História Little Fox - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, V
Tags Bts, Fuffly, Híbrido, Hoseok, J-hope, Jihope, Jimin, Jin, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Sugamon, Taehyung, Taejin, Vjin, Yaoi, Yoongi
Exibições 104
Palavras 1.513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLO PEOPLES LINDAS DO MEU CORAÇÃO!
Raposinhas divas, porque eu amo raposas, e essa fanfic tem um tema ligado com raposas u.u
Vou chamar vocês de Raposinhas Divas!
A ideia veio faz um tempo, quando eu estava sem internet, tenho muitos capítulos prontos, não poderei atrasar :)
Eu espero que vocês curtam
Vou fazer diferente do que atualmente faço, apenas se quiserem ver os avisos da fic vão até a classificação que já se resolve XD
Estou bastante animada com essa fanfic! Espero que gostem!

Boa Leitura!

Capítulo 1 - One - A Life


Fanfic / Fanfiction Little Fox - Capítulo 1 - One - A Life

 Little Fox

Capítulo 01:

One – A Life.

Autor Pov’s On

 

O acastanhado suspirou pesadamente, passando a mão entre seus fios castanhos, encarando as paredes cinzentas de seu quarto. Sua vida estava tão monótona ultimamente que chegava a ser extremamente chato. Alguns de seus amigos estavam tão ocupados com seus próprios problemas amorosos e pessoais que não notavam isso acontecendo, no entanto, Hoseok, um dos melhores amigos do acastanhado já tinha notado isso. Não era nenhuma surpresa Hoseok pensar em inúmeras possibilidades pelo porquê do melhor amigo andar tão ácido e sem graça ultimamente.

 

Seria um pouco óbvio um garoto que faz faculdade, e trabalha a noite ser estressado, só que SeokJin não era esse tipo e garoto. Mesmo sofrendo um pouco de pressão dos pais na parte dos estudos, ele era relaxado com isso. Estudava na parte da manhã, tirava algumas poucas horas para estudar todo o conteúdo passado a tarde, e o seu trabalho não era tão pesado assim e nem estressante. Raramente saia com seus amigos, principalmente nesse período da sua vida tão tediante, além do mais, eles estavam ocupados demais se pegando entre si para apreciar uma companhia amais entre eles.

 

Não era como se o acastanhado se importasse, realmente.

 

SeokJin se jogou contra a cama, fechando os olhos tentando pegar no sono, mas falhou miseravelmente porque a companhia soava alta e irritante. Contragosto, e soltando inúmeros muxoxos irritados, o acastanhado se levantou da cama, sentando na mesma. Seus pés quentinhos se chocaram contra o gélido piso abaixo de si, fazendo SeokJin se arrepiar. Passou a mão por seus braços, sentindo o frio passageiro, e soltou mais resmungos.

 

Saiu do quarto, indo as escadas e descendo as mesma rapidamente, querendo atender a porta, e mandar a pessoa ir embora na mesma hora. Estava com uma fina blusa, e um calção vermelho desbotado, ele não precisava estar arrumado, estava em sua residência. Se aproximou da porta, e a abriu, encarando um ser baixinho com cabelos ruivos, quase lhe cobrindo os olhinhos pequenos, que por sinal quase sumia pelo jeito que ele sorria. Ao lado do baixinho, estava um outro rapaz de cabelos negros, com um pequeno sorriso nos lábios finos, este tinha um óculos um tanto clichê para leitura.

 

SeokJin arqueou uma sobrancelha os encarando. Por que ambos estariam ali?

 

- Olá, Jimin, Hoseok. – SeokJin cumprimentou sem sorrir. – O que fazem aqui? – Questionou curioso.

 

- Nós viemos te fazer um simples convite! – Jimin respondeu. – E não aceitamos um não como resposta! – Avisou calmo.

 

- Vem fazer um convite, mas diz que não posso dizer não. – O loiro resmungou. – Mas é um convite para quê?

