História Little Hope - Yoonseok - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Yoonseok
Exibições 85
Palavras 918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


...

Capítulo 7 - Your Room


Fanfic / Fanfiction Little Hope - Yoonseok - Capítulo 7 - Your Room

POV YOONGI

 

Quando olhei para dentro do quarto de Hoseok quase cai pra trás duro. Estava tudo quebrado. Sua cama desarrumada com várias garrafas de destilado que pingavam o líquido remanescente no fundo de cada uma, cacos de vidro pelo chão, um espelho quebrado sujo com sangue, papéis, livros, roupas, porta retratos, objetos decorativos e até mesmo seu notebook estavam pelo chão; a maioria dos objetos estavam quebrados. Dou um passo para dentro e sinto algo estalar sob meu pé: seu celular totalmente destruído. Me pergunto quantas vezes ele teve que jogar o aparelho contra a porta pra chegar nesse resultado. Mais uma vez o sentimento de insuficiência tomou conta de mim, tudo aquilo era minha culpa. Eu queria apenas fazer uma surpresa, me sentir pronto para aceitar as mudanças em minha vida, mas parece que tudo que eu faço é errado, parece que todas as possibilidades são constantemente tiradas de mim e tudo que eu faço é machucar as pessoas ao meu redor.

Tirei as garrafas junto com o edredom molhado de cima da cama e fiz Hope se deitar; ele não estava em condições de falar de tão bêbado, então eu o deixei ali e fui procurar algum tipo de caixa de primeiros socorros pela casa. Geralmente essas coisas ficam no banheiro, então decidi começar pelo mesmo. Hoseok não é do tipo que tem um banheiro no próprio quarto, então eu tive que descer as escadas até o banheiro no andar de baixo. Bingo! Assim que entrei olhei para o armário em cima da pia, a caixa estava em cima do armário. Eu precisei de um banquinho. É uma caixa branca com uma cruz vermelha na tampa. Sério? Que clichê! 

Fui até a cozinha e me senti na liberdade de fuçar nos armários pra fazer um café bem forte, ironicamente essa é a minha especialidade; sorrio irônico pensando nisso. Enquanto a água ferve vou até a dispensa procurar vassoura, sacos de lixo e produtos de limpeza... Aproveitei para deixar tudo no corredor do segundo andar, afinal eu não tenho dez braços pra carregar tudo de uma vez. Minha mente ainda divaga pela culpa de ter o deixado assim, enquanto faço as coisas me pergunto se não seria melhor eu simplesmente sumir... Como se nunca houvesse existido. E se fosse mais seguro pra ele? Por que eu me importo tanto? Por que eu gosto dele? Pego o café, a caixa com os curativos e volto para o quarto o mais depressa que consigo sem derramar o líquido quente.

Sentei na cama apoiando a cabeça do moreno, ajudando a beber todo o conteúdo da xícara, afinal ele não conseguiria sozinho por causa dos machucados. Deixei a xícara vazia no criado mudo e comecei a trabalhar em seus ferimentos retirando alguns pequenos estilhaços de espelho e vidro de garrafa. Passei  um algodão com álcool que o fez se encolher e soltar um gemido arrastado de dor, passei um tipo de pomada cicatrizante e envolvi suas mãos em gaze, enfaixando-as em seguida. Seus olhos estavam sobre mim, queimando minha pele.

- Por favor, durma um pouco. Depois conversamos... - O moreno me olhou hesitante enquanto eu lhe oferecia um analgésico. - Tudo bem Hope, eu vou estar aqui quando acordar.

Hoseok tomou o remédio e voltou as e deitar, fui até seu guarda roupa e peguei uma coberta que estava guardada em cima do mesmo, ainda dentro do plástico; joguei a coberta em cima do seu corpo esguio e me direcionei para onde havia deixado os materiais de limpeza. A casa precisa de uma faxina, o quarto principalmente.

 

~~

 

Não demorou para que tudo estivesse limpo, agora as únicas provas de que tudo aconteceu seriam as mãos machucadas dele e sua possível ressaca. Estava terminando de varrer quando vi Hope descendo as escadas confuso.

- Achei que era um sonho! - Parou ao pé da escada me fitando surpreso.

- Eu e Taehyung não somos um casal. - Não fiz rodeios, sempre direto e sincero. - Não sei o que você ouviu, mas ele só estava me ajudando com o cabelo. A única pessoa que eu seria um casal... É com você. - Disse meio baixo a última parte, indo em sua direção. Por que eu disse isso?

- Achei que tinha te perdido de novo...

- De novo? - Coloquei a mão em seu queixo levantando sua cabeça. - Como "de novo" Hope?

- Hobi

- Que? - Arfei com a lembrança que esse apelido me trazia.

- Hobi. Era assim que você me chamava quando éramos crianças. - Hoseok dizia com sinceridade enquanto repousava as mãos enfaixadas em meus ombros. - Cansei de joguinhos Suga. Você precisa saber quem eu sou, o quanto eu te amo... O quanto eu sempre te amei.

- Hobi... - Repito sem acreditar que não reconheci o Hoseok, meu Hobi... Uma lágrima escorreu pelo meu rosto e eu o abracei forte.

O tempo que eu perdi longe dele de repente não importava mais, naquele abraço eu senti que tudo se encaixou: como ele sabia sobre mim, como eu me sentia confuso e completo ao mesmo tempo, o instinto protetor, as palpitações, o frio na barriga, o medo de não vê-lo mais... Sentimentos tão confusos e ao mesmo tempo familiar. A sensação de ter aquele vazio preenchido. Tudo fez sentido.

- Vem aqui, quero te mostrar uma coisa. - Me puxou escada acima indo em direção ao quarto novamente.

 

Agora que tudo se encaixou, esse com certeza é o início de uma nova vida.


Notas Finais


Me digam oq estão achando docinhas, isso me incentiva a postar mais rápido <3

Bjs de açúcar, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...