História Little White Lies - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucy Hale, One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Visualizações 1.113
Palavras 2.012
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, como vão? Vocês devem ter percebido que resolvi responder os comentários, haha.
Muitos querem matar a Natasha, mas eu ainda 'gosto' dela, afinal é minha personagem, então tenham calma UHEUHEUHEHUE.
Perdão pelos erros, boa leitura e NÃO CHORE xx

Capítulo 24 - Capítulo 24


Fanfic / Fanfiction Little White Lies - Capítulo 24 - Capítulo 24

Narrado por Beatrice Walker

- Você quer falar sobre 'nós, certo. Mas o que exatamente? -Perguntei me sentando na cama. Meu estado deveria estar péssimo, porque Zayn arqueou a sobrancelha, me olhando estranho-

- Estava chorando? -Ele perguntou e eu desviei o olhar. Eu não iria falar pra ele, não mesmo- Bom -Ele disse pegando fôlego- Eu percebi -Falou simples-

- O que? -Perguntei confusa. Olhar para aqueles olhos estava sendo uma tortura-

- O que você quis dizer naquela canção, eu sei que foi pra mim. -Ele falou um pouco mais receoso-

- E o que te faz pensar que foi pra você? -Disse arqueando a sobrancelha. É, sou uma ótima atriz-

- Seus olhos. Eles falam tudo o que eu preciso saber... -Ele falou dando um sorriso sincero. Desviei o olhar rapidamente-

- E o que eles falaram pra você? -Disse quase sem voz-

- Que aquela canção foi uma indireta muito direta pra mim e que você está triste comigo, pelo simples fato de ter esquecido você por causa de Natasha... -Ele disse se sentando ao meu lado-

- Talvez eles estejam certos -Disse dando um sorrisinho falso-

- Eu sei que estão. Quero que seja sincera comigo Bea -Ele falou sério-

- Claro, com todo prazer -Disse sorrindo irônica- Desde quando Natasha chegou, você não foi o mesmo comigo. Não estou dizendo porque estávamos ficando, eu nem me importei com isso, não havia sentimento -MENTIRA. Zayn assentiu esperando que eu prosseguisse- Então, você mudou muito comigo. Você passava por mim e não me dava 'oi' ou 'bom dia', deixou os meninos de lado por causa da aguada -Ele me olhou feio- Desculpa, não gosto nem um pouco dela. Nós éramos amigos Zayn, mas parece que você não se lembra disso mais. Natasha está fazendo você se afastar dos seus amigos, das pessoas que realmente se importam com você -Falei descarregando tudo que estava sentindo. Ou quase tudo-

- Está querendo dizer que a Nat não se importa? -Ele perguntou seco-

- Talvez. Eu não confio nessa garota, não consigo enxergá-la da forma que todos a veem -Disse começando a ficar irritada-

- Isso é ciumes! Você está morrendo de ciumes. E eu sei o porque -Ele falou se levantando-

- Então qual seria o 'porque'? -Perguntei me levantando também. Quase não adiantou, porque ele é bem mais alto que eu-

- Porque você é completamente apaixonada por mim e eu não sinto o mesmo -Ele falou e eu perdi a voz de repente- Você está toda brava com Natasha porque foi ela que eu escolhi e não você! Você faria de tudo para estar no lugar dela, para ser a garota por quem estou apaixonado. Mas você não é e deveria começar a aceitar isso e nós dois sabemos que é a verdade -Ele falou de um jeito estúpido, com um sorriso debochado. Enquanto meus olhos se enxiam de água. Eu não tinha mais coragem de olhar em seus olhos, então me virei-

- Já terminou ou vai me humilhar mais? -Disse com a voz chorosa- 

- Eu só estou sendo sincero. Não quero que você fique odiando Natasha por isso, respeite-a. Ela não tem culpa de ser minha preferida -Ele disse jogando as palavras na minha cara. Me virei e o olhei profundamente, com a mágoa exposta no olhar-

- Eu.Odeio.Você -Disse pausadamente enquanto lágrimas caíram-

- Não, você não odeia. Muito pelo contrário, você gosta até demais -Ele disse dando um sorriso debochado, que foi capaz de me destruir- 

- Será que você não percebe o que você tem se tornado depois que essa garota reapareceu na sua vida? Você não é assim Zayn. Você está sendo um monstro! -Disse me afastando dele- Estou apaixonada, mas não por esse Zayn, mas pelo outro que conheci. Agora se não se importa, poderia se retirar? Sua presença já está me incomodando -Disse e ele se retirou rapidamente do quarto-

Respirei fundo e desabei em lágrimas como nunca havia feito na vida, exceto no velório de papai. Tranquei a porta, pois estava afim de ficar sozinha. 
Havia se passado uns 20 minutos que estava no quarto, quando resolvi sair. Coloquei um short e uma blusa fininha de manga comprida e calcei os chinelos. Lavei o rosto e fiz um rabo de cavalo. 

