História Lolita - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Hentai, Romance, Sasusaku
Visualizações 188
Palavras 1.689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente boa noite.
Peço desculpa a vocês se o capitulo não estiver tão bem escrito, estou morrendo de enxaqueca, mas não queria atrasar a historia.
Enfim boa leitura, espero que gostem.

Capítulo 7 - Sorvetinho de morango


Fanfic / Fanfiction Lolita - Capítulo 7 - Sorvetinho de morango

Sorvetinho de morango.

A cada dia que passava os dois se tornavam mais íntimos tanto em relacionamento quanto em amizade, Sakura não tinha mais crises alguma tanto de pânico quanto de ansiedade, sua depressão parecia ter sumido de vez e ela estava cada dia mais feliz, o mesmo acontecia com Sasuke que estava trabalhando e estudando melhor até sorria mais e isso era bem difícil ate pra ele. Os dois tinham se assumido para amigos e família, eles tinham passado um final de semana maravilhoso juntos, Mikoto mãe do moreno tinha amando a nova nora e Fugaku mesmo calado como o filho demostrava afeição pela rosada que também havia feito amizade com o irmão e a nova namorada.  Resumo Sakura se sentia em casa e Sasuke se sentia feliz com isso, até mesmo com o tio distante e rabugento Madara que era conservador e machista ao extremo tinha gostado da menina de cabelo rosa, quanto mais tempo os dois passavam juntos mais necessidade de estarem perto eles sentiam. Sasuke cada dia que passava era mais ciumento, mas não deixava transparecer porem não gostava quando sua Lolita saia na rua sem a ‘’proteção’’ com nada que passasse acima dos joelhos, sentia-se incomodado de saber que outros homens olhavam para sua boneca, o semestre de provas estava cada semana mais próximo e todos se sentiam exaustos e irritados com isso. Mal tinham tempo de respirar isso não era exceção para o nosso casal que só tinham tempo de ir juntos a universidade e passar o intervalo estudando em companhia conjunta, mas não se incomodavam com isso de forma alguma. Sakura mesmo com pouco tempo de estudo se destacava como primeira em medicina e adorava esse titulo.

Os dois praticamente moravam juntos em dois messes de relacionamento a menina ia com mais frequência no apartamento luxuoso do namorado e gostava da vista que ele tinha para a cidade ele morava no vigésimo andar e tinha um gato rabugento e mau humorado chamado Peste que só sabia dormir e comer. Hoje eles iriam dormir na casa do moreno que tinha pedido pizza e vinho, Sakura queria fazer uma surpresa para o amado então no horário de almoço  no trabalho foi até uma loja de lingeries e comprou um conjunto de calcinha e   sutiã que tinham vários laços e voltas que envolviam seu corpo junto com um robe preto de um tecido fino e transparente, quando passou em casa jogou na mochila juntos com os livros mas um creme de champanhe e um perfume doce e sedutor, deu um sorriso antes de sair de casa imaginado como seria a noite dos dois hoje. Voltando ao apartamento do Uchiha eles comiam no sofá enquanto riam e bebiam vinho tinto, estava passando cinquenta tons de cinza na televisão e isso dava um climão estranho entre os dois, porem nada demais os dois já estavam acostumados com filmes de sexo, no bom sentido ela se sentia ansiosa pelo que estava preste a fazer nunca fio de sentir prazer em fantasias sexuais ou algo do tipo, mas entendia que o moreno era mais velho que ela e gostava de coisas assim então resolveu se aventurar nesse quesito.

Depois de comerem duas pizzas enormes eles se concentraram em beber muito três garrafas de vinho e uma de catuaba, eles riam alto dançavam com movimentos sem sentido e engraçados os dois davam graças por só estarem eles ali então podiam ser quem eram sem pudor algum. Eles ouviam The Doors no ultimo volume possível a rosada ai até o chão com as batidas da musica mexendo seus quadris feito uma bora, indo pra lá e pra cá hipnotizando o rapaz a sua frente que mordia os lábios de um jeito obsceno e passava a mão pela calça que já mostrava um volume. A musica parou e com isso também os movimentos sensuais da garota.

-Vou tomar banho ta.

-Vou com você querida. – Disse o moreno arrancando a camiseta social preta deixando visível seu abdômen trincado de pele branca com uma pequena cicatriz nas costelas Sakura se aproximou e colocou a mão sobre o peito dele sentindo sua respiração que acelerou  com seu toque, como sentiu vontade de morder aquela área mas se conteve apenas se virou e de proposito foi rebolando ate a porta do quarto;

- Você fica aqui tenho uma surpresa pra você. Apenas fica ai e relaxa.

