História Live your life||Bts - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Juninho, Namjoon, Suga, Surubangtan, Yoongi
Visualizações 51
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tá curto mas n desiste de mim n plz

Capítulo 9 - Corre Jungkook


Fanfic / Fanfiction Live your life||Bts - Capítulo 9 - Corre Jungkook

×Dia seguinte×

Acordei, coloquei um moletom rosa bebê por cima de minha roupa, fiz um café da manhã simples, servi Juninho e fiz questão de o levar até a porta.

-Tchau Juninho- Acenei para ele, cujo acenou devolta, mandou um beijo e saiu com o carro em alta velocidade.

Voltei para minha casa, onde peguei o prato de torta junto ao pano de prato que Jin me ofereceu, minha carteira e meu celular (nunca se sabe). Fechei a casa e fui na porta dos garotos, onde toquei a campainha.

-Já vai- Namjoon disse enquanto tinha alguns barulhos de coisas caindo- Shinhye?!- Me olhou malicioso

-Bom dia. Eu só vim trazer isso-Estiquei as coisas da torta.

-Ah, entre e coloque na cozinha-Deu espaço abrindo a porta.

Fui até a cozinha, coloquei as coisas sobre o mármore e fui para a sala onde achei que Namjoon estava, por sorte, ele estava lá. O resto dos garotos também.

-Oh, bom dia Shinhye- Jin falou sorrindo.

-Bom dia-Respondi acenando fraco-Bom, eu acho que eu vou ind...-

-Aish!-Jhope disse me interrompendo- Peedi meu celular, pode me ajudar a procurar?- Perguntou

-Claro!- Assenti meio quê esquecendo de todas as medidas que tinham acontecido no grupo.

-Ok, então você procura atrás do sofá que eu procuro... aqui- Apontou pra mesinha.

Me curvei, e comecei a procurar, tirei as almofadas dalí e fiquei remexendo de uma lado pra ou outro para encontrar.

-Eu não estou achando- Me virei, tive a visão dos meninos olhando para minha bunda e então acabei sacando tudo. - Que porra é essa gente?!- Gritei me levantando rapidamente, cruzei os braços e fiquei batendo o pé.

-Fica calma dongsaseng-Jimin disse tentando me abraçar.

- Não!-Me afastei dele-Gente, deve ser divertido ser a dongsaseng de vocês é tudo mais, porém, não acham que... - Fui interrompida por Yoongi que bufou, e colocou as mãos em minha cintura selando os lábios no meu.

Fiquei totalmente estática, eu não retribuia mas também não negava, era até bom beijar Yoongi, ele tinha lábios macios e um hálito excelente.

-O-o quê?- Perguntei assim que ele se afastou

-Você descumpriu várias regras, o mínimo que eu poderia fazer é você ficar quieta-Respondeu mau humorado- Aliás, que boquinha boa huh?- Disse e eu corei.

-Eu quero também beijar ela- Taehyung disse fazendo biquinho e se aproximando junto à os outros meninos .

Olhei para trás de mim e tinha uma janela baixa. Quase morrer ou ser beijada? -Ser beijada é lógico- mas eu sou do contra, 2 beijos.

-Catch me if you can -Cantarolei, derrubei meu corpo na janela e corri para longe.

Parei de correr assim que percebi que tinha exagerado, coloquei as mãos no bolso do meu moletom e fiquei olhando para as lojas.

Uma me chamou atenção pela placa: "Precisa de funcionária", embora eu tenha dinheiro, eu gosto de trabalhar e viver uma vida simplista, então entrei na loja sendo bem vinda pelas garotas no balcão com roupas fofas.

-Olá Mestre- Elas falaram em conjunto sorrindo

-Podemos te ajudar?- Perguntou uma menina de cabelos loiros, ela é super fofinha.

-Bom dia, me interessei pela vaga de emprego- Falei

-Omo, fale com nosso chefe- Saiu de trás do balcão e me conduziu a porta, ela deu leves batidinhas e saiu.

- "Entre"- Escutei atrás da porta e assim eu fiz. -Sente- Pediu gentilmente.

-Bom dia, eu vi que estavam procurando uma funcionária. Eu gostaria de tentar a vaga- Falei me sentando.

