História LOL - Labyrinth of Love - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 2pm, 4minute, Bap, Bts, Drama, Exo, Got7, Hentai, Hyuna, Jay Park, Mblaq, Mistério, Policial, Romance, Snsd, Yaoi
Exibições 19
Palavras 3.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


No capítulo anterior: Shin foi convidado por Luhan para ir no parque perto do novo shopping. Chegando lá, Alice ao ver os dois, acabou beijando Bang, porém foi ignorada. Depois de uma pequena briga entre Xiumin e Shin, Alice resolveu tirar satisfação com o mesmo, porém Luhan se meteu e acabou apanhando.

Capítulo 50 - 48.1 Cap - Ex (Versão Alice)


48.1 - Ex (versão Alice)

Depois que eu terminei meu relacionamento com o Chanyeol e Shin parou de ser meu amigo, eu me aproximei muito mais do Bang e do Ren. Como de costume, eu sempre ia para o parque perto do shopping. Eu fiquei ali junto com Bang, Jackson, Amber, Hyuna e Hani. Como estava muito quente, resolvi comprar um sorvete para mim e meu novo melhor amigo, que as pessoas cismavam que eu estava pegando ele, mas eu não ficava com pessoas bissexuais, não imagino minha boca encostando em uma língua que adora um pau, eca! Quando eu voltei, me deparo com Shin e Luhan juntos olhando um para o outro... Eu poderia achar aquilo normal ? Sim, porém, eu tinha bebido um pouquinho, então fiquei bem doidona. Na mesma hora que eu vi, eu quis revidar, porque ele estava me enfrentando, então beijei Bang como nunca beijei outro homem antes! Mas parece que não deu muito certo.

- Alice o que deu em você ? - disse Jackson assim que eu me afastei de Bang

- Nada! - olhei para os lábios do mesmo, que estavam me convidando para beija-lo

- Alice você tem que ir para casa. Você não está bem! - falou Hani preocupada comigo

- Você não é a minha mãe e eu não vou para lugar nenhum - gritei bem alto fazendo com que todos olhassem para mim

Todos que estavam perto de mim queriam me levar para casa a força e eu não estava afim de ir, meu corpo estava pedindo mais bebida, então Amber apareceu com refrigerante e me deu, ela dizia que estava batizada, então coloquei pra dentro.

Assim que avistei o Shin de novo, não consegui me controlar, avancei para cima dele com tudo e joguei o copo de refrigerante nele. De repente todos começaram a se aproximar, Jay Park, Luhan, Lay, Hyuna... Todos protegendo ele, mas o que me deixou com mais raiva, foi ele ter sido debochado comigo e o Luhan ter o defendido. Não consegui me segurar e avancei para ele cima. Aproveitei que minhas unhas estavam grandes e arranhei o rosto dele todinho, e arranquei muito cabelo do mesmo. As pessoas que se aproximavam, também foram arranhadas, até mordi o Lay.

Quando finalmente conseguiram me tirar de cima do Luhan, Bang me puxou pela cintura e me carregou para longe do local, Jackson e Hani o acompanharam. Como eles viram que eu estava muito mal, resolveram que era melhor eu ir para casa de alguém, então fui para o esconderijo do Bang e sua turma. Depois que eles me puxaram, eu não lembro de muita coisa, só de uns gritos em minha volta e apaguei.

Acordei no dia seguinte na minha cama, não lembro como vim parar aqui. Me sentei e vi que a janela estava aberta. Minha boca estava com um gosto estranho e seca. Minha cabeça estava doendo, não estava conseguindo fazer nenhum movimento, que já doía. Quanto mais tentava lembrar do que aconteceu, mais minha cabeça explodia de dor.

De repente a maçaneta se moveu e quando a porta se abriu, entrou Biah e Bang. Achei estranho, porque ela nunca faltava ao colégio, ainda mais agora com esse lance de não faltar por causa das regras do concurso.

- Está melhor ? Achei que nunca mais ia acordar! - falou Bang se aproximando junto com Biah, que segurava um copo com água

- Acho que estou sim! E como assim nunca ia acordar ? Só cochilei por algumas horas - Os dois se entre olharam e eu não eu não entendi nada - Porque vocês estão se olhando ? Que merda que eu fiz ? Pode falar... Eu aguento! - sabia que fiz merda, só queria saber o que era.

- Você não lembra de nada que aconteceu ? Nada mesmo !? - Biah me encarou estranha e eu estava me esforçando para lembrar, mas minha cabeça estava doendo

- Se eu pensar minha cabeça doi, então é mais fácil você falar do que eu morrer de dor - admito, fui grossa!

- Toma isso para melhorar - Biah sentou na beira da cama e me ofereceu o copo.

