História Living in the dream world - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 5
Palavras 1.257
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu não sou muito boa com fanfic, mais espero que gostem mesmo assim...

Capítulo 2 - Capítulo 2


Hoje começo com minha nova vida nessa nova cidade Londres, meu Deus não vou consegui me acostumar com este lugar ele é tão diferente da onde eu morava, mais fazer o que né. Meu irmão vai chega daqui uma semana até lá um tal de Henry vai cuidar de mim, pra que isso gente eu sei me cuidar sozinha não preciso de uma babá, tá preciso de alguém para me mostra a cidade mais isso não quer dizer que ele tenha que ficar no mesmo hotel e no mesmo quarto que eu, ele poderia ficar em um hotel bem longe de mim tipo em outro país em outro estado em outra cidade, mais minha mãe é paranóica de mais é tem que colocar um cara mais velho para cuidar de mim, é se ele for um estrupador, mãe você me paga.

Depois de dormi por 13hrs meu recorde, fui tomar banho, tinha que me encontra com o carinha na recepção do hotel como vou saber quem é ele gente socorro, é para melhorar eu tinha que ter decido umas 2hrs atrás ele vai me matar.

- ai meu Deus serio isso? - eu acho que estou vendo coisas, ele está com uma plaquinha no pescoço com meu nome, isso só pode ser coisa da minha mãe - oi eu sou a Hannah

- atrasada, eu sou o Hen...

- Henry é você foi mandado pela minha mãe para cuidar de mim enquanto meu irmão não termina os estudos, eu sei – meu senhor cristinho me segura que gato – só foi 2 horinhas, já me atrasei bem mais do que isso, vem vamos subir

- assim só para saber vamos ter que fica no mesmo quarto? – ae tinha me esquecido desse detalhe – a sua mãe disse que íamos ficar no mesmo quarto, só que talvez você acabaria reservando um quarto só para mim.

- Olha essa é uma ótima ideia muita pena que eu não pensei nela antes, então sim vamos ficar no mesmo quarto

- Ok, então vamos

Subimos para o quarto (͡° ͜ʖ ͡°), então esperei ele termina de arruma suas coisas para irmos termina de compra meus materiais, que era alguns livros é canetas, cadernos é outras coisas eu já tinha em casa. Aproveitar é conhecer um pouco o lugar. Assim que ele terminou fomos direto para livraria.

(...)

Enquanto eu procurava os livros decidir fazer alguma perguntas para ele..

- Então você mora muito tempo aqui?

- Sim, dês dos meus 5 anos

- Falando nisso você tem quantos anos mesmo?

- 19 e você tem quantos mesmo?

- 16, é você mora com seus pais?

- Virou interrogatório?

- Sim, mais você não me respondeu ainda.

- Não, eu moro sozinho, eu não converso muito com meus pais..

- Mais eles ainda moram aqui? Ou depois que você começou a morar sozinho eles se mudaram para outro lugar – opa acho que ele não está muito afim de falar sobre isso – olha desculpa pelo o interrogatório, se não quiser falar eu entendo...

- Eu não gosto de falar sobre isso é um pouco recente, mais quem sabe um dia eu te conte parece que você ficou curiosa em saber

- Sim fiquei haha, mais então você trabalha com o que?

- No momento com nada, eu queria abrir o meu próprio negocio.

- Ae que legal, sobre o que você queria abrir?

- Eu queria abrir uma sorveteria, tá é clichê pode rir, mais sempre foi o meu sonho abrir uma sorveteria é um sonho de infância.

- Serio? Ninguém sabe só o meu irmão, mais esse também é o meu sonho de infância..

Tá eu confesso no começo eu queria mata esse Henry, mais depois que conversamos sobre varias coisas enquanto eu comprava os materiais, eu percebi que ele é legal..

( 1 semana depois)

Já se passaram uma semana depois que o Henry me levou para compra os meus materiais, hoje é o ultimo dia dele comigo amanha o meu irmão chega é talvez eu nunca mais o veja, é como ele foi legal comigo quero fazer alguma coisa de legal com ele.. só não sei o que... preciso de pensar em uma coisa é rápido.

Acho que vou ligar para o Matthew ele talvez me ajude...

( Ligação On )

- Oi pequena como está? Já estou morrendo de saudades..

- Oi, estou bem é você. Eu também estou morrendo de saudades.

- Bem também, então me conte as novidades... pegando muito garotos enquanto seu irmão não chega?

- Não, ainda não haha... eu queria te pedir um favor.

- Diga princesa que eu te ajudo, seja lá no que for..

- Sabe a minha mãe deixou um carinha cuidando de mim enquanto meu irmão não vem, é eu queria agradece-lo por ter sido um cara muito legal comigo, é calmo por que você sabe como eu sou ne. Só que o problema é que eu não sei o que fazer para agradece-lo..

- Por que não faz um jantar, você cozinha muito bem, ele pode gostar..

- Aw obrigado, você sempre com essas ideias maravilhosas me ajudando, então vou preparar um jantar bem gostoso para ele.

- Conta sempre comigo minha princesa

- Claro meu amorzinho coisa mais fofa.. agora vou desligar para ir compra os negócios para fazer o jantar, te ligo mais tarde..

- Ok vai lá minha pequena. Depois me conta como foi se rolou alguma coisa viu haha...

- Haha não vai rolar nada mais do que o jantar.

( Ligação Off )

Depois de desliga o celular vi que o Henry estava encostado na porta me olhando com um sorriso gigante no rosto...

- O que está olhando? É você ouviu o que da minha conversa? – Será que ele ouviu que vou fazer um jantar para ele – anda me responda

- Estou olhando como você fica fofa entusiasmada. E eu ouvi só a parte “não vai rolar nada mais do que o jantar” – ele imitou minha voz é depois deu uma risada muito linda, meu deus que risada é essa? – que jantar é esse?

- O jantar que não te interessa. Eu preciso que você fique na rua por ai até as 18h mais ou menos, por favor? – olhei para ele com cara de menina pidona, sempre funciona

- Nossa vai fazer um jantar tão cedo, tá eu fico na rua até 18h, tome cuidado com quem você chama para jantar viu. – Aw ele ficou preocupado com quem eu chamo, mal sabe ele que vou jantar com ele haha

- Eu tomo, é só um amigo que conheci a uma semana mais ou menos – espero que ele tenha intendido a indireta – será que você pode me dar o seu número, eu te ligo assim que tudo acabar, ok?

- Por mim tudo bem, vou deixar meu número em cima do criado é já vou indo

Depois de arrumar o quarto do hotel fui até a recepção para pergunta se eu poderia usar a cozinha para fazer o jantar, depois de implorar muito é fazer muito drama eles deixaram. Fui correndo até o mercadinho é comprei tudo que eu iria precisar.. ia fazer um Meatloaf é uma comida típica dos Estados Unidos, o Meatloaf é uma espécie de bolo de carne moída, assado ou defumado. Depois de tudo está pronto corri para o quarto junto com um carinha que trabalhava no hotel, pedi para que ele me ajuda-se a arruma uma mesa bem bonita, depois disso estava tudo pronto então corri para o banheiro para me arrumar...


Notas Finais


*-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...