-Bom dia. Você possui alguma experiência com trabalhos antes?- Perguntou

-Sim. Eu estudei bastante, e tenho experiência com negócios, relações de dinheiro, línguas estrangeiras e administração. -

-Oh, parece jovem para tudo isso...-Disse ajeitando seu óculos- Me fale, qual seu nome querida?- Perguntou

-Me chamo An Shinhye- Coloquei uma mecha atrás da orelha.

-Está explicado, conheço de longe a família "An". Sempre dedicada para você dar o seu maior- Murmurou mais para si -Apareceram poucas pessoas procurando a vaga, você foi a melhor entre elas. O emprego é seu- Disse puxando um contrato debaixo de uma gaveta e esticando junto à uma caneta

-Aigoo, obrigada-Sorri assinando os papeis após ler -Quando começo?-

-Segunda que vêm. Funcionamos de segunda a sexta-feira das 7:00 as 18:00 e aos sábados das 8:00 as 17:00, maiores informações estão aí no contrato-

-Muito obrigada mesmo- Falei me curvando.

-Obrigada você senhorita An. Seu uniforme será entregue na segunda mesmo- Se levantou apertando minha mão

-Tchau-Acenei e ele acenou de volta.

-Omo, Mestre, conseguiu a vaga?- Uma garota ruiva um pouco maior que eu perguntou

-Sim, irei trabalhar a partir de Segunda, espero que tenhamos uma ótima convivência-

-Aigoo, que fofa- Uma garota de cabelos meio rosa falou.

-Preciso ir-Peguei meu celular vendo a hora- Até segunda- Sai voando sem que elas pudessem responder

×××××××

Peguei várias rotas diferentes até lembrar qual o caminho que eu tinha feito de ida, eu queria voltar pra casa, eu precisava voltar pra casa.

-Onde estava?- Jin disse brotando, assim que eu botei o pé na vizinhança.

Tentei controlar a respiração ofegante devido a corrida que tive para achar o caminho de casa e coloquei minha mão no peito por conta do susto quele me deu .

-Puta que pariu,que susto do cacete vai assustar a sua vó Seokjin. Caralho porra, eu podia ter tido um infarto buceta- Falei tudo rápido e em português enquanto minha respiração

(n/a: aprendeu cmg sz)

Caguei se falo palavrão demais.

-O quê ela disse Hyung?- Os meninos exceto Yoongi, Hoseok e Namjoon apareceram atrás de mim.

-Puta que pariu- Abafei um palavrão. Eu estava tomando susto fácil demais.

-Queria saber também Tae- Jimin disse.

-Vocês me assustaram poxa- Falei passando a frente de Jin e indo até minha casa. A abri e dei espaço para eles entrarem- Fiquem avontade- No momento em que eu falei eles se acomodaram nos sofás.

-Tá, mas onde estava?- Jin Perguntou

-Eu estava dando uma volta no bairro e acabei perdida- Tirei o casaco botando o pendurado no gancho do lado da porta.

Segui para cozinha onde peguei um de meus toddyinhos e comecei a beber enquanto ia desbloqueando meu celular.

-Podia ter nos chamado, o Hyung dirige- Jungkook disse tirando o Toddyinho de minha mão e tomando

-Não queria encomodar- Sorri tentando tirar o toddyinho da mão de Jungkook.

Bufei de frustação, deixei meu celular na mesinha e usei minhas duas mãos para pegar a bebida quê é minha de direto. Jungkook era forte, por conta disso, se defendeu com uma mão só enquanto a outra estava no Toddyinho.

-Jungkook esse Toddyinho é meu-Falei cerrando os dentes tentando controlar minha raiva.

-Eu não vi seu nome nele- Deu de ombros

-Mas acontece, que a casa é minha, a geladeira é minha e eu comprei o Toddyinho com o meu dinheiro. -Falei enfatizando "minha"

-Toma, fica- Ele me entregou o pacote e saiu andando pela porta.

-Mas o quê...- Namjoon ia falar algo mas eu me toquei que o Toddyinho estava vazio

-Jungkook seu desgraçado corre- Falei em português enquanto ia atrás dele.

O garoto estava correndo para direção da cidade, eu não sei correr tão rápido mas foi o suficiente pra ficar alcançando ele.


Notas Finais


E esse emprego An Shinhye, tudoboom

TO postando agr e nem sei pqq kkk( Eu tinha q ta dormindo mas fds)

Fiquem beeem

(Dançando plz don't be sad)

Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...