História LOLITA(EXO) - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Drama, Incesto, Romance, Sádico, Sexo
Visualizações 386
Palavras 266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 47 - Capítulo 47


Min

Chanyeol é uma das pessoas que conheço que mais adora se "achar". Ele dirige seu Austin Healey 3000 como se fosse o dono do mundo. Ele é uma das pessoas mais ricas que meu irmão conhece e é amigo. 

- Gostou do meu carro novo? - pergunta - Custou uma fortuna, de 1960.

- É um lindo carro vermelho.

O vento forte bate em meu cabelo o deixando um pouco bagunçado mas a sensação é gostosa.

- Min, quando você completar 18 anos, eu estarei com você, vamos para alguma praia do mundo ao som de Pumped Up Kicks

- Não sabia que você gostava de Foster The People - sorrio de lado

- Eu não gosto deles, eu só gosto dessa música. É a nossa música, sempre penso em você quando escuto ela. É um pecado? - Yeol olha para mim rapidamente mas não posso ver a expressão em seus olhos, o mesmo está de óculos escuro.

- Não e sim - solto um riso - Mas eu adorei essa sua ideia para meus 18 anos. Eu estarei com você, mas em outro carro que combine mais ainda com a música, tudo bem? 

- Tudo sim.





...

Chanyeol para seu carro em frente minha casa. Saio e dou a volta, fico parada na calçada esperando ele me dar o outro presente. Ele sorri e faz um sinal para eu me aproximar dele. Me curvo e o encaro de perto.

- Eu gosto de você o suficiente para querer te comer todos os dias - roça seu nariz em meu rosto - Espero que entenda.

Sorrio furtivamente. 

- Não se esqueça de esconder meu outro presente...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...