História Live a life you will like to remember - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ino Yamanaka, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Sasusaku
Exibições 52
Palavras 1.306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem pela demora, mas estou naquelas semanas chatas cheias de provas de fim de ano, mas logo tudo volta ao normal e vou postar vários caps para recompensar. Espero que gostem!

Capítulo 4 - Você?


                   ~ Sasuke ~

Minhas semanas estavam turbulentas, e estressantes ao extremo, o que estava me deixando acabado aos poucos. O problema começava quando Karin ficou grávida, e botou na cabeça que o filho era meu, mas Suigetsu tinha certeza que era dele, mas a mesma ficou ainda mais enfurecida quando eu não quis assumir a criança, espalhou vídeos, fotos e mentiras, sobre mim e minha empresa. Agora eu passava o maior tempo da minha vida trabalhando, recebendo reclamações, fazendo de tudo para deixar as coisas normais. Logo passei a ser mais atormentado  após ter visto uma figura, que eu tinha certeza que conhecia, tinha certeza que era ela, estava de costas, mas eu nunca esqueceria da pessoa que me quebrou em pedaços. Pesadelos estranhos me atormentavam, eu não conseguia mas me alimentar direito, nem ao menos pensar, ou ter uma conversa com alguém sem deixar essa pessoa mal, nas últimas semanas eu só queria distancia de todos.

Está noite, eu estava com 3 belas mulheres, para tentar esquecer de tudo, acho que uma boa transa podia me ajudar, ao menos eu achava até receber uma ligação. 

- Naruto não acredito que você me ligou a essa hora. - Bufei indo para o banheiro para conseguir conversar melhor com ele.

- Cara é importante, juro. - O mesmo suspirou, me deixando congelado por alguns segundos, pois Naruto falar que era algo importante era realmente importante.

- Eu vi ela, ela estava na festa que eu estava. - Minha respiração parou por um segundo, senti minhas mãos gelarem.

- Sasuke você ta ai? - Meu celular foi parar no chão logo após eu ter deligado a chamada. Fui para o quarto meu segurando nas paredes, eu estava tonto, ela havia voltado.

- Sasuke-kun você está bem? 

- VÃO EMBORA. - Eu não estava com cabeça para mais nada, eu só queria ficar sozinho. Não me senti muito bem em deixar todas assustadas, mas queira que ela sumissem dal.

    Everyone thinks that we're perfect

Please, don't let them look through the curtains

Todo mundo pensa que nós somos perfeitos

Por favor, não deixe eles olharem através das cortinas

Tomei um banho gelado para acalmar meu nervos, vesti um pijama, e quando finalmente eu estava pronto para deitar meu telefone começa a tocar, era Sakura, não era somente Sakura mas uma Sakura raivosa e muito bêbada, vesti um roupa rapidamente e fui buscar ela, a mesma parecia bem mais do que somente bêbada ela estava realmente muito bêbada, sua voz estava modificada, seu tom de voz super auto e estranho.

Eu sentia que devia ir buscar ela, era como se eu devesse isso a ela, ainda mais depois de ter falado coisas horríveis para ela, não podia deixa-lá na mão, depois de ela ter tentado me ajudar, mesmo que ela não tenha obtido sucesso.

Cheguei rapidamente na tal festa do Neji, ele era um grande amigo meu então entrei sem problema, ouvi uma gritaria vindo de um lado da boate, onde Sakura dançava loucamente em cima de uma mesa, um homem ruivo gritava e tentava puxar ela dali, como se fosse seu namorado ou coisa assim, a mesma estava nem ai, dançava como se não ligasse, logo o homem ruivo a puxou e a jogou em sem ombro como se a mesma fosse um saco de batata fui avançar para a ajudar ela, mas logo ela estava no chão após ter dado um belo chute bem nas bolas do homem ela saiu correndo totalmente tonta até que esbarrou em mim, eu a puxei para meu carro com muita dificuldade pois a mesma gritava que nem uma louco, as vezes chorava de raiva.

- O que você está fazendo aqui sr. Uchiha de merda? - Ela falava em quanto esperneava, e eu tentava botar o cinto nela.

