História LIYEB2 - Charlie - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Tags Carl Grimes, Romance, Survival
Exibições 23
Palavras 1.583
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Ela voltou


Fanfic / Fanfiction LIYEB2 - Charlie - Capítulo 6 - Ela voltou

Narradora P.O.V

Dessa vez, o dia amanheceu chuvoso, a chuva caía forte lá fora, seus ventos devastavam as florestas. Jesus abriu um pouco a janela e viu o céu nublado, de cor externamente branca, olhou para o lado e viu que Emilly estava a dormir.

Jesus: "Que saco... Está chuva nos obriga a esperar-mos.."..

Emilly: Jesus...- Sussurra tal nome.

Jesus: Como se sente?

Emilly: Mais ou menos.. Acho que peguei uma gripe muito forte..- Fala se medindo. - Podemos ir pra casa?

Jesus: Está chovendo muito, se formos, você pode piorar.

Emilly:.. Carl… Ele deve..estar bravo comigo..

Jesus: Por que?

Emilly: Eu insisti em ir pra essa saída..e acabei assim..

Jesus: Bom..não sei se ele está como disse..mas só sei que deve estar preocupado com você..isso é evidente.

Emilly: Eu..posso aguentar, coloco um capuz em mim e vamos de vagar.

Jesus: Tenho o meu cavalo, mas com essa chuva, a visão esta embaçada, poderíamos ser surpreendidos, já que o barulho das gotas caindo nos telhados ou em outras coisas mais pesadas, transmitem um som alto, o que pode também atrai-los….Coma.- Ele estende um pão com pasta de amendoim.- Sei que não gosta de amendoim..mas precisa ter algo no estômago, e não vou faze-la comer animais crus como o Daryl faz.

Emilly: Nesse momento, até um amendoim é um banquete, obrigada.- Sorriu ainda com os olhos caídos.

Alexandria estava encharcada (avá), Rick estava preocupado com o comportamento do filho, não ousava falar nada.

Michonne: Como ele está..? - Michonne e ele estavam na varanda o observando.

Rick: Está deprimido.. isso me preocupa, ele acha que ela morreu..que a Charlie morreu.

Michonne: Depois de ver aquilo, e ver a quantidade de zumbis que haviam ali..ele com certeza perdeu fácil a esperança e a confiança.

Rick: Mas..Amar alguém é não desistir da pessoa.

Michonne: Rick, eu sei que lá no fundo ele tem sim esperança, que à trara de volta à nós, e o sentimento por ela é evidente em seus olhos, e a Emilly..A Emilly é dura na queda, eu tenho certeza de que ela está bem, não morre fácil.

Rick:…Obrigado por estar aqui..Não é só ele à estar assim por perder alguém. - Michonne não diz nada, apenas o abraça, demonstrando um sinal de proteção, *eu estou aqui*.

Beth P.O. V

Antes soluçava com as lágrimas, hoje, restaram apenas a saudade e as dores, não consigo aceitar que a Emilly se foi..Ela não é assim.

Daryl: Loirinha? - Olho pra ele.- Quer..um esquilo..?

Beth:..Eu quero a Emy de volta, é isso o que eu quero..- Ele vem até mim e me abraçou.

Daryl: Não é a única que almeja isso..todos nós, principalmente o Carl.

Beth: Ele tentou ir atrás dela, mas não a encontrou.

Daryl: Se essa guria se escondeu durante a horda, ela se escondeu muito bem.

Sabryna: Daryl? - Sabryna apareceu da janela.

Beth: Olá Sabryna..

Sabryna: Oi..como você está?

Beth: Vou ficar bem.

Sabryna: Benjamin e eu vamos la fora, quer ir junto, Beth também pode ir se quiser.

Daryl: Precisa sair um pouco..- Diz olhando pra mim.

Beth:…Esta bem..eu vou.- Sabryna somente sorriu.

Sabryna: Estamos esperando vocês lá fora.

Daryl: Estamos indo.

Um pouco de adrenalina pura, poderia me fazer bem durante essa situação.

