História Little Hope - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Monsta X
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Ki Hyun, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Hamster!hoseok, Hunhan, Namjin, Yoonmin, Yoonseok
Exibições 375
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Casa.


Fanfic / Fanfiction Little Hope - Capítulo 9 - Casa.

Yoongi acabou acordando com o barulho dos pássaros, eles estavam agitados naquela manhã. Abriu seus olhos inchados e sonolentos, observando o céu pela sua janela.

Com as mãos embaixo da coberta caçou o corpo menor que o seu ali, sabia que o garoto continuava humano pois o aperto em seus quadris era real.

O encontrou dormindo calmamente. Hope tinha a respiração leve e estava encolhido, como se estivesse com medo de algo. Yoongi se pegou acariciando o ruivo, descobriu que amava enfiar os dedos naqueles cabelos macios e fazer cafuné.

Hope soltou um suspiro.

— Suga-ah... — chamou de olhos fechados, seu ton sonolento era visível.

— O que foi?

— Eu ainda sou humano, né?

— Sim. — sorriu. — Agora você é oficialmente um humano.

O ruivo sorriu também.

▪▪▪

— Então... Você era um hamster?

Yang Mi e Chung-Hee acompanhavam intrigados a história do ruivo, era difícil acreditar. Como era possível um roedor se transformar em um garoto bonito, saudável e inteligente da noite para o dia? Aquilo parecia alguma pegadinha ou desenho animado, bem surreal.

— Sou. Tudo que eu disse era verdade, não inventei nada.

Chung-Hee olhava para sua mulher como se aquilo fosse loucura, Yoongi olhava Hope nervoso e sua Omma tinha os olhos grudados e ouvidos atentos no ruivo.

— Isso é loucura. — o senhor Min suspirou. — Não é possível que isso aconteça.

— Eu também achava, mas aí eu acordei com um garoto pelado na minha cama. — soltou Yoongi sem pensar.

Todos os olhares foram direcionados ao loiro. Seus pais o olhavam ainda mais assustados, e Hope parecia um pimentão.

— Eu estou brincando. — riu amarelo. — É só para descontrair, pessoal.

Ignoram o filho e voltaram ao ruivo.

— Quer dizer que terá que viver conosco? — a mulher quis ter certeza.

— S-Sim. — Hope se encolheu. — Mas apenas com a permissão de vocês. Se não me quiserem aqui, terei que caçar outro lugar além da rua.

— Não seja bobo Hoseok, é óbvio que eles não vão te expulsar. — Suga resmungou.

— Não responda por nós, Gi. — senhor Min advertiu o filho.

— Essa é uma decisão que exige atenção. Não sei se temos condições de ter “outro filho” morando aqui.

— Se o problema for dinheiro, posso arranjar um trabalho. Não terá problemas. — Hope estufou o peito decidido.

— O problema não é só dinheiro, rapaz. — Chung-Hee tentou esclarecer, segurando um dos ombros do moreno.

— Não precisam se preocupar comigo. Posso parecer uma, mas não sou criança. Irei trabalhar, irei estudar e, se possível, serei mais um orgulho para vocês.

Os mais velhos se olharam, conversando entre si apenas com olhares. Hoseok havia dito as palavras certas, Yang Mi e Chung-Hee gostaram da atitude do garoto. Yoongi percebendo isso sorriu.

— Yoongi estava certo, nós nunca iríamos lhe colocar na rua.

— Você parece ser um verdadeiro homem.

— Se quer ficar, terá que cooperar. O seu tratamento será o mesmo que o de Suga, sem mais nem menos.

— ENTÃO EU POSSO FICAR?! — o berro saiu naturalmente de Hope.

Suga riu.

— Sim, pode. — Chung-Hee sorriu.

O ruivo se levantou, pulou e dançou. Gritou, abraçou os pais de Yoongi e agradeceu, quase chorando. O casal riu, abraçou o moreno igualmente. Logo em seguida Hoseok pulou no colo de Suga, sorrindo e agradecendo ao menino.

— Hyung, agora vamos viver juntos! — sorriu.

— Sim Hope, nós vamos. — bagunçou os cabelos do outro. — Não se preocupe, eu vou te ensinar tudo que precisa saber.


Notas Finais


Vim divulgar minha nova fic pq sim: https://spiritfanfics.com/historia/boy-6726143

DESCULPA, EU REALMENTE NÃO TIVE TEMPO DE FAZER UM CAPÍTULO MAIOR. EU SÓ CONSEGUI POSTAR AGORA, O CAPÍTULO TÁ PÉSSIMO E MINÚSCULO ;-; DESCULPA 100x
PROMETO UM PRÓXIMO CAPÍTULO ÓTIMO ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...