História Living dead - Capítulo 18


Postado
Categorias The Walking Dead
Exibições 2
Palavras 1.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Mals tratos


Buáá buáá , era o som do bebê chorando Aryanne tentava manter o bebê calma que se assustou com a explosão , ele andou para as florestas tentando acalmar o bebê ela mal conseguia expressar um sentimento com tudo que aconteceu com ela não era tão choquante aquilo que lhe aconteceu . Ruídos vindos de galhos viam , Aryanne logo se andou com sua faca tentando procurar um zumbi ou qualquer coisa , ela de repente olhou para trás um velho homen com uma aparência bem macabra , puxou o bebê dos braços dela e a empurrou , Aryanne tentou atacar mas ele já tinha a deixado indefesa apontando uma arma na sua cabeça.

- solta a criança você não que a ela me leva mas deixe ela . Falou Aryanne assustada .

- Que pena que o Missel não te matou também , mas eu acho que você vai servir de alguma . Falou velho dando as costas.

Aryanne aproveitou a chance quando um soldado que se escondia nos arbustos desarmou ela e a jogando no chão.

-Você é vem corajosa , eu não vou precisar do bebê então eu posso descarta-lo dando-o aos zumbis ou você me obedece e eu posso cuidar dessa criança . propôs o velho.

Aryanne concordou e foi algemada e levada até um jato que parecia militar .

...

Durante a viagem toda Joelma tentava evitar Guilherme, ele tinha que ficarblogo no meu carro pensou ela , ele tentava falar com ela , e ela fingia que não tinha ouvido , cansada de todo aquele clima , ela pediu para parar o carro , e saiu.

-pessoal vamos dar tempo . Falou Joelma .

Logo todos saíram de seus carros , pegaram algumas lanternas e outras coisas .

Joelma peguei algumas latas de sopas e distribuiu para todos , ate quando chegou ela entregou a ele normalmente, mas ele a puxou pelo braço. Ela tentou tirar o braço dele .

-Vai ficar me ignorando ? Perguntou ele .

Joelma ficou quieta e sentou do seu lado.

-Desculpa eu acho que eu não aguento essa pressão, eu acho que eu não consigo mais amar alguém aquela parte de mim que precisava de alguém para me proteger e me acolher não existe mais . Explicou Joelma.

-Tudo bem ... eu vou fazer você mudar de ideia . Falou ele pegando sua lata de sopa e se retirando.

Ela olhou para baixou pensando se ela ainda o amava .

...

No dia seguinte. Todos já estavam em seus carros e partindo novamente .

Isabelly estava trocando de musicas com a chance de tocar Taylor swift . Quando avistou uma horda de zumbis vindo em direção da estrada .

-Rápido todo mundo abaixado e em silêncio. Falou ela para os demais que estavam no carro (Rin, Tabatah , Sâmila e Tiago ) .

Eles obedeceram .

No carro de Joelma também avistaram e se abaixaram. O carro de Gabi continuava em frente , Joelma tentava dar um jeito de avisar para eles .

Gabi distraída continuava dirigindo , quando ...

-Gabi pode parar to muito apertada . Falou Eumara se segurando .

-Vai rápido antes que eles fiquem muito na frente . Falou Gabi.

Eumara saiu e foi para os matos.

Logo Gabi avistou também os zumbis sem saber o wue fazer ela deu a ré , e mandou todos que estavam no carro abaixarem. ( Carlos, Moreira )

Eumara ouviu o barulho da ré e tentou correr atrás do carro mas quando olhou para trás já era tarde de mais . A horda de zumbis atropelava ela arrancando partes de seu corpo e as devorando .

Os zumbis logo perceberam que tinha pessoas nos carros e começaram a bater nas janelas dos carros tentando quebra-las .

Isabelly peguei sua pistola e abriu a porta do carro devagar matando os zumbis que estavam na passagem .

-Vão vão . Falou Isabelly saindo do carro matando os zumbis .

Joelma viu eles saindo e pegou o seu fuzil e distribuiu arma para todos ,ela abriu a porta atirando nos zumbis indo para os matos onde estavam indo o grupo de Isabelly.

Gabi pegou sua espada e saiu do carro multilando os zumbis enquanto Carlos e moreira davam reforço.

5 minutos depois .

O grupo conseguiu destrair os zumbis e se encontraram no meio da Mata sem nem saber onde estavam .

Isabelly tentou discutir com Gabi que deixou Eumara morrer , mas logo Joelma separou elas .

-Nós não temos tempo para ficar brigando ,agora nós temos que procurar comida e arranjar um lugar para dormir . Falou Joelma já com raiva.

- Esse ataque inesperado mas agora nós temos que estar pronto se não agora e todos nós que vamos morrer , Entenderam . Falou Joelma.

Todos tentavam descansar da correria e se preparar para o pior .

...

Aryanne só conseguia pensar no bebê . O lugar que ela estava era escuro com alguns guardas do lado dela e uma menina que estava com o velho que parecia ter 20 anos tinha cabelos pretos e um rosto sorridente .

-Quem é essa ? Perguntou Aryanne.

-Você é bem curiosa essa é minha neta , Ingrid . Respondeu o velho .

A menina não parecia muito feliz em estar naquele lugar parecia triste .

-Eu acho que está na hora de você dormir , levem ela para a cela , se caso ela precisar ir no banheiro deiem um balde para ela . Falou o velho ordenando os guardas.

A menina olhava Aryanne sendo levada como se aquilo fosse errado.

...

Meia hora depois .

Todos estavam dormindo , Ingrid se levantou rapidamente da cama e foi até a cela de Aryanne.

- Ei acorda ,ei . Chamava Ingrid.

Aryanne logo acordou .

- Eu vou te tirar , certo está tudo bem .Falava Ingrid.

Mas para surpresa das duas o avô de Ingrid a puxou pelos cabelos e a deu um tapa.

- O que acha que está fazendo sua menina insolente , eu te tudo alimento , do proteção e é assim que você me agradeçe , eu nunca devia ter te criado quando os idiotas dos seus pais morreram . Gritava o velho .

Ingrid tinha lágrimas nos olhos ao seu avô falar de seus pais , ele a empurrou até seu quarto e a tranquou.

-E bom que isso não aconteça de novo se não eu te jogo nos zumbis .

.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...