Sai do quarto e caminhei até a sala, onde várias vozes eram ouvidas. Passei por eles sem falar absolutamente nada e fui pra fora. A brisa estava um pouco fria e isso fez com que eu me arrepiasse, mas logo me acostumei. Fui em direção à parte de trás da casa e encontrei Natasha no caminho. Ela parou, me olhou e soltou um sorriso.

- O que foi? -Perguntei impaciente-

- Nada, calma -Ficamos em silêncio- Pretende caminhar? Provavelmente né, já que está indo em direção contrária da casa...Tem uma trilha bem segura por ali, só seguir reto. Passei por lá agora pouco -Ela disse de um jeito estranho. Fiquei a olhando intrigada- Confie em mim, estou falando sério -Bom, acho que ela não seria capaz de me por em risco, não é?-

- O.k, obrigada -Disse virando as costas, a deixando sozinha-

Segui em linha reta, até que encontrei a trilha, que de fato existia. Caminhei por ela e fiquei admirada com a visão. A noite estava linda e aquela calmaria da natureza era realmente emocionante. Eu estava tão encantada com aquilo, que nem percebi que no meio na trilha havia um barranco, que estava disfarçado com uma ponte falsa, e acabei escorregando. A única coisa de que lembrei foi de tudo começar a rodar e ficar escuro de repente.

Narrado por Zayn Malik

Depois que briguei com a nerd, voltei para a sala. O pessoal conversava, mas eu preferi observá-los somente. Nat estava caminhando pela fazenda, por isso estava totalmente no tédio.

- E mais uma vez Natasha será minha cunhada -Wali falou dando um sorriso irônico-

- E qual é o problema? -Perguntei em um tom ameaçador-

- Eu preferia outra pessoa -Ela disse dando de ombros-

- Que no caso seria...? -Perguntei sem dar importância-

- Você sabe de quem estou falando Malik -Ela disse e finalmente a compreendi. Ela estava falando da Bea, claro-

- Não fui muito com a cara da Natasha, mas se você gosta dela, quem sou eu para questionar?! -Jullie falou e sorri em resposta-

- Falando de mim? -Nat disse entrando na sala-

- Vem cá amor -Disse a chamando para se sentar em meu colo. Ela veio e me deu um beijo-

- Olha a pegação -Liam disse resmungando e eu apenas ri-

- Onde está a Bea? -Charlie perguntou com sua típica preocupação irritante-

- Ela foi caminhar por aí... -Nat disse dando de ombros-

Ficamos conversando, zoando, irritando um ao outro e nada da nerd. Já havia se passado 1 hora e as horas iam se avançando cada vez mais. Jullie estava inquieta e o clima na sala estava bem tenso.

- Eu não aguento mais esperá-la, tenho certeza que aconteceu algo. Meu coração está apertado -Alice falou quase chorando-

- Eu também estou sentindo isso. Preciso ir atrás da minha brasileirinha -Niall falou nervoso-

- Vamos todos então -Liam disse assumindo a 'missão'-

Saímos de casa e ficamos parados sem saber o que fazer. Natasha foi em direção à uma trilha que havia ali e nos olhou preocupada.

- Não acredito que ela foi por este caminho. Olhe só as pegadas -Ela disse apontando pro chão- 

- Pelo o que bem sei, há uma ponte falsa que era utilizada para pegar animais e etc, que era dava acesso a um enorme barranco... -Alice falou séria e apavorada-

- Eu disse para ela não ir por lá porque era perigoso, mas ela não me ouviu. Coitada, nem quero imaginar o que pode ter acontecido -Natasha disse chorando ao meu lado. A abracei forte tentando a consolá-la-

- Beatrice sempre teimosa... -Falei revirando os olhos-

- Não é hora de culpá-la. Bea está passando por momentos difíceis, vamos respeitá-la -Jullie disse brava assumindo o posto de melhor amiga-

Caminhamos pela trilha que estava com um ar solitário, até que vimos o corpo de Beatrice jogado no final do barranco. Ela estava suja e com alguns machucados no rosto. 

