História Little Red Riding Hood - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Akita Neru, Aoki Lapis, CUL, Fukase, Gumi Megpoid, Haku Yowane, Hiyama Kiyoteru, IA, Iroha, Kaai Yuki, Kaiko, Kaito, Kasane Teto, Len Kagamine, Leon, Lily, LOLA, Luka Megurine, MAYU, Meiko, Merli, Miku Hatsune, Mikuo Hatsune, Oliver, Rana, Rin Kagamine, Ruko Yokune, Ryuto, SeeU, SF-A2 Miki, Tone Rion, Utatane Piko, Yuzuki Yukari
Tags Gumixpiko, Hakuxteiru, Kaitoxmiki, Kiyomei, Lápisxcul, Lenku, Lenxmiku, Leon X Lola, Lilyxluka, Lukaxlily, Mayuxfukase, Meiko X Kiyoteru, Meiru, Mikuoxrin, Mikuxlen, Milen, Neruxakaito, Nigaitoxsonika, Pikoxgumi, Rinkuo, Rinxmikuo, Rukoxritsu
Visualizações 56
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem a demora, mas, eu estava ocupada com as outras fics.
Espero que gostem do cap, se gostarem comentem, ou só pra dar uma forcinha, obrigada por estarem acompanhando!

Capítulo 7 - Medo


Fanfic / Fanfiction Little Red Riding Hood - Capítulo 7 - Medo

POV Gumi:

As coisas têm estado difíceis.

É complicado falar com o meu irmão.

Ele tem se excluído de tudo e de todos e o aniversário dele é no fim do ano, daqui á alguns meses.

Ainda tem alguns jovens se rebelando.

As vezes, várias ovelhas são roubadas, e, no fim, encontradas em pedaços.

Logo meu irmão faz quinze anos e eu estou com medo de perdê-lo.

Estava com a capa vermelha que a vovó me deu.

Era bem bonita, não gostava de sair muito sem ela.

Estava sentada embaixo da árvore de maçãs dos Kaai.

Ás vezes eu me perco por aqui e fico até entardecer.

Gosto de vi aqui pra pensar.

-Colheitaaa!- Escutei uma voz infantil gritar.

A garotinha tropeçou e caiu no chão.

Yuki, a filha do casal.

Ela estava caída no chão, chorando.

Caminhei gentilmente até ela, levantando-a do chão.

Yuki:- Megpoid-chan, você está aqui de novo!- Ela sorriu, acariciando sua bochecha machucada.

Eu:- O cheirinho de maçã é o melhor pra se pensar.- Sorri.

Yuki:- Sim! Sim!- Ela deu pulinhos- Megpoid-chan, eu e mamãe vamos colher algumas maçãs agora! Ela disse que quando eu fizer dez anos, eu vou poder vir sozinha! Mas, ela vai ficar me vigiando por causa dos lobos- Deu de ombros.

Bem, parece que a vida de todos está sendo afetada.

Eu:- Certo, vou deixar você com sua mãe, tudo bem?- Ela assentiu abraçando minha cintura e saindo correndo de novo, se perdendo dentre as macieiras.

Acho que é melhor eu ir.

Só espero não encontrar ovelhas mortas pela estrada.

Ah! Sim, a estrada foi construída recentemente pela princesa Kokone.

Ela faz questão de nos proteger.

Nossa floresta é muito grande e densa, sendo parte considerável do tamanho do reino.

Ela fez uma estrada, pra que não tivéssemos que passar pela floresta e correr riscos.

A princesa é mesmo determinada. Ela fala com veracidade, com determinação, é mesmo um exemplo e ótima líder na causa.

Caminhei pela estrada sem vontade nenhuma. Sem o Gumya agindo normalmente, falta um pedaço na vida. Ele é meu irmão e eu realmente amo ele, como amo a minha família, não posso abandona-lo.

 

POV Mikuo:

Certo, não deve ter ninguém olhando agora.

Saí correndo de casa, em direção a floresta com muita cautela.

Se alguém me visse, isso poderia causar problemas.

Sou o filho mais novo da família Hatsune, minha irmã mais velha, Miku, foi fisgada pela maldição.

Mas o problema é esse, eu não deixei de ama-la, não só não deixei, como me apaixonei por alguém com o mesmo problema que ela.

 

 

POV Gumya:

Medo. Muito.

Eu vou perder a minha família! Não posso aceitar, eu nunca vou me perdoar.

Se é assim...

Fui em direção á cozinha, á procura de facas.

Peguei a mais afiada do papai e levantei a camisa, demonstrando meu abdome.

Fechei os olhos prendendo a camisa com os dentes e levantei a faca no alto.

Abaixei a faca, mas a dor não veio.

Abri os olhos, soltando a camisa da boca.

Gumi estava segurando a faca, que fazia um corte em sua mão.

 Sua face preocupa, ela parecia não perceber a faca lhe cortando.

Gumi:- O que pensa que está fazendo, irmão?!- Perguntou, tirando a faca de minhas mãos e rumando pra lava-la.

Eu:- E-Eu... – Não podia contar pra ela. Eu não quero fazer ninguém sofrer!

Gumi:- Eu sei que está com medo.- Ela deixou a faca molhada em cima da pia, enfaixando sua mão—Mas, nós vamos enfrentar isso juntos, nós todos!- Sorriu, vindo pra me abraçar.

Suspirei, retribuindo o abraço, deixando uma lágrima escorrer, pra que não percebesse.

A afastei, acariciando seu cabelo, na verdade bagunçando-o.

Mãe:- Certo! Adivinha qual vai ser a torta de hoje?- Ela dizia animada, tirando um monte de abacaxis da sesta.

Eu e Gumi:- Abacaxis.- Dissemos juntos. Mamãe ama abacaxis.

(Abacaxis são itens em discussão pra Sonika, então tive a ideia de colocar)

Pai:- Querida, como se cortou? Estava cozinhando?- Em seus rostos surgiram uma expressão de felicidade, eles querem que continuemos com a tradição da cozinha.

Gumi:- Tentei cortar algumas cenouras pra uma salada, mas não deu certo.- Mentiu. Me sinto muito culpado de fazê-la mentir.

Eu:-B-Bom, vamos comer, estou com muita fome!- Apoiei a mão na barriga pra enfatizar minha fome.

 

POV Narração:

A loira, acanhada, com um tapa- olho, olhava para o céu sem Lua.

O azul-esverdeado chegou correndo.

Os dois se encontraram num abraço.

- Estou com medo!- Ela sussurrou, nos braços de quem amava.

- Tudo bem, nada de mal vai acontecer, eu te amo, está tudo bem, se acalme.

O amor proibido que começava a despertar.

 


Notas Finais


Yooo!!! Acabou por hoje, ficamos por aqui a gente se vê depois, com a continuação dessa fic que amamos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...