Peguei e assim que tomei o primeiro gole, cuspi tudo na cara dela, enquanto a mesma abria a boca e se levantada assustada: - Mas que tipo de água é essa ? Do esgoto ? Isso aqui tá horrível - gritei com aquele gosto amargo na minha boca

- Eu coloquei umas gotas de Metamizol Sódico - falou ela se secando e com um pouco de raiva

- Que merda é essa ? Magia de Harry Potter ? - continuei gritando e minha cabeça continuou doendo

- Dipirona, é Dipirona seus ignorantes! Eu vou me secar e pegar o comprimido - ela saiu com tanta raiva, que achei que ela nem ia voltar

Bang pegou o copo de minha mão e colocou no chão, logo em seguida se sentou do meu lado.

- O que tá acontecendo ? Me conta o que houve, por que para a Biah não ir a escola, eu devo ter feito uma merda muito grande! - disse um pouco preocupada

Bang me encarou estranho e deu um sorriso meio sem graça: - Sério que você não sabe que dia é hoje ? - balancei a cabeça e disse não. Logo em seguida Biah voltou com outro copo e um comprimido, ela me deu e eu tomei tranquilamente.

- Podem me dizer o que tá acontecendo ou eu vou ter que pegar meu celular !? - meu estresse já estava aumentando mais do que o limite, não estava entendendo esse mistério dos dois. Eles só ficavam se encarando calados e eu ali toda agoniada

- Bem Alice - começou Bang - Na quinta depois da escola, a gente foi pro parquinho perto do shopping e você bebeu um pouco além da conta e sem querer me beijou - quando ele disse aquilo, eu fiquei bem chocada

- Não acredito que eu fiquei com um bissexual, minha reputação ta acabada!! Cadê meu celular ? Eu preciso dele !! - comecei a ficar bem desesperada, pois eu não podia ser vista beijando o Bang, isso ia contra as regras da nossa amizade e das minhas também... Bem que eu já fiquei com o Kai, mas o Bang ?? Ele não, ele só pegava menino! Bang ficou me encarando de um modo estranho

- Se eu fosse você nem pegava no seu celular, porque a escola inteira só fala do que aconteceu na Quinta - concluiu Biah tão calma, será que ela não percebeu que eu sou popular e ela não ? Minha reputação estava em jogo

- Quinta ? - me acalmei e a encarei - Se aconteceu na Quinta... Que dia é hoje ? Não acredito que fiz cosplay de Bela Adormecida bêbada... - cobri minha cara todinha de vergonha

- Hoje é Sábado! - terminou Biah e logo me descobri para encara-la

- Senhor... - mesmo com um pouco de dor de cabeça, me sentei. Precisava me lembrar de tudo - Me contem tudo que aconteceu

- Depois que você me beijou - continuou Bang - Você ficou doida em ver o Shin e o Luhan juntos, dai você avançou para cima dos dois e começou a bater e arranhar o Luhan...

- Não só o Luhan, como um tal garoto chamado Lay e o Jimin também, mas nele eu achei bem feito - concluiu Biah, que por um lado estava feliz

- Eu bati no Shin ? - perguntei preocupada

- Não! Mas jogou refrigerante nele - Bang soltou um pequeno sorrisinho e Biah fechou a cara o encarando

- Eu achei que as pessoas iam ficar felizes por você meio que agredir o Shin, mas não sei o que houve, que todo mundo meio que voltou a falar com ele. Acho que sentiram pena e viram que ele foi meio que injustiçado! - Eu queria dar um soco na Biah, ela só me dava noticia ruim

- Biah, cala a boca! - me afundei na cama, estava decepcionada comigo - E agora gente, o que eu faço ? 

- Você precisa pedir desculpas para o Shin e para o Luhan - na mesma hora eu sentei rapidamente e encarei a mesma

- Pro Shin eu até peço, mas pro Luhan ? Isso não!

- Se quiser sua popularidade de volta... - Biah sabia como mexer comigo, e eu mais uma vez me segurando para não soca-la

Suspirei: - OK! - me movi e me descobri para poder fazer logo isso, enquanto os demais ficavam me encarando com um olhar de reprovação e eu ficava olhando para o Bang meter o pé do meu quarto, pois ia me trocar. Como percebi que nenhum dos dois iam se mover, eu andei até meu armário peguei minhas roupas e sai do quarto até o banheiro.

- O que você acha que ela vai fazer ? - perguntou Bang curioso

- O que já devia ter acontecido a muito tempo, um pedido de desculpas sincero para o Shin e acho que você deveria fazer o mesmo - Biah pegou seu celular 

Aquelas palavras o fizeram repensar algumas coisas, mas ele se recusava a se desculpar com alguém estando certo ou errado, igualzinho a mim! 

