História Live Or Die - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Visualizações 8
Palavras 1.960
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei muito rápido, nem eu creio gente kkk Boa leitura :)

Capítulo 13 - The Blacklist


CLEAR POV

Isso não podia estar acontecendo, ser procurado pelo FBI é como uma sentença de morte no meu ramo, se me acharem eu posso ser condenada até pelo que não fiz, não que exista algo.. A polícia procura culpados por crimes que eu cometi há anos, antes mesmo de eu dominar meu próprio território. 

- Porque essa porra de lista existe ? - Perguntei encarando Adam e as meninas em minha frente esperando pela resposta.

Apesar de ser difícil passar por cima do orgulho, não só pelo Adam ser meu inimigo mas também por eu o ter conhecido, mas em um momento como esse não é como se eu tivesse opções. 

- A lista foi criada por Thierry Enri, ele criou a 6 anos como uma forma de prevenção caso ele morresse - Ele explicava tudo com calma

- Se foi criada a 6 anos o que eu estou fazendo lá ? - Perguntei franzindo a testa

- Você está lá desde que nasceu Clear, não por cometer crimes claro mas seu nome sempre esteve lá - Revirei os olhos ao ouvir essa maravilha

- Mas é claro, e com o tempo foram acrescentando crimes ao meu nome

- Sim, não existe só essa que esteve com você, existem mais duas listas.. Não são feitas em um computador para não deixar rastros, a lista só vai pro FBI quando alguém quiser que ela vá 

- E como podem provar o que está escrito lá ? - Sky perguntou como se fosse óbvio

- A lista não traz só nomes e crimes, traz pontos de referência, provas concretas - Adam olhou pra mim como se quisesse uma saída

- Não parecia tão grande o evelope que peguei, como tem tudo isso ? - Perguntei me enclinando na cadeira

- Esse é o ponto, a lista confere os nomes e da o referencial de três pontos em algum lugar do mundo onde estão guardados imagens, áudios, vídeos e documentos - Era pior do que eu imaginava, bem pior 

- Bem, na melhor das hipóteses ? - Emma questiona 

- Quem pegou o envelope só o fez pois o nome dele estava lá e resolveu guardar pra si - Afirmei tentando passar essa verdade pra mim

- Na pior, alguém que já fodemos muito, pegou por que resolveu que era a hora de fazer todo mundo pagar pelos erros - Adam completou me fazendo encara- lo, a hipótese ruim sempre é a que mais faz sentido e aqui não seria diferente 

- A gente pode pegar pena de morte, ser eletrocutada ou morrer por remédios não foi o que sonhei pra mim - Se eu não tivesse tão preocupada teria rido da piada sem graça da Emma 

Como eu vou sair dessa porra ? Como eu vou me livrar disso ?

- E então minhas belas aliadas, o que faremos ? - Adam sorriu me fazendo lembrar que odeio a cara dele

- Você não sei, agora eu vou fazer o possível e o impossível pra me manter intacta. 

- De qualquer forma, vou colocar meus homens pra procurar, pode deixar que qualquer coisa te aviso minha pérola - Adam passou por mim com cara de debochado saindo do escritório e fechando a porta atrás de si

- Podem ir, pensem em algo e eu vou fazer o mesmo e alguém liga pro Davi, que ele não fez aquele show todo pra trabalhar aqui atoa não, se ele não chegar em Atlanta até amanhã eu vou matar aquele moleque - Falei pronta pra acender um baseado e as vendo acentir saindo em seguida.

Dizem que a genialidade de quem venceu na vida cometendo crimes é grande, não sei se realmente é verdade mas teria que botar a minha genialidade em prova agora e descobrir como fazer o que quase ninguém consegue, driblar o FBI.

Quem quer que esteja com essa lista, uma hora vai dar as caras e eu preciso estar preparada pra tudo, inclusive para ser presa.

 

JUSTIN POV 

- Como assim a lista sumiu ? - Perguntei não acreditando no que Adam acabara de me dizer

- A porra da lista sumiu, eu até suspeitei de você mas percebi que estava mirando na pessoa errada - Vi seu olhar distante, estava pensando em alguém

- Quem acha que foi ? - Perguntei exasperado, tinha muita merda minha naquela lista, eu pegaria pena de morte em menos de 2 dias de sentença

- Nada concreto ainda, tenho minhas suspeitas..

- E quem seria esse arrombado ? 

- Melhor deixar só como suspeita por enquanto, não podemos ganhar sem antes olhar as cartas - Ele ascendeu um cigarro me fazendo bufar impaciente, como uma porra dessas acontece e esse filho da puta tá agindo assim ?

- Eu tô manjando que tu já sabe quem é que fez essa porra, e se eu cair por rixa sua vou cuidar para que eu mesmo te mate antes de qualquer outro, pra fechar minha lista com chave de ouro - Eu não vou perder o que eu conquistei por algo que eu não fiz.

Eu via que Adam estava escondendo alguma coisa, aliás tá todo mundo com essa porra de ficar escondendo coisas de mim, essa lista fodida tá sumida por anos, e justo agora vem aparecer nesse caralho.

- Temos inimigos em comum Bieber, pode ter certeza que quem está fazendo isso não quer ver só a mim cair - Revirei os olhos enquanto mantinha meu olhar fixo no celular, liguei pra Ryan

- Fala - Ele atendeu depois do segundo toque

- Vem pra cá, deu uma merda e a gente vai ter que resolver essa porra o quanto antes 

- O que deu ? 

- Quanto chegar aqui explico, manda os cara vir também - Desliguei sem esperar por resposta e vi Adam se levantar

- Todos os interessados pela lista já estão avisados, ninguém teve uma idéia que preste então eu vou ter que resolver sozinho pelo visto, eu vou pra minha casa, tenta não fazer nada que vai foder com tudo - Filho da puta.

