História Lírio Branco - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~BolinhoDbatata

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Alfa, Beta, Bts Abo, Namjin, Ômega, Vkookmin, Yoonseok
Exibições 533
Palavras 1.736
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLAR ARMY! 💖
+100 FAVS OMG MUITO OBRIGADA A TODOS VOCÊS, SEUS XEROSOS! 💖💖💖💖💖
Boa leitura 💖

Capítulo 7 - Magnólia


Fanfic / Fanfiction Lírio Branco - Capítulo 7 - Magnólia

- Yoongi hyung é muito fechado, hyung. Acho que você já percebeu que ele não come conosco e evita ao máximo ter que socializar com as pessoas. Não sei o milagre que foi ele estar na sala aquele dia para te receber. Jin e Namjoon hyung nunca explicaram o real motivo de ele ser daquele jeito, apesar de eles saberem o porque, mas depois de um tempo, você se acostuma. – ele disse e logo após isso, chegamos ao nosso destino. Assim que Jimin estacionou o carro, saímos do veículo e nos colocamos a andar para dentro do enorme prédio. Alguns ômegas encaravam Jungkook com medo, outros se assanhavam para o alfa, e Taehyung contorcia sua face em uma carranca irritada. – Aish! Esse povo não se coloca no devido lugar! – grunhia mortal.

- Calma Tae, eles não ousariam. – tentei conforta-lo, afagando seu ombro. Ele concordou, tentando se acalmar. Percebi que tinha um par de olhos sobre mim, me incomodando. Quando olhei na direção que me queimava, encontrei Shin Hoseok com um sorrisinho nos lábios. Revirei os olhos e continuei a caminhar com os mais novos. Taehyung notou e fez cara feia para o alfa.

- Se ele te irritar ou tentar te fazer alguma coisa, me avisa! Que eu venho na mesma hora dar um soco na cara desse aí. – o de cabelos lilases tinha o punho fechado, o que me fez sorrir levemente ao concordar com a cabeça. – Te vejo no fim do período. Se cuida.

Entrei na sala após me despedir dos garotos, encontrando Yoongi debruçado sobre a carteira. Ele está dormindo? Pensei. Mas não iria incomoda-lo. Ele devia estar cansado, já que sua rotina de estudos em casa era bem puxada. Ficava me perguntando o que o motivava. Ele era bem empenhado, e mesmo com o visual pesado, tinha certeza que se sairia bem nas provas a ponto de ficar entre os melhores da turma.

Sentei-me no meu lugar, respirando fundo, aproveitando meus últimos minutos de paz, antes de Shin Hoseok chegar na sala.

Nem preciso dizer que minha alegria durou menos do que eu imaginei. O garoto já se aproximava a passos firmes, se jogando sentado em cima da minha carteira. Apenas o encarei com o cenho franzido.

- Posso te ajudar em alguma coisa? – questionei.

- Na verdade, eu gostaria de me desculpar por ontem. Acho que fui um pouco invasivo demais. – coçou a nuca com um sorriso de lado.

- Ah, isso. Tudo bem. – permiti sorrir para ele, e vi o rosto do garoto tomar uma tonalidade avermelhada. Ele era fofo. Que fique claro que eu ainda tenho asco por alfas, mas ele era bonito, isso é incontestável. – Mas será que você poderia.. Bem, sair de cima da minha mesa? – tentei não soar rude, e ele logo se levantou desculpando-se.

Eu estranhei, apesar das palavras do alfa. Afinal, ele estava rindo com os amigos enquanto me encarava no corredor até uns cinco minutos atrás. Ignorei o pressentimento ruim que se instalava no meu peito e abri meu livro de Bioquímica.

