História Little Liars - O Jogo das Gêmeas - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~Courtney_DiL

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Tags Aventura, Drama, Gemêas, Mistério, Revelaçoes, Suspense, Terror
Exibições 6
Palavras 397
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Alison foi encontrada. Quer dizer, seu cadáver.


Era noite no Radley Sanatorium. Bethany Young vestia-se  seu avental sujo. Ela estava na sua terapia diária com a Doutora Sullivan.

— Que bom vê-la novamente, Beth. Encaminhamos seu quadro para um hospital em Nova Iorque. Eles irão analisar seu comportamento, e se houver um quadro de melhoras, pode ser liberada.

— Eu realmente ficaria feliz. Quando o resultado irá sair?

— Creio que no próximo mês. O processo é longo. Mas nós precisamos conversar  sobre algo mais importante.

— Courtney, não?

— Exatamente - A doutora levantou-se, aproximando da pequena TV da sala. Na tela, apareceu uma imagem de Alison, que todos pensavam que era Court, fugindo pela janela central.

— A secretária conseguiu recuperar essas imagens. Você pode explicar?

— Eu não sei. Court e eu não éramos íntimas. E mesmo se fôssemos, não há motivos de esconder algo.

— Não se faça de tola. Sabemos de Íris. Inclusive, ela voltará.

Bethany Young levantou-se, dando voltas em círculos.

— Você prometeu que minha irmã continuaria na Nova Zelândia até a terapia acabar!

— Não sou eu que decido isso, querida. São laudos médicos - Ela esticou a mão, entregando-a uma foto de Iris.

— Ela está bonita. Mais que você. Olhe seu quarto, tire esses quadros rebeldes. Iris será bem recebida, e não merece a sua melancolia.

   NO CAFÉ

— Spencer, não precisa ficar com medo de Melissa – Disse Hanna.

— Eu sei que ela fica assustadora com esse Blazer. Mas não é necessário exagerar.

— O que ela faz essa hora no café? Creio que a própria devia estar no expediente. – Ela se levantou, dirigindo-se  a irmã.

— Fique aqui - Emily Fields segurou as mãos de Spencer.

— Tentei procurar no armário de Ali, não achei nada. Quer dizer, somente seu poster da Jessie J.

— Jessica ligou para minha mãe ontem, chorando. Iremos fazer uma vigília no bosque, em nome de Alison.

No exato momento, o repórter William Mendes do Rosewood News, apareceu no Plantão. Ele estava no penhasco em que as meninas dormiram na semana passada. 

— Um grupo de pescadores foram realizar seus trabalhos nas Águas do Rio Nilcea quando encontraram um cadáver. Não se sabe de quem é, pois no momento não houve identificação. Pelo dano corporal, peritas garantem ser de uma garota jovem. Mais informações no Plantão da Noite.

Houve uma troca de olhares entre as meninas. Elas seguraram as mãos, fecharam seus olhos. Logo, um comunicado oficial anunciaria a morte de Alison Dilaurentis. Ou não.


Notas Finais


Enquanto Iris irá voltar para o Sanatório, as meninas descobrem que um corpo foi encontrado no Rio. Será de Alison?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...