Ela saiu em direção ao banheiro deixando o rapaz sozinho e com bico na sala, ela tomou um banho rápido e se perfumou com cremes, loções e perfume, passou um batom vermelho forte que deixou sua boca sedutora vestiu sua roupa intima nova e se olhou no espelho repetindo pra si mesma que estava linda e não precisava sentir vergonha alguma. Saiu do banheiro depois de meia hora e foi para sala, lá encontro o moreno que parecia ter tomado banho no outro banheiro do apartamento, ele estava deitado no sofá enorme que parecia mais uma cama box preta apenas vestido de moletom descalço e com os cabelos rebeldes pingado agua, ela suspirou se sentia sortuda por ter um homem lindo ao seu lado e mais sortuda ainda porque sabia que ele a amava incondicionalmente e ele sempre deixava isso bem claro todas as vezes que estavam juntos. Desligou as luzes do ambiente e foi andando com passos de felino até o sofá. Quando parou em frete ao Uchiha mais novo entregou outra taça cheia de vinho para ele que observava com luxuria a garota tão gostosa naquela roupa preta, a como queria rasgar tudo aquilo e comer ela com força no chão ali mesmo. Observou quando ela colocou uma musica lenta porem sensual no radio ‘’Eyes on fire- blue fundation’’, e a cada batida da musica seu corpo entrava em sintonia, descia, subia acariciava os próprios seios passava a mão no ventre olhando para ele de uma forma sedutora. Seu cheiro doce se espalhava pelo ambiente Sasuke estava deslumbrado com aquela imagem a menina mulher tirou o robe e revelou o conjunto novo que se encaixava perfeitamente em seu corpo leitoso e delicado ela foi andando lentamente ate ele e tomou um gole de seu vinho sentando em suas pernas aproximando suas intimidades ela começou uma torturante dança lenta rebolando devagar, subindo descendo ouvindo o moreno arfar com isso. O mesmo não aguentou por muito tempo levantou com a garota em seu colo e foi rumo ao quarto, chegando lá ele à atirou sobre a cama de pilares observando que ela ainda dançava suavemente só que agora deitada.

-Ei gatinho tá esperando o que pra vir aqui comigo?

- Nada.

Ele se lançou sobre ela de uma forma feroz arrancando um beijo desesperado e luxurioso, suas mãos passeavam por aquelas curvas já conhecidas ouvindo suspiros já conhecidos, ele beijou aquele pescoço delicado enquanto sua mão brincava com as coxas da Lolita que agora começava a gemer baixinho, mas de uma forma deliciosa, ele passou então os beijos para os ombros e clavícula depositando pequenos chupões naquela área queria mostrar para todos que ela era dele e apenas dele, teve uma pequena dificuldade de tirar o sutiã mas teve ajuda, viu aqueles seios lindos durinhos e extremamente empinados seus bicos pareciam morangos maduros. Isso lhe deu uma ideia levantou abruptamente e saiu do quarto.

-Ei aonde vai?

- Você vai ver.

Alguns segundos depois ele voltou com um pote de sorvete isso fez a garota ficar mais excitada que já estava oque será que ele ia fazer com aquilo. Ele pegou a fita preta do robe e amarou as mãos da rosada a pilastra da cama ela se assustou com a ação mas deixou que continuasse, ele continuou com a brincadeira agora beijando a barriga e os seios pegou uma colher de sorvete e jogou na pele da garota que gemeu com o contato gelado do sorvete, logo em seguida sentiu a língua do moreno passear e sugar todo aquele sorvete, isso lhe deu uma sensação indescritível ela apenas gemia e observava o que ele fazia que em seguida rumou para o elástico da calcinha que ele rasgou no dente.

-Merda ela foi cara- Mas ele apenas ignorou e continuo o que estava fazendo, explorou a intimidade dela com os dedos e sentiu-a arquear e levantar o quadril em busca de contato, depois com a língua brincou com aquela região tão doce passando sorvete e lambendo, ficou quase uma hora nessa tortura de morango espalhando sorvete por vários pontos do corpo da Sakura e lambendo algumas vezes ele deixava derreter só para espalhar a área onde o sorvete estava, depois de dois orgasmos ainda com as mãos amarradas Sakura implorava a gritos para ser penetrada, queria ser fodida, arrombada destruída, tudo e mais um pouco. Foi quando sentiu o pênis quente e latejante do moreno rocar na sua entrada.

-Sasuke, por favor, você vai me matar.

-Qual é a palavra magica bebe?

Ela corou mas o prazer falou mais alto.

-Sasuke me fode de quatro.

- Com prazer.

Ainda amarrada ele a virou deixando sua bunda branca empinada para si, antes de entrar naquela cavidade tão apertada enfiou um dedo no anus da amada e ouviu a gemer, um gemido doce e audível a penetrou alguns segundo com o dedo antes de enfiar seu pau naquele buraco ainda inexplorado. Sabia que a rosada nunca tinha feito um anal na vida então foi com calma hora penetrava aquele cuzinho apertado hora entrava na flor rosada que ela tinha no meio das pernas, ela estava se remoendo de prazer já não gemia e sim gritava por mais. Ficaram nisso por quase meia hora ate atingirem o orgasmo junto Sasuke havia esquecido a camisinha, mas pouco importava sabia que a amada agora tomava anticoncepcional, derramou todo seu liquido ali ambos satisfeitos com a nova experiência, Sakura sentia dificuldade em respirar quando se deitou no peito do moreno e começou a brincar com alguns fios que havia ali.

-Sabe a partir de hoje eu amo sorvete de morango.

-Eu também.

Os dois riram exaustos e logo pegaram no sono ambos lambuzados de sorvete, gozo e principalmente lambuzados pelo amor que sentiam um pelo outro.

 


Notas Finais


Até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...