História Lira: A Musa de Seung Hyun - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, Black Pink, T.O.P
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Lisa, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang, Blackpink, Choi Seung Hyun, Hot, Imagine, Kpop, Lisa, Romantico, Suspense, Top
Exibições 54
Palavras 855
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Estou tentando deixar essa história com muito suspense e vários rolos!! Me digam se está dando certo KKKKKK

Capítulo 6 - O anjo maquiavélico


Fanfic / Fanfiction Lira: A Musa de Seung Hyun - Capítulo 6 - O anjo maquiavélico

Aquilo era real? O que eu deveria fazer? China? Eu mal sei falar japonês! E eu nunca voltaria pra casa?! Esses pensamentos começaram a tomar conta de mim, e eu senti uma profunda tristeza. Estava desesperada, cansada e suada, com frio e com fome, e mais isso!

GDragon entrou na sua limousine e saiu, enquanto o Oscar continuava parado no portão, como se estivesse esperando alguém. Fiquei ali esperando para ver quem era, e me toquei. Ele estava ME esperando.

Eu obviamente não estava preparada pra isso. Agora eu nem poderia mais pedir ajuda pro T.O.P, porque ele provavelmente já estaria no aeroporto. Eu não sabia andar muito pela área, e definitivamente não voltaria para a escola. Só vaguei na direção oposta, e todas as luzes estavam apagadas, porque naquela parte da cidade não havia muitas boates e casas noturnas. Na rua só tinha um MCDonalds e um Bobs aberto, mas eu queria muito dormir. Cruzei as mãos sobre os seios pra ninguém perceber que eu estava sem sutiã (eles são bem severos quanto a isso na Ásia) e continuei sem rumo até que ouvi um barulho de pessoas reunidas. Quando me aproximei, era uma igreja, e eu tinha perdido a noção da hora. No meu celular eram 9 horas da noite, então era até razoável que houvesse um culto.

As pessoas começaram a sair e eu entrei meio curvada pra ninguém me reconhecer. Desci até o púlpito tentando achar o pastor ou padre, mas só havia um homem sentado na primeira fileira. Eu não queria ficar sozinha, então me aproximei para esperar o pastor ao seu lado. Ele estava muito bem vestido e tinha um rosto muito fofo de criança, do tipo que não fazia nada de errado. Ele sorriu pra mim e perguntou:

- Olá linda moça. Está tudo bem? Você parece cansada.

- Obrigada pela atenção. Eu vou ficar bem, não se preocupe. Você sabe onde está o pastor ou padre?

- No momento,você só tem a mim. O pastor saiu, e me encarregou de fechar a igreja. O que você queria falar com ele era muito pessoal?

- Bom… Sim. Não. Ai, nem sei mais. É meio vergonhoso admitir isso, mas eu preciso de um lugar pra dormir. Não posso entrar em detalhes…

- Tudo bem, tudo bem. Eu não estou aqui para julgar. Não posso te chamar para dormir na minha casa, porque não seria pertinente. O que eu posso fazer é deixar a igreja aberta. Tem um banheiro ali, mas você vai ter que dormir no chão…

- Está ótimo! Muito obrigada! Nem sei como te agradecer...Qual é seu nome mesmo?

- Taeyang. E o seu?

- Lira.

- Boa Noite, Lira.

- Espere! - Seria possível? - Você está viajando para a Coréia hoje?

- Como você sabe? Quem é você? - Como eu não percebi isso antes?

- Alguém em quem você precisa confiar.

- Mas como…?

- Você tem um tempo? Eu preciso desabafar com alguém.

(...)

- Não acredito que o GDragon falaria desse jeito. Tem certeza que foi ele?

- Absoluta! Seu estilo é único. Me ajude por favor! O que eu faço?

- Venha comigo. Mas me prometa que não tentará nada. É sua única chance de me fazer confiar em você.

 

Fechamos a igreja e entramos rapidamente no carro. Taeyang dirigia como um louco, me levando para a parte da cidade mais perigosa e suja que se poderia imaginar. O que ele pretendia ali? Chegamos em uma casa noturna, e ele logo pediu para falar com o gerente… Eu fiquei pensando em porque um menino da igreja como ele conhecia um lugar daqueles. Então o gerente chegou e Taeyang nos levou para um canto. Ele tinha um plano.

- Coloque uma câmera escondida no quarto presidencial, e não avise sua dançarina. Nós vamos filmá-lo. Quanto você quer por isso?

- Hmmm.. Essa menina parece muito bonita…- Disse ele olhando para meus seios.

- Não! - Taeyang foi ríspido.- Ela não está aqui pra isso. Acertamos mais tarde?

- Tudo bem. Eu sei que você não vai esquecer.

 

Saímos daquele ambiente estranho e fomos para o outro lado da quadra. Taeyang viu minha cara de perdida, e me explicou que há muito tempo ele sentia que JiYoung (eles são amigos há muito tempo) estava diferente, que o sucesso o havia afetado.

- Mas o que eu não entendi é porque estamos na boate. O Gdragon é viciado em sexo?

- Não, ele não é. Não é por ele que estamos aqui. É pelo SeungRi.

- Ahn? O que tem a ver?

- No momento, SeungRi é o único que consegue conversar com o JiYoung e ser ouvido. Mas ele é muito egoísta, então precisamos chantageá-lo. Ele sempre frequentou essas casas noturnas, mas parou por um tempo quando se envolveu com JiYoung. Só que agora ele recaiu, e eu sou o único que sabe. Eu não ia fazer isso, mas você não tem culpa de amar o hyung e francamente... - ele deu um suspiro de decepção-  JiYoung passou dos limites há muito tempo, e está na hora de alguém fazer algo a respeito.


Notas Finais


Me digam se está funcionando!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...