Narradora P.O.V

A chuva tinha cessado, deixando somente os vestígios molhados por todo o lado, Jesus sorriu ao ver que a chuva tinha parado, uma chance de voltarem pra casa.

Jesus: Emilly, a chuva parou! - Ela com sua pouca força tentou sorrir.- Consegue levantar?

Emilly: Acho..que sim..- Ela segura seu ombro e levanta, não conseguia parar em pé por conta da fraqueza. Jesus a colocou em seu cavalo, e ambos foram.

Sabryna P.O.V

Tínhamos pegado um carro caso a chuva ameaçasse voltar novamente, Beth ia do meu lado calada e seria.

Sabryna:.. Descobriram da onde veio aquela fumaça branca?

Daryl: Não..Gleen e Maggie devem estar la no local pra ver se descobrem algo, mas que foi estranho foi..muito.

Sabryna:..Ali, parece que tem umas casas, podemos dar uma olhada antes.

Saímos do carro e cada um entrou em uma casa, eu encontrei restos de pão com pastas de amendoim, pelo visto, tinha alguém aqui a horas atrás.

Narradora P.O.V

Jesus voltava para a casa onde estavam, tinha esquecido de uma arma que escondeu, voltava com o cavalo até o local.

Daryl: Já peguei tudo, vamos voltar para o carro.- Dizia pra Beth que só concordou com a cabeça.

Benjamin: Qual é o nosso próximo destino agora?

- É a morte..- Os quatro sentiram em suas cabeças uma arma sendo apontada.- se ajoelham-se e larguem as armas.

Assim obedeceram, a tensão tomou conta, os caras eram estranhos, nunca tinham os visto, um deles, segurou o rosto da loira.

- Essa é bonitinha hein.

Daryl: Tire essas mãos imundas dela! - Tentou reagir mas foi segurado.

- Não faria isso se fosse você..

Sabryna: O que quer de nos..?

- Que nos levem ao seu líder..que afinal, o nosso está nos esperando.

Benjamin: Esperando..?

- Não vamos falar nada, não devemos explicações a vocês.- Cuspiu nele.

Daryl: "Outra vez não..não podemos acabar ajoelhados e condenados..Como Negan fez…".

O disparo foi dado, e um corpo caiu no chão, os homens olharam espantados, quando viram um homem e seu cavalo, com mais alguém montado nele.

Jesus: Deixe meus amigos em paz!

- E quem ira nos obrigar?

Jesus:..Eu avisei..- Ele desce do cavalo e atira em dois deles, e joga um golpe com a perna nos seus rostos, matando todos.

Emilly P.O.V

Olho tudo do cavalo, estavam ajoelhados por uns caras..nós quais, quase me seqüestraram.

Daryl: Sim, obrigado por aparecer.

Sabryna: É, senao mais uma vez iríamos ser vítimas de outras pessoas.

Benjamin: Quem..está ali no cavalo?

Jesus: Emilly..- Escuto meu nome ser dito, e os vejo vindo até mim, Beth tirou meu capuz que me cobria e logo pôs-se a chorar, assim como eu com a mínima e pequena força que me restam.

Beth: Emy!! - Ela me abraçou forte.

Emilly: Beth..Que bom ver.. você..

Daryl: Eu não acredito..

Sabryna: Emilly! Aonde ela estava?

Jesus: Eu estava voltando de um..lugar, então parei numa dessas casas, e lá estava ela, ela esta fraca, pegou uma gripe por conta da fraqueza, precisa de energia e descanso, ficou dias sem comer.

Beth: Oh Emilly, achei que tivesse..Ido..Como está a Charlie?!

Emilly: Ela esta bem..

Jesus: Ainda tenho coisas a fazer aqui, podem leva-la?

Sabryna: Claro, nos temos um carro.

Jesus: Ótimo, então..até mais.- Eles me tiraram do cavalo de vagar.

Emilly: Jesus..- Ele olha pra mim, o surpreendo-o com um abraço.- Obrigada.. muito obrigada, se não tivesse aparecido..não sei o que teria acontecido comigo.