 

- Nós queríamos te convidar para você sair, comigo, com o Hobi, Suga e o Nam! – Hoseok contou animado. – Então, vá colocar uma roupa apresentável, agora! – Mandou com o semblante sério.

 

- Mas eu não quero sair... – Murmurou bravo.

 

- Não perguntei, agora vai! – Hoseok ordenou novamente, com o olhar sério.

 

SeokJin bufou de raiva, entrando para dentro de casa novamente, indo em direção a seu quarto. Jimin apenas negou com a cabeça enquanto se sentou no sofá, observando Hoseok sorrir a si.

 

- Você reparou agora? Ele não está como antes... – Hoseok comentou. – Sabe, mesmo que antes ele era um pouco mais quieto, não era tão rabugento, e sempre saia com a gente e se divertia! – Acusou de uma forma tristonha.

 

- Você tem razão, Hobi. – Jimin respondeu suspirando logo em seguida. – Mas você acha que o híbrido vai ajudar? – Arqueou uma sobrancelha curioso.

 

- Tenho certeza que sim! – Hobi respondeu animado. – Agora, só temos que esperar.

 

Jimin pegou seu celular, e ficou jogando um joguinho qualquer. Já Hoseok ficou pensando e repensando de quais seriam a chance de SeokJin surtar ao descobrir o que ele e os outros rapazes tinham feito. Não que fosse errado, só era capaz do acastanhado não aceitar isso bem.

 

Ouviram passos das escadas fazendo ambos olharem para a mesma; SeokJin descia elas bagunçando os cabelos castanhos. O acastanhado estava incrivelmente bonito, trajava uma calça jeans preta colada, um simples all-star vermelho, uma camiseta branca sem estampa e um casaco preto simples aberto, resumindo: Ele estava lindo.

 

Jimin se levantou do sofá, e sorriu a SeokJin, interlaçando seus dedos com os deles.

 

- Está lindo, hyung! – O menor elogiou com um sorriso sincero nos lábios. – Agora vamos!

 

SeokJin suspirou e seguiu Jimin com Hoseok ao seu lado. Estava com um certo pressentimento ruim, mas preferia ignorar do que ficar criando suposições para depois se arrepender amargamente de tê-lo feito. O caminho todo ele foi em silêncio, enquanto o ruivo e o moreno conversavam animadamente sobre algo que SeokJin não queria nem dar importância. Quando enfim chegaram ao tão esperado local, o acastanhado quis se enfiar dentro de um buraco. O local não era nada menos que uma boate com uma grande movimentação. SeokJin odiava lugares movimentados demais.

 

- Vamos hyung. – Hoseok chamou puxando SeokJin consigo.

 

Assim que entraram, tiveram que se espremer ao meio de todas aquelas pessoas fedidas a álcool e totalmente bêbadas, além de estarem soadas. O acastanhado estava mais que odiando tudo isso. Deu graças a Deus quando chegou a uma área calma que não possuía uma música tão atordoante, seus amigos os esperavam sentados em um sofá vermelho com a forma arredondada.

 

- Eles conseguiram te trazer, hyung. – O de cabelos róseos sorriu divertido. – Fico bastante feliz, afinal quase nem saiu de casa nesse mês. – Comentou ajeitando seus fios que estavam sobre os olhos.

 

- Conseguiram me trazer a total contra gosto, Namjoon. – SeokJin resmungou. – Olá, Yoongi. – Cumprimentou se sentando ao lado do menor.

 

- Olá, Jin.

 

Jimin e Hoseok se sentaram no outro sofá vermelho e arredondado a frente deles, olhando diretamente a SeokJin.

 

- Jin-hyung. – Jimin chamou, ganhando total atenção desse. – Nós temos algo pra te contar.

 

- O que é? – Perguntou curioso.

 

- É um assunto delicado, Jin. – Yoongi interveio, suspirando. – Para avisar, a ideia foram desses pirralhos!

