História Little Problem ( Camren ) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camilacabello, Camren, Laurenjauregui
Exibições 459
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


GENTE DO CÉU
126 FAVORITOS?
AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH OBRIGADA <3
A TIA AMA VOCÊS

Capítulo 7 - Ajudinha...


Fanfic / Fanfiction Little Problem ( Camren ) - Capítulo 7 - Ajudinha...

 

Lauren estava pensando, sentada na mesa da cozinha, quieta...

Até que ela sente algo puxando a barra da sua camisa...

Ou melhor, alguém.

A mulher sorriu e pegou Natasha, colocando em seu colo.

- O que foi hey? - Perguntou dando beijinhos na sua bochecha, fazendo a garotinha rir gostosamente.

- Mamãe! - Exclamou Natasha enquanto ria, mas logo ela parou... A garotinha pôs suas mãozinhas no rosto de Lauren, o que fez a mulher parar.

- O que foi? - Perguntou Lauren a olhando, preocupada.

- Eu não quero ir pra escolinha amanhã... - Resmungou baixo, abaixando a cabeça.

Lauren suspirou e a olhou.

- Pequena... - Sussurrou, mexendo no seu cabelo. - Você tem que ir...

- Por que?... - Falou manhosa, olhando para a mulher.

- Por que você não quer ir Natasha? - Perguntou a maior.

- Porque eu não quero ver as meninas rindo de mim de novo... - Sussurro chorosa, se encolhendo no colo de Lauren.

- Você vai deixar de ir pra escolinha por causa dessas meninas? - Perguntou Lauren a olhando, dando um sorrisinho para ela. - Vai deixar de se divertir, por causa daquelas meninas idiotas?

Natasha a olhou fixamente e virou o rosto, pensando...

- Não! - Exclamou firme, olhando para sua mãe.

Lauren sorriu e a encheu de cócegas.

- É assim que fala! - Lauren exclamou e encheu a garotinha de beijos, fazendo a mesma soltar uma risada extremamente gostosa e alta. - E para esquecer isso, o que acha de nós fazermos o nosso típico dia de domingo? - Perguntou agora a arrumando, pondo ela sentada em seu colo.

- Besteira com refrigerante!!!!! - Gritou a garotinha com os braços pra cima, animada.

A mulher riu e se levantou, com ela no colo.

- O que quer comer meu bebê? - Perguntou cheirando seu pescoço, fazendo cócegas em Natasha e fazendo ela se contorcer, rindo gostosamente.

- Hambúrguer! - Exclamou ainda rindo gostosamente.

- Hambúrguer? - Perguntou. - Acho que não dá para fazer Nat... - Falou e parou, pensando. - Que tal sairmos para jantar? - Perguntou sorrindo.

- Hambúrguer? No shopping? - Perguntou a garotinha, com o mesmo sorriso que sua mãe.

- Hambúrguer. No shopping. - Confirma a mulher e Natasha solta uma risadinha sapeca, fazendo a mulher rir também. - Vamos se arrumar então? - Perguntou e a garotinha concordou com a cabeça animada.

Lauren então deu um beijo na bochecha de Natasha, subindo com ela para o quarto da garotinha.

- Mamãe, posso pintar o meu cabelo? - Perguntou animada, quando sua mãe a pôs na cama. - Igual o seu!

- Não Nat. - A mulher respondeu rindo.

- Por que não? - Perguntou manhosa, fazendo a mulher rir mais.

- Porque Nat, tem certas coisas que você só pode fazer quando for maior. - Lauren disse e a garotinha a olhava atenciosamente, prestando atenção no que ela falava. - Pintar o cabelo é uma delas.

- Ah... - Natasha falou triste.

- Mas... Eu tive uma ideia. - Falou e a garotinha a olhou. - Quando sairmos vejo se vai dar certo. - Lauren falou sorrindo.

Natasha estava pulando em sua cama enquanto Lauren arrumava algumas coisas... E Natasha perguntava coisas constantemente, como sempre, pois como já disse, a fase do "Por que?" havia chegado para ela.

- Mamãe, posso fazer balé? - Perguntou Natasha enquanto ainda pulava.

- Balé? - Perguntou surpresa, mas sorriu, a olhando. - Por que balé Nat?

- Porque eu quero ser uma bailarina! - Exclamou animada.

- Eu já fui bailarina. - Lauren falou indo até ela e a garotinha sorriu.

- Sério mamãe? - Perguntou sorrindo.

- Hurum! Por incrível que pareça. - Falou a pegou no colo de novo e a garotinha riu sapeca. - Quando eu tiver dinheiro, te ponho em aulas de balé. - Respondeu e a garotinha riu feliz. - Que roupa você quer sair meu anjo? - Perguntou.

- A camiseta do Capitão América! - Exclamou a garotinha apontando para sua camiseta dentro do guarda-roupa.

Lauren riu dos seus pensamentos e a olhou.

Agora pouco queria ser uma bailarina e agora quer ser um super-herói. - Pensou a mulher. - Igual a mim.

- E o que mais? - Perguntou atenciosa, olhando sua filha em seu colo.

- Minha saia azul! - Exclamou.

- Sua saia azul? - Perguntou e ela concordou alegre. - Adorei a ideia! - Exclamou e a garotinha riu sapeca.

Lauren ajudou a garotinha se arrumar, a roupa, cabelo, e até o seu tênis que pisca quando ela pisa no chão.

Quando elas terminam, Lauren se agacha do tamanho de Natasha.

- Nat... Preciso de que você me ajude em uma coisinha... E tem haver com a escolinha amanhã...

 

 

 

[...]

 

 

 

Segunda-Feira.

Ás 8:00 da manhã um monte de crianças corriam para dentro de suas salas na creche, onde suas professoras estavam os esperando.

Camila era uma delas. Estava sentada em sua mesa, vendo seus pequenos chegarem, a cumprimentando e sorria para elas.

Quando estavam quase todos haviam chegado, ela olha para porta, vendo Natasha.

Ela estava mexendo em sua mochilinha, com o uniforme de sempre da escolinha, escrito "Neverland" na frente e com o cabelo solto, com um arquinho de gatinho.

- Bom dia Natasha! - Falou sorrindo.

A garotinha a olhou e sorriu, indo para seu lado.

- Bom dia professora Cami! - Exclamou animada e soltou uma risada sapeca.

- O que é isso no seu cabelo Nat? - Perguntou sorrindo, mesmo sabendo a resposta.

- Mechas! - Falou animada. - Olha! Rosa e azul! - Exclamou rindo alegre, mostrando duas daquelas mechinhas de criança que gruda no cabelo.

Camila riu e a olhou.

- Está linda! - Falou e a garotinha sorriu para ela. 

- Tenho que te mostrar uma coisa! - Exclamou ainda animada, mexendo na bolsa.

- Me mostrar uma coisa? - Perguntou curiosa, fazendo a garotinha rir sapeca de novo. - O que Nat? - Perguntou se apoiando na mesa.

Natasha tirou seu caderninho de bilhetes e colocou em cima da mesa de Camz, correndo para sua em seguida, ainda rindo sapeca.

Camila não entendeu, mas pegou o seu caderninho, o folheando, até parar na última página escrita.

"Professora Camila, desculpa pelo comportamento daquele dia... Fui sem educação, admito, e por isso, quero que convidar para jantar aqui em casa, como pedido de desculpas.

Jauregui."

Camila então arqueou suas sobrancelhas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...