História Little Kitty• Vhope. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts Bangtan Boys Vhope
Exibições 315
Palavras 983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Querem lemon?

Tá bom!

Capítulo 14 - •fourteen•


Oppa!-Chamou por Hoseok.—Oppa, gatinho quer mais beijo!

Taehyung está muito manhoso ultimamente, mais que o normal.

—Vem cá.-Chamou acenando para o pequeno, o mesmo veio correndo se jogando em seu colo.

—Ei! Está muito animado esse gatinho. -riu anasalado.—O que foi amor?- ajeitou o pequeno em seu colo,  o deixando com as pernas de cada lado de seu quadril .

—Gatinho já disse que quer beijo do Oppa. -cruzou os bracinhos.—Oppa não vai dar beijo no gatinho?

Hoseok riu meio alto, deixando o pequeno emburrado.

—Ah Oppa! Por que está rindo?

Meu amor você fica tão fofo emburrado.

—Por nada meu amor.

Jung levou as mãos até o rostinho do pequeno e fez leves carícias fazendo o mesmo ronronar com o toque. Jung desceu as mãos até o pescoço do garotinho e levou o nariz a ter aquela área,roçando a ponta do nariz no pescoçinho com cheiro de neném. Tae fechou levemente os olhinhos sentindo as bochechas esquentarem.

—Ah oppa... -suspirou com os olhinhos fechados.—Oppa gatinho quer beijo!

Jung riu fraco e selou os lábios com o do pequeno. Começaram um beijo calmo, Jung desceu as mãos até a cintura de Taehyung e deu um leve aperto, fazendo o pequeno arfar. Hoseok agora chupava a língua de Tae que estava com as mãozinhas passeando pelo pescoço do mais velho.

Hoseok terminou o beijo com selinhos do pequeno. Taehyung estava com os lábios rosados e inchados, as bochechas coradas e o rabinho não parava quieto, as vezes passando pelas pernas de Hoseok e fazendo cócegas. Agora os dois estavam se olhando, Hoseok sorriu e pequeno o acompanhou.

—Gatinho está quentinho. -Taehyung disse corando mais ainda e se encolhendo.

—Está com calor, bebê?-Perguntou tirando uma mecha de cabelo da testa do menor que estava suada.

—A-acho que sim... —passou as mãos entre os cabelos os jogando para trás de uma forma desesperada.—Está quente! -agora fala em um tom desesperado.

—Ei! O quê foi? -Pousou a mãos na testa do pequeno e sentiu fervendo.—Vamos tomar um banho. -Segurou o pequeno no colo e levou até o banheiro.

Será que ele está doente?

Jung tirou o moletom branco do pequeno e pendurou, agora ele está apenas com sua calcinhas azul e as meias.

—Oppa! Gatinho está quentinho.—Gritou e deixou uma lágrima escorrer.

—Eu vou lhe dar banho, se acalme. -Hoseok estava preocupado. Retirou as meias do menor e logo a peça íntima, o deixando nú. Hoseok podia até ter visto o pequeno nú outras vezes, mas, sempre fica envergonhado.

—Toma banho comigo? -Perguntou com voz manhosa , Hoseok ficou sem jeito com o pedido.

—T-tudo bem. -gaguejou. Primeiro retirou a camisa e logo a bermuda, ficando apenas com sua boxer.

Jung adentrou a banheira e ficou sentado de frente ao pequeno.

—Aaahh Oppa!-Gemeu, mais sua expressão era de choro.

—Se acalme, tome banho.-Pegou o sabonete e tentou passar nos ombros do pequeno, mais surpreendido pelo menos sentando em seu colo. —G-gatinho?

Hoseok olhou bem nos olhos do menor e viu as pílulas dilatadas.

—Oppa, Ya, gatinho está quentinho! -disse choroso e começou a pular no colo de Hoseok o fazendo ficar corado.

—Está bem, vou l-lhe dar b-banho e o calor vai passar .-Sorriu minimamente.

—Não! Gatinho quer o Oppa!-Gritou.

O que ele tem? Por que ele está falando desse jeito?

(...)

Agora Hoseok está colocando uma roupa em Taehyung, mais o mesmo não para quieto.

—Não! Taetae 'tá com calor e não quer colocar blusinha! -Tae esperneou na cama chorando.

—Está bem, não precisa colocar. -Hoseok estava preocupado com o jeito que o pequeno se encontrava, não estava entendo.—Eu vou buscar um remédio pra você meu bebê.

Saiu do quarto e Tae nem ligou, estava muito quente e gemendo. Eram gemidos até que pornográficos para Hoseok.

Hoseok voltou para o quarto e arregalou os olhos quando teve a seguinte visão:

Taehyung empinado na cama com a calcinha transparente por conta da entradinha que expelia o lubrificante natural.

Ele está no cio?

—Oppa! Gatinho está quentinho! A-aaah, toca aqui, toca aqui! -apontou para sua bundinha, sentia dor e uma quentura pelo corpo.

—Tae e-eu... O que quer que eu faça? -perguntou, mais sabia o que estava acontecendo com o pequeno.

—Aaah, Hoseokie-ah! Toca aqui!-se empinou na cama e apontou para sua entradinha que estava coberta pela calcinha, mais era visível por conta do pano está lubrificado, fazendo ficar transparente.

P. O. V Jung Hoseok

Ele está gemendo empinado em minha cama. O que eu faço? Sei o que se passa com meu gatinho mas... Não posso fazer essas coisas com ele.

—Aaaaah! Por favorzinho, Hoseokie-ah! Ajuda o gatinho! -seus gemidos me deixam arrepiados, mais eu não posso.

Vejo Tae se sentar sobre os calcanhares, o fazendo ficar empinado. Ele está se esfregando na cama.

—Oppa! Me ajuda. -começa a chorar. Pai amado o que eu faço?

—Não chora meu amor. -enchugo suas lágrimas e vejo o mesmo com cara de triste.

—Me ajuda! -Grita. Ele puxa meu braço e acabo deitando em cima dele. Ouço um gemido alto dele, e sinto uma coisa roçando em minha perna. Ele está excitado!

—Aaaah! Hoseokie! Ajuda, ajuda! -Sinto ele se contorcer abaixo de mim, ele se mexe o um pouco mais e levanta o quadril, fazendo o seu membro durinho roçar no meu.

—Só quer que eu te ajude? -meu membro está ficando ereto, ele está gemendo tão alto.

—Sim! Ajuda o Taetae!

Em um ato rápido ele muda de posição, fazendo ele se sentar em meu colo e rebolar.

—Toca aqui! Aqui! -pegou minha mão e levou até sua bunda, a aperto de leve e ouço ele gemer. —Toca! 'Tá doendo, 'tá quentinho!

Sinto sua calcinha molhado, adentro minha mão na peça e deslizo meus dedos até sua entrada melada.

Tae, não faz isso comigo.

—Aaaah! Isso! Por favor, toca de novo! -Gemeu manhoso, empinou a bunda ainda mais tentando fazer com que eu o tocasse de novo. —Ajuda o Taetae, Oppa!

—Eu vou lhe ajudar, meu gatinho.


Notas Finais


Ele ajuda o Tae?

Sim ou claro?

Bem, deixei por isso pq SIM!

SOU MÁ.

ATÉ gatinhos e gatinhas<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...