História Little White Lies - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucy Hale, One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Visualizações 1.193
Palavras 2.778
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, como vão? Desculpa a demora, mas só foi nesse dia que consegui atualizar. Meu final de semana foi frenético (HUEHUEUHE).
Perdão pelos erros e boa leitura xx

Capítulo 27 - Capítulo 27


Fanfic / Fanfiction Little White Lies - Capítulo 27 - Capítulo 27

Narrado por Beatrice Walker

- EI, ME LARGA -Falei desfazendo o beijo- Eu tenho namorado e você também namora Malik -Respondi passando as mãos no cabelo nervosamente-

- Eu não aguento mais resistir Beatrice, você me deixa louco -Ele falou sussurrando em meu ouvido-

- Que seja, mas eu não vou me entregar assim pra você. O que você está pensando que eu sou? -Perguntei me controlando pra não socar aquela linda carinha de origem palestina-

- Por que você complica as coisas? -Ele perguntou estressado-

- Eu não complico nada. Você é quem faz isso -Respondi no mesmo tom que ele usara comigo-

- Tem certeza? É só uma simples noite, o que tem de mais nisso? -Ele perguntou arqueando a sobrancelha e eu respirei fundo-

- Pra você pode ser uma simples noite, mas para mim não é. Isso vai muito mais além do que você imagina Zayn -Falei sentando na cama-

Ficamos em silêncio e eu me recusava a encarar seus olhos. Eles eram meu ponto fraco e Malik sabia disso. Ele se sentou ao meu lado e abaixou a cabeça.

- Como vai você e o nerd? -Ele perguntou com desdém-

- Como se fizesse diferença pra você como nós estamos -Respondi seca e ele suspirou-  

- Faz, faz diferença -Ele respondeu quase inaudível-

- Por que? -Perguntei por instinto-

- Porque...Hum... -Ele pareceu pensar por alguns instantes- Não quero que algum garoto idiota te machuque -Ele falou calmo-

- Assim como você fez? -Falei jogando na cara dele-

- Será que você nunca vai me perdoar? -Ele perguntou suplicante-

- Eu já perdoei, não tem mágoa e etc, mas não é tão fácil esquecer. Você foi o primeiro garoto que eu falei abertamente que gostava, você tem noção de como é humilhante dizer isso para um garoto comprometido? -Respondi quase chorando-

- Desculpa Bea, de verdade. Natasha chegou e bom, ela foi minha primeira namorada, foi a primeira garota a quem disse 'eu te amo'. Quando ela apareceu, fiquei transtornado com a presença dela. A gente não esquece o primeiro amor, não é? -Ele falou magoado e eu assenti-

- Sim Zayn,  eu entendo -Respondi com a voz baixa- Mas o que te trouxe até minha casa, numa hora dessas? -Perguntei cruzando os braços-

- Quando eu disse que você ficava sexy quando estava sendo irônica, eu não mentia. Fora que a Natasha estava muito insuportável. Ela só fala de cabelo, viagens, sair com as amigas e me apresentar pra família dela e blá blá blá -Ele falou se deitando na minha cama-

- É normal garotas falarem disso. Bom, pelo menos garotas do tipo dela -Respondi analisando a situação-

- Aham, mas eu não sou o tipo de cara que gosta de ouvir essas coisas -Ele falou com aquele jeito de bad boy-

- Mas você é namorado dela. Faz parte ter que ouvir essas coisas -Respondi me jogando ao seu lado, mas mantendo uma distância segura- Um dia você será pai e se tiver uma garota, terá que ouvir esses assuntos

- É, mas a situação é diferente -Ele disse dando um risinho- Você pretender ter filhos Bea? -Ele perguntou virando o rosto pra mim-

- Mas é claro -Respondi sorrindo-

- Quantos? -Ele perguntou sorrindo também-

- Ah, uns 3 no máximo -Falei e ele gargalhou-

- Seu marido terá que trabalhar muito para sustentar hein -Ele comentou rindo e eu o acompanhei-

- E você? Pretende casar e ter filhos? -Perguntei o encarando intensamente. A verdade, é que eu gosto tanto dele, que só consigo imaginar meu futuro ao seu lado. Mas a vida não segue o nosso roteiro-

- Sim, pretendo. Sei que é estranho você ouvir isso vindo de mim, mas eu quero muito construir uma família.  -Ele falou sorrindo com aquela possibilidade-

- Acho normal um cara falar que quer casar e ter filhos, até mesmo você -Falei tirando uma com a cara dele, que riu-

