História Lone dancer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 0
Palavras 417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Dan: dançarino solitário


Era mais uma noite na boate de Streep-Tease mais badalada de Los Angeles,a Boate "poisoned"
Na mesa ao final do salão,Um Felino,trajando casaco colegial,calças jeans e tênis.Seu pelo era preto,seus olhos verdes,com pupílas finas,típicas dos gatos.
Ele estava sozinho,entediado..Bebeu uma dose,e olhou para a pista de dança.todos os tipos de animais falando suas idiotices típicas urbanas.Crocodilos,com suas regatas e correntes de ouro,cobras,com suas saias curtas e jóias falsas,Touros,cheios De coragem,mas sem  atitude...e tinham muitos outros.
Dan se levanta e vai até a pista,olhando as dançarinas semi-nuas com seus seios fartos e corpos sensuais,pintadas com tinta fosforecente.
-Olá doçura,deseja uma noite bem doce?
Disse uma garota-tigresa,das mais assanhadas.
-Não to afim,gata,qualquer hora eu volto aqui.
Dan seguiu em frente e ao chegar na pista de dança viu os playboys dançando com suas garotas,e viu mais ao fundo uma raposa,bonita,quase tanto quanto as dançarinas,e foi andando de vagar em sua direção.
-Que foi,felino?
Disse ela.
-Felino não,Gato.
Ele disse a olhando apoiado num balcão.
-Posso te pagar uma bebida?
Continuou.
-É,pode ser.
Ela falou com um sorriso de canto de boca
-garçom,a especial da casa,por favor.
-Saindo duas Poisoned Snake
Disse o garçom.
-Qual o seu nome,gato?
-Daniel Loung,mas ninguém me chama assim.pode chamar de Dan.
-Ok,Dan.
-e o seu nome?
-Sandra farefield.
As bebidas  chegaram,e os dois beberam um gole.ao abaixar o copo Dan viu um  Dobermann bem vestido,terno e gravata vindo em sua direção.
-Você é Daniel Loung?
-depende.Sou?
-venha comigo.
-não,antes de dizer quem você é.
-sou alguém que te enteressa.
Dan suspirou
-ja venho
Os dois sairam pelos fundos
-Oquê foi?
O dobermann parecia sério ele abriu sua maleta,virada para sí mesmo,e Dan ja tinha entendido tudo, chutou a maleta,nas mãos do cão e a pistola que o mesmo estava pegando disparou pra cima,logo Dan deu um soco em seu focinho e segurou a arma,apontando para cima,o cão socou a barriga de Dan varias vezes,mas Dan tirou suas garras e as cravou no pescoço do dobermann,derrubando-o,fazendo tambem derrubar a arma com os dois deitados no chão,numa intensa troca de socos,até que Dan chuta o Dobermann pra longe,pega a arma e o acerta com uma coronhada,desmaiando-o.
-Huff,MERDA!esses mercenários filhas da puta insistem em tentar me matar!
Dan saca o celular e liga para seu chefe.
-Vai,Atende!
-Alô,Dan?Ja sei oquê aconteceu,eu ví os Cães de guarda chegando na poisoned,imaginei que algo aconteceria.Você esta bem moleque?
-Claro que eu to bem,porra,to com a arma do cara.Manda um carro pra me tirar daqui,Damon!
-ok ok,vou mandar,Dan.
-beleza,nos vemos aí. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...