História Little White Lies (Imagine Jungkook) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Exibições 115
Palavras 1.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Lovers


“-Boa noite Kookie – digo o ignorando e fecho os olhos.

-Nenhum beijinho de boa noite? – ele questiona.

-Boa noite Kookie – repito, novamente ignorando-o.

-Aish, desisto – ele bufa – Boa noite _______.

Logo que vamos dormir (na verdade, ele foi dormir, eu fiquei esperando que ele dormisse), me levanto da cama e vou até a escrivaninha, pegando algumas canetinhas coloridas. Volto até o garoto que dormia pesadamente, logo me aproximo dele e começo a fazer desenhos por seu rosto e escrever algumas palavras aleatórias, ou algumas frases como “Amo a ______” ou “Gosto de Abacaxi”. Vejo que ele não acordou e vejo que seus braços estavam livres, logo começo a rabiscar os mesmos. Assim que termino deixo as canetinhas escondidas no meio de alguns livros e me deito novamente ao seu lado, rindo internamente do que havia feita alguns minutos atrás. Coitado.”

+++

{10:00 a.m}

 

{Jungkook Pov’s}

Acordo porém, continuo de olhos fechados, sinto o outro lado da cama vazio e logo me sento na cama, cocándo os olhos, ainda com um pouco de sono. Solto um bocejo e vou andando em passos cegos até o banheiro, coço os olhos e entro no cômodo, feho a porta e me apoio na pia, logo olho para o espelho e tomo um susto. Puta que pariu. Quem fez... _______. Nossa, como eu vou tirar isso?

Respiro fundo e logo olho para baixo, vendo meus braços também rabiscados. Quando ela disse que iria se vingar, não estava de brincadeira. Ri internamente, preocupado com a quantidade de tinta em minha pele. Vou pegar um câncer. Fui pra dentro do box e me despi, logo tomando um banho demorado, visto uma roupa, saindo do banheiro logo depois e encontro _______ sentada na cama, mexendo no celular como quem fosse inocente. Um tempo depois ela me percebe no local.

-Oh, você consegui tirar – ela diz surpresa.

-É, acho que sim né – ri fraco e andei pelo quarto, logo paro em sua frente e bagunço seus cabelos – pirralha levada.

-Ya! – ela dá um tapa em minha mão e eu ri novamente.

-Então, já vai pra casa? – pergunto me deitando na cama.

-Não quero... – ela murmurra e deita do meu lado, pegando uma de minhas mãos e brincando com meus dedos, sorri com a cena.

 

{_______ Pov’s}

Continuo brincando com seus dedos largos.

-Seu pai deve estar preocupado – Jungkook diz, passando um dos braços por meu pescoço me fazendo deitar a cabeça em seu peito.

-Ele já ligou sete vezes – digo simples.

-Você não atendeu, né? – ele ri baixo, negando com a cabeça.

-Não mesmo – digo rindo junto a ele.

Logo paramos de conversar. O que dura uns 5 minutos.

-E aí...? – ele pergunta.

-E aí o que? – pergunto confusa.

-Como vai ficar o caso do Taehyung? – ele me pergunta, parecendo meio desconfortável.

-Ah... Não sei – digo fechando os olhos.

-Como vamos andar juntos agora? – ele pergunta preocupado.

-E-Eu não sei Kookie... Eu sinto muito... – digo fazendo biquinho e me viro, ficando de bruços enquanto olhava pra ele.

-Com quem eu vou ficar na escola? – perguntou também fazendo biquinho.

-Nós vamos sentar juntos ainda... Na hora da aula – digo incerta – Eu acho...

-Aigoo ______ - ele choraminga.

-Aigoo Kookie – choramingo junto a ele e logo pulo nele, o abraçando com força, o qual é retribuindo imediatamente por ele, que esconde o rosto na curva de meu pescoço.

-Eu te amo – o ouço murmurar e voluntariamente sorri largo.

-Eu também te amo Coelinho – digo dando um beijo em sua bochecha.

-Eu sei – ele diz convencido e dou um leve tapa em sua nuca – Au!