Eu era muito rápida no banho, então levei cinco minutos e já estava pronta. Vesti um moletom cinza, um short jeans curto e prendi meu cabelo.

- Vamos quero acabar logo com isso! E depois podemos postar nossa foto no instagram! - sai enquanto os demais me acompanhavam. Sei que eu estava levando na zoeira, mas lá no fundo mesmo, eu estava morta de medo de levar um fora, pois o Shin era desses.

Bang estava de carro e eu odiava aquele carro, era nojento e fedia a comida estragada. Ainda não sei como a Biah perdeu a virgindade nessa lata de lixo. Fui na frente, obvio! Não gostava de ir atrás, pois tinha medo de encontrar coisas não muito legais, tipo camisinha usada ou meia suja.

Estava muito nervosa, fazia algum tempo que eu e o Shin não nós falávamos mais. Era estranho ter que chegar a ele e pedir desculpas, eu não era boa nisso e depois de hoje, vou continuar não sendo.

- Nervosa ? - perguntou Bang sorrindo 

- Não, claro que não! - estava mentindo, mas ninguém precisava saber que eu estava quase vomitando

- Sua dor de cabeça melhorou ? - perguntou Biah

- Óbvio que não! Depois dessas notícias ela só pirou - gostava de ser grossa com a Biah, pois ela quase nunca revidava

Passou alguns minutos, até que finalmente chegamos ao nosso destino final, a casa dos tios do Shin. Suspirei bem rápido e abri a porta do carro já saindo, queria acabar logo com isso. Biah me seguiu e Bang ficou pra trás. Abrimos a primeira porta e caminhamos por aquele quintal/jardim enorme, queria me manter calma, mas não estava conseguindo.

- Ta pronta ? - paramos em frente ao porta principal e a Biah sem noção faz uma pergunta dessas ?

Ainda encarando a mesma, coloquei meu dedo indicador no botão e apertei a campainha: - Claro!

Não demorou muito para Hyuna aparecer com a expressão de poucos amigos: - Não acredito que você está aqui, rala o pé daqui! - se dirigiu a mim

- Alice veio aqui se desculpar com o Shin - falou Biah tentando me defender, que linda!

- Não parece que ela tá afim de se desculpar - Hyuna me encarou o tempo todo, ela não estava feliz e nem eu

- Se você não me deixar entrar, eu juro que conto pra sua namoradinha... - ia ameaçar a mesma, mas Biah me interrompeu

- Alice para com isso, pela amor de deus! - implorou a mesma

- Pode contar, mas faz isso agora. Pois não tenho medo de você - ela chegou perto de mim e eu sorri

- Por favor Hyuna, nós deixa entrar. Não queremos arrumar briga com mais ninguém... né Alice !? - ao mesmo tempo que ela implorava, ela queria que eu fizesse mesmo, mas tive que acabar cedendo

- É! - cruzei os braços e revirei os olhos e ela nos deixou entrar

- Obrigada - agradeceu Biah

... E eu fiz o mesmo: - Vaca! 

Antes mesmo de subir as escadas, Shin já descendo elas. Ele veio em nossa direção e parou para nos encarar: - O que vocês estão fazendo aqui ?

- Viemos falar com você. Será que pode ser a sós ? - Biah era tão boas com as palavras, que deixava ela ser a parte mais racional e sensível. Ele se virou e nos guiou até seu quarto. Estava nervosa, não sei se estava pronta, mas agora não tinha pra onde fugir.

Assim que chegamos, eu fui logo me acomodando e Biah ficou no cantinho dela. Shin se virou e parecia que ia tacar fogo na gente, se ele fizesse isso, pra mim ia ser um favor.

- O que vocês querem ? - falou ele todo grosso

Não estava muito afim de falar não, mas tinha que acontecer: - Eu vim te pedir desculpas pelo o que aconteceu na Quinta, não foi minha intensão - estava tentando ser sincera e não sei se convenci

- Ta bom! - disse ele friamente 

- Como assim ta bom ? Só vai dizer isso ? - me revoltei 

- Quer que eu diga mais o que ? - gritou - Vocês me deixaram sozinho, tudo bem que eu errei com vocês, mas será que na cabeça de vocês, pode ter passado que, para eu estar assim, vocês podem ter errado primeiro ? 

