História Lista de coisas para fazer pela primeira vez - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Taeyoonseok, Vhope, Yoongi, Yoonseok
Exibições 523
Palavras 1.786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Como eu disse no capítulo anterior, eu irei explicar como vai funcionar a fanfic e quando eu irei atualizar.
Bom, como na fanfic a lista DEVE ser cumprida até o final do ano de 2016 (que já está chegando), a fanfic em si também deve e IRÁ terminar no final do ano. Basicamente, a fanfic vai terminar junto com a lista do Jimin, para que vocês acompanhem certinho.
Por isso eu precisarei postar não uma, nem duas vezes por semana, mas sim um dia sim e um dia não. Eu quero que a fic termine junto com a lista certinho, então sim, vai ter MUITA atualização por semana, porque tem 20 capítulos ao todo que devem ser postados até o último dia de 2016. Os primeiros capítulos se passam na semana passada (que foi quando eu comecei a escrever) e só no capítulo 16 que as datas irão ficar sincronizadas com as da fanfic, então me desculpem por isso, eu estava com muito medo e insegura em relação a essa fic (assim como eu sou em praticamente todas que eu posto).
Ok, então tá, dia sim/ dia não estarei postando aqui, ou seja, hoje sim, amanhã não, quarta sim, e assim por diante. De sexta, sábado e domingo eu sempre estarei postando, para que fique tudo certinho mesmo, do jeito que eu quero. NÃO haverão atrasos, a não ser que algo grave aconteça ou minha internet não pegue.

O Jimin será GAY, então se não gosta, por favor não leia. Não estarei mudando a estória inteira para ele ser hétero, até porque eu nem shippo casal hétero, então vai ser gay sim, desculpem. O shipp é Jikook, não é spoiler nem nada, está nas tags da fanfic, então sim vai ser Jikook sim.
Terá outros casais dentro fanfic que serão falados a partir desse capítulo, MAS o foco é em JIKOOK. Só quero deixar bem claro isso, para não ter confusão nem nada. Ah, e as partes mais quentes vão aparecer daqui a pouco, prometo de dedinho.

Enfim, é isso. Espero que gostem, sério eu me dediquei muito nessa fanfic, que por acaso é a minha PRIMEIRA LONG FIC. Então se tiverem alguma crítica, podem falar que eu estarei lendo e tentando melhorar. Boa leitura e espero que vocês gostem mesmo.

Capítulo 3 - Capítulo 03


Fanfic / Fanfiction Lista de coisas para fazer pela primeira vez - Capítulo 3 - Capítulo 03

Hoje é terça-feira, tenho uma dança para apresentar como trabalho final. Estou agitado e no cagaço, tenho que ir bem nesse negócio, caso contrário não irei terminar a lista porque minha mãe viria até Seul só para me matar. Não quero morrer virgem, muito menos sem meu primeiro beijo. Acabei me levantando antes do horário devido a ansiedade, que não me deixou dormir. Tomei um banho mais demorado e tentei relaxar. Passei base, corretivo e pó em meu rosto para ficar mais apresentável, vesti uma calça e sapatos sociais, ambos pretos, e uma blusa branca, a vestimenta para a dança. Coloquei uma calça jeans normal e um moletom preto básico na mochila para me trocar depois, peguei um agasalho para agora e sai em direção a universidade, comendo uma maçã.

Avistei os meninos na mesma árvore e me aproximei, Hoseok-hyung vestia roupas parecidas com a minha, pois o trabalho era em conjunto com o último semestre. Dei bom dia a todos, sem abraços ou beijos para não ter o perigo de sujar ou amassar minha roupa e me direcionei até o teatro com o hyung. Nos preparamos rapidamente e subimos no palco, dando início a apresentação.

Dançamos uma música escrita por Yoongi-hyung em sua aula, chamada Blood, Sweat & Tears. Quando terminamos de dançar, saímos do palco, suados e exaustos, e fomos até o chuveiro da Educação Física – liberado somente para uso dos alunos de dança hoje. Me banhei rapidamente, odeio tomar banho com mais um monte de homens juntos, me arrumei e esperei Hoseok-hyung, que logo chegou e me acompanhou até o teatro novamente.

Os professores nos chamaram para falar sobre a apresentação, deram nossa nota e nos desejaram boas férias. Quase desmaiei ao ouvir que tiramos a nota máxima, isso é ótimo! Além de que não teria mais aula a partir de quinta-feira, graças a Deus.

O sinal do intervalo tocou, então fomos até a árvore nos encontrar com os outros meninos. Dessa vez Taehyung não me abraçou, mas selou minha bochecha e sorriu ao vê-la avermelhada. Sorri de volta envergonhado e o abracei pela cintura, vendo os meninos me olharem espantados.

