História Living in South Korea - Shownu - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias BtoB, Got7, Monsta X
Personagens BamBam, Hyunsik, I'M, Jackson, Joo Heon, Mark, Peniel, Personagens Originais, Show Nu
Tags Amizade, Bambam, Btob, Ciumes, Coréia Do Sul, Dance, Got7, Jackson, Jooheon, Kidol, Kpop, Mark, Monstax, Namoro, Paixão, Paquera, Peniel, Romance, Shownu, Universidade
Exibições 38
Palavras 2.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie eu sei que demorei...
Mas estou passando por alguns teste, isso conta a faculdade grupos de dança cover e assim vai..
Deem um desconto..
Leiam as notas finais, tenho uma proposta.

Capítulo 15 - Preliminares


Fanfic / Fanfiction Living in South Korea - Shownu - Capítulo 15 - Preliminares

Duas semanas depois

Depois de um tempo conversando com os meninos pelo app, acabei conhecendo um pouco de cada um. O que de vez em outra causava um certo ciúmes vindo do Jooheon que reclamou sobre eu não estar mais dando atenção a ele e isso acabou levando ao Shownu ter o total direito de querer também atenção. – Produção, não sei qual o problema dos coreanos reclamarem tanto de atenção. – As fãs deveriam ajudar nesses momentos. As minhas unnies já até se acostumaram com a situação e ficam de estreita vendo o que ocorre.

Sobre os encontros, acontece sempre que vou para Universidade e Jooheon é o cupido nisso. Devo agradecer a ele nesse quesito. – Por outro lado, o pequeno Shownu reclama sobre “não posso nem beijar você aqui” – Ele estar certo, mas às vezes conseguimos avançar, uma vez em outra quando ficamos a sós.

E bom, já se tem quase uma semana que ele teve que sair da cidade para cumprir agenda e só nos falamos por videoconferência ou mensagens no app. Resumindo, eu estava começando a me sentir uma pessoa que necessitava a todo momento saber como ele estava e toda vez que via ele nos vídeos do Vapp ficava risonha pelos cantos, e segundo as unnies: “Isso é um claro sinal de que está apaixonada e que o ‘pequeno’ idol conquistou a estrageira”. Confesso que elas devem estar certas.

Hoje resolvi não ir para aula por pura preguiça e falta de coragem o que deu chance do Mike me mandar os assuntos do trabalho que vamos fazer em grupo e que cada um fez sua parte e como não consegui “ir” hoje para a reunião, me pediram para organizar os textos. – Minha sorte é que a casa está fazia, os donos da Coco já estão de volta e agora é só paz e sossego o dia todo. – DinDon! – Ou pelo menos pensei que fosse.

Fui atender a bendita porta, deixando o notebook no sofá e caminhando em direção a ela. – Mas antes perguntei quem me incomodava a essa hora da manhã:

- Quem é? – usei o velho linguajar coreano para estes momentos.

- Sou eu. – reconheci a voz masculina e suave que respondeu no outro lado, mas ainda estava em dúvida.

Abri a porta aos poucos vendo duas pessoas paradas carregando algumas sacolas e mochilas. – Lembrando que o Shownu foi o primeiro a fechar os olhos, não conseguindo disfarçar o sorriso. – Dei espaço para eles entrarem e assim que fechei a porta tive que conter a vergonha que estar estampada na minha cara:

- Wow! – o outro menino falou, se não me engano é o Wonho. – Você é mais bonita pessoalmente. – ele me analisava e depois voltou a olhar ao redor. – O apartamento é bem legal.

- Obrigada. – agradeci me curvando.

- Ally, - ouvi Shownu. – esse é o Wonho. – nos cumprimentamos de maneira coreana.

- O que vieram fazer aqui? – perguntei cruzando meu braço esperando pela explicação.

- Estamos de folga por dois dias, então eu vim passar o dia com você. – Shownu respondeu sorrindo meigo para mim.

