História Loki's servant - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Nórdica, Tom Hiddleston
Tags Loki, Thor, Tom Hiddleston
Exibições 123
Palavras 1.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Magia
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


"I could stay awake just to hear you breathing
Watch you smile while you are sleeping
While you're far away and dreaming
I could spend my life in this sweet surrender
I could stay lost in this moment forever
Every moment spent with you
Is a moment I treasure"

"Eu poderia ficar acordado apenas para ouvir sua respiração
Ver você sorrir enquanto está dormindo
Enquanto você está distante e sonhando
Eu poderia passar minha vida nessa doce rendição
Eu poderia me perder nesse momento para sempre
Todo momento que eu passo com você
É um momento que guardo no coração"

Trecho de "I don't wanna miss a thing" do Aerosmith.

Demorou, mas chegou!!! Espero que gostem!!!
Na capa: Freia, Thor e Eva, respectivamente.

Capítulo 14 - I could stay lost in this moment forever


Fanfic / Fanfiction Loki's servant - Capítulo 14 - I could stay lost in this moment forever

POV. Loki:

Nesse momento, entrei em desespero. Eu precisava salvar Freia a qualquer custo. Eu duraria mais tempo, tenho maior resistência ao veneno. Mas Freia não, Freia é frágil, humana. E eu não aguentaria perdê-la. 
Resolvi pedir ajuda para a única pessoa que conseguiria ir até o limbo sem se envenenar. Amora. Minha única esperança seria confiar na inimizade e na sua inveja para com Lorelei.
-Você... Não deveria ter vindo... Loki, por que?- Freia sussurrou.
Eu não respondi.
-Amora! Eu sei que você consegue me ouvir.-
Vi ela aparecer na minha frente com um sorriso cínico no rosto.
-Ah Loki... Te ver desesperado assim por... Ela... é patético.-
-Amora... Por favor, o antídoto.- eu disse tentando manter a voz firme.
-meu amor... Eu óbvio que eu te salvaria. Mas... Quanto à essa escória humana... Acho que não. Por que acha eu aceitei ajudar minha irmã ? Freia também me incomoda.- Ela disse em tom de desdém.
-o que... O que foi que eu fiz?...- Freia disse em um tom quase inaudível.
Eu passei a mão por seus cabelos e lhe dei um beijo na testa.
-Ha! Querida, você estragou, tudo. Ah Loki... Você não se lembra mais de como era estar em meus braços?- Amora lamentou. 
-vocês...? Loki, ela também?... As duas irmãs?!...- Freia sussurrou, incrédula.
Eu preferi não responder,
-Lorelei, por favor. O que você quer em troca?- eu supliquei.
Ela fez uma cara de preocupação falsa.
-eu quero... A sua maçã de Iduna. Eu sei que já tenho vida eterna, mas pode ser útil.- 
-fechado.- respondi. 
-eu vou dar o antídoto para a curandeira. Vocês vão acordar em breve. Foi bom fazer negócios- ela riu.
Assim que ela desapareceu, eu fiquei observando o nada por alguns instantes e adormeci com Freia.

------

Acordei, e vi que estava no quarto de Freia. Estava me sentindo tonto e vi as servas, felizes pela recuperação de Freia, que ainda estava dormindo, mas havia recuperado a cor, e aparentemente a temperatura também.
Olhei para a cômoda e vi que a maçã havia sumido.
-Por quanto tempo dormimos?- perguntei.
-por 6 horas senhor. Achamos que ela havia morrido. Mas uma moça loira nos trouxe um frasco de antídoto... Que estranho.-
-é, muito estranho- fingi não saber nada.

Me levantei e lancei um olhar triste para Freia.
-ela vai acorda logo senhor... Mas pode ficar uns 2 dias na cama... Ela ficou sob efeito do veneno por 3 horas a mais que você. E para pirorar, a saúde humana é muito... Frágil.- Elza explicou.
-eu sei... Contanto que ela melhore, eu ficarei feliz. Me avisem quando ela acordar.- 

Saí do quarto, ainda um pouco tonto, e fui até o salão me encontrar com Sif.
-Loki?! Você está louco ?! Você se envenenou e...-
Eu a interrompi.
-E salvei Freia. Agora, me diga, pegou o antídoto?!- perguntei.
-Sim, eu também dei uma surra naquela cadela. Agora Lorelei está finalmente nas masmorras.- Sif riu.
-que bom, vá para Valhalla e cure meu... Irmão. Obrigado... Por tudo.- agradeci.
-eu que agradeço, espero que Freia melhore, adeus.- ela disse antes de ir embora.

POV. Freia:

Acordei muito tonta, fraca e faminta. Eva estava ao meu lado.
-eu... O que? Por quanto tempo eu dormi?...- perguntei, confusa.
Para mim, sair do limbo e acordar pareceu instantâneo.
-por... 10 horas... Mais ou menos... Por Odin, você deve estar faminta, vou buscar algo para você comer.- 
-Obrigada Eva, você é uma boa amiga.-
-vou avisar o Senhor que você acordou.- 
-sim... Faça isso.- 
Ela sorriu e saiu do quarto.
Fiquei olhando para as paredes e tentei me levantar, eu estava muito tonta, minha cabeça latejava, quando tentei dar um passo, caí no chão.
Eu não conseguia me levantar. E não tinha forças para gritar por ajuda. 