- Idiota -Ele falou me olhando estranho-

- Chato -Respondi sua 'ofensa'-

- Insuportável

- Mimado 

- Linda

- Eu sei -Falei quebrando o clima e ele revirou os olhos-

- Essa era a parte em que você me elogiava de volta e nossos lábios magicamente se uniam -Zayn falou decepcionado-

- É, mas eu não sigo roteiros babe. Achei que já soubesse disso -Falei piscando-

- Estou com sono -Zayn bocejou- Mas estou com preguiça de ir pra casa -Ele falou deitando no MEU lado da cama. Na verdade eu durmo na cama toda, mas enfim-

- Então pegue o colchão que está aqui debaixo e tenha uma boa noite de sono -O puxei o tirando da minha cama-

- Nossa , vai me deixar dormir no chão? -Ele perguntou destacando o apelido e fazendo um bico-

- Sim Za, vou deixar -Respondi cínica. Peguei as coisas pra ele e me deitei na minha linda e confortável cama- Boa noite Malikinho -Falei desligando o abajur-

- Boa noite Walker -Falou marrento e eu sorri-

No outro dia acordei mais animada que o normal, mas depois me lembrei do porque: Zayn estava no mesmo quarto que eu. Sentimento é algo tão surreal e...estranho! Quanto mais tentamos nos afastar dele, mais ele se aproxima e cresce dentro de nós. E hoje eu estou muito filosófica. Acho que vou me chamar René Walker ou Beatrice Descartes? Ai Deus, como sou idiota. 

- Você me assusta -Zayn falou me tirando do meu transe interno-

- Hã? -Perguntei não entendendo nada-

- Você fica rindo sozinha, como se tivesse falado algo engraçado consigo mesmo -Ele falou me olhando como se eu fosse em E.T-

- Ah, normal -Respondi rindo e me levantando indo em direção ao banheiro-

Tomei um banho relaxante e sai do banheiro só de toalha. Passei pelo Zayn, que me olhou, mas desviou o olhar em seguida, e fui ao closet me trocar. Coloquei uma roupa (1) um pouco mais quentinha e saí puxando Malik escada à baixo. 

- Ainda bem que minha mãe já foi. Ela me encheria de perguntas -Falei comendo alguns waffles-

- É... -Ele falou simples e ficou me encarando-

- Que foi? -Perguntei franzindo a testa-

- Você está bonita -Disse sincero e eu sorri sem graça-

[...]

-Zayn amor, porque veio com ela? -Natasha disse se aproximando de nós assim que chegamos na escola-

- Nos encontramos no meio do caminho -Respondi simples. Hoje eu não estava afim de ouvir as chatices da loira aguada-

- Princesaaaa -Charlie disse me abraçando por trás-

- Oi Char -Dei um selinho nele e senti o olhar de Zayn sobre mim-

- Eae pessu -Niall disse se juntando a nós-

- Oi irlandês -Falei o abraçando. Hoje eu acordei carinhosa, uau-

Entramos na escola e fui para a sala. Como o professor de Geografia faltou, tivemos aula vaga. Jullie ficou conversando com Anne e eu aproveitei para colocar algumas tarefas em dia, já que o Charlie não estava aqui e eu não tinha mais ninguém para conversar.

- Oi Bê -Zayn falou puxando uma cadeira para meu lado-

- Esse apelido é broxante -Respondi com os olhos focados na lição-

- Não acho -Falou dando um risinho-

Continuei fazendo minha lição e ele ficou pensativo. Um garoto da sala parou ao meu lado e me chamou:

- Oi Bea, daqui 3 semanas tem festa lá em casa. Gostaria muito que você fosse -O garoto falou e eu sorri pegando o convite-

- Ah, pode deixar -Falei agradecida e ele piscou-

- Você vai mesmo? -Zayn pareceu chocado-

- Aham. Preciso me divertir -Disse guardando o convite na mala- E você, vai?

- Sim. O pessoal vai também, eles adoram festas, você sabe -Ele comentou rindo e eu concordei-  Você vai com quem? 

- Não sei. Preciso conversar com o Charlie -Falei o encarando e ele pareceu sorrir- 

- Você tem 3 semanas ainda, dá pra pensar -Ele falou e eu assenti-

3 semanas depois [...]

