História Lolita. - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Drama, Jay Park, Romance
Visualizações 92
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Decidida


Fanfic / Fanfiction Lolita. - Capítulo 6 - Decidida


Meia hora depois que Lola sai, escuto o telefone do quarto tocar, era uma funcionário do hotel me avisando que duas mulheres aviam chegado, e se eu autorizava a subida delas. Cinco minutos depois elas chegam. 
- Olá, boa tarde. Lola nos enviou aqui. 
- Oi, boa tarde, entrem. - Sorrio.
- Com licença... - Elas entram. - Eu sou Lana e ela é minha ajudante, Maria. 
- Prazer... - Cumprimento as duas. Lana parecia já ter seus quase 40 anos, ela era muito bela e simpática, Maria era mais jovem. 
- Maria, prepare a banheira para ela, eu vou arrumando as coisas aqui. 
- Ok, senhora. 
        Lana usavas unhas postiças pintadas de vermelho, seu cabelo era bem preso e ela se vestia bem, extravagante, mas muito bem, Lana era muito bonita e confiante. 
- Menina, venha cá. - Ela me chama. De uma rodadinha. 
Estranho, mas giro bem devagar para a mesma. 
- Uau, você é linda! Um olhar inocente de mais, mas você é realmente muito linda! 
- O-obrigada, senho... 
- Que isso, amor, senhora, não, por favor, Lana ou Laninha. 
- Ah, sim. - Sorrio. - Me desculpe, Lana. 
- Você é magra, tem seios avantajados, tem um sorriso simpático e um cabelo lindo. Uau. Você vai custar uma fortuna.
- Como?! 
- Calma, menina, eu sou amiga da Lola, ela me contou. 
- E-ela... Contou...?
- Sim, sim, relaxe, eu era desse meio também. Você vai se sair bem com certeza. - Dou um sorriso sem mostrar os dentes e fico calada. 
- Você experimentou o vestido, gatinha? Ficou bom? 
- Sim, Laninha.
- Que bom. Anda, vá para a banheira. - Apenas faço o que ela manda.  
Maria fazia minhas unhas e Lana uma massagem em meus ombros.
20 minutos depois. 
- Lolita! Laninha! - Lola aparece na porta banheiro. - Elas estão cuidando bem de você? 
- Sim, Lola, Lana é um amor e Maria também. - Sorrio. - Você não ia demorar mais pra chegar? 
- Sim, mas Josh teve uns probleminhas e me deixou aqui.... Que bom que você está gostando, Loli! - Ela se aproxima de nós. - Você não está assustando a menina, não é, Lana? 
- Claro que não, sua tonta! - Elas riem. 
- Loli, Lana que me ensinou a ser essa figura maravilhosa e rica que sou hoje. 
- Er, não brinca. - Digo surpresa.
- Pois é, eu também já fui uma garota de programa. Foi a melhor fase da minha vida, não posso mentir. - Ela solta um sorriso, mostrando lindos dentes brancos e alinhados. - No começo eu era assim como você, Loli, tímida. Eu só não estou nessa ainda porque já estou velha.
- Ah para, Lana. - Lola interrompe. - Você está inteira! Maravilhosa!  Não tem nem quarenta ainda! 
- Eu sei, eu sei, eu sou linda mesmo. - Ela concorda, convencida. - Só que os homens de hoje querem as garotas mais novas, assim como vocês. E eu também já estou rica e maravilhosa. 
- Você trabalha com o que hoje em dia, Laninha? - Pergunto.
- Eu enriqueci fácil, Lolita, sou dona de várias casas de aluguel e dois salões de beleza muito chiques. Namoro com um homem bem rico, que era um dos meus clientes, e vou me casar em breve, minha vida está feita, assim como a sua irá ficar! 
- Sorrio.
- Venha, Lola, vamos deixar a Lolita descansando. Maria deixe ela linda. 
- Ok, senhora. - Maria diz concentrada em minhas unhas que recebiam a cor de esmalte preta.
                           **
            Lola e eu já estávamos prontas quando o motorista de Josh chegou a portaria. 
- Lolita! Venha, vamos descer, o motorista chegou! 
        Fomos apressadas até a portaria. Chegando lá, dou de cara com uma limusine preta luxuosa. 
- Espera aí, nós vamos de limusine, Lola?! 
- Sim, Lolita. - Ela diz rindo da minha cara surpresa. 
- UAU. - Digo de boca aberta. 
- Vamos, entrem, belas moças. - diz o simpático motorista que nos abre a porta do lindo carro. 
            A caminho da festa, Lola pega seu celular de última geração e me mostra algumas fotos. 
- Aqui sou eu em Paris... - Ela contava-me suas aventuras luxuosas.   - Aqui eu sou eu e Marcus em seu Iate... Aqui é um pouco do meu apartamento...
 
          Ela me contava e eu ficava pensativa. 


    Eu posso ter tudo isso também! 


Posso juntar dinheiro para a minha tão sonhada faculdade e me mandar disso! 


É isso que irei fazer! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...