História Lollipop - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anime, Drama, Fanfic, Novela, Originais, Original, Romance, Saga, Super Power, Suspense
Exibições 32
Palavras 371
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Enfrentando consequências


Fanfic / Fanfiction Lollipop - Capítulo 4 - Enfrentando consequências

Acredita que logo em seguida ela me beijou? Ali mesmo. E quando eu abri os olhos, estávamos na escada do colégio. Alguns alunos ficaram nos olhando surpresos com a situação. Eu fiquei em estado de choque. Não que essa seja a minha primeira vez, mas é que... foi algo diferente.

— Agora nosso acordo está selado! — Ela disse com as mãos em minhas bochechas — Me encontra depois da escola atrás do Cinema da esquina. Tudo bem?

— É... tudo bem...

Depois disso, passamos o dia todo sem se falar, sem se comunicar. E de cinco em cinco minutos sempre vinha alguém me perguntar da Ayla, me perguntar se ela era mesmo minha namorada. Como eu ia responder algo que nem mesmo eu sei? Então eu simplesmente... ignorei as perguntinhas idiotas.

Mais tarde, atrás do cinema. Já faziam umas 6 horas que eu tava ali esperando ela aparecer e nada! Quando me levantei para ir embora. Ela surgiu, do nada, acho que de uma sombra. Ela colocou a mão em meu ombro e disse

— Já vai embora Enno? Pensei que quisesse se aventurar comigo.

— Hey! Sou eu que to aqui a quase 6 horas tá? Então... por onde a gente começa ? Artes marciais ? algo assim?

— Não! Pra falar verdade é mais fácil do que você imagina. Sabe seu sangue? Vou precisar de uma gota

— Como se não bastasse você com essa voz de velhinha e com um jeitão de emozinha trevosa ainda tenho que AAAHH!!! pra que isso?

— Vou precisar dele para se misturar com o meu, depois... só precisamos colocar esse sangue em você de novo. Nesse caso temos várias possibilidades, você que escolhe. 

— Não quero pensar nisso, não quero pensar nisso. Eu tô pensando nisso! Tá! eu escolho.... a outra forma.... 

— Você pode passar na minha casa hoje sem falta lá pelas 22 horas? 

— Sim, tudo bem

— Garanto que você não vai se arrepender

Tá bom, ela disse que há várias possibilidades, bem espero que ela esteja se referindo a... agulhadas. Porque eu não to nem um pouco afim da outra forma. Será que vai mesmo valer a pena entrar em um mundo com uma garota bipolar pro resto da vida? Ou será que estou só em mais uma..... trollada?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...