História Lira: A Musa de Seung Hyun - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, Black Pink, T.O.P
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Lisa, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang, Blackpink, Choi Seung Hyun, Hot, Imagine, Kpop, Lisa, Romantico, Suspense, Top
Exibições 88
Palavras 755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E AGORA? O que será que vai acontecer com a Lira? MUAHAHAHA

Capítulo 2 - Entre a cruz e a espada


Fanfic / Fanfiction Lira: A Musa de Seung Hyun - Capítulo 2 - Entre a cruz e a espada

Choi Seung Hyun? O T.O.P do BIGBANG?

Eu só consegui encará-lo. Não queria parecer uma fanática. Naquela hora, eu realmente senti que talvez, SÓ TALVEZ, eu pudesse ter uma chance com ele, mas eu teria que ir bem devagar, e ser muito cuidadosa. Então resolvi dar uma de estrangeira que eu sou.

You are T.O.P from BIGBANG, aren’t you? I already heard that song called Fantastic Baby of yours. It is pretty cool!(Você é o T.O.P do BIGBANG, não é? Eu já ouvi aquela música de vocês chamada Fantastic Baby. É bem legal!) - eu falei tentando soar o mais leiga possível.

Ele pareceu feliz com a minha animação. Ele deu um sorrisinho de canto, e falou com aquela voz tão profunda:

You need to sleep. We can talk about it later.(Você precisa dormir. Nós podemos falar disso mais tarde). - Ele tirou seu blazer e me cobriu.

Naquela hora, todo o medo que eu tinha foi embora num instante. Todo o ódio do Oscar se desvaneceu. Eu só conseguia continuar me fingindo de vítima enquanto pensava em uma forma de ganhar o coração dele.

 

~Bom ,não é tão ruim. Eu já estou na limousine dele. Ele já se importa comigo, de alguma forma. É uma pena que ele seja tão reserv... Credo garota! Deixa de ser interesseira! Ele é só um cavalheiro, nada demais vai acontecer, pois queira você ou não, ele vai te respeitar…~

 

Eu estava tão cansada e perdida nos meus pensamentos que nem percebi quando caí no sono. Acordei em um quarto, e por um momento pensei ter visto o T.O.P olhando pra mim, mas era apenas uma pintura dele. Aliás, todo o quarto tinha pinturas e objetos que pareciam muito delicados, e a decoração era magnífica, como uma daquelas casas de boneca que eu nunca tive. Eu gosto muito de arte, então passei um bom tempo admirando todo o quarto, ainda sem apagar a luz, porque a janela estava aberta e a luz da lua de madrugada era suficiente para iluminar o reflexo da cerâmica.

Vi que horas eram no relógio. 3 horas da manhã, no Japão. Eu não conseguiria dormir mais, porque agora estava completamente elétrica. Eu só tinha meu celular comigo e ainda estava com a mesma roupa suada de outrora. Mas o pior era a fome. Eu queria parecer educada, mas não tinha outro jeito. Saí andando pela casa dele, procurando a cozinha, quando ouvi barulhos estranhos no corredor. Barulhos de sexo. Pareciam duas vozes masculinas. Será que o T.O.P…? Não não. Ufa! Não era a voz dele, seria muito fácil de reconhecer. Quando me convenci de que não era a voz dele, saí o mais rápido possível na ponta do pé pra não me meter em mais confusão. Desatenta, eu acabei tropeçando em alguém. Mas que casa badalada às 3 horas da manhã! Quando olhei, era o T.O.P.

Ele parecia completamente bêbado. E agora, o que eu faço? Ele é tão pesado! Consegui fazê-lo se apoiar em mim, cambaleante, e levei ele pro meu quarto, que era o único lugar da casa que eu conseguia achar. Coloquei- o na minha cama e ele dormiu quase que imediatamente.

Um forte cheiro de soju impregnou o quarto, mas eu não me importava, porque aquela criatura maravilhosa estava a pouquíssimos metros de mim. Eu tinha que aproveitar essa oportunidade, fazer alguma coisa! Mas o quê?

Primeiro, eu tinha que parecer o mais atraente possível. Então eu lavei o cabelo, me depilei (nunca se sabe quando você conseguirá o que quer), e não procurei outra roupa. Só me enrolei na toalha e saí à procura do quarto dele. Ficaria muito óbvio se eu dormisse na mesma cama ao lado dele, então achei que assim era melhor, porque ele voltaria a seu quarto. Agora me parecia que ficaria muito óbvio dormir de toalha também, então procurei uma blusa qualquer no guarda roupa dele. Peguei um sobretudo de lã que parecia confortável, e depois do banho, me bateu o cansaço de novo, então dormi mais uma vez.

Acordei de novo, dessa vez já sendo de manhã. Eu me levantei e tirei o sobretudo, porque já estava quente. Agora que eu olhei de novo , a cama parecia ter um alto relevo. Será que o T.O.P estava dormindo com alguém? Será que esse realmente era o quarto dele?

Minhas respostas se dissiparam no minuto em que um homem saiu das cobertas, se levantou e me olhou fixamente,passando os olhos por todo o meu corpo nu.

Era Kang Daesung. E ele também estava nu.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...