História Little White Lies - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucy Hale, One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Visualizações 1.575
Palavras 1.461
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie
Desculpa a demora, mas no feriado eu fiquei o dia inteiro fora e no final de semana também. Então só deu pra postar hoje.
Perdão pelos erros e boa leitura xx

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Little White Lies - Capítulo 6 - Capítulo 6

Narrado por Beatrice Walker

Assim que Zayn derrubou o refrigerante em mim e me disse coisas desnecessárias, me levantei apressadamente e fui me lavar nos chuveiros que tinham lá. Coloquei a roupa que eu estava e avisei para os meninos que eu estava indo embora, pois já era tarde e não havia avisado minha mãe. Obviamente, eles acharam ruim eu ir embora sozinha, mas eu não queria respirar o mesmo ar que o Malik, então tive que tomar essa atitude.
Mas o problema, é que eu não sabia como voltar pra casa, pois o parque aquático ficava do outro lado da cidade. Me sentei numa praça que estava deserta e liguei para Niall, mas ninguém atendeu. Liguei para Harry e nada. Para Louis, para Liam e nenhum dos dois atendia o telefone. Respirei fundo e liguei para minha última opção: Zayn. Esperei uns minutinhos e ele logo atendeu, respirei fundo.

- Quem é? -Ele perguntou. Até no telefone esse menino é grosso-

- Eu -Falei tentando manter a calma-

- Eu quem? -Ele disse mais seco do que nunca-

- A nerd -Falei debochada. Ele ficou em silêncio, mas logo respondeu-

- O que você quer? Fala logo que eu estou ocupado -Ele falou ignorante. Tenho certeza que ele não estava fazendo nada, mas disse isso pelo simples fato de ser eu-

- Hum...ér...Eu não sei onde estou. Será que tem como você pedir pro Niall vir me buscar numa praça perto do parque aquático? -Perguntei receosa, temendo sua reação mega irritante-

- Por que você não ligou pra ele então? -Ele perguntou chato-

- Se ele atendesse, quem sabe? -Eu falei irritada com ele. Menino nojento, dei-me paciência Senhor-

- Eu vou ver o que posso fazer -Ele disse e desligou. Bufei e fiquei encarando o nada-

Enquanto os minutos passavam, com mais medo eu ficava. Londres é uma cidade super segura, mas não significa que as coisas não podem acontecer. Um moço, com uns 25 anos, se aproximou e se sentou ao meu lado. Respirei fundo tentando manter a calma, mas não estava dando certo, pois minhas mãos suavam e tremiam.

- Olá -Ele disse sorrindo-

- Oi -Falei baixinho-

- Não precisa ter medo -Ele falou pegando em minha mão. A afastei rapidamente- Desculpe -Ele sorriu fraco- Qual seu nome?

- Beatrice e o seu? -Disse mais tranquila-

- Edward -Ele sorriu abertamente- Quantos anos?

- 16 e você? -Perguntei olhando pra rua, esperando Niall chegar logo-

- 30 -Ele disse e eu arregalei os olhos-

- Nossa, não parece. Sério -Falei bastante surpresa. Um cara bonito como ele, não teria 30 anos-

- Todos dizem isso, já estou acostumado. Mas não entendo porque nunca acreditam -Ele disse balançando a cabeça em forma de negação-

- Com todo respeito, mas você é muito bonito e parece mais jovem -Falei sorrindo com vergonha-

- Obrigada, você também é muito linda. Linda mesmo -Ele disse se aproximando. Eu sorri tentando afastar o nervosismo-

Edward ia me beijar, mas um carro se aproximou de nós e ele se afastou rapidamente. Ele parecia nervoso, não sei. Como estava no escuro, eu não podia ver quem era, mas conclui que fosse Niall. Então me despedi de Edward:

- Preciso ir agora, minha carona chegou -Eu falei dando um beijo em sua bochecha-

- Foi um prazer te conhecer. Será que podemos manter contato? -Ele falou pegando em minha mão-

- Talvez -Eu falei dando de ombros-

- Eu adoraria conhecer mais sobre você -Ele disse pegando em minha cintura-

- Solta ela -Eu ouvi uma voz grossa e me virei dando de cara com Zayn. Bufei e me soltei de Edward-

- O que você está fazendo aqui? -Perguntei brava-

- Vim te buscar -Falou óbvio-

- Mas eu pedi o Niall -Respondi no mesmo tom-

- Não basta eu ter saído da minha casa pra vir te buscar, eu ainda sou obrigado a receber ingratidão. Puta que pariu -Ele falou irritado. Revirei os olhos e me aproximei do carro-

- Tchau Edward, foi um prazer te conhecer -Falei acenando. Ele acenou de volta. Zayn entrou no carro e ficou me encarando- Que é? -Eu disse sem a menor paciência-

- QUAL SEU PROBLEMA? VOCÊ TEM NOÇÃO DE QUEM ELE É? NERD, VOCÊ REALMENTE NÃO PERCEBE AS BESTEIRAS QUE FAZ -Ele disse gritando. Confesso que fiquei tão assustada, que meus olhos marejaram-

