História Living the full love (Vivendo o Amor Pleno) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Emma Swan, Jennifer Morrison, Lana Parrilla, Morrilla, Ouat, Regina Mills, Swan Queen, Swanqueen, Swen
Exibições 171
Palavras 1.653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Um capítulo tenso e cheio de acontecimentos. Boa leitura!!!

Capítulo 25 - CAP 25


Pov Regina

Acordei depois do que aconteceu ontem a noite preocupada, Emma gozou dentro e, eu estou no período fértil, foi assim que engravidei de Henry. Agora vamos no ginecologista eu vou procurar um método para evitar que eu engravide. Emma me disse que só transava com suas ficantes antes de me conhecer com camisinha, agora comigo ela só quer sem e eu adoro sentir ela sem a camisinha, mais sei que posso ter engravidado e isso me assusta. Eu sou a prefeita da cidade se engravidei é melhor deixar meu emprego e viver para meus filhos, porque serão dois pequenos e não confio largar eles na mão de qualquer pessoa que não seja Emma, Cora e papai. Fomos inconsequente Henry ainda vai fazer dois meses estou assustada com a possibilidade, sem contar que se isso acontecer vou ter que casar de barrigão, pois vamos marcar a data para o início da primavera que é daqui a 5 meses.

-Amor porque está tão pensativa? Emma estava com Henry em seu colo arrumada para irmos ao ginecologista.

-Amor eu to com medo, olha o tamanho dele, você acha que mais um pequeno daremos conta?

-Amor eu estava pensando nisso ontem e, você tá certa eu preciso ser cautelosa, mais se você ficou gravida teremos que dá um jeito de cuidar deles.

-Eu sei, agora vamos

Saímos em direção ao consultório do Dr Whale, eu Emma e nosso príncipe, chegamos e avisamos que tínhamos horário marcado, a recepcionista nos mandou entrar.

-Bom-dia prefeita, Sheriff, a que devo sua presença novamente neste hospital, algum problema com o pequeno?

-Não é só que eu estou com medo de estar gravida, ontem nós transamos sem camisinha e eu estou no período fértil.

- Já Regina, nada contra mais é que o bebê ainda está muito novinho

-Eu sei é por isso que eu estou com medo

- Vocês não perdem tempo. Sorriu -você pode tomar a pílula do dia seguinte

-Não, porque se for pra mim ficar gravida eu aceito, mesmo porque se o espermatozoide da Emma estiver a caminho de fecundar meu óvulo eu posso mata-lo, e ai estarei matando meu filho.

- Faz sentido, mais não se preocupe espere um pouco e depois de umas duas semanas, faça o exame para saber.

- Ok e, Dr eu quero um método de anticoncepcional, Emma só quer fazer amor sem camisinha. - A loira ficou vermelha.

-Hum, bem existe pílulas e injeções que tem os mesmos efeitos, mais as pílulas muitas mulheres esquecem de tomar.

-Eu prefiro injeção, senão eu acabarei esquecendo

-Bem Regina existe a trimestral e semestral

-Qual a melhor para mim?

- Aconselho a trimestral

Saímos do consultório e fomos almoçar no Granny’s, Emma ficou mais animada, essa filha da mãe é uma safada e eu não fico atrás, entramos e sentamos fizemos nossos pedidos.

- Eu espero que funcione amor e, que eu não esteja gravida.

-Tomara amor que não, sei que é difícil e você ainda me ameaçou de não fazer amor comigo por seis meses. Sorri, que bobinha sabe que eu sou louca e não consigo ficar sem fazer amor com ela.

Coloquei Henry no carrinho assim que nossos pedidos chegaram começamos a almoçar sorrindo. Eu estava tão completa tinha o amor da minha vida ao meu lado e nosso filho lindo.

..................................................................................................................

Robin observava a família Swan Mills de perto era hora dele colocar seu plano maligno em ação.

-Então estão prontos, tudo indica que Emma ainda não sabe que tem magia e a idiota da Cora e Regina ainda não falaram, então até os poderes dela se manifestar e saber da força que ela tem, já botamos as mãos no garoto.

-Finalmente Robin você começou a mostrar seu valor, meu mestre saberá disso você será recompensado.

- Eu lembrarei disso, vamos que elas parecem distraídas

Regina e Emma já tinha acabado de comer quando ouviram o barulho da porta, entraram quatro caras com capô na cabeça e mais duas mulheres todos de preto e Robin como líder.

Emma e Regina não deram importância quando se tocaram um cara lançou um feitiço imobilizando as duas. Regina tentou se mexer mais não conseguia e Emma tentava lutar pra se soltar.

- Amor por favor, eu não consigo sair o que ta acontecendo?

-Eu avisei que vocês iam pagar caro, então podem pegar o bebê pessoal

-Não, não meu filho não ….

Uma das criaturas pegou a criança e desapareceu na fumaça preta. Todos desapareceram inclusive Robin.

