História Lira: A Musa de Seung Hyun - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, Black Pink, T.O.P
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Lisa, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang, Blackpink, Choi Seung Hyun, Hot, Imagine, Kpop, Lisa, Romantico, Suspense, Top
Exibições 44
Palavras 788
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Grandes Revelações!
Obrigada por vocês, lindas iludidas e iludidos que acompanharam até aqui!
Calma que vai ter mais Haha

Capítulo 9 - Meu nome é Lisa


Fanfic / Fanfiction Lira: A Musa de Seung Hyun - Capítulo 9 - Meu nome é Lisa

A Tailândia é um país lindo, porém muito pobre. Eu pensei que já estava acostumada à pobreza, mas aquele lugar me mostrou que eu estava muito enganada. Pelo menos minha família ficou mais unida. Meu pai começou a beber menos e até conseguiu um emprego. Meus irmãos gostaram do novo país (todos eram mais altos que a média). Só a minha relação com a minha mãe que piorou.

Agora eu não tinha que sustentar a família, ou seja, era só mais uma filha, e ela descobriu que eu não era virgem. Embora eu tenha perdido a virgindade antes de ir para o Japão, foi pelo sexo fora da hora que minha vida teve que mudar tão radicalmente. É claro que minha família acha que é porque na Tailândia eles não conseguem pronunciar nosso nome brasileiro e por isso tivemos que mudar, mas acho que no fundo minha mãe sabe que eu me meti em encrenca.

Como eu não podia falar sobre isso com ninguém a não ser o Seungri e Taeyang (os quais eu só consegui ver uma vez no ano), fiquei muito sozinha e me fechei pra amizades profundas. Comecei a treinar todos os dias, sábados, domingos, feriados, mal via minha família e só ia para casa pra dormir ou comer. Muitas vezes eu dormi no estúdio de dança, ou virava a noite ensaiando coreografias e passos que eu não conseguia nas aulas. Uns dois dias antes da audição da YG, foi a única vez que eu vi o Taeyang e o Seungri na Tailândia. Nos encontramos perto de uma igreja (ninguém procuraria um membro do BIGBANG ali). Eles ficaram muito chocados ao ver meu estado.

- Lira! O que aconteceu com você?!  Você está tão magra! - Seungri e Taeyang estavam preocupados .

- É que eu estou treinando muito. Vocês não veêm como eu estou falando bem? - Respondi em coreano.

- Uaau! Realmente… Como se sente para as audições da YG?

- Estou me sentindo nervosa, mas preparada ao mesmo tempo. Obrigada por tudo, você dois. Eu devo minha vida a vocês. Prometo que não vou decepcioná-los!

- Só mais uma coisa -disse Taeyang. - Precisamos fingir que não nos conhecemos. Apague nossos contatos e mensagens, e o mais importante: Não fale com T.O.P a menos que ele fale com você. E sempre seja formal. Qualquer intimidade que você tentar criar com ele vai ser mal vista pelos outros idols e trainees. Eu sei que estamos pedindo muito, mas não se precipite. Lembre-se que você só pode namorar com alguém da agência dois anos após o debut!

- Ainda tem isso?!

- Outra coisa! T.O.P hyung tem muitas admiradoras mesmo dentro da agência.  Tente não ficar com ciúme.. - Seungri disse apertando minha bochecha.

- Tão difícil!

 

Os dois começaram a rir. Meu coração estava apertado, e se eu não passasse? Uma lágrima rápida escorreu pelo meu olho. Então Seungri me abraçou e disse:

Eu estou torcendo por você. Até T.O.P está, mesmo que ele não saiba como. Vá descansar e aproveite sua família enquanto você pode”.

Seu abraço era tão quente, e me fez chorar ainda mais. Só conseguia dizer “Kumawo, Oppa” … Ele pegou meu rosto com suas duas mãos, olhou no fundo dos meus olhos e disse : “Eu acredito em você. ”

Pensei ter ouvido uma voz parecida com a de Daesung , então Taeyang falou “Lira, é melhor você sair daqui. Rápido. ”

Tarde demais. Daesung me viu chorando e perguntou para os meninos:

- O que aconteceu com ela?

Respondi com o resto de minhas forças:

- Nada demais. Só estava orando e me emocionei.

Virei a rua “calmamente”, e comecei a correr ao virar a esquina, chorando como uma louca tão tarde da noite.

Como Seungri falou, não treinei nos dois dias antes, mas descansei. No dia da audição, eu estava tranquila, e posso dizer que fui extraordinária na dança. No canto, fui mediana. Meu rap também foi bom, algo que eu aprendi a gostar depois do T.O.P. Sinceramente, pensei que haveriam mais pessoas preparadas, mas um ou dois estavam no meu nível.  Acho que eu treinei demais. Ao final de tudo, eu fui a única aprovada!

Depois das audições, Papa YG me chamou em particular e perguntou algumas coisas gerais, e se eu gostaria de ser artista na Tailândia ou na Coréia do Sul. Coréia, obviamente. Ele riu. E depois me fez uma pergunta mais séria, do jeito que só ele sabia fazer.

- Olha, Sandara Park usa Dara como nome artístico, porque três sílabas no primeiro nome está muito além do padrão coreano. Seu nome é Lalisa,certo? Alguma ideia de apelido?

Nunca tinha pensado nisso, mas era minha chance.

- Pode me chamar de Lisa.


Notas Finais


O que acharam? Tava meio óbvio ou foi uma descoberta chocante?
Espero que vcs tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...