- E o Wonho também veio passar o dia comigo ou estar aqui por segurança?! – falei um pouco alto chamando atenção do garoto que já mexia no pequeno aquário que enfeitava a sala.

- Oi! – ele pareceu não ter ouvido nada. – Então... É só fingir que não estou aqui? – ele sorriu para mim travesso. – Então Ally. Não deveria estar na escola?

- Estou no ensino superior e não fundamental. – corrigi o maior para que não houvesse mais intriga. – Como souberam que eu não estava na universidade?

- Bom... SoRa falou para Joo, que você não iria hoje. – Shownu respondeu olhando para mim solene. – Fiquei preocupado, então pedi para meu Manager me trazer aqui. Ele só deixou se alguém viesse comigo.

- E porque o Wonho? – nós estávamos conversando baixo para que o outro nem ouvisse.

- Ele queria ver você pessoalmente e foi o único que ficou disponível para vir. – nem mesmo ele havia gostado da ideia. – Você está muito ocupada?

- Nem tanto. – olhei meu notebook no sofá e voltei a olhar meu gigante flamejante. – O que trouxeram? – falei um pouco alto chamando novamente atenção do menino.

- Ah! Comida Ally. – Wonho falou animado. – Só temos que esquentar.

- Leva para cozinha. – pedi olhando os dois – Tenho que terminar de fazer um trabalho, não irei demorar, prometo. – peguei o Notebook e fui para meu quarto voltando ao trabalho.

********          ********          ********

Já estava terminando quando ouço mais uma vez os meninos começarem a falar um pouco alto . – A verdade é que os meninos do Got7 souberam quem estava aqui e passaram uma parte da manhã, depois eles foram embora. – Mas agora, os dois que ficaram na sala assistindo TV estavam rindo um pouco alto demais. – Será que eles não sabem que aqui só mora vizinhos idosos. – Tive que ir novamente na sala pedir para que fizessem silêncio ou não conseguiria finalizar o trabalho:

- MENINOS! – acabei gritando. – Podem rir um pouco mais baixo, acho que a vizinhança inteira sabe que vocês estão aqui!

- Mas Ally... – Wonho tentou argumentar, mas tive que impedir isso.

- Mas nada. Eu quero terminar aquilo ainda hoje. – apontei para direção onde os quartos estavam. – Será que podem cooperar só um pouquinho.

- Desculpa. – os dois falaram e ficaram quietos assistindo.

- Obrigada. – voltei correndo para meu quarto e voltei a me sentar tentando voltar ao meu raciocino que estava antes de sair daqui.

Continue digitando as partes de cada um e tentando fazer uma ligação entre elas que para não ficasse sem nexo nos textos. – Falta somente um e depois, posso mandar tudo para o e-mail do Mike e ele imprimi e faz a divisão. – Enquanto tentava pensar em algo para ligar o parágrafo, senti que alguém estava me olhando então resolvi virar para direção dá porta:

- Está aí a quanto tempo? – perguntei ao gigante que estava no batente da porta com os braços cruzados sobre o peito.

- Nem sei. – ele olhou meu quarto e pediu licença para entrar. – Qual é sua cama? – ele perguntou antes de se aproximar definitivamente.

- Está. – apontei para cama do meu lado esquerdo. – O que Wonho está fazendo? – perguntei mais por curiosidade.

- Assistindo. – ele se sentou na minha cama, apoiando sua costa no lado da parede, pegou um meu boneco de pelúcia e colocou entre sua perna. – Já estar terminando? – ele se aproximou olhando para tela do notebook.

- Estou quase. – voltei minha atenção ao texto terminando de colocar todas minhas experiências da língua coreana que aprendi durante o tempo. – Terminei. – olhei para ele que logo deu um largo sorriso.

- Agora... Será que, você pode me dar um pouco de atenção? – meninas quando um Shownu sorrir para você e fizer um aegyo, por favor.... Fujam, não sei se já falei, mas é sempre bom avisar.

