou pegar as coisas para nós comermos, ok?

_ Tudo bem_ Assentiu calmamente vendo o mais velho sair da sala.

Começou a assoprar dentro da sua blusa. Poderia não parecer, mas Taehyung também estava uma pilha de nervos. Ele costumava sair bastante com vários garotos, mas nunca ficara tão nervoso quanto estava agora.

Começou a olhar algumas fotos de Yoongi, e pelo visto ele gostava muito de inovar a cor dos seus cabelos. Nas fotos, o mais velho tinha cabelo, azul, verde, rosa, vermelho, platinado... Enfim, várias cores!

Mas uma que lhe chamou à atenção foi uma foto onde ele estava com o cabelo completamente loiro, assim como estava o seu cabelo agora.

O mais velho quase nem aparecia na foto, usava roupas brancas, o fundo da foto também era branco e o tom de sua pele não ajudava. Taehyung riu consigo mesmo colocando as mãos no bolso da calça.

_ E-Eu trouxe tudo_ Colocou as comidas onde comeriam_ Está vendo minhas fotos?

_ Sim, você  gostava mesmo de pintar o cabelo! Desde de minha adolescência também venho fazendo muito isso_ Mostrou seu pequeno e icônico sorriso quadrado.

_ De qual cor você mais gosta?

_ Hum... Você fica bem com todas elas_ Coçou sua pinta perto na ponta do nariz_ Mas eu realmente gosto deste aqui_ Apontou para a tal foto onde o mais velho estava loiro.

_ Logo esse?_ Cruzou os braços. Meio estranho Taehyung gostar da tintura que foi alvo de piadinhas por diversos dos seus amigos.

_ Você ficava bem bonito com esse tom. Combina com sua pele.

_ Eu quase nem apareço na foto!_ Riu de si mesmo.

_ Ah, mas isso é fofo... Pelo menos eu acho isso!

_ Sua opinião vale bastante_ Sorriu.

_ Não seja sardônico comigo!_Fez bico.

_ Mas eu estou falando sério!

Taehyung assustou-se com a resposta, afinal, realmente pensava que aquilo fosse pura ironia, algo que era comum vindo de Yoongi. Ele havia evoluído bastante consigo...

 

Os dois se sentaram no carpete lado a lado e começaram a comer a comida que estava na mesinha.

_ Eu lembro que você veio aqui... Quando eu ainda não te suportava_ Os dois riram_ E me disse que ainda não havia decidido o que queria da sua vida profissional_Taehyung assentiu_ Hoje você tem alguma ideia?

_ Eu quero ser tipo uma dona de casa_ Riu.

_ Seu bobo!_Deu um tapa no ombro do mais novo_Eu falo sério.

_ E eu também_ Sorriu sem mostrar os dentes_ Não pretendo fazer faculdade mais... Nada combina comigo.

_ Então se você vai ser dona de casa, quem vai ser seu marido?_ Perguntou com um tom de humor.

_ Você_ Apontou para o mais velho que corou um pouco antes de começar a gargalhar.

Ele tinha uma risada tão exagerada, mas ao mesmo tempo bonita! E algo no seu sorriso, fazia Taehyung se sentir nas nuvens.

As vezes o bom da pessoa ser séria, é que os momentos em que ela ri é o mais bonito.

_ Mas sabe, eu dormiria bastante... Não quer um marido que durma o tempo todo, quer?

_ Eu não ligaria... Quando você diz o tempo todo, quer dizer o tempo tod-_ O mais velho assentiu_ Yoongi, isso pode ser narcolepsia. Sabe disso, não é?_ O olhou sério.

_ Sim eu sei_ Suspirou_ Eu tomo remédios para controlar isso, mas é algo que eu tenho desde criança. Não acho que vá desaparecer... Mas isso não importa, não é?_Sorriu e pendeu a cabeça.

_..._ Suspirou sério antes de sorrir_Você tem um sorriso bonito. Ria mais vezes_ Taehyung falou acariciando os lábios do mais velho com o seu dedo polegar. Yoongi conseguia sentir seus lábios formigando com a delicadeza e a leveza em que o mais novo passava os seus dedos.

Ele estava se aproximando, sabiam bem como isso acabaria, mas nenhum dos dois recuou.  Já estavam tão pertos que sentiam suas respirações se cruzar.

Taehyung olhou Yoongi que estava com os olhos apenas um pouco abertos e quase com a face toda avermelhada.

Os olhos do mais novo se esbugalharam e soltou um grito se afastando de Yoongi ao sentir algo pular nas suas costas.