 

Hoseok revirou os olhos suspirando tentando encontrar coragem para contar o que tinham feito.

 

- Eu e os meninos.... Nós te compramos um híbrido. – O moreno contou.

 

SeokJin encarava-os totalmente incrédulo. Como assim compraram-lhe um híbrido? Eles tinham endoidado? Só poderia ser a resposta certa. O acastanhado colocou a mão sobre os olhos, tentando não ter um maldito ataque de raiva.

 

- Por que diabos vocês compraram um híbrido pra mim? Não lembro de ter pedido nada! – SeokJin falou raivoso.

 

- Mas Jin-hyung, você tá mais pra baixo do que o normal, e todos nós sabemos que não poderíamos fazer nada! Olha, um híbrido não vai destruir a sua vida! Ele só vai te ajudar no que precisar, tem vezes que eles são submissos por demais! Então, porra, agradece ao invés de ficar assim! – Jimin rebateu no mesmo tom. – Eu espero que você cuide muito bem dele, porque eu não gastei meu dinheiro à toa!

 

- Eu não pedi pra você fazer isso, Jimin.

 

- Mas que caralhos, SeokJin! Eu fiz isso porque quero te ver feliz! Da uma chance ao menos, por favor... Ele não tem culpa de nada. – Falou baixo encarando o chão.

 

O quase silêncio dominava o local, ninguém se atrevia a quebrar aquele silêncio que deixava o clima mais pesado que antes. Jimin e SeokJin trocavam olhares sem esbanjar sorriso ou algo do tipo.

 

- Tudo bem, eu vou tentar me acostumar com ele... um mês! Se nenhum de nós gostar vocês podem pega-lo de volta e fazer qualquer coisa. – O acastanhado propôs.

 

- Certo..., mas se vocês ficarem apegados um ao outro?

 

- Aí eu admito que você estava certo e fico com ele. Está bom para você?

 

- Claro! – Jimin respondeu sorrindo amarelo.

 

Hoseok abraçou o ruivo de lado, e selou a bochecha deste, e o apertando contra si. Yoongi suspirou aliviado, afinal não teria que se meter em problemas para devolver o hibrido durante aquele mês. Puxou Namjoon e o abraçou, sentindo o maior afagar seus cabelos cor de menta. Já SeokJin o único sem par cruzou os braços e desviou o olhar dos dois casais, tinha ficado de vela novamente, e isso era uma verdadeira merda.

 

- Ahn, garotos, quando o híbrido chega? – O mais velho perguntou.

 

- Amanhã na parte do meio dia, acho que meio dia e meio para ser exato. – Namjoon respondeu apertando a cintura de Yoongi.

 

- Certo... acho que eu vou para casa porque eu estou sobrando. – O acastanhado murmurou se levantando.

 

- Logo isso vai mudar, não se preocupe. – Yoongi respondeu, sorrindo sacana em seguida.

 

SeokJin suspirou, e saiu de uma vez daquele local indo em direção à rua. As ruas não estavam tão escuras pelo brilho da lua cheia, já que a maioria dos postes mal funcionavam. O acastanhado ia chutando pedrinhas pelo caminho, enquanto imaginava como seu híbrido seria, e isso de certo modo mexia com sua cabeça.

 

Chegou em casa até que consideravelmente rápido, tomou um banho, e se jogou na cama, encarando o teto opaco acima de sua cabeça. Talvez uma boa noite de sono o ajudasse? Seria apenas um talvez em meio a tantos em sua vida.


Notas Finais


NYAAAAAH, ACABOU!
Mas logo tem mais! ^^
Espero que tenham curtido!
Comente a opinião, favorite se tiver gostado da ideia, e compartilhe se quiser ajudar na divulgação!
Obrigado a todos <3
Agora vou indo!
Bjss
Amo Vocês #FLW
~~<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...