- Vai voltar pra europa ? 

- Não, resolvi passar uma temporada em Atlanta, o ar aqui tá melhor - Ele respondeu sorrindo e logo em seguida saiu do escritório me deixando mais puto ainda

Logo os moleques chegaram, o que me deu uma vantagem sobre decisões a serem tomadas, se eu encontrasse a lista, eu poderia derrubar pessoas do meu interesse para aumentar meu poder, começando pela vadia do outro lado.

- Chris, quero que faça um levantamento sobre um acidente que aconteceu em um viaduto, pouco menos de 1 mês - Logo ele já estava com o computador em mãos para fazer o que eu pedi

- Porra, doeu meu coração só de ver essa ferrari - Me levantei indo até ele e me inclinando pra ver 

- Isso foi tirado por pessoas que estavam no local ? - Ryan perguntou depois que viu a foto da ferrari toda amassada na lateral e a SUV tombada

- Sim, tinha bastante gente lá, tiraram foto da Ferrari e disseram que tinha uma mulher com uma arma, mas nenhum registro foi encontrado - Chris respondeu analisando as imagens

- Se foram apagadas, tem um sistema para ser invadido - Chaz completou acendendo um cigarro

- Claro que tem, à um ano colocaram câmeras entre os vãos dos dutos em toda Atlanta para um jornal marcar como estava o trânsito por esses lugares - Olhei pra Christian que começou a fazer suas nerdices

- Como essa lista foi parar na casa dessa mina ? Será que ela tem alguma coisa haver com ela ? - Chaz me encarou com um semblante duvidoso

Esta hipótese já havia passado por minha cabeça, mas ela já havia sido excluída pois Clear estava nela, entrou depois mas estava de acordo com Adam.

Eu já vi a lista, li cada nome, cada pessoa que passou por Atlanta, ligada ao tráfico está na lista, até quem não tinha nenhuma ligação estava, pelo simples fato de ter nascido no lugar errado e na hora errada 

- Ela tá na lista, não tem nada haver com isso - Respondi seco

- Aqui, estão vendo ? É a Beincardi saindo do carro e matando o homem, mas onde foi parar esse corpo ? - Odeio mistério, e coisas não somem de uma hora pra outra 

- Esperem, o que é isso ? - Ryan apontou pra tela, na direção do carro de Clear, o mesmo que estava com a porta aberta - AQUI PARA - ele gritou me fazendo o encarar de cara fechada

- O que é isso ? - Chaz perguntou o que eu presumi ser uma pessoa.

Um homem, de capuz, aproveitou o desatento de Clear por um minuto e pegou a bolsa dela, tirando um envelope de dentro e colocando a bolsa no mesmo lugar em seguida

- Ele roubou a lista e saiu como se nada tivesse acontecido - Christian falou aproximando a imagem

- Quero ver o rosto do filho da puta - falei estreitando os olhos, mas era impossível

- Não dá pra ver, a imagem está muito falhada, picotaram o vídeo, em uma parte tudo acontece, e em segundos, o corpo, o carro, tudo desaparece - Encarei Christian que tinha um ponto de interrogação nos olhos

- Como acontece um acidente envolvendo várias pessoas, uma morte e ninguém tem registro de porra nenhuma ? - Eu não tinha nenhum suspeito, e isso me matava.

A pessoa que fez isso pensou em absolutamente tudo. O acidente não foi uma forma de Clear escapar, programado, tinha que acontecer e tudo saiu exatamente como o planejado.

- O que vamos fazer ? - Ryan perguntou me encarando - Se a gente cair vamos pegar pena de morte, não vai dar pra se esconder por muito tempo, vamos aparecer em tudo quanto é jornal no mundo, uma hora alguém denuncia.

- Eu não sei, mas ser preso eu não vou - Falei caminhando em direção a minha mesa e me sentando 

- Acho que se eu analisar bem, talvez eu consiga achar uma digital nas imagens - Christian falou fechando seu notebook 

- Pode fazer isso, vou marcar uma reunião com as maiores partes envolvidas nisso amanhã - fiz uma longa pausa - eu tive uma idéia.

 

CLEAR POV

- Reunião Clear ? Tem certeza ? - Encarei Sky vendo- a comer um chocolate e me deu a maior vontade

- Sim, me dá um pedaço - pedi sorrindo - não vai ser nada demais, ele tá na lista, e não vai ter só a gente lá.. Sem contar que seu sexo fixo também vai estar presente

- A gente tá quase namorando - Agora eu tive que rir - porque tá rindo ? - Ela perguntou rindo também

- É que é engraçado, sempre pensei que tu não ia mais querer saber de relacionamento depois do último - Fiz uma careta ao me lembrar do ex namorado possessivo de Sky, eu e Emma odiávamos ele, o cara era um playboyzinho metido, nem poderia ser considerado um ser humano

- Não me lembre disso, já apaguei não quero mais - Ela se levantou da cama caminhando até a porta - Existe sempre uma segunda chance pra ser feliz, e o Ryan me faz feliz de alguma forma.. Eu não sinto nada por ele ainda, afinal nos conhecemos a algumas semanas mas por que não ? Ele pode ser o homem da minha vida e eu não sei- Ela sorriu e saiu do quarto me fazendo pensar em suas palavras.

Talvez seja isso, mágoas do passado não podem definir um futuro, talves exista mesmo uma segunda chance para o amor...

 

                                               Continua...


Notas Finais


Gentee, mais um cap pra vocês e confesso que estou muito anciosa para os próximos, muita coisa vai acontecer e espero que vcs gostem, me perdoem pelos erros, se algo está fora de contexto.. É minha primeira fic e estou dando o meu melhor. Bjs xoxo Sam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...