História Lollipop. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Bottom!jin, Namjin, Pwp, Top!namjoon
Visualizações 331
Palavras 1.061
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi pessoinhas
Resolvi reescrever Lollipop
O motivo? Não sei
Deu vontade
Enfim, espero que gostem ^•^
Desculpas pelos erros
Boa leitura e.e

Capítulo 1 - Capítulo único.


Hoje, dia 12 de outubro, era dia das crianças.

Com 18 anos, eu ainda me considero uma criança.Isso é estranho, né?Mas tenho uma explicação.

Sei que pela minha idade, estou bem longe de ser uma criança, mas ainda sinto que sou uma.Poxa, acabei de completar 18 anos, por que não posso ser criança?!Todos nós somos crianças, podemos não nos parecer como uma, mas por dentro ainda somos.

Então, por eu ainda ser uma criança, quero meu presente!

Escuto meu celular começar a tocar.Solto um suspiro, me levantando para ir atende - lo.Quando vejo quem era, abro um enorme sorriso.

– Jin, amor?Estou chegando, daqui há 10 minutos estou aí.

– Ok, estou te esperando Namjoon.

Encerro a chamada, jogando meu celular em cima da cama.

Namjoon era meu namorado.O mais velho estava vindo me dar um presente.Ele era o único que me dava presente no dia das crianças.

Saio do meu quarto, descendo as escadas e indo para a cozinha.Quando chego na cozinha, encontro minha omma preparando um bolo.

– Omma?Está fazendo bolo de quê? – Pergunto, me aproximando da mais velha.

– Bolo de chocolate, seu preferido e do seu namorado também. – Responde, colocando o bolo na forma, o levando para o forno. – Falando no Namjoon...Ele vem aqui hoje?

– Sim, omma.Ele me ligou e disse que estaria aqui em 10 minutos. – Me sento no balcão, fazendo um biquinho triste.

– Por que está com esse biquinho? – Pergunta minha omma, sentando ao meu lado.

– Só o Namjoon vai me dar um presente.Ninguém mais vai, nem você, nem o Appa. – Cruzo os braços.

– Meu amor, você não acha que já está na hora de crescer?

– Não. – Respondo, fazendo minha omma rir. – Espero que o Namjoon tenha comprado um bom presente para mim.

– Ai, ai.Só você mesmo filho. – A mais velha ri novamente. – Jinnie, irei dormir fora hoje.Uma amiga precisa de ajuda, amanhã de manhã eu volto, ok?

– Ok omma...

– Se cuida, meu filho. – Me abraça. – Vigie o bolo ficar pronto, não o deixe queimar!

– Tá bom...– Escuto a campainha tocar. – Deve ser o Namjoon, vou lá atender.

Vou até a porta, a abrindo em seguida.Sorrio ao ver Namjoon, abraçando fortemente o mais velho.

– Crianças, se comportem. – Escuto minha omma falar. – Jin, não se esqueça do bolo.Namjoon, não se esqueça da camisinha, ok?

– Omma! – Coro fortemente, dando espaço para o Namjoon entrar.

Namjoon ri, segurando minha cintura.

– Pode deixar, não irei esquecer. – O mais velho fala, dando um beijinho no meu pescoço.

– Estou indo, tchau crianças. – A mais velha se despede, indo embora em seguida.

– Feliz dia das crianças, amor. – Namjoon sussura, beijando o topo da minha cabeça.

– Cadê meu presente? – Pergunto, cruzando meus braços, virando de frente para o Namjoon.

– Então...Eu não comprei.

– Mas você disse que iria comprar! – Bato no braço do mais velho. – Seu mentiroso!Eu quero meu presente...

– Tive uma ideia...– Namjoon sorri. – Eu vou te dar um pirulito!

– Um pirulito não tem graça...

– O meu pirulito tem.

– Como assim?Namjoon...

– Você já chupou ele...– Fala sorrindo, sentando no sofá, me puxando para sentar em seu colo. – Ele é grande, grosso, e você já viu ele várias vezes...

– Namjoon!! – Coro forte, entendendo qual era o "pirulito" que NamJoon estava se referindo. – Seu pervertido!