- O que você quer dizer com isso ? - Biah perguntou curiosa

- Eu fiquei sabendo que vocês sabiam do Ren e do Kris e nunca me falaram nada, ainda quer que eu trate vocês normais ? Eu fiquei chateado! - deu pra perceber que ele ficou um pouco emocionado e preferiu esconder

- Eu me sinto culpada todos os dias - Biah abaixou a cabeça um pouco triste

- Agora não adianta, porque a merda já foi feita e os dois estão felizes, mas eu não sei se posso confiar em vocês de novo - quando ele falou aquilo, doeu em mim e doeu muito - Queria poder confiar em vocês de novo, mas não sei se consigo

- Então porque não começamos do zero ? - quando Biah falou aquilo, achei tudo um absurdo

- Como assim do zero ? - me dirigi a mesma

- A gente se esbarra na escola e vai conversando quando tiver algum assunto - Biah parecia estar animada com a ideia e eu o Shin nos encaramos, deu pra sentir no olhar dele que estava magoado conosco

- Ah gente para, somos amigos a muito tempo. Não precisamos disso! O que precisamos é contar a verdade um para o outro - não gostava muito de me abrir com meus amigos, mas eles eram minha unica família

- Então começa você... - Shin cruzou os braços e me encarou

Não gosto disso, mas tinha que fazer. Suspirei novamente e comecei: - Eu sempre soube de tudo que falavam de vocês e o que iam fazer, mas eu nunca contei, porque... porque... - o olhar dos dois estavam me matando, eu estava suando muito e meu coração estava muito acelerado

- Porque... ? - Biah me encarando querendo que eu continuasse

- Porque lá no fundo eu queria que vocês se ferrassem - quando terminei, os dois não ficaram surpresos, então isso me deu coragem pra continuar - Vocês dois sempre conseguem as coisas com facilidade e eu tenho que ficar mentindo e fingindo ser algo que não sou para conseguir alguma coisa. Por isso eu sempre escondi quem tentou te matar Shin e também... fui eu que contei para sua mãe que o Zelo estava com drogas escondido - Biah ficou surpresa e abaixei a cabeça

- Você quase arruinou minha vida - Biah começou a gritar e minhas lagrimas começaram a cair

- Eu também ajudei a Jessica várias vezes a acabar com o Shin... - limpei minhas lagrimas e olhei para o mesmo

Shin se aproximou de mim e ficou parado na minha frente: - Você é muito suja! Você acabou com a minha vida e o da Biah. Eu ainda não acredito que você ajudou a Jessica esse tempo todo - ele estava gritando tão alto, que de repente Hyuna entrou no quarto

- Você é uma vaca! - Hyuna pulou para cima de mim, mas Bang chegou na hora e a segurou - Me solta, que eu vou arrebentar essa vaca

- CALADOS ! Ninguém aqui vai fazer nada! - Shin gritou e eu fiquei ali chorando

- Eu me arrependo de tudo gente, depois que o Baekhyun fingiu que morreu, eu falei que queria parar, mas a Jessica queria que eu continuasse. Ela ficou me ameaçando e eu não podia contar pros meus pais... - isso era um segredo tão íntimo que eu nem acredito que estou contando isso tudo, eles não paravam de me encarar

- Não acredito que você sempre esteve por trás disso - Bang estava tão surpreso que não conseguia fechar a boca

- Eu... - todos me continuaram a me encarar - Eu... Todos ficam culpando o Shin pelas coisas que aconteceu na escola, mas na verdade... Fui eu que arrumei as armas - Biah estava em lagrimas, estava decepcionada. Shin estava ali me encarando friamente e eu ali chorando

- Eu queria muito te julgar Alice, mas já fizeram isso muito comigo. Eu só consigo ter pena de você - Shin olhou para os lados e eu encarei Biah que não queria me encarar 

- Eu estou com muito nojo de você. Espero que você nunca mais passe na minha frente - Bang gritou comigo com tanta raiva, que cheguei a ficar com medo

- Esquece isso Bang, ela não merece esse ódio todo - disse Shin e eu fiquei assustada

- Mas ela fez a escola toda te odiar e ainda fingiu ser seu amigo. Como você pode ter piedade de uma pessoa dessas ? - Bang apontou o dedo para mim

- Não é piedade, mas ela já esta sofrendo com isso tudo, só não vou contribuir - quando Shin se explicou eu percebi a merda que eu fiz, e agora não tinha como apagar. Bang sempre foi muito apaixonado pelo Shin e eu sempre tentava colocar coisas na cabeça dele, dizia que o Shin estava ficando com outros garotos, quando na verdade, ele não tinha ninguém.

- Eu preciso de um tempo pra pensar, eu ainda não to acreditando nisso - Biah me encarou e logo em seguida saiu e Bang a seguiu

- Pode ir embora! Não temos mais nada para conversar! - Shin me olhou e eu caminhei até a porta e sai.

Estava me sentindo destruída, estava me sentindo a pior pessoa do mundo... na verdade, eu sou.

CONTINUA...
 


Notas Finais


Se gostou comente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...