História Little White Lies (Larry Stylinson) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Camila Cabello, Evan Peters, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Htops, Larry, Larry Stylinson, Lbottom, Mpreg, Nosh Devoran, Traição, Ziam Mayne
Exibições 227
Palavras 1.875
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


FALAAA AE SEUSS PUTOOOOOOOOOOO *Cocielo é... cocielo cof cof* Eu postei sexta? Não. Postei sábado? Não. Estou postando agora? Sim, e eu tenho uma razão muito razoável (ke) pra falar o porquê de não ter postado esses dias EEE foi porque eu simplesmente não tinha ideia do que fazer na verdade eu tinha e escrevia um pouco mais logo parava e apagava pq não estava bom mais agora está aí, eu não corrigi então me desculpem os erros e é isso. Boa leitura sz

Capítulo 5 - I need to go...


Fanfic / Fanfiction Little White Lies (Larry Stylinson) - Capítulo 5 - I need to go...

Louis Tomlinson P. O. V. s

 

  - Não vai me convidar para entrar? 

 

Rapidamente eu olho para ele levantando uma de minhas sobrancelhas, eu estava ouvindo isso? Eu não estava, eu estava apenas sonhando, não não. Eu estava tendo um pesadelo, suspiro voltando a olhar para aquele ser de cachos enquanto o mesmo me fitava com as sobrancelhas erguidas, talvez esperando uma resposta. Dou um riso debochado e entro pela porta logo tentando a fechar mais não consegui por Harry afirmar seu peso ali para mim não fechar, eu não acredito que estava passando por aquilo, que garoto mais chato. Eu quero ficar sozinho em casa e a visita dele só iria me atazanar, além disso seria uma das melhores opções para ele me levar para cama, eu não queria isso. Eu já estava me sentindo mal por ter transado com ele num provador oque ele queria mais? Que eu fizesse um boquete nele na frente da praça de alimentação? Porque parecia que ele queria, imbecil. 

 

  - Harry me deixa! Mais que merda. Por que você não vai para sua casa? Lá deve estar tão confortável, me deixa! - Murmuro ainda tentando fechar a porta, desisto a soltando fazendo ele quase cair, eu não queria ele aqui. 

 

  - Vamos comigo pra lá que assim ficará mais confortável ainda - Ele falou fechando a porta enquanto eu ia para a sala, ele me seguiu - Eu não estou te incomodando, só quero ficar com você. É tão ruim assim de entender? 

 

  - Sabe oque é ruim de entender pra você? É que eu não quero estar com alguém agora, eu quero ficar sozinho. Por favor.... 

 

  - Que bicho te mordeu Tomlinson? Quando você estava naquele provador gemendo meu nome estava melhor, já sei! Você quer mais, é isso? 

 

  - Cala essa boca Harry! Eu não quero não - Ele riu baixinho - Nem tudo é a base do sexo! 

 

  - Pra mim é, e também nem vem me dizer que pra você também não é porquê a gente sempre vive transando por nada, porque gostamos de sentir um ao outro, simples. É como um jogo - Ele falou dando de ombros. 

 

Nessa hora me deu ainda mais vontade de chorar, eu sabia que para ele não significava nada mais mesmo assim aquilo me doía quando ouvia aquilo, era tudo um jogo para ele, para mim envolvia muito mais que isso. 

 

  - Sexo não é só um jogo, Harry! Envolve muitas coisas, dois corpos, duas almas.. até sentimento.... 

 

  - Não vem com esse papo, o único sentimento que sinto é quando minha cabeça de baixo está pensando - Ele riu. 

 

  - Sai da minha casa! 

 

  - Oque? Viu! Você é um bipolar, uma hora está falando normalmente comigo já na outra está me expulsando e pra deixar claro, eu não irei sair daqui. 

 

Suspiro passando levemente minha mão em meu rosto enquanto pensava em algo que o tirasse daqui, eu só queria que ele saísse para que eu chorasse até meus olhos ficarem vermelhos enquanto eu me lamentava sobre ser tão Trouxa de ficar com um cara que só pensa em sexo e nada mais, enquanto eu daria a vida pra ver ele bem ele estava cagando e andando pra mim.

 

  - Vamos conversar, Louis... - Ele falou colocando a mão em minha coxa - Oque está havendo?... 

