História Lixo ou pessoas? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Menino do Pijama Listrado
Tags Drama
Exibições 2
Palavras 360
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 3 - Surpresas Constrangedoras


O restante da viagem foi bastante atormentado pelas imagens do garoto aos prantos deixado para trás, sem saber o que o esperava e a atitude desumana daquele soldado que só interessava cumprir com o êxodo as ordens de um general. No decorrer da viagem meus sentimentos foram bombardeados por cenas reias, aos poucos meus rascunhos ganhavam expressões, meus olhos se enchiam de lagrimas e a minha garganta se contraia com o intuito de prender o choro, que poderia sair a qualquer momento, pois havia notado que um dos três soldados me observava atentamente, para ter a certeza que não estava fugindo do qqe havia sido proposto pela editora, o de não relatar no artigo os fatos constrangedores ocorrido na guerra.

Finalmente começamos avistar a residência dos Bunz e aos poucos pude notar que havia um pouco de delicadeza na paisagem ao redor da propriedade, a luz so sol dava um certo requinte a estrutura rústica da casa, o que a tornava bem aconchegante, mas o que chamou a minha atenção foi a quantidade de soldados ao redor da casa, parecia forte, pois havia um muro alto com portão de ferro.

Quando o caminhão parou em frente a ele, um soldado se aproximou com um grande fuzil na mão esquerda, identificou os soldados do caminhão e pediu a minha identificação, ele olhou para a minha carteira e minutos depois mandaram seguir em frente pois o general nos aguardava.

O caminho foi estacionado e aos poucos fomos descendo, em seguida saiu ao nosso encontro um menino branco, de cabelos lisos preto, acho que tinha uns nove anos de idade, se dirigiu a um dos soldados como se fossem amigos e de maneira bem curiosa questionava-os sobre o que tinham visto durante a viagem e os soldados respondiam de forma irônica e irreal.

Me dei conta de que aquela criança e quem sabe os outros membros da família exceto o general, seu pai, não tinham a noção que a guerra estava dividindo e destruindo o que ele havia aprendido sobre o que é uma nação e uma sociedade e que aos devastados por uma guerra atilada capaz de desmoronar o seu mundo imaginário, induzido por adultos alienados.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...