- Ele é o Edward ué -Falei dando de ombros. Ignorante o modo como ele falava comigo-

- Não porra, ele não é! Ele é Joseph Riders, o estuprador que mente o nome, a idade, para se aproximar de garotas ingênuas como você, para depois sumir -Ele falou revoltado com minha atitude. Arregalei os olhos, tentando processar tudo aquilo- Qual é? Você não assiste televisão? -Ele perguntei e eu neguei- Ah, entendi agora -Ele falou debochado. Fiquei em silêncio-

- O.k, isso não importa mais, ele não fez nada comigo -Eu disse tentando não chorar. Se eu sou chorona? Imagina-

- Não fez nada porque eu cheguei -Ele falou ligando o carro-

- Falou o super herói -Eu disse baixo e revirei os olhos. Ouvi ele bufar de raiva, mas preferi ficar em silêncio-

O caminho foi um tanto longo e arrebatador. Depois de uns 40 minutos, chegamos na casa do Zayn. Olhei pra ele confusa.

- Eu não sei o caminho da sua casa e minha mãe como gosta de você, te chamou pra jantar -Ele falou dando de ombros. Garoto estranho- 

- Ah, o.k -Falei saindo do carro-

- Não ache que estou sendo legal com você, eu só fiz o que minha mãe pediu. Eu odeio você nerd -Ele disse arrogante. Revirei os olhos-

- Mas não foi você que estava com vontade de beijar a nerd? -Falei provocativa e ele bufou irritado-

- Eu estava fora de mim -Ele falou tentando não ficar nervoso-

- Aham -Eu falei tentando irritá-lo-

- É sério caralho. Se não quiser acreditar, não acredita -Ele disse irritado. Comecei a rir-

- Quem diria, que o Zayn Poderoso Malik -Falei irônica- iria querer beijar a Beatrice Nerd Walker -Falei debochada e ele me mostrou o dedo do meio-

- Fica na sua nerd. Até parece que eu queria beijar uma garota igual você, toda estranha, nerd e idiota. O garoto que namorar com você, se é que isso vai acontecer, será um grande guerreiro, porque você é esquisita e ingênua -Ele disse extremamente arrogante. Respirei fundo, tentando controlar as lágrimas, mas foi impossível, pois elas começaram a cair-  O bebê já está chorando, coitadinha -Ele disse falsamente-

Dona Trisha abriu a porta e olhou pra mim preocupada. 

- O que aconteceu querida? -Ela perguntou e eu não disse nada- Zayn, o que você fez pra ela? -Ela perguntou brava e ele apenas sorriu-

- Eu só disse umas verdades -Ele disse e entrou-

- O que o Zayn disse pra você? -Ela disse me abraçando-

- Nada, não se preocupe com isso. Eu só quero ir pra minha casa -Eu disse e ela assentiu-

- Tudo bem, vou pedir pro Zayn te levar novamente -Ela falou e eu somente assenti, mesmo não concordando com aquilo-

Ele apareceu na porta novamente e nós entramos no carro. O caminho foi mais torturante do que tudo. Nem eu, nem ele puxávamos assunto e assim era ótimo. Depois de todas as instruções, Zayn parou em frente a minha casa e ficou quieto me olhando.

- Será que você poderia parar de me olhar? -Eu falei brava. Ele pareceu voltar a realidade e decidiu falar-

- Me desculpe pelas coisas que disse, eu... -Ele estava falando, mas eu o interrompi-

- Ta -Disse secamente saindo do carro-

Minha mãe surgiu do além e resolveu questionar quando viu Zayn no carro. Ele saiu de lá e veio cumprimentar minha mãe

- Olá Dona... -Ele disse sem saber o nome dela-

- Elizabeth -Respondi grossa. O que ele estava fazendo?-

- Olá querido. Qual seu nome? -Ela perguntou sorrindo simpática. Se ele soubesse como ele me trata, não sorriria dessa forma-

- Zayn Malik -Ele disse sorrindo simpático também. Bufei e eles notaram isso- Algum problema? -Ele perguntou debochado-

- Sim, eu quero entrar pra minha casa com minha mãe, mas você está aqui ainda -Eu falei arrogante. Eu acho que to andando muito com ele-

- Bea, olha a forma como você fala com seu namorado -Ela disse e nós engasgamos-

- Namorados? -Zayn falou confuso-

- Vocês não são? -Minha mãe falou mais confusa do que nós-

- NÃO, NÃO MESMO. CREDO, NUNCA MAIS DIGA ISSO -Eu falei revoltada e entrei em casa ignorando os dois que riam da minha reação-

Não basta eu ter que aguentar ele na escola, terei que aguentar na minha casa também? 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que vocês tenham lido as notas iniciais, porque eu expliquei o motivo pelo qual fiquei 4 dias sem postar.
Nos vemos amanhã
bjs xx
twitter: @djmalikwithswag


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...