- Calma, Hobi-hyung e Yoongi-hyung, não vou rouba-lo de ninguém. – Eu disse, soltando Taehyung e levando as mãos em sinal de rendimento.

- Yah! Eu disse que ele estava estranho! – Gritou Seokjin-hyung, mas logo vindo em minha direção e me abraçando. – Vou aproveitar enquanto ele está assim. – Murmurou e eu ri.

- Então eu também quero um abraço, afinal tiramos a nota máxima! – Disse Hoseok com um bico nos lábios.

Me aproximei e o abracei brevemente, agradecendo por ele ter me ajudado no trabalho. Ele se assusta, mas logo corresponde ao abraço enquanto sorria e gritava de felicidade, me fazendo rir.

- Preciso ir almoçar, daqui a pouco tenho que ir para a cafeteria. – Avisei olhando o horário no celular. – Até amanhã, hyungs. – Beijei a bochecha de todos, terminado no Tae e Jungkook. – Até, TaeTae, Kookie. – Sorri e caminhei para fora dos portões.

- O que deu nele? – Perguntou Jungkook risonho quando me afastei, mas consegui ouvir.

- Espera, eu vou com você! – Gritou Taehyung, correndo atrás de mim.

Parei de caminhar e esperei até que ele me alcançasse, continuando até no mesmo restaurante de ontem. Eu sempre almoço aqui, então eles fazem um preço especial para mim. Pedimos um bibimbap* e esperamos a comida chegar.

- Vai me dizer o porquê dessa mudança toda? – Indagou o mais velho.

Taehyung é o meu melhor amigo, nos conhecemos desde sempre, já que nossas mães também sempre foram muito amigas. Ele me conhece melhor que ninguém e vice-versa.

- Estou normal, Tae. – Desconversei, sorrindo ao ver o garçom com nossa comida se aproximar.

- Você não me engana, Park Jimin. – Respondeu sério, pegando seu hashi e começando a comer. – Nos conhecemos desde que eu nasci e você nunca, nunquinha, me deu um beijo na bochecha ou abraços, muito menos nos meninos. – Droga, ele tem razão. – Anda logo, me diz.

Merda, ele é insistente. E se eu mentir ele saberá, afinal ele me conhece muito bem. Suspirei e revirei os olhos, teria que contar a verdade para ele, por mais constrangedora que seja.

- Não ria. – Pedi antes de começar.

- Não vou rir, prometo. – Levantou seu dedo mindinho e entrelaçou ao meu. – Agora me conta. – Revirei os olhos e comecei a contar tudo, desde o começo. Falei o quanto me sinto estranho e até mesmo inseguro por não ter tido nenhuma experiência sexual ou amorosa com ninguém, nem menos um beijo, e que decidi fazer uma lista de coisas para fazer pela primeira vez até o final do ano. Expliquei tudo, até que o afeto em público fazia parte da lista, deixando claro que eu realmente gostei e fiz hoje novamente por querer. – Uma lista?

- Sim. – Dei de ombros e continuei a comer.

- Posso ver ela? – Perguntou fazendo biquinho.

- Não está comigo, e de qualquer forma eu não iria mostrar para ninguém, seria um segredo só meu. – Murmurei.

- Mas agora é um segredo nosso, como vários outros que temos. – Disse ele. – Então qual o problema de eu vê-la? Eu já sei sobre ela de qualquer jeito.

- Tudo bem, mas você tem que prometer que não vai contar para ninguém sobre isso, muito menos falar o que está escrito nela. – Falei parando de comer e o encarando seriamente.

- Eu prometo, Jiminie. Você sabe que eu nunca contaria um segredo nosso para ninguém. – Sorriu quadrado, do jeitinho fofo dele. Retribui o sorriso e assenti.

Combinamos de ele ir até minha casa as 18:00, depois do meu trabalho, para ver a lista e dormir por lá. Pagamos a comida e Taehyung me acompanhou até a cafeteria.

- Jiminie, o que tem na lista que você pode fazer comigo, hoje à noite? – Perguntou curioso me fazendo corar. – Yah, não essas coisas! Quero dizer algo entre amigos, quase irmãos, como nós.

- Tem o “fazer alguma loucura”. – Respondi pensativo. – Não sei o que estava pensando exatamente, mas enfim, só tem essa e ir para alguma festa, mas amanhã temos aula.

- Tudo bem, então hoje vamos fazer alguma loucura! – Disse ele sorridente enquanto saía do meu campo de visão.

Eram 17:30 quando sai do trabalho e fui caminhando até meu apartamento, onde tomei um banho e coloquei um pijama assim que cheguei. Taehyung chega após alguns minutos, com comida japonesa para a janta e mais algumas sacolas. Comemos o yaksoba, que estava delicioso, e sentamos no sofá.