– Sou mesmo, e sei que você gosta...– Ri. – Você quer ou não quer seu pirulito?

– Quero...– Sorrio malicioso, selando nossos lábios.

Namjoon me pega no colo, me levando para o quarto.Começo a distribuir chupões pelo o pescoço do mais velho, sorrindo ao ver as marcas.

O mais velho me deita na cama, ficando por cima de mim.

– Já disse que você é lindo? – Pergunta, tirando minha camisa.

– Já, mas quero que diga mais uma vez. – Respondo, abrindo a calça do mais velho.

– Você é lindo...– Beija meu ombro. – Muito lindo...

Viro Namjoon na cama, ficando por cima do mesmo.Me sento bem em cima de sua ereção, rebolando levemente.

– Hmm...Seu pirulito está tão duro, Namjoon...

– Você que o deixa assim...– Sorri malicioso. – Aproveite bem ele...

Retribuo o sorriso malicioso, tirando a camisa do mais velho.Em seguida, tiro nossas calças, nos deixando só de boxer.

Olho para a ereção do mais velho, vendo que ela estava bem marcada na boxer branca — que já estava se tornando transparente por conta do pré - gozo —.

Tiro a boxer de Namjoon, vendo seu membro saltar.Sorrio, passando minha língua por toda a extensão, escutando Namjoon soltar um gemido rouco.

Abocanho toda a extensão do mais velho, começando a chupa - la lentamente, sentindo meus fios serem agarrados.Namjoon começa a controlar os movimentos, os deixando cada vez mais rápidos.

– Seu pirulito é tão gostoso, amor...

Namjoon solta um gemido alto, puxando com mais força meus fios.

– Está gostando de sentir o gosto do seu presente, amor? – Pergunta, olhando para mim.

– Muito.– Paro de chupa - lo, tirando minha boxer em seguida. – Quero aproveitar melhor meu presente...

– Então aproveite, ele é todo seu...

Sorrio, segurando o membro de Namjoon, o masturbando enquanto começo a pincelar o mesmo em minha entrada.

Encaixo o membro do mais velho em minha entrada, descendo devagar no mesmo.Ah, como era bom me sentir preenchido pelo mais velho.

Namjoon segura minha cintura, me ajudando nos movimentos.Pouco tempo depois, eu já estava cavalgando no mais velho, arranhando com forças seus braços, soltando gemidos extremamente altos.

O mais velho dá alguns tapas em minhas nádegas, as apertando com força, me fazendo rebolar rapidamente.Namjoon segura com mais força minha cintura, me deitando na cama.Volta a me estocar, aumentando cada vez mais a velocidade.

Nós já estávamos em um ritmo frenético, querendo chegar ao ápice o mais rápido possível.O barulho dos nossos corpos se chocando, mais o cheiro de sexo, deixava tudo ainda mais excitante.

Cravo minhas unhas nos ombros do mais velho, apertando sua cintura com as minhas pernas.Eu já estava chegando ao ápice, e pelo jeito Namjoon também estava, já que aumentou ainda mais a velocidade.Ele me estocava com toda a força e velocidade que era possível, me fazendo ir a loucura.

Solto um gemido alto, finalmente chegando ao meu ápice.Jogo minha cabeça para trás, sentindo meu líquido sujar meu abdômen e o do Namjoon.

O mais velho solta um gemido alto e rouco, me preenchendo com seu líquido.Solto um gemido um pouco manhoso, sentindo o líquido quentinho do Namjoon escorrer para fora da minha entrada quando o mesmo se retira de mim.

– Gostou do seu presente? – Pergunta ofegante, se jogando ao meu lado

– Eu amei, seu pirulito é tão gostoso...– Respondo rindo, deitando minha cabeça no ombro do mais velho.

– Então, irei te dar meu pirulito como presente sempre.

– Eu irei amar.






Notas Finais


Continuo escrevendo lemon's bostas, kk
Até a próxima ^•^


Outras fanfic's minhas:


Jikook: https://spiritfanfics.com/historia/-hibrido--jikook-8758713

Namjin: https://spiritfanfics.com/historia/error--namjin-abo-em-correcao-6907575


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...