Eu já cursava Medicina, mas após conseguir essa bolsa integral na Sungkyunkwan University, acabei me transferindo. O que era bom, afinal, havia algumas coisas que eu já estudara, e isso tornava a minha associação com o assunto falado um pouco mais fácil. Estava em meu terceiro ano junto com o restante da sala, longos seis semestres já se passaram. Eu ainda tinha curiosidade em saber o motivo pelo qual cada um desses garotos se encontrava estudando algo tão difícil, complicado e sério. Seria somente pelo dinheiro, ou para assumir um negócio de família? Afinal estávamos em uma universidade conceituada. Também divagava sobre o real motivo ser parecido com o meu. Talvez algum veterano estivesse aqui por amor à profissão, talvez um sonho de infância, ou almejo de vida. O meu é auxiliar ômegas como eu, era isso que me movia a continuar me empenhando; eu sabia o quanto era difícil estar em tal condição e o quanto isso era triste. Queria ter a capacidade de devolver sorrisos e de mudar uma tragédia. Sorri pensando nos bebês que nasceriam após o tratamento efetivo, e isso me enchia de coragem.

- Certo, alunos. Sei que é repentino, uma vez que começamos o semestre recentemente. Mas vou passar um pequeno trabalho em dupla para vocês. – antes que alguém pudesse protestar, ele começou a separar os nomes. – Park Chanyeol e Byun Baekhyun, Oh Sehun e Lu Han – continuou dizendo os nomes e eu torcia para que ele não me colocasse com Shin Hoseok, praticamente implorava para Deus. – Lee Hyukjae e Lee Donghae – os dois bateram um high five em comemoração, senti uma pontada de inveja, já que eu não tinha nenhum colega naquela sala. – Liu Amber e Jung Krystal – as duas viraram o rosto uma para a outra desaprovando a formação imposta, e eu temia pela minha dupla ainda mais. – Choi MinHo e Lee Taemin – o Choi pareceu não se importar, já o Lee ganhava uma coloração vermelha em sua pele. Parei de prestar atenção na formação das duplas que o professor de Bioquímica Kim Kibum fazia, apoiando minhas mãos na cabeça enquanto olhava para algum rabisco em minha mesa. “aish, sério mesmo que ele está fazendo isso?”, “ouvi dizer que o professor Kim é um ômega que faz o tipo casamenteiro...” ouvia murmúrios entre os alunos da minha sala. E como num estalo eu percebi o padrão de suas escolhas: um alfa e um ômega. Pelas minhas contas, os “casais” estavam acabando, e meu nome não havia sido chamado. - ... e por fim, Jung Hoseok, Shin Hoseok e... Min Yoongi. Vocês serão um trio, já que o número de alunos infelizmente é ímpar. – ele se mostrava visivelmente frustrado com o fato de não conseguir formar mais duplas.

Eu abri minha boca para protestar, mas me aquietei. Eu não tinha muito que fazer, já estava definido quem faria trabalho com quem. Só abaixei minha cabeça lamentando internamente.

A aula começou no pior clima de velório. A maioria das duplas ou se desgostava, ou não se conhecia direito. Eu levei meu olhar até Yoongi. Nós morávamos na mesma casa, mas não havíamos conversado muito até então – sem contar o fato de que ele era indiferente a mim –. O Min abriu seu livro na página indicada, não lamentou a escolha das duplas, e muito menos pareceu comemorar o fato. Indiferente, como sempre.

- Vou adorar a chance de te ver fora dessa sala. – sobressaltei com a aproximação repentina de Shin. – Podíamos sair hoje para definir as partes do trabalho. – eu conseguia sentir o sorriso sacana em seus lábios mesmo sem ver seu rosto por completo.

- Shin, por favor. Não força a barra. – revirei os olhos o encarando, ele estava com um bico nos lábios e eu me amaldiçoei por achar aquilo adorável. – Tá. Precisamos mesmo, mas não hoje. Vou falar com Yoongi-ssi antes. – ele retorceu o rosto desaprovando a ideia, recostando-se novamente em sua cadeira.

- Aquele punk tatuado é um porre. – cruzou os braços suspirando pesadamente. Fiquei me perguntando qual seria a relação dos dois. Yoongi não conversava com muitas pessoas naquela sala, aparentemente não tinha muitos amigos. E com certeza Shin Hoseok não fazia parte desse -quase inexistente- grupo – Mas que seja, desde que eu possa passar um tempo com você, já me vale o sacrifício. – um sorriso tímido brotou em seus lábios, e eu me vi sem graça.