- Ai meu Deus! -Wali gritou desesperada- Façam algo, tirem-na dali -Ela gritou e começou a chorar-

- Calma amor, vamos salvá-la, não se preocupe -Louis disse abraçando minha irmã-

- Charlie, fique aqui tomando conta das meninas, enquanto nós descemos o barranco e tiramos Bea de lá -Liam falou firme e o nerdzinho assentiu concordando-

Nós fizemos uma espécie de corrente e Harry se agarrou numa árvore para obter equilíbrio e força. Depois de muito esforço, conseguimos descer e fui em direção a Bea. Agora que estava de perto, percebi que os machucados eram muitos e a maioria sangrava muito. Se eu não tivesse dito aquelas palavras ela provavelmente não iria querer ficar sozinha e não iria vir pra essa trilha. Se estou arrependido? Imagina!

- Bea -Liam disse a chacoalhando, mas ela nem se moveu- Bea... -Ele fez de novo e nada- Nossa sorte é que ela está respirando e o pulso está com os batimentos normais -Dei um alívio de suspiro-

- Vamos tirá-la daqui -Falei e a peguei no colo sem esforço algum-

[...]

- Hum... -Beatrice disse resmungando-

- Amiga, graças a Deus -Jullie falou emocionada-

- O que aconteceu? Só lembro de ter escorregado e tudo ficar preto -Ela falou fraca- 

- Te encontramos desmaiada no fim da trilha, Zayn te trouxe no colo e você só acordou agora -Alice disse explicando. Bea me olhou, mas logo desviou o olhar-

- Como me acharam? -Ela perguntou um pouco pensativa-

- Natasha -Falei sem olhar pra ela. Eu não conseguia mais, a culpa me dominava-

- Aquela falsa dos infernos -Ela disse assim que notou a ausência dela-

- O que ela fez? Ela te ajudou Bea -Harry disse confuso assim como todos estavam-

- Ela é uma mentirosa. Eu estava andando pela fazenda e ela me disse da trilha. Perguntei se era seguro e ela disse que sim, que podia confiar nela -Ela falou com raiva, mas parou colocando a mão na cabeça e nas costas- Ai -Resmungou de dor-

- Você está bem Bea? -Charlie perguntou preocupado se sentando ao lado dela- 

- Só estou com o corpo mega dolorido e a cabeça explodindo -Ela falou com um ar de choro-

- Deita aqui -Ele disse batendo em suas pernas e assim ela fez. O nerdzinho iniciou um cafuné e pude ver Beatrice sorrindo relaxada- 

- Isso é ótimo -Ela disse sorrindo e Charlie fez o mesmo-

- Você precisa descansar, amanhã nós conversamos. Alguém ficará aqui com você -Jullie disse. Alice e Wali iriam dormir com os meninos- 

- Claro, pode ficar qualquer um. Vocês é quem sabe -Bea disse saindo do colo do nerd e deitando no travesseiro-

- Então você fica Zayn, já que trouxe ela aqui -Louis falou saindo com Wali. Eu ia questionar, mas ele não iria mudar de opinião-

O pessoal se despediu de nós e aquele silêncio constrangedor se formou entre nós. Arrumei a outra cama onde iria dormir e deitei. 

- Droga -Beatrice falou um pouco preocupada-

- O que foi? -Disse me virando para olhá-la. Me surpreendi ao ver que sua testa sangrava muito- Você precisa fazer um curativo urgentemente. Espere aí.

Fui até a caixinha de primeiros socorros e voltei pro quarto. Bea levantou e foi ao banheiro lavar as mãos de sangue. Tentei não olhar, mas ficou difícil vê-la caminhando com aquele pijama curto. Enfim...

- Deixa eu te ajudar -Falei passando uma pomada em seu rosto e fazendo o curativo-

Ficamos numa proximidade razoável, até que tivemos que quebrá-la, ficando a centímetros de distância um do outro. Olhei para Beatrice que me encarava com aqueles olhos incríveis que estavam cheio de mágoas, por minha causa. Assim que terminei, ela se afastou rapidamente e deitou sem me dar boa noite. 

É, acho que ela nunca mais irá me perdoar... 

 

 

 

 

 


Notas Finais


O que acharam? Eu não gostei tanto desse capítulo, eu estava sem ideia :\
twitter: @djmalikwithswag
Até mais xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...