-Mereceu – digo.

Ele leva uma das mãos até meu queixo e segura o mesmo, me fazendo olhá-lo. Logo ele me dá um selinho demorado, me fazendo sentir as famosas borboletas no estômago. Sorri em meio ao leve selar.

-A gente não pode mais fazer isso – ele diz.

-Por quê? – pergunto fazendo biquinho.

-Porque você é comprometida – ele responde.

-Mas é falso – rebato – E eu não gosto dele.

-Mesmo assim... – ele diz olhando em meus olhos.

-Não é errado Oppa, você mesmo disse – digo.

-Ne, ne. Tá eu desisto... Mas... E se descobrirem sobre... Nós? – ele pergunta.

Eles está inseguro.

-Jeon, eles não vão descobrir, ne? – digo tentando o passar confiança.

Na verdade, eles podiam descobrir, mas é melhor não acreditar nisso.

-Ne... – ele diz e volta a me abraçar.

Abraço seu pescoço, com a testa colada na dele.

-E o que nós somos? – pergunto pra ele.

-Não sei... Ficantes? – ele pergunta.

Acho que o nome é amantes, não é? – pergunto.

-Não sei – ele diz novamente e eu ri baixo.

-Isso não importa agora, o que importa é que eu te amo – digo sorrindo e sinto ele por uma das mãos em minha bochecha, acariciando a mesma.

Logo selo nossos lábios, em um curto selinho. Ele me puxa novamente e começamos a nos beijar, subo minhas mãos para seus cabelos e acaricio os mesmos, enquanto ele pedia passagem com a língua, descendo as mãos pelas minhas costas no mesmo momento. Cedi a passagem e sinto suas mãos chegarem a minha bunda. Sorri em meio ao beijo, um tempo depois sentimos a maldita falta de ar e mordo seu lábio inferior, o ouvindo arfar e sentindo suas mãos apertarem o local onde as mesmas ainda onde estavam.

-Safado – sussurro ao encostar os lábios em sua orelha, vendo o mesmo se arrepiar, logo sorri e mordi o seu lóbulo.

Desci seu rosto distribuindo beijinhos e chego em seu maxilar, deixando uma mordida no mesmo. Tiro suas mãos de onde estavam e as ponho em minha cintura, assim abraçando seu pescoço.

-Você não acha melhor ir embora? – ele diz.

-Está me expulsando? – pergunto o olhando me fingindo irritada.

-N-Não é isso... É só que... Assim... Ah amor. Você entendeu – ele faz biquinho.

-Ne, ne. Mas eu vou te ligar – digo e logo me levanto da cama.

Ele se senta na cama e logo levanta comigo, descemos as escadas, percebendo que seus pais não estavam na sala e logo chegamos a porta, sem abri-la.

-Tchau Biscoito – digo sorrindo.

Em um movimento rápido ele me pega pela cintura e me encosta na porta, assim selando nossos lábios com voracidade, seguro em seus ombros e ponho as mãos em sua nuca, arranhando o local enquanto quase nos comíamos encostados na porta, ele leva as mãos até minhas coxas e me levanta, me fazendo entrelaçar as pernas em volta de sua cintura enquanto nossas línguas batalhavam sem ter algum vencedor. Nos separamos por falta de ar e ele desce os beijos para meu pescoço, revezando entre selares e lambidas, ás vezes, algumas sugadas. Logo desço de seu colo e olho para seus lábios avermelhados.

-Tchau meu amor – ouço ele dizer, ainda com a respiração descompassada e sorri o dando mais alguns selinhos.

-Tchau Coelhinho – abro a porta e ponho o pé pra fora – Eu te amo – digo e dou um ultimo selinho nele, saindo da casa do maior em seguida.

Vou para casa e entro pela entrada dos fundos. Entro e solto um suspiro ao ver a luz desligada, logo solto um suspiro pesado.

-Onde você estava mocinha? – ouço uma voz masculina e arregalo os olhos.


Notas Finais


F
O
D
E
U


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...