- O que tem aí? – Perguntei curioso, apontando para as sacolas de plástico.

- Nossa loucura! – Ele ri e eu acabo rindo junto. – Passei na farmácia antes de vir para cá e comprei algumas coisas para fazermos antes de eu olhar a lista, o que acha?

- Por mim tudo bem, mas o que é? – Estava morrendo de curiosidade.

- TCHARAM! – Sorriu, tirando duas tintas de cabelo da sacola. – Comprei uma tinta loira para você e uma preta para mim, vamos trocar as cores de cabelo! – Disse ele animado.

Pintar o cabelo? Pode não parecer uma loucura para qualquer outra pessoa, mas para mim, que não faz nada, é. Ele comprou também creme de cabelo hidratante, para ficar macio e sedoso. Fomos até o banheiro e ele pintou meu cabelo e depois o dele, retiramos a tinta e secamos os cabelos. Fizemos a hidratação, ainda sem ver o próprio resultado. Taehyung ficou muito bonito com cabelos escuros, sua cor natural, e ele diz que loiro ficou muito bom em mim.

- A hidratação está pronta, vamos contar até três e olhar no espelho. – Ditou Taehyung e eu assenti. – Um.

- Dois.

- Três. – Dissemos em uníssimo, nos virando para o espelho.

Ok, wow.

Modéstia à parte, eu realmente fiquei bonito loiro. Nunca pensei que fosse ficar tão bom, já estava quase chorando pensando que ia ficar horrível, mas estava enganado. Essa cor caiu muito bem em mim, me deu mais esperanças de dar meu primeiro beijo ainda essa semana, em alguma festa.

- Se você não fosse como um irmão para mim eu mesmo te beijava. – Disse Taehyung. – Mas você é e só de pensar na hipótese de te beijar me deixa com nojo.

- Queria deixar claro que isso é cem por cento recíproco. – Respondi.

- Ok, agora vá pegar a lista para eu ver. – Pediu após ajeitar seus fios, agora, morenos.

Fui até meu quarto e peguei a folha, já meio amassada, debaixo da minha cama, meu esconderijo ultrassecreto. Não contem para ninguém. Voltei até a sala e entreguei a lista para ele, que sorriu. Leu cada tópico, rindo em alguns e corando em outros, até parar em um sorrir largo.

- Vem aqui, Jimin-ah.

Fui até ele, que estava sentado no sofá, e me sentei ao seu lado, vendo seu sorriso aumentar. Eu estava ficando com medo. Ele segurou minhas bochechas entre seus dedos cumpridos e me puxou para perto, arregalei os olhos com a proximidade, o que ele está fazendo?

- O qu-

Parei de falar ao sentir seus lábios selando os meus rapidamente e seus olhos me encarando com divertimento.

- Mas que porra foi essa Taehyung? – Gritei.

- Seu primeiro selinho. – Respondeu rindo. – Com seu melhor amigo.

- Você é um idiota, sério.

- Tudo bem, não vou fazer mais nenhum outro tópico para você, só ir para as festas e beber. – Disse como se não tivesse acabado de beijar. – Quinta nós podemos ir em uma balada, já que na sexta nós já estamos de férias. – Apenas assenti revirando os olhos. – Na sexta nós vamos numa festa de despedida que a universidade vai dar e no sábado tem a formatura do Hoseok-hyung. – Continuou olhando para cima pensativo. – Até domingo você já bebeu, ficou bêbedo e provavelmente já vai ter beijado. – Ele sorri e dá um “hi-five”. – E pode deixar que eu cuido de você na sua primeira bebedeira.

- Ah sei! – Ri incrédulo. – Você vai ficar com seus namorados, vou acabar ficando sozinho com as bebidas, isso se eu gostar de alguma.

- Yah, não diga isso. Seokjin e Namjoon hyungs vão estar lá e Jungkookie também, de qualquer forma um de nós iremos cuidar de você. – Disse ele com um bico nos lábios. – Não se preocupe, Minnie.

Apenas assenti e me deitei com a cabeça em seu colo, ligando a TV em algum dorama aleatório, sentindo os dedos gélidos do meu amigo me fazendo cafuné. Algumas horas depois, Taehyung me diz que está com sono, então fomos até meu quarto. Abri a cama de baixo para Taehyung e lhe dei um travesseiro e cobertores. Desejei boa noite e sai do quarto, com uma caneta vermelha em mãos junto com a lista.

07- Fazer loucuras;         OK

08- Dar selinho;               OK


Notas Finais


Continua?
Espero que estejam gostando, até quarta <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...