Salvei o que já tinha feito e fui onde ele sorrindo, empurrei um pouco ele para se deitar na cama e fiquei por cima. – Se pareci um pouco desesperada? Até pode ser, mas garanto que o idol estar bem mais. – Sua mão se encontrava em minha cintura, nossos lábios brincavam um pouco antes de começar realmente um beijo. – Parecia como na primeira vez que nos beijamos. – O que muda é que estávamos bem mais à vontade um com o outro. Minha mão passeava por seu abdômen tentando sair daquele local para poder apoiar em algo para não ficar com meu peso em cima dele. – Senti a mão dele ir para minha perna que está descoberta por causa do short que estou usando.

Paramos pela falta de ar, mas em minutos de ficar mordendo os lábios dele, voltamos novamente. – Cá entre nós, acho que esse menino está com o forno ligado ou algo do tipo. – Sua mão apertava meu bumbum e minha coxa, pressionando cada vez mais meu corpo sobre o dele. Acabei gemendo bem baixo por causa da pressão que ele fez e ouvi um riso abafado vindo da parte dele:

- Acho melhor você parar com isso. – pedi para ele assim que consegui ver seus olhos brilhando. – Wonho pode ouvir.

- Ele está assistindo. – ele lembrou novamente. – Vamos voltar, estava indo tão bem. – ele começou a beijar meu ombro e dar algumas mordidas, sua mão se enroscava no meio do meu cabelo.

- Shownu... – saiu tão baixo que acho que nem ele ouviu.

- Hm... – ele respondeu em resposta.

- Deixa eu enviar o trabalho para o Mike. – ouvi ele resmungar algo. – Por favor oppa.

- Tá bom. – ele tirou seus braços do meu corpo e assim consegui me levantar e ir ao notebook.

Comecei a digitar freneticamente o meu e-mail e senha para acessar a conta do Mike. Anexei o arquivo e enviei, assim que fiz isso, mandei uma mensagem para o mesmo avisando sobre o envio do trabalho. – Galera, vocês devem entender uma coisa, se alguém enviou mensagem, é porque não quer falar. – No caso do Mike, ele ligou e meu celular estava mais perto do Shownu do que de mim, o que fez ele me olhar um pouco. – Digamos que muito bravo. Com direito a bico e tudo:

- O que foi? – sou chata, mas realmente não estou a fim de falar.

Wow. Que humor. Que bicho te mordeu hoje? – não sei onde ele estava, mas com certeza não era a sala de aula.

- Só não quero falar hoje. – respondi enquanto terminava de desligar o notebook e arrumava os papeis que estavam espalhados no chão do quarto.

Só quero saber porque não compareceu hoje? – ele só pode estar brincando comigo.

- Não está feliz que eu tenha faltado para fazer a digitação do trabalho? – olhei para Shownu e ele parecia um pouco irritado.

Na verdade, muito. Devo agradecer por você ter ficado em casa. – ele falou alguma coisa que não foi possível entender o que era. – Tenho que ir. Depois passo a sua parte para apresentação.

- Obrigada. Tchau. – encerrei a chamada e dei atenção ao oppa.

Ele estava brincando com meu boneco tendo uma conversa bem estranha, só reconheci a língua por causa do uso constante do ‘X’:

- Dá para você pelo menos falar no mínimo coreano com o ‘kunyku’. – sim pessoal, o nome do meu boneco é isso mesmo, é de anime, sei disso. Mas é que ele se parece com o personagem. Então...

- Que nome foi esse que você colocou? – ele perguntou voltando a sua língua patriarca.

- Não é do seu interesse. – me levantei, me esticando um pouco e saindo do quarto.

Senti os braços dele me abraçando e ao mesmo momento ele beijou minha nuca. Fiquei de frente para ele, colocando meu braço sobre seu ombro e assim iniciar aquele famoso beijo de cinema. Sendo o Shownu a segurar muito firme minha cintura juntando ainda mais o nosso corpo:

- Você provoca muito o seu oppa. – ele dizia isso enquanto beijava meu rosto.

