História Little Things - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lu Han, Personagens Originais, Sehun
Tags Baekyeol, Chanbaek, Hunhan, Kaisoo
Exibições 22
Palavras 813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hellooooo
Eu sei que essa sinopse ficou uma merda, sorry S2 eu não sei fazer essas coisas.
Queria agradecer mt a Luhander por ter me ajudado a escrever essa fic (em organizar as coisas e tudo mais), então obrigada S2 vc tem um lugar só pra vc no meu coração.
As frases entre as linhas são partes de histórias que estavam salvas no meu celular, então se vc conhecer elas, pode saber que eu li essa história
Espero que gostem :3
Boa leitura

Capítulo 1 - Little Fights - Prólogo


____

“Tudo nesse curto momento

Parou para nós naquele momento

Acho que eu comecei a brilhar ali.”

____

Baekhyun

Como nos conhecemos? Eu realmente não sei. Desde que eu me lembro Chanyeol sempre esteve aqui.

Quando éramos crianças, sempre brigávamos por coisas bobas, afinal, crianças fazem esse tipo de coisa, certo? Como naquela vez em que nossos pais foram comprar nossas primeiras bicicletas. Chanyeol queria uma vermelha e eu também, mas havia apenas uma. Se brigamos? É claro que sim, mas depois de alguns minutos já estamos brincando novamente. Isso já era natural.

Na escola, éramos da mesma turma. No intervalo, nós sempre nos sentávamos em uma das mesas do pátio com nossos amigos para conversar, mas Chanyeol sempre foi o mais animado. Enquanto falava, sempre gesticulava e levantava, “Isso é para dar mais emoção, Baek. Agora, me deixa continuar.” ele dizia todas as vezes que eu reclamava sobre sua exaltação.

Chanyeol sempre foi simples e agitado. Ele acordava cedo, principalmente nas férias, e corria para minha casa para brincarmos. Então nós jogávamos vídeo game, andávamos de bicicleta, apostávamos corrida, e ele sempre vencia.  Menos nos jogos de tabuleiro, pois quem ganhava era eu.

Alem do mais, éramos muito criativos em nossas brincadeiras. Mentira.

“Baek! Eles estão vindo atrás de nós!”

“Cuidado, Chan! Corre!”

E então corríamos até uma praça perto de nossas casas, pois lá os monstros nunca nos achariam, eles eram burros demais para isso.

Quando anoitecia, enquanto passávamos pelo caminho até nossas casas, tocávamos a campainha dos prédios e corríamos como se nossas vidas dependessem daquilo. Chanyeol ria alto quando fazíamos isso. “Um dia Baek, eles vão nos ver e eu vou culpar você!” me dizia, mesmo que na maioria das vezes fosse ele quem atormentava os moradores dos prédios.

Éramos muito diferentes, mas nos somos como o yin e o yang.

Como o dia e a noite. Verão e inverno. Chuva e sol.

Sempre estivemos lá, juntos.

~

Chanyeol

Baekhyun é meu amigo há tanto tempo que não consigo dizer quando nos conhecemos ou como, porque ele sempre esteve aqui.

Minha lembrança mais antiga com ele foi quando tínhamos no máximo cinco anos e fomos a um parque, onde ficamos balançando nos balanços de um parquinho dali. Lembro de que estávamos apostando quem iria mais alto, mas Baek escorregou do balanço e caiu direto no chão, de uma altura bem alta na verdade. Sai do balanço e corri para ajudá-lo. Desesperei-me ao ver que ele chorava segurando sua perna, então chamei seus pais e eles o levaram a um hospital. Depois de algumas horas ele voltou para casa e me chamou até sua casa para me mostrar sua perna engessada. Lembro também que ele contava esse historia para todos os nossos amigos.

Ai eu disse pro Chan que conseguia ir mais alto que ele, mas quando eu estava quase encostando no céu...” Fazia uma pausa dramática. “Eu caí. De uma altura de quase seis metros.” Nossos amigos ficavam deslumbrados, perguntando como ele havia sobrevivido. “Não sei, talvez eu tenha poderes!”

“Não exagere Baek. Você nem estava tão alto!”

“Mentiroso! Você viu que eu fui mais alto que você e não quer aceitar.” Dizia emburrado.

“Idiota! Eu fui mais alto que você!”

“Não foi.”

“Fui.”

Então brigávamos de novo por um motivo idiota.

Baekhyun sempre foi um menino sociável e alegre. Ele conversava com todas as pessoas da escola, mesmo que elas não dessem importância para as bobagens de uma criança. Eu gostava de acordar cedo nas férias apenas para irritá-lo.

“Porque eu tenho que acordar cedo nas férias? Não temos aula.”

“Eu sei, mas eu quero brincar.” Implorava

“Onde te desliga? Eu quero dormir.” Ele se enrolava nas cobertas novamente, mas eu nunca desisti fácil, então implorava até ele sair da cama para brincar comigo.

Jogávamos vídeos-game de corrida e luta, pois sempre gostei deles. Eu sempre ganhava, mas nos jogos de tabuleiro, Baekhyun sempre vencia de uma forma inexplicável.

Você roubou de novo.” Disse juntando as peças do jogo.

“Não roubei! Aceita isso logo.” Ele cruzava os braços e fazia uma cara fofa.

“Você sempre rouba.”

“Você é ridículo.” Levantou e se deitou em sua cama.

“Ah, Baek! Não fica assim.” Me joguei em cima dele. “Você sabe que é mentira.”

“Tudo bem.” Então ele sorriu.

Gostávamos de esconder pela sua casa fugindo de sua irmã, Hyunjae, que sempre brincava de pique - esconde com nós dois, mas ela nunca nos achava. Sempre nos escondíamos no sótão em silencio até ela gritar que não queria mais brincar e que iria para o quarto.                                                                                                 

Minha infância foi assim, cheia de brigas idiotas e brincadeiras, mas com Baekhyun ao meu lado. Sempre foi assim.

Éramos como preto e branco. Cão e gato. Céu e terra.

Mas sempre juntos.

 

____

“Eu não ia me jogar, está louco? Eu só estava voando”

“Suas orelhas não são tão grandes para isso, Chanyeol.”

____


Notas Finais


E ai? Gostaram? Espero que sim kk
Se gostou, pf comente, pq eu vou ter mais motivação pra escrever e continuar essa história
SObre o livro que eu me inspirei, ele é mt fofinho
Obrigada por lerem e qualquer coisa pode me chamar no twt @DeathEater25
Bjos com glitter '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...