História Lolita - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Incesto Violencia Lolita
Visualizações 28
Palavras 583
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi pessoal! postei primeiro Capítulo e espero que gostem, Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Lolita - Capítulo 1 - Capítulo I

—Lo desça já —Gritou mamãe.

Vou correndo como sempre, minha mãe vive reclamando por isso. Ao chegar em nossa sala me deparo com um lindo homem todo de social. O mesmo homem abre um sorriso ao me ver, eu consigo apenas encará-lo.

—Esse é Ryan Grace. Ele irá morar aqui a partir de hoje.

—Prazer em conhece-la —ele disse e pude notar como era grossa e rouca sua voz. Ignorei-o.

—Não seja mal educada Lolita.

Eu dei um sorriso sinico ao homem que eu acabará de conhecer.

—Mãe cadê minha raquete, Alana e eu iremos jogar.

Minha mãe não tirava os olhos do homem. Eu não a culpava, mas ela podia simplesmente disfarçar.

—Mãe! —gritei.

—Está no sótão Lo, busque depois ajude o sr.Grace com suas malas.

Peguei uma de suas malas e ela estava extremamente pesada. Tão pesada que não podia nem a tira-la do chão.

—Do que está rindo? —perguntei furiosa ao homem que ria igual louco da minha cara.

—De você.

—Vem cá, o que você carrega nessa mala chumbo?

—Nessa mala esta todos os meus livros. Tome pegue esta —ele me deu uma mala menor que por sinal dava para eu carregar.

Subi as escadas com a mala e ele veio logo atrás com outra mala. Ao chegar no quarto joguei a mala no chão.

—Tome cuidado com minhas coisas.

—Como quiser —falei e fui andando até a porta.

—Mas me fale é comum as meninas daqui não usarem calcinha?

Corei ao lembra que tirei a calcinha para tomar banho antes da minha mãe me chamar, como eu estava de vestido ele havia visto, merda. Ele ria da minha cara e eu pude apenas correr para meu quarto e bater a porta mais forte que consegui. Eu de agora a adiante o odeio, Isso foi uma sentença de guerra!

—Alana já chegou —falou mamãe entrando no meu quarto.
—Eu já irei vou apenas vestir uma roupa confortável —falei. Eu estava pelada pois havia acabado de sair do banho.
—Se apresse sabe que Alana não tem paciência.
Minha mãe saiu e eu vesti um short e uma camiseta, pois ia jogar e com certeza iria soar. Assim que me vesti fui correndo para baixo, e vi uma ruiva bem brava sentada na sala.
—Dois séculos para se aprontar Lolita —falou ela e eu apenas ri de sua cara.
—Espere Alana, preciso pegar minha raquete.
Após eu pegar minha raquete, eu e Alana fomos para a quadra. Ao chegar nos decepcionamos estava cheio de meninos eles estavam jogando.
—E agora ? —falei.
—Espera.—Alana foi ate um dos meninos na quadra e começou a conversar com ele. Ela volta com um sorriso de puta no rosto que só Jesus.
—Eles vão nos deixar jogar —falou ela ainda com sorriso no rosto.
—Você está louca? Eles não são do ensino médio?
—Qual foi gatinha ta com medo —falou um menino ao se aproximar de nós.
—Não, por que deveria ter medo?
—Claro que não. Vem, você vai jogar comigo —o mesmo menino me arrastou para o meio da quadra e eu pude apenas fuzilar Alana com o olhar.
Após termos jogado três rodadas seguidas, eu estava morta. Alana se despediu dos meninos, eu apenas fui saindo. 
—Qual foi gatinha, sabe da tchau não —falou o garoto que era um péssimo parceiro de equipe.
—Pode não encostar em mim, estou com calor —falei tirando suas mãos de meu ombro.
—Vamos embora Alana —gritei raivosa.
—Lo se importa se eu for com Joel para casa? —falou ela se aproximando abraçada com o garoto.
—Tanto faz. 
Fui embora sem ao menos olhar para trás, Alana sempre faz isso da até ódio. Desde que ela perdeu essa maldita virgindade, ela só pensa em liberar.


Notas Finais


Comentem o que acharam ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...