- Eu estava me divertindo você não tem esse direito me deixe voltar AGORA. - Ela bufava de raiva.

- Sakura você está muito bêbada, precisa ir para casa agora vou te largar na sua casa se te deixa melhor. - Bati a porta do carro e fui caminhando para entrar no outro lado, mas fui parado ao ver aquela figura, era ela, estava do lado da porta de entrada, agora eu tinha certeza absoluta, ela tinha voltado, senti meu corpo pesar, meu estomago embrulhar, senti também que alguém estava me segurando, olhei para baixo com meus olhos marejados, e lá estava Sakura, olhando  para mim com seus grandes olhos verdes.

- Você tá bem? - A mesma perguntou olhando para onde eu olhava, e lá já não tinha mais ninguém, até que o ruivo apareceu no mesmo local, olhou para mim enraivecido, e logo veio em passos pesados, mas foi tempo suficiente para que eu e Sakura entrassemos no carro, acelerei e saí rapidamente dali.

- Pareci que eu não fui a única que bebi, você parece que viu uma assombração. - Sakura falava em quanto tirava os sapatos.

- Eu acho que vi. 

- Não acho que você queira falar sobre isso, na realidade nem eu quero, sinto que vou dormir a qualquer segundo, me acorde quando chegarmos. - Ela estava certa, eu não queria falar sobre isso. 

Uma parte do percurso foi silenciosa até Sakura acordar desesperada.

- Para o carro agora! - Não pensei duas vezes parei, pois com a cara que ela estava algum muito ruim iria acontecer. Ela saiu rapidamente do carro e vomitou.

- Você tá bem? - Ela olhou para mim se limpando.

- O que você acha? 

- Vou tentar ir mais rápido. - Logo estávamos na casa dela.

- Obrigada. - Ela murmurou baixo antes de fechar a porta do carro.

Acordei meio mal, mas um bom banho quente me ajudou. O meu dia de folga estaria bem melhor se ela, na estivesse em minha cabeça, ela estava mais bela que nunca, me incomodava mais ainda perceber que eu ainda estava atraído por ela, eu sabia que la no fundo ainda tinha sentimentos por ela. Apesar dela estar ocupando a maior parte da minha mente, Sakura e seus olhos verdes, também acabavam fazendo parte de meus pensamentos, aqueles olhos de alguma forma, se ligaram com os meus naquele momento isso era algo que sei lá, eu sentia. Mas infelizmente a figura dela, Saita Ayame, não saia de minha cabeça, porque ela tinha voltado?

                      ~~ Sakura ~

Acordei com uma dor de cabeça horrível, tomei vários remédios e um banho bem demorado, sem falar que comi que nem um porca. Eu ainda conseguia me lembrar de poucos momentos de ontem, me perguntava porque Sasori não me deixava em paz, me perguntava porque a vida nos botava juntos logo após tanta mentira e sofrimento, me perguntava também como e porque eu ainda o amava. Me lembrava também dos momentos com Sasuke, será que ela havia feito aquilo porque queria arranjar um jeito de se redimir, acho que só um pedido de desculpa já adiantava, mas fiquei feliz por ele se importar comigo, ao menos um pouco. Fiquei curiosa com a mulher que vi na porta, pois logo quando sai do carro, vi ele olhando para uma mulher, a mesma pareceu deixar ele bem estranho, ou até mesmo mal. Olhar aqueles olhos onix marejados foi estranho pareceu que aquele momento nos ligou de alguma forma, digamos que foi algo bem intenso. Mas Sasori conseguia me atormentar mais que tudo, tudo que eu queria era distancia dele, e era tudo que eu não conseguia, a vida estava novamente conspirando contra mim.

Quanto mais eu tento sair da escuridão

Mais eu entro nela.

               ~ Autora ~

Sakura e Sasuke tirados de seus pensamentos pelo som da campainha, caminharam até a porta sem nenhuma vontade de atende-lá, abriram a porta de vagar, como se já esperassem por algo ruim, congelaram ao ver a figura a sua frente.

- Você? - Disseram ao mesmo tempo. 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!! Desculpem se ficou pequeno, o proximo cap promete e saíra amanhã ou segunda! Desculpem por postar a essa hora também!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...