 

  - E se eu tivesse apaixonado por você Harry? Se eu desse a vida por você, se eu não conseguisse parar de pensar em você sem envolver nada  a sexo?! - Praticamente gritei, enquanto ele me olhava incrédulo, como se fosse uma das piores coisas já ditas. 

 

  - Louis...  - Ele suspirou - Você sabe que não podemos nada, eu ainda tenho uma empresa para cuidar, não posso me envolver em nenhum namoro e... 

 

  - Para de falar mentiras, Styles! Você não quer nada. Porque me magoa tanto? Você poderia simplesmente me esquecer! 

 

  - Não é assim Lo- o interrompi. 

 

  - É assim sim, por favor me deixa...  - Murmuro baixinho enquanto olhava para baixo,com meus olhos cheios d' água, eu era tão fraco, me odeio por isso. 

 

  - Eu não consigo te deixar... - Ele falou se aproximando de mim e começando a dar beijinhos em meu pescoço - Fica comigo Lou...  - Sua voz estava mais rouca que o normal - Eu gosto tanto de você, mais minha família é tão homofóbica que eu não conseguiria ver eles maltratando meu baby... - Ele continuou. 

 

Se eu tinha acreditado naquilo? Talvez um pouquinho, eu já estava começando a ficar excitado com Harry dando beijos molhados por meu pescoço e apertando levemente uma de minhas coxas, eu odeio o poder que ele tem sobre mim.

 

  - Tudo bem...  - Arfo baixinho fechando levemente meus olhos. 

 

Sinto sua risada baixa contra meu ouvido e logo ele me pegar no colo me levando até as escadas e as subindo. 

 

  - Aonde é seu quarto mesmo? 

 

  - Eu já podia imaginar.... - Rio baixo. 

 

  - Então? 

  

  - Segunda porta a esquerda... 

 

Ele me levou até meu quarto e assim que chegamos ele me jogou na cama, me sento na mesma e vejo ele se aproximar logo desabotoando sua camisa. 

 

  - Deixa que eu faço isso...-Murmuro baixinho. 

 

Puxo ele para se sentar na cama e logo me sento em seu colo dando um selinho em seus lábios, tiro lentamente sua camisa e a jogo em qualquer canto daquele quarto, passo minha mão em uma das suas tatuagens enquanto via ele sorrir de lado, mostrando uma de suas covinhas, quem não o conhecesse diria com certeza adorável, coisa que realmente Harry não era, ele era um demônio fantasiado de anjinho, com toda a certeza. 

 

Desço minhas mãos até sua calça aonde eu aperto com força fazendo ele soltar um gemido baixo, abaixo o zíper de sua calça logo a tirando. Sorrio ao ver o volume que já se encontrava em sua boxers, passo levemente minha mão por aquele local enquanto Harry apenas me observava mordendo seus lábios. Saio novamente de seu colo e tiro sua boxers fazendo com que seu membro saltasse para fora, o pego delicadamente logo me ajoelhando e passando meu polegar em sua grande, vejo Harry se contorcer levemente oque me fez rir baixinho, sopro a cabecinha e logo a coloco em minha boca dando leves chupadas, eu adorava brincar com Harry, mesmo sabendo que no final ele me puniria. Continuo com esse processo até que sinto uma das mãos de Harry puxar meus cabelos com força, me fazendo arfar. 

 

  - Faz direito! - Harry ordenou. 

 

Rio disfarçadamente e solto seu membro fazendo com que ele me olhasse com uma cara nada boa, me levanto e ando até a cama me deitando na mesma. 

 

  - Agora eu não quero mais...  - Murmuro me deitando de lado. 

 

  - Ah não, Louis... Volta aqui. 

 

Harry se virou e veio até mim logo me abraçando por trás, passando seu membro lentamente por minha bunda, eu estava agradecendo mentalmente por estar com calça ainda, Harry pareceu ler meus pensamentos então começou a tirar minha calça. 

 

  - Eu não quero mais, sai.. - Eu falo me virando para olha - lo. 