Fiquei um tempo caída e confusa até que vi a porta do quarto se abrir e, vi um Loki desesperado correr até mim. Ele me pegou no colo, me deu um beijo na testa, e me colocou gentilmente com todo o cuidado na cama.
-vim correndo assim que soube que acordou.- ele disse. - eu só não esperava te encontrar no chão.- ele riu um pouco.
-eu só tentei andar um pouco...- respondi envergonhada.
-como você está se sentindo?-
-minha cabeça dói muito e eu estou muito tonta... O mundo parece estar girando... Mas eu vou melhorar... Eu acho-
-que bom que agora você vai ficar bem...-
Eva entrou no quarto e após me dar uma bandeja, fez uma reverência e saiu, quieta.
Eu comi o que pude com certa voracidade. assim que terminei, deixei a bandeja de lado e olhei para ele.

-Loki... Precisamos conversar...- eu disse em tom triste.
-sobre o que?- ele arqueou uma sobrancelha.
-sobre você... Me trancar aqui.- 
-me desculpe... Eu fiz isso para garantir sua segurança... Mas eu acho que fiz o contrário...- ele suspirou.
-eu te perdoo, mas eu realmente espero que não aconteça de novo. Não me faça perder a confiança que tenho em você.- 
-eu prometo que nunca mais vou fazer isso... Ou nada parecido...- ele disse, tristonho.
-Ah Loki, eu... Eu te amo.- eu olhei para ele enquanto uma lágrima escorreu pela minha bochecha.
Ele me encarou sem reação. Comecei a me perguntar se eu deveria mesmo ter dito aquilo.
-Loki?...- 
Eu ia dizer algo, mas ele secou minha lágrima com o polegar me deu um beijo apaixonado que eu imediatamente correspondi.
-Freia, eu te amo, e não quero perder nenhum momento com você.-
Sorriu e tomou meus lábios novamente.

POV.Loki:

Pelos Deuses ! Como eu amo essa mulher. Se eu pudesse, lhe daria o universo se ela assim desejasse.
Assim que percebi que ela estava ficando sem ar, separei nossos lábios.
-Eu estou tão cansada...- ela disse recuperando o fôlego.
-ah... Claro... Vou deixar você dormir.- me leventei.
Quando ia sair a ouvi dizer:
-não... Não vá...- ela deu duas batidinhas na cama, para que eu deitasse ao seu lado.
Me deitei e a envolvi com meus braços. Senti o seu cheiro doce e a observei dormir, eu poderia a observar daquele jeito para sempre.
Adormeci feliz depois de muito tempo.

POV. Freia:
Quando acordei vi que ele ainda dormia ao meu lado e preferi não acordá lo.
Eva entrou no quarto correndo pouco tempo depois e disse, com voz apressada, acordando Loki:
-Senhor! Acorde! Freia, Thor está a caminho daqui pois lady Sif disse que vocês precisam conversar.- 
Ele levantou em um sobressalto e levantou rapidamente, disse que iria descer para dar boas vindas ao irmão.
-Pelos Deuses... Só falta isso...- sussurrei.
-Vai dar tuddo certo.- Eva disse com um sorriso solidário.

Com a ajuda de Eva penteei os cabelos e lavei o rosto, não muito tempo depois, ouvi batidas na porta.
Assim que Eva abriu a porta, vi o loiro entrar e a criada sair para nos dar privacidade.
Ele veio em minha direção com um sorriso no rosto e eu disse com voz séria:
-Thor, eu acho que precisamos conversar.-
Ele parou e seu sorriso morreu.
-o que aconteceu? Meu irmão te fez algum mal?!-
-Não, Loki não fez nada.-
-o que foi então?-
-é que... Eu não deveria ter feito isso com você... Você é uma ótima pessoa e sempre vou gostar de você, mas... Eu acho que estamos melhor como amigos.- 
-você está dizendo que...- sua voz era triste
-sim... Eu preciso terminar antes que alguém se machuque...- respondi tentando manter a seriedade.
-você... Está apaixonada por Loki?- ele me olhou com raiva.
-sim...- respondi com um suspiro.
-e vocês tem se realacionado... Durante a minha ausência?!- sua raiva aumentou.
-não. Nem por um minuto pense que ele seria capaz de fazer isso com você. Ele me deu espaço desde que começamos a namorar.- respondi rapidamente.
-mas... Seremos amigos?- o olhar triste voltou.
-sim, sempre seremos os melhores amigos.- lhe dei um abraço.
Loki entrou no quarto sorrindo, claramente não sabia do clima tenso ou da conversa que eu havia acabado de ter.
-acho que vou para casa.-
Antes de sair, Thor esbarrou com grosseria no irmão que quase caiu.
Aí ele percebeu, estava tudo acabado e estaríamos finalmente em paz.

 


Notas Finais


Sugestões? Críticas? Comentem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...