_ UYU!_ O mais velho se levantou de supetão e arrancou a gatinha branquinha das costas_ Me desculpe TaeTae.

_ Tudo bem_ Sorriu de leve ao ouvir como fora chamado.

Deixou a gata em um cômodo e fechou a porta. Assim que a noite se acabasse a tiraria dali e ela poderia voltar a bagunçar a casa de novo.

_ Ela te arranhou?_ O mais novo negou, mas Yoongi levantou sua blusa vendo quatro marcas de arranhão nas suas costas_ Se sente no sofá, eu vou pegar alguma coisa para passar ai.

O mais velho foi pegar sua caixinha de remédios, e suspirou se encostando na parede. Aquela noite estava sendo tão boa... Não queria que tudo acabasse mal!

Voltou para a sala, e o mais novo lhe esperava com a blusa erguida mostrando os machucados feitos pela sua gata.

_ Pronto... Se arder me avise, ok?_ O mais novo assentiu.

Aos olhos de yoongi, Taehyung já não parecia mais ser aquele homenzinho irritante e infantil que conhecera. Ele continuava sendo infantil, mas de uma maneira moderada. Também pensava que o mais novo havia evoluído bastante.

Começou a passar o lenço úmido pela pele ferida do mais novo que começou a tremer.

_ Isso arde muito hyung! Eu não quero mais!

_ Calma, não vai demorar, eu juro_ Taehyung ficou calado mas ainda se contorcia um pouco por ainda estar ardendo.

Yoongi riu baixinho consigo mesmo até olhar para a porta onde “prendeu” Uyu, e a mesma estava aberta. Soltou o lenço que segurava e olhou imediatamente para a mesinha onde a gata derrubava e enchia de pelos a comida.

_ Ah, não!_ Praguejou correndo até o animal.

                                                                           ...

A noite havia sido um desastre, a comida havia acabado toda no chão –e agora Uyu saboreava a mesma- e Taehyung já estava indo embora.

Yoongi havia se iludido de que ao menos iriam se beijar... Pensou muito longe?

_ Eu sinto muito por essa noite não ter sido como esperávamos..._ Yoongi segurava a maçaneta da porta com força enquanto batia a pontinha do pé no chão.

_ Não tem problema, eu me diverti bastante!_ Por mais que falasse a verdade, o mais velho pensava que aquilo era mentira_ Espero que me chame para sair com você mais vezes.

_ Como um encontro?_ Sorriu de lado.

_ Como um encontro!

_ Tchau hyung... Até depois_Acenou se despedindo de Yoongi.

Ao ver o mais novo se distanciando, fechou a porta e se jogou no sofá tendo quase que uma crise existencial. Poderia até chorar se quisesse.

A gatinha que lhe causara tantos problemas, ficou ao seu lado miando.

_ Se você fosse macho teria te levado pra castrar depois dessa_ Disse sem abrir os olhos.

Os miados pararam e ouviu o se celular vibrar dentro do seu bolso. Não estava no clima então ignorou tudo aquilo.

E o celular tocou uma...

Duas...

E três vezes.

O suficiente para fazer Yoongi perder de vez sua paciência.

_ O QUE FOI PORRA?!_ Yoongi griou para quem estava do outro lado da linha.

_ Yoongi.. Eu esqueci de fazer uma coisa na sua casa. Abra a porta pra mim, por favor_ Era Taehyung.

_ Hum... Claro!_ Se levantou meio desconfiado e abriu a porta, dando de cara com o mais novo ali_ O que você esquec-

Taehyung apertou a cintura do mais velho e o trouxe para perto de si, colando seus lábios. Yoongi agarrou a manga da blusa do mais novo surpreso, mas retribuiu mesmo assim.

As mãos do mais novo começaram a acariciar suas costas e os dedos de Yoongi se entrelaçavam aos fios loiros do cabelo de Taehyung.

Se separaram e o mais velho olhou para os próprios pés corado enquanto Taehyung fazia carinho nas mãos de Yoongi.

_ Era... Isso que precisava fazer ainda?_ Sorriu envergonhado.

_ Mas eu ainda não acabei_ Riu.

Dessa vez, o mais velho agarrou a cintura de Taehyung colando seus lábios outra vez. E soltou um murmúrio surpreso pela aquela ação.

 

E como castigo, Uyu teve que ver aquela cena várias vezes naquela mesma noite... Bem justo, não?


Notas Finais


E DEPOIS DESSE CAP EU POSSO DIZER que nós chegamos no meio da fanfic.

Isso é bom, isso é ruim? Sinceramente eu não sei :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...