- Sério. – fingi não estar entendo o que ele falava. – Vamos oppa. Wonho deve estar aprontando.

Fui para sala vendo que o mesmo se encontrava esparramado no sofá, com outra roupa. – Deve ter trocado quando estava com os meninos do Got7, porque, até o shownu oppa, estava com outra roupa. – Fui para cozinha ver o que poderia se preparar para o jantar ou lanche da noite, seja lá o que eles querem:

- Que horas vocês pretendem ir? – perguntei enquanto procurava o leite condensado.

- Está nos expulsando? – Wonho perguntou sério.

- Não. Só para saber mesmo. As meninas costumam chegar cedo. – falei encontrando o que eu queria no armário.

- O hyung disse que passaria antes das sete. – Wonho falou olhando o que eu estava fazendo. – O que é isso Ally? – apontou para o leite condensado que estava despejando na panela.

- Leite?! – falei como o óbvio. – Prova. – deixei um pouco na caixa.

Fiquei olhando os dois se lambuzarem no doce. – Assim que terminei de fazer, vocês sabem o quê. – Preparei outra panela de brigadeiro para levar para os meninos, mas claro que avisei que só faria isso uma vez ao ano para eles. – Já estavam se preparando para ir embora quando sinto Shownu deitar sobre minha perna e ficar me olhando:

- Posso fazer um pedido? – ele perguntou.

- Faça. – respondi olhando para aqueles olhos escuros e passei a mão sobre os fios macios do garoto.

- Quero um beijo. – ele estava risonho por demais hoje.

Segurei seu rosto e iniciei um beijo calmo e leve, e aos poucos senti que estávamos indo longe por demais, paramos quando ouvi alguém murmurar por perto:

- Desculpa interromper o momento. – Wonho estava com o rosto levemente vermelho. – Mas o Manager já chegou Shownu hyung. – ele avisou.

- Tá bom. – ele se levantou. – Vou pegar minhas coisas.

Depois que ele foi no quarto pegar sua mochila, voltou para sala, nos despedimos e ele continuou me beijando. – Devo corrigir. Ficamos dando leves beijos até ele cair fora. – Sinceramente esse garoto estar se tornando meu puro vício, devo parar com isso:

- Tchau minha linda. – me beijou de novo. – Até mais.

- Tchau. – olhei ele entrando no elevador e por coincidência ou não, as meninas tinha saindo dele.

Elas cumprimentaram os garotos que já usavam máscaras, vai ver, elas nem notaram quem era os garotos ou nem deram importância achando ser alguém do Got7:

- Estava nos esperando? – Minjung perguntou.

- Não mesmo. – respondi recebendo um pequeno murro no braço. – Isso dói unnie.

- É para doer mesmo. – ela respondeu e logo depois entrou.

- Oi SoRa e Bonhwa unnie. – me curvei cumprimentando elas.

- Oi. – elas fizeram o mesmo.

Bom, poderia dizer o que ocorreu, mas quase sempre terminamos a noite assistindo aos dramas e isso é muito bom. – O que me espera será o dia de amanhã, voltar a luta. – E ter romantismo na vida, só ocorre nos dramas mesmo. Aqui na vida real o drama é bem maior.


Notas Finais


O que acharam??? Prometo que terá o hot deles, tanto é que escrevi ele agora. O que irá demorar um pouco para vocês lerem.


Proposta:
Eu quero minha férias, eu pensei em terminar está fic e uma outra relacionado a série.
Mas não vou ter tempo para isso, então pensei em uma coisa.
Estou pensando em escrever até um capítulo X e voltar depois em algum dia de janeiro novamente continuando a história e isso vale para está fic do Shownu..
Me digam o que querem que eu faço...

Não esquecem de comentar... Gosto de ler eles, principalmente os textos.

Tbm estou pensando em abrir um fic de one shot com os k-idol... tipo, vocês pedem e eu faço...
Lembrando que não sou kpopper, mas escuto músicas como toda pessoas. OKAY


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...