Bom, 3 semanas se passaram e hoje era o dia da festa do garoto da sala. Charlie não iria comigo, porque teve que ajudar sua irmã novamente com as coisas do casamento. Liam e Anne iam juntos e estavam cada vez mais próximos, mas ainda não haviam ficado. Louis iria com Wali, Alice com Harry, Niall com Jullie, como sempre, e Malik com a loira aguada. E eu realmente não entendo como eles ainda não discutiram sobre isso, porque o relacionamento desses dois estavam indo de mal a pior, e sinceramente, eu ficava triste por causa de Zayn. Ele estava sofrendo por causa de uma garota estupidamente fútil. Já meu 'relacionamento' com Charlie estava ótimo, mas o único problema é que às vezes eu me sentia pressionada por ele em 'avançar para o próximo nível'. Não acho que eu esteja pronta...Não sei explicar, mas não consigo me imaginar fazendo isso com o Charlie. 
Nessa 3 semanas, eu dei um jeito de demonstrar cada vez menos que ainda gostava de Zayn. Quando ele vinha perto de mim, eu o tratava como trato o resto dos garotos, mesmo morrendo por dentro. Ele também percebeu isso e ficou meio estranho comigo, como se eu tivesse feito algo errado. Mas eu não fiz questão de saber sobre isso. Eu queria o máximo de distância possível. Não há como ficar perto dele e não sair machucado. É impossível!

- Bea, comprei um vestido (2) para você usar na festa de hoje -Minha mãe falou me entregando uma caixa-

- Sério mãe? Obrigada, obrigada -Disse pulando em cima dela-

- Você vai me matar Beatrice, você não tem mais 10 anos -Ela resmungou e eu a soltei mostrando a língua- Vá se arrumar, porque daqui a pouco Niall chega. Já são 19:10 -Ela falou me alertando e eu fui para o banho- 

Assim que saí do banheiro, vesti meu vestido, passei uns hidratantes quaisquer e fui arrumar o cabelo. Fiz o penteado básico, mas à altura de uma festa. Passei uma maquiagem bem leve e finalizei minha 'arrumação' com um perfume. Peguei uma bolsa carteira e desci. Niall e Jullie conversavam algo com minha mãe e sorriram ao me ver.

- Nossa, que linda -Niall disse me dando um beijo na bochecha-

- Verdade amor, ela está linda -Jullie falou com os olhos brilhando e eu sorri agradecida-

- Obrigada gente. Tchau mãe, não sei que horas volto -Disse saindo de casa-

- O.k, mas qualquer coisa me ligue filha -Ela falou sorrindo e eu assenti-

Entramos no carro e fomos conversando sobre vários assuntos legais. Niall estacionou próximo ao carro dos meninos e descemos. A festa estava lotada e a música era tão alta, que do outro quarteirão dava para ouvir. Entramos e fomos para o jardim, onde o pessoal estava reunido.

- Oi gente -Falei sorrindo. Todos me olharam e sorriram-

- Bea -Harry falou me abraçando- Como você está linda -Ele comentou mostrando aquelas covinhas-

- Obrigada Hazza, você também não está nada mal. Nada mesmo -Falei como se estivéssemos flertando e ele soltou uma gargalhada-

- Ei, não esqueçam que estou aqui -Alice falou 'emburrada', entrando na brincadeira também-

- Você poderia ficar com o garoto da Bea, mas ele não veio, então aceite a traição -Liam comentou. Ele estava abraçado à Anne que sorria abertamente-

- Aff, vou ter que ficar de vela? -Ela perguntou fazendo um biquinho-

- Awn, não faz assim. Eu não aguento -Harry falou a beijando e todos riram-

- Mas desde quando você ficou tão gay? Você me surpreende Harold -Louis falou dramático como sempre-

Ficamos conversando e tomando alguns refrigerantes, porque o pessoal não estava afim de se embebedar, eles queriam ficar calmos e relaxados. Natasha chegou com Zayn atrás dela.

- Oi genteeee -Falou empolgada. Acho que já deve ter bebido umas-

- Oi Natasha -Wali falou sem ânimo e pude ouvir Zayn bufar-

- Nossa nerd, você por aqui? -Ela falou 'surpresa'-

- Gente, vou andar por aí. Depois eu volto -Ignorei totalmente a Natasha, ela notou isso e puxou meu braço-

- Esse vestido ficou péssimo em você -Ela falou com desdém-

- Não foi isso que seu namorado achou, porque não tirou os olhos de mim -Falei esnobe. Zayn estava me medindo de cima a baixo desde quando chegara-

- Mas o quê? -Natasha abriu a boca, mas som algum saiu-

- Essa é minha garota -Nialler falou emocionado e eu gargalhei-

Esbarrei em Zayn de propósito e sai rebolando. O.k, o que está acontecendo comigo? De onde tirei toda essa coragem e atrevimento? Respirei fundo e andei pela multidão. Fiquei conversando com algumas pessoas que eram da minha sala e até mesmo as que não eram. Tentei falar com Charlie pelo celular, mas ele não me atendia. Desisti frustada e fiquei jogando conversa fora com alguns garotos do time da escola.

