História Little killer - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Creepypasta
Visualizações 10
Palavras 755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Festa, Luta, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


aqui estou eu... sorry a demora

Capítulo 12 - Noveeeee ;-;


Fanfic / Fanfiction Little killer - Capítulo 12 - Noveeeee ;-;

-Nao está reconhecendo seu pai?

-PAI?! É o que? Que história é essa mermao?;-;

-Você era só um bebê, não tinha como se lembrar, Amy, eu sou Lúcifer, seu pai -ele me abraça- você cresceu tanto, está tão linda

-Me solta

-Só mais um pouco eu perdi 22 anos, me deixa recuperar ;-;

Eu o derrubo no chão com facilidade:

-Eu avisei

-AHAHAHA, você é realmente minha filha

-Tsc, seu idiota

Ele se levanta:

-Pode me xingar o quanto quiser, isso não vai mudar o fato que é minha filha sabia?

-AAAAA -tento chutar seu estômago mas ele segura minha perna- ME SOLTA SEU DEMÔNIO ESTÚPIDO

-Você é mais divertida do que Gabriel me contou

-Pera o que? Gabriel?

-Ele nunca disse? 

-Disse o que?

Ele solta minha perna:

-Que eu o mandei para te proteger

-O QUE? VOCÊ DEIXOU AQUELE MANÍACO PARA ME PROTEGER?

-Me desculpa ta? Eu sei que foi mancada dadas as circunstâncias e tal...

-JURA? NÓS DOIS SABEMOS O QUE ELE FEZ LÚCIFER

-EU SEI OK? EU TENTEI MATAR ELE DEPOIS DAQUILO

-Mesmo?

-Sim... que tipo de pai eu seria se não tentasse punir o responsável? 

-Valeu

Ele me abraça:

-Vou sempre te proteger minha linda

sorrio:

-Obrigada Lúcifer

-Me chama de pai

-Tenha um pouco de paciência... eu ainda tenho que me acostumar com a idéia que sou sua filha

-E que é herdeira do inferno

-Pera quê?

-É isso mesmo que você ouviu, você é minha herdeira no trono

-E minha -uma voz feminina surgiu atrás de mim

-Evie?

-Ah, olá Lúcifer -me viro e a vejo lançando um olhar de desprezo pra ele, então ela vem até mim e me abraça- minha menininha está tão grande, 22 anos já

A abraço instintivamente:

-Onde você estava todo esses anos?

-Te protegendo

-Me protegendo? De quê?

-Você é mais poderosa do que imagina Amy, e muitos querem usá-la como uma arma para nos atingir -ela olha pra Lúcifer- e pra fazer o mal

-Eu não... não entendo...

-Nao precisa entender, bom, não ainda, vem vou preparar panquecas

-Também quero

-Entao faça

-Qualé Evie quantas vezes eu tenho que pedir desculpas? Nossa filha está bem agora e eu estou caçando Gabriel

-Eu só vou te perdoar quando ele estiver morto, ouviu? M.O.R.T.O.

-Por que não se dão bem?

Um silêncio toma conta do lugar e Evie o corta dizendo:

-Quando soube o que Gabriel te fez e que seu pai havia o colocado pra protegê-la quando nasceu eu o culpei instintivamente, e de fato e culpa dele

-Eu já pedi desculpas, estou providenciando a morte dele e Amy está bem! POR QUE VOCÊ NÃO ME PERDOA?

-Porque eu não quero correr o risco de me machucar com você novamente

Mais uma vez o silêncio predomina:

-Evie... sinto muito...

Ele se aproxima dela e a abraça, ela retribiu fortemente e chora:

-Tem sido um tormento viver longe de você Lúcifer

-Posso dizer o mesmo minha linda, mas agora, podemos ficar juntos -ele olha pra mim- com uma família

-Wow, wow, wow! Vamos com calma aí, eu descobri tudo isso em menos de 24 horas me da um tempo pra processar tudo isso, por favor

Evie o solta e vem até mim segurando minha mão:

-Leve o tempo que precisar

Ela beija minha testa, eu sorrio e subo pro meu quarto e vejo Masky sentado na minha cama segurando uma foto minha emoldurada:

-Masky?

-Hm? -ele se vira e me vê- Amy, oi -ele enxuga o rosto

-O que houve? Por que está chorando?-

Ele olha pra janela:

-Porque eu te amo

               Masky o.n.

-O que houve? Por que está chorando?

Olho pela janela e vejo Jack fazendo sinal de positivo com as mãos, reuno coragem e digo:

-Porque eu te amo

Ela se espanta ao ouvir aquilo mas logo um sorriso brota em seu rosto, ela vem até mim se senta ao meu lado e me abraça:

-Também te amo seu bobo

Me surpreendo:

-V-Você... me ama?

-Jack tinha razão, me livrei de um peso enorme ao te falar isso

Seguro sua cintura a deitando na cama e me deitando a seu lado:

-Ele é um ótimo conselheiro não?

-Sim -ela ri um pouco

-Você parece abatida, o que houve?

-Acabo de ver meus pais, meus pais verdadeiros

-Sério? Mas isso é incrível!

-Eu não estou lidando tão bem... sou filha de Lúcifer e Evie, ou como Slender disse, sou o fruto do amor entre a morte e a vida, o bem ou o mal, que seja

-Lúcifer?

-O conhece?

-Ele sempre vem falar com o Slender sobre algo, acabamos conhecendo ele

-Ah

-Evie o nome da sua mãe certo?

-Isso

-Acho que já ouvi falar dela mas não lembro

-Compreendo

A puxo pra mais perto:

-Posso fazer algo?

-Hm... pode

Inicio um beijo sereno e doce e ela retribui, acaricio seu rosto e nos separamos por falta de ar:

-Eu te amo

-Eu te amo também Tim

-Faz tempo que não me chamam assim

-Faz tempo que disseram que me amam

-Estamos kits então?

-Sim 

Ela me abraça pegando no sono, beijo sua testa e durmo logo após




Notas Finais


vlw flw até o próximo ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...