Sabia o que ele queria, mas aquele sorriso me desnorteou de certa forma. Suas intenções eram as piores, correto? Por que ele tinha que variar entre o cretino e o fofo dessa forma tão natural? Virei-me para frente, Kim Kibum começara as instruções do trabalho dado.

- Darei uma folha a cada dupla, e quero a mesma respondida até semana que vem. Jung Hoseok, venha por gentileza pegar a folha do trio. – assenti e fui até sua mesa. Ele me dirigiu um olhar afável, com um pequeno sorriso. – Boa sorte com eles. – não soube identificar o que ele queria realmente dizer com aquilo, mas sorte era algo que eu definitivamente não possuía.

 

A aula se arrastou de forma lenta, e eu olhava para o relógio acima da lousa a cada dois minutos. Anotava coisa ou outra que eu julgava ser importante, me segurando para não bocejar em tédio. Quando Kibum se despediu indo até a porta, o professor da próxima aula estava entrando, e eu posso estar vendo coisas, mas notei Kibum suspirar, seu rosto também parecia mais rosado. Segundo a folha que eu carregava com os horários de aula, o nome dele era Kim Jonghyun. Voltei a olhar para frente, e pude notar que ambos conversavam algo antes de Kibum dar um soquinho em seu ombro e sair do batente da porta com um risinho. Eles estavam flertando bem ali na frente de todos. Professor Kim Jonghyun possuía um sorriso bonito, e balançava a cabeça negativamente.

- Ai, esses ômegas... – deixou os papeis sobre a mesa, se voltando para a sala logo em seguida. – Bom dia! Como estão hoje? Kibum já os obrigou a fazer trabalhos em dupla, ou ainda não? – pelos murmúrios, ele pode perceber que sim. – Ele não tem jeito mesmo. – estalou a língua no céu da boca, rindo em seguida. – Meu nome é Kim Jonghyun, como a maioria já deve saber, e além de ser um alfa gatão, também darei aula de Psicologia Social para vocês nesse semestre. Nossa convivência será agradável, e espero que vocês logo possam se sentir mais a vontade. – sorria grandemente daquele jeito confortante, além de convencido.

 

A aula de Jonghyung passou num piscar de olhos, seu jeito dinâmico prendia a atenção de todos. Mais ríamos do que qualquer outra coisa. Foi um maravilhoso quebra gelo, e eu acho que já havia encontrado minha matéria preferida daquele semestre. Ele pediu um relatório para a próxima aula, e se despediu.

Era o intervalo entre os períodos, o que durava uma hora exata.

- Você pode me acompanhar? – sua presença me fez arrepiar. Olhei para cima e seus olhos me encaravam sem muita expectativa. Maneei um sim com a cabeça sendo tomado por um nervosismo desconhecido. Afinal, o que Min Yoongi queria comigo?


Notas Finais


Magnólia simboliza "simpatia"
Acho que esse trabalho vai dar um pequeno ruim, e vcs?
Muito obrigada por todo o carinho e apoio! Vocês são demais!! 💖💖

COMEÇAMOS A FIC DE DADDY KINK QUE ESTAVAMOS LOUCAS PRA POSTAR
DEEM MUITO AMOR PARA HOLLYS KOPPI 💖💖 https://spiritfanfics.com/historia/hollys-koppi-6729977

Até a proxima treta, QUER DIZER, capítulo! 💖💖💖💖

E um pequeno merchandising básico das nossas outras fics S~ÇADLAS~DA ELAS SÃO BOAS, PROMETOO


Fic amorzinha: Before I Fall (Yoonmin Namjin Vhope) : https://spiritfanfics.com/historia/before-i-fall-6243855
Fic Daddy!Kink [texting]: Daddy I Need You (Vhope) : https://spiritfanfics.com/historia/daddy-i-need-you-6683651
Fic Selfharm: Save Me ( Vhope Namjin Yoonseok Jikook Vkook MPREG ) : https://spiritfanfics.com/historia/save-me-6683197


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...