Regina estava desesperada e Emma sentiu uma força forte em seu corpo e conseguir se desprende da cadeira fazendo uma luz branca aparecer. Logo em seguida entraram Daniel e Cora que haviam sentido que algo estava errado

-Regina estava em choque com que estava acontecendo seu príncipe tinha sido levado e Daniel na frente dela, acabou desmaiando. Cora quebrou a magia que a prendia. Emma e Daniel correram para ajudar a morena. Lilith apareceu

- O que faz aqui lilith você tá por trás disso

- Não Emma eu só vim ajudar, - Emma não falou mais nada pra lilith, olhou para o rosto de Regina

- Amor eu não sei o que ta acontecendo levaram nosso filho acorda por favor, eu acho que tenho magia eu não sei porque tem uma energia na minha mão, volta logo para mim.

- Emma calma, eu vou te contar tudo

- Então comesse Cora preciso achar meu filho e quem é esse cara que ta falando que minha mulher é seu amor

-Esse é Daniel

-Tira suas mãos dela  você estava morto

-Longa história - saiu de perto de Regina

- Amor acorda

-Regina abriu os olhos

- Emma cadê nosso filho, levantou - o que tá acontecendo Cora e porque Daniel está aqui?

- Regina senta eu vou contar tudo

-Eu não tenho tempo Robin levou meu filho

- Vocês precisam saber de tudo para poder agir

Cora contou toda história para as duas, Regina ficou em choque, Daniel a enganou, e levaram o filho delas para sacrifício. Emma estava desesperada, com toda essa história que era fruto de amor verdadeiro e que tinha magia.

- Me diz onde encontrar meu filho? Lilith se antecipou e falou

-Levaram ele pra floresta onde tem um poço, eles vão abrir um portal pra trazer uma criatura pra esse mundo, querem o sangue do seu filho e vão mata-lo.

Emma e Regina se desesperaram mais do que já estavam

-Então vamos logo - todos foram para o carro de Regina, Emma estava descontrolada queria encontrar seu bebe e aquele cara, ela queria acabar com ele por estar perto de sua mulher.

-Regina eu posso conversar com você quando isso se resolver

-Não você me enganou

- Me perdoa eu tive um motivo forte

-Então fique com seu motivo

Emma não gostou nada dessa história, depois que encontrasse seu filho teria uma séria conversa com Regina.

Robin estava no poço começaram o ritual para trazer a criatura das trevas, ia derramar o sangue do garoto. Ventava muito e havia um portal aberto.

Chegaram no local, Emma saiu do carro em disparada com Regina atrás

-Amor precisamos de um plano senão você pode morrer assim

- Será que você se importaria, seu amor está ai agora

Regina segurou o braço de Emma

-Amor não me ofenda, lembra do que Cora falou, é você meu amor verdadeiro eu sinto isso.

Emma a abraçou - me desculpa eu quero nosso filho de volta - foram andando em direção ao poço Daniel, Lilith e Cora vinham atrás. Avistaram uma roda em volta do portal e o garotinho no colo de Robin. Estavam falando palavras em outras línguas.

- O ritual começou, só temos uma chance vocês precisam juntar suas magias e eu pegarei o meu neto.

-Sim, você consegue meu amor?

-Eu preciso conseguir Regina, é meu garotinho, nosso filho.

Robin cortou o dedinho de Henry, ele começou a chorar e o sangue pingar do dedo  dentro do portal, uma lavareda de fogo se acendeu

- Vamos Emma eles então machucando nosso bebê - se posicionaram pra atacar e surgiu uma criatura de chifres com a cara horrível.

- Minha nossa é Barack, precisamos derrota-lo e pegar Henry.

Todos os súditos se curvaram diante de Barack

-Então esse é o salvador, irei mata-lo antes que ele me destrua

- Não encosta no meu filho - Emma e Regina falaram e lançaram suas magias contra a criatura. Ele lançou de volta e as duas voaram longe, Cora e Daniel atacaram. Lilith se transformou em dragão e lançou fogo contra os súditos de Barack, Robin se escondeu atrás de uma arvore com Henry.

-Vamos Emma

Levantaram e atacaram de volta o demônio, Emma usou toda a magia que podia e lançou contra Barack que ficou fraco

- Agora Regina é hora de acabar com ele - lançaram juntas novamente e o Barack desapareceu numa lavareda de fogo, antes dele sumir lançou sua calda e puxou Regina pela perna que caiu dentro do portal. Daniel correu atrás dela e se jogou. Emma correu mais o portal se fechou e ela acabou batendo o rosto na parede do poço. Cora pegou Henry dos braços de Robin e o atacou, ele caiu morto. Foi ajudar Emma que estava em pranto. Lilith voltou a ficar humana.

-Meu filho - pegou Henry - Cora pra onde ela foi, me diga?

-Eu não sei, ela pode ter ido pro submundo ou para floresta encantada.

  - Eu preciso encontrá-la.

-Calma Emma precisamos fazer as coisas direito.  Emma Levantou e antes de sair de perto do poço disse.

-Eu vou encontrar você meu amor eu prometo.

Elas foram para o cofre de Regina, Cora curou o machucado no dedinho do bebe, Emma estava com ele no colo. E lilith foi embora pra cidade dá a notícia.

Cora começou a olhar uns livros de magia tinha que localizar sua filha. Onde será que Regina foi parar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...