 

Ele não me respondeu apenas tirou minha calça junto de minha boxers, começou a passar seu dedo em minha glande oque me fez gemer baixinho, em um ato brusco ele me virou fazendo com que eu ficasse de bunda para cima, mordo meu lábio inferior sentindo seus beijinhos por minhas costas logo chegando em minhas nádegas aonde ele levemente as afastou e adentrou sua língua em minha entrada, oque me fez soltar um gemido extremamente alto, ele lambia e chupava sem dó enquanto eu apenas conseguia me contorcer e gemer seu nome, eu sabia que no final estaria nessa cama chorando por Harry ser um babaca comigo mais eu não conseguia resistir, Harry sempre sabia como me dominar, eu achava impressionante isso. Harry para oque estava fazendo oque me fez resmungar e logo levar um tapa forte em minha bunda, oque me fez arfar baixinho, com certeza amanhã teria várias marcas por meu corpo, mais eu não me importava. 

 

Harry se afasta e vai até sua calça logo pegando uma camisinha e rasgando o saquinho, ele a coloca e volta a se aproximar de mim logo me fazendo empinar a bunda e me penetrar seu avisar, fecho meus olhos soltando um gemido alto e colocando uma de minhas mãos em sua coxa para que ele não fosse muito rápido já que estava sentindo um grande incomodo mais isso foi invão pois Harry continuou com os movimentos bruscos, coloco minha outra mão no travesseiro o apertando com força. 

 

  - Droga Harry! Devagar porra... - Murmuro enquanto ele continuava estocando com mais força, sem me dar ouvidos. 

 

  - Shh.. Quietinho... - Ele soltou um gemido baixo.

 

Mordo meus lábios com força movimentando meu quadril para que aquela dor passasse e assim o fez. Tombo minha cabeça para trás enquanto gemia seu nome em um tom alto, os vizinhos com certeza estavam incomodados com os barulhos mais eu não estava me importando com isso agora, o único pouco de sanidade que eu tinha a poucos minutos já havia se sumido, eu apenas queria dar para Harry nesse momento, mesmo que ele fosse um babaca depois, ele continuava sendo meu "Daddy" como o mesmo falava. 

 

Harry sai de dentro de mim e se deita na cama logo me chamando para cavalgar em seu colo, sorrio de lado e assim o faço colocando minhas mãos em seus ombros, assim que ele volta a colocar seu membro em mim pela terceira vez nesse dia eu começo a rebolar contra o mesmo. 

 

No quarto não se ouvia mais nada além dos nossos gemidos, Harry ficava se controlando para que não soltasse gemidos tão altos assim mais sempre escapava de seus lábios rubros. Sinto meu interior se apertar a cada estocada que Harry dava, mostrando que logo logo iria gozar. 

 

Continuo com os movimentos até chegar em meu ápice soltando um gemido extremamente alto, enquanto ainda me movimentava esperando que Harry gozasse mais ainda  isso não havia acontecido. Ele me empurra de leve na cama e tira sua camisinha logo ficando de joelhos na cama. 

 

  - Quero gozar na sua boquinha, baby... - Harry falou com sua voz mais grossa que o normal, oque me fez sorrir de lado e ir até ele. 

 

Fico de joelhos enquanto ele se levantava em minha frente e começava a se masturbar enquanto eu apenas ficava o olhando com minha boca aberta apenas o esperando. 

 

Ouço um gemido rouco de seus lábios entre abertos logo jatos brancos saltando de seu membro e indo de encontro a minha boca, mais ainda sim sujando praticamente todo meu rosto. Passo meu dedo sobre meu rosto o limpando levemente e colocando em minha boca, sentindo ainda mais seu gostinho salgado. 

 

Me deito na cama respirando ofegante enquanto Harry se deitava ao meu lado e logo começando a me beijar, esse garoto não respirava não? 

 

Retribuo colocando minhas mãos em seu rosto enquanto meus olhos se encontravam fechados, logo nos afastamos minimamente enquanto nossas testas ainda continuavam coladas, enquanto respiravamos ofegante. 

 

 

Depois de um tempo Harry se afasta e coloca sua cabeça no travesseiro, respirando fundo e se levantando. 

 

  -Eu preciso ir...


Notas Finais


HEY DE NOVO, espero que vocês tenham gostado (mesmo tando uma bosta) eu queria agradecer todos os favoritos serio <3 Esse capítulo ficou mais grandinho espero que tenham gostado msm kkk, bom é isso pq tenho que terminar meu tema de casa agora, beijos de coca.....? 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...