- MEU DEUS, VENHAM VER ISSO -Uma garota disse nos puxando até o centro da sala-

- O que foi? -Perguntei confusa-

- Veja você mesma -Ela falou apontando. Natasha dançava em cima da mesinha de centro e rebolava indo até o chão. Ela estava um pouco alterada, mas ainda tinha noção do que fazia. Ela desceu, se aproximou de David, um garoto que tem aula de arte junto comigo, e lascou um beijo nele. Todos gritaram, mas pararam assim que viram Zayn a olhando. Ele foi até ela e a música parou.

- Acabou -Ele falou simples e ela arregalou os olhos-

- Zayn, amor, espera -Ela falou o puxando-  Deixa eu explicar...e-eu... -Ela não conseguia falar, ela chorava-

- Não precisa explicar. Eu vi, TODOS VIRAM -Ele gritou e ela desabou em chorar. Zayn saiu da casa e o pessoal ficou sem saber o que fazer-

- Eu sabia que isso iria acontecer desde o começo, mas aquele topetudo não ouve ninguém -Wali resmungava com Louis-

- Vocês vão ficar o acusando ou vão ajudá-lo? -Perguntei estressada e ninguém falou nada- Argh, eu já volto -Falei saindo de dentro da casa-

Sai com a cabeça explodindo. Eu não sabia o que pensar e muito menos o que fazer. Fui para o estacionamento e Zayn estava lá sozinho de cabeça baixa. Me aproximei e sentei ao seu lado.

- Se veio para falar que você esteve certa o tempo inteiro e rir da minha cara, já pode ir embora -Ele falou seco e eu revirei os olhos-

- Mas como você é egoísta. Todos os seus amigos estão lá dentro parados com cara de idiotas, só eu vim aqui te ajudar e é assim que você me trata? Nossa, está de parabéns -Falei irônica e ele respirou fundo- 

- Desculpe, eu só estou...confuso -Ele falou sussurrando-

- Olha Zayn, não sou a melhor pessoa para falar de relacionamentos, mas vou te dizer algo que meu pai sempre me dizia: As pessoas não são perfeitas, elas erram o tempo todo. Elas magoam umas as outras, assim como a Natasha acabara de fazer. Mas você pode mudar isso, entende? Você mesmo pode decidir se quer continuar a sofrer com isso ou quer desapegar da dor. A sua felicidade depende somente de você. Não depende de mais ninguém -Falei levantando sua cabeça e o fazendo olhar diretamente em meus olhos. Aqueles olhos que eu tanto amava estavam lacrimejados e isso me partiu tremendamente- Você é um garoto incrível, irá encontrar uma garota que te mereça. E ela irá te amar tanto, que não fará como a Natasha fez -Falei controlando minha voz, não queria que ele percebesse como doía falar de outra-

Ele ficou em silêncio e me encarou tão profundamente, que achei que estivesse lendo minha alma. Uma lágrima escorreu e eu o olhei surpresa.

- Não, não estou chorando por causa da Natasha, está bem longe de ser -Ele falou dando um sorriso sem vida- Estou chorando por eu ter sido idiota. Caramba, como que sou trouxa! Puta merda -Ele falou brigando consigo mesmo- Eu tinha você. A garota que mais vale a pena que eu conheço. Uma garota incrível e simples. Mas eu tinha que ter estragado tudo, eu tinha que ter escolhido a outra, a vadia. Caralho, como eu sou...burro! -Ele falou passando a mão nervosamente nos cabelos- O que eu faço pra te ter de volta? -Ele perguntou não olhando pra mim-

- Zayn... -Comecei sussurrando, mas ele me interrompeu-

- O que eu tenho que fazer Beatrice? Me diga! -Ele falou autoritário e eu achei melhor não contrariar- O que eu tenho que fazer para não te perder para o Charlie?

- Prove que é você que vale a pena -Respondi simples-

- Certo, então eu provarei -Ele falou convicto e me repousou a cabeça em meu ombro-

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


(1): http://capricho.abril.com.br/imagem/500x847/lucy-hale-look-dia36212.jpg
(2): http://www.fashionfame.com/wp-content/uploads/2011/04/lucy-hale-red-carpet-2011.jpeg

Espero que vocês tenham gostado. Fiquei uns 4 dias tentando pensar no que faria na história...mas finalmente consegui.
twitter: @djmalikwithswag
Até mais xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...