História Lolita - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Emma Watson, Justin Bieber, One Direction, Zayn Malik
Personagens Emma Watson, Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Personagens Originais, Zayn Malik
Exibições 60
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Capítulo 10


π Eva Donovan π

- Eva, certo? - pergunta Carol e eu confirmo com a cabeça.

Estou com muito medo, muito mesmo, não sei como agir ou reagir.

- Esse é o nosso quarto, ali tem uma cama para você. - diz apontando para um canto no pequeno quarto.

- Aqui tem as roupas que você poderá usar e ali fica as maquiagens. - diz e sorrir.

Carol é um doce.

- Mistie, poderia mostrar o lugar para Eva? - pergunta Carol.

- Por que você não mostra? - pergunta irritada.

- O senhor Horan mandou eu entregar essa encomenda. - diz apontando para a caixa na cama.

Mistie revira os olhos e sai do quarto, olho para Carol e ela da um sorrisinho, sorrio de volta e acompanho Mistie.

- Ali é o bar, muitos homens ficam lá, então caso queira um programa fácil e sem fazer muito esforço chegue em algum e peça para pagar uma bebida. - diz enquanto caminhamos pelo local.

- Aqui ficam as salas particulares, caso um cliente queira uma rapidinha traga - os aqui; e ali é o palco, é o lugar onde mais rende grana porém os homens que sentam perto do mesmo, são mais exigentes, ou seja, programa difícil e com esforço. - diz.

- O que você quis dizer com rapidinha? - pergunto e engulo em seco.


- sabe, um oral ou o sexo sem preliminares, apenas foder. - diz.

- Premili o que? - pergunto.

- Já vi que tem muito  a aprender novata. - diz e sai rindo.

Olho ao redor e bufo.


A uma semana atrás eu estava na escola ou ajudando no restaurante e hoje, vejam aonde estou, numa casa noturna servindo de prostituta.

- Algum problema? - ouço uma voz masculina perguntar atras de mim e gelo.

Por favor, Horan não.

Viro - me e encontro um homem dos olhos azuis e cabelos cacheados.

- Oh, não, estou bem, só estou me familiarizando com o lugar. - digo e tento sorrir.

- Veio aqui por vontade própria? - pergunta.

- NÃO! - grito e sinto as lágrimas caírem dos meus olhos.

- Eu quero ir embora, quero minha mãe. - digo enquanto choro ainda mais.

Ele abraça - me e afaga meu cabelo.

- Comprada num leilão? - pergunta.

Confirmo com a cabeça e fungo.

- Você vai se acostumar a isso aqui. - diz.

Afasto - me e encaro - o.

- Você é garoto de programa? - pergunto.

- Não, apenas bar man. - diz e sorrir.

Sorrio de volta e quando estou prestes a falar algo ele diz:

- Sou Logan, e você? - pergunta.

- Eva. - digo e sorrio.

- Lindo nome Eva, agora venha aqui, tenho uma coisa para você. - diz e vamos em direção ao bar.

Sento - me na cadeira e ele pega um copo e enche de uma bebida marrom.

- Aqui, uma dose para ajuda - lá pelas próximas 12 horas. - diz e minha boca cai.

- 12 horas? - pergunto.

Eu vou ter que levar homens para cama pelas próximas 12 horas.

- Sim, abrimos às 18 P.M e só fechamos às 6 A.M, agora ande, vá se arrumar, Horan não vai gostar de vê - lá com essas roupas. - diz e sorrir.

Levanto - me da cadeira e ando em direção a parte de trás, porém a voz de Logan faz com que eu pare de andar para ouvi - lo.

- E a bebida? - pergunta e sorrir.

- Mais tarde, quem sabe - digo e vou para os quartos.


   ACHO Carol no quarto se arrumando e ela sorrir para mim.

- Venha, vou arruma - lá, vá tomar banho, rápido.  - diz empurrando - me em direção ao banheiro.

Tiro minha roupa e entro de baixo só chuveiro, tomo um banho rápido, voltando em seguida para o quarto.

Carol entrega - me uma mini saia e uma calcinha rendada vermelha.

Olho para ela com uma cara de "essa calcinha já foi usada?" E ela nega. Suspiro e visto a mesma, em seguida coloco a saia e um tope preto com lantejoulas.

- Cadê a blusa? - pergunto.

- Está vestindo - a. - diz e rir.

Abro a boca e ela rir mais ainda, isso é uma blusa? Mas parece um pedaço de pano com lantejoulas.

- Sente - se, vou amarrar seu cabelo num rabo de cavalo e fazer uma maquiagem dourada em seus olhos. - diz e sento - me na cama.

(...)

- Está pronta. - diz e sorrir.

Olho - me no espelho e putz, essa mulher não é a Eva.

Estou usando uma saia que mostra as bochechas do bumbum e uma "blusa" que mais parece um sutiã, porém a maquiagem e o cabelo estão de arrasar.

Ouvimos batidas na porta e Horan entra pela mesma.


Ele olha - me de cima a baixo e sorrir maliciosamente.

- Vou ganhar uma grana preta hoje com você Eva. - diz e sorrir.

Abaixo a cabeça e fungo.

- Andem garotas, faz meia hora que o clube abriu. - diz e sai do quarto.

- Está pronta? - pergunta.

Nego com a cabeça e ela sorrir enquanto puxa - me em direção ao clube.

Isso a noite é lotado. Vejo vários homens com aliança nos dedos e penso nas coitadas das esposas que neste momento podem está cuidado dos filhos e pensando que o "homem da casa" está no trabalho.

- Eu aconselho você a ir para o bar, lá é melhor para iniciantes. Caso eles queiram mais que uma rapidinha, para aqueles quartos a direita do bar e não esqueça, cobre o dobro. - diz e sorrir enquanto se afasta.

Suspiro fundo e vou em direção ao bar; no percurso vários homens tocam em meu corpo e sinto - me enojada!

" Essa é sua vida agora, acostume - se! "


- Grita meu subconsciente.

Coloco um sorriso no rosto e  sento - me na cadeira.


Olho ao redor a procura de algum homem que não seja velho e barrigudo.

Vejo uma figura masculina encostado numa das colunas perto do palco, não consigo distinguir suas características porém percebo que ele é dono de um corpo forte e um rosto angelical.


Ele percebe que estou encarando - o e sorrir.


Sorrio em resposta e levanto - me para ir em sua direção, porém quando estou quase la, Mistie aparece e agarra em meu braço.

- Nunca chegue perto do Sr. Bieber, ele é meu cliente e com certeza não irá querer uma inexperiente igual a você, agora suma da minha frente! - grita Mistie e com isso, vai em direção ao homem.


Ela sorrir e passa a mão pelo seu braço, ele rir e vira o rosto para mim.


Ela cochicha algo no ouvido dele e antes de sair com ela, sorrir para mim. Sorrio em resposta.

Vou até o bar e chamo a atenção de Logan.

- Quero minha dose de hoje cedo. - digo e ele sorrir enquanto  entrega - me um copo com uma bebida marrom.

Cheiro o líquido e levo o mesmo até a boca, engulindo em um gole.

Enquanto vou a procura de outro homem, penso comigo mesmo


Talvez seja o efeito da bebida...talvez não mas eu ainda irei pegar esse Senhor Bieber.


Notas Finais


Desculpem a sumida mas estava em aula e ficava meio ruim de escrever. Agora irei atualizar sempre pois estou de férias! Espero que gostem:) votem e comentem. Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...