Jesus:..É do meu instinto ajudar meus amigos..isso não foi nada..Se recupere.

Estávamos dentro do carro, estava pálida, os olhos no fundo e cansada, com o suor pingando na cabeça, estava sentada no meio, Daryl e Beth estavam do meu lado.

Beth: Eu ainda não acredito que você está aqui..

Emilly: Nem eu..achei que morreria, não iria..me arriscar a sair pra caçar, não tinha nada pra me defender..

Daryl: Hum...esta ardendo em febre, quando chegar, vai ter que examinar o bebê também, pra ver se nao houve alteração.

Emilly: Carl..Como ele está..?

Beth: Nesses dias ele..anda quieto, ele acha que você morreu.

Daryl: Sabe.. nunca vi ele daquele jeito, ele pegou o carro a noite pra ir te procurar, o guri só voltou na noite do dia seguinte, e não disse mais nada.

Emilly: Ele deve..Estar bravo comigo por eu ter ido..- Abaixo a cabeça.

Beth: Só sabemos que ele sente muita a sua falta, assim como nós sentimos.

Daryl: É..e depois do que ele viu..

Emilly: Sam.. Jessie, eu não consigo mais tirar.. aquela cena da minha cabeça, ele era.. só uma criança, e o Rick a amava muito..

Daryl: Ele tem a Agnes agora para se lembrar deles.

Narradora P.O.V

Rosita a vista um carro de longe, pega o binóculo e arregala os olhos ao ver quem dirigia o carro, rapidamente, abre o portão.

Michonne: Rosita, por que está abrindo o portão?

Rosita: Sabryna está chegando, e…parece que tem uma pessoa a mais dentro do carro do que quanto saíram. - Michonne foi ate a entrada conferir, assim que pode ver quem era, arregalou os olhos.

Michonne: O..Que..? - Ela correu pra achar o Rick, o mesmo estava tentando conversar com Carl, mas não o achava.

Rick: Mich..ele sumiu de novo..

Michonne: Você não sabe que acabou de chegar..- Diz com os olhos com agua, e um sorriso, ele logo entendeu.

Rick: Não…- Ambos correram até o portão.

Carl P.O.V.

Voltei pra Alexandria descendo pelo muro, evitando usar o portão, quando vejo um movimento estranho, tinham várias pessoas lá na frente do portão, não entendia direito e resolvo chegar mais perto, até que..

Carl:..E..Emi..ly..? - Esfreguei os olhos pra me certificar de que aquilo não era um sonho ou uma alucinação, e não era..Não penso mais e chego mais perto.

Rick: Carl! - Grita meu pai sorrindo, a vejo saindo do carro, estava com a cara pálida, e muito abatida.

Michonne: Ela voltou..A Emilly voltou.

Carl: É..É você..? - Ela levantou a cabeça.

Emilly:..Carl..? - Diz meu nome com dificuldade, ando mais rápido possível para alcança-la, ate estar alguns centímetros de distância, comecei a chorar e a peguei pelos braços a beijando, beijando-a intensamente como nunca tinha a beijado antes. Depois de uns segundos ali, nos separamos pela falta do ar.

Carl: Amor, minha..Minha vida, achei que tivesse morrido! - Olhei para Charlie e a beijei também, vários selos, curtos ou longos, só queria elas ali na minha frente. Novamente olhei para seus olhos e segurei seu rosto, e acariciando seu cabelo.

Emilly: Eu..Eu te amo…- Ela começou a piscar demais, até que perdeu a consciência, a segurei impedindo que caísse.

Carl: Emilly!! Acorda!.. Emilly!! - Mexia sua cabeça de vagar, mas nada.- O que aconteceu?!!

Rick: Ela esta muito desidratada.

Beth: Jesus disse que ela está com uma forte gripe.

Michonne: A pressão dela deve ter igualado, causando o desmaio, temos que leva-la..

Carl:…Deixa que eu levo ela..- A peguei no colo, e enquanto andávamos até lá, não parava de olha-la e olhar a sua barriga, que estava já se formando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...