História Look at me - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Barbara Palvin, Justin Bieber
Exibições 76
Palavras 2.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"Estou apaixonado por voce, minha pequena garota"

Capítulo 14 - I’m in love with you,my little girl


Fanfic / Fanfiction Look at me - Capítulo 14 - I’m in love with you,my little girl

Quando bateu o sinal para todos irem embora, eu e Jessy passamos no vestiário, claro que eu não deixei ela entra, Ryan tava meio puto comigo mas falo que depois ele me dava o troco. Sai do vestiário e ela estava de costas para mim encarando a cesta, a abracei por traz dando um beijo em seus cabelo.

- estava lembrando, que você falo que iria me buscar e não apareceu – ela disse

- eu precisei levar minha mãe no trabalho,o carro dela estragou – ela assentiu, acreditando – mas amanhã e depois eu te busco prometo –dei um selinho nela

- vi Ryan com gelo no nariz aconteceu algo? – me olhou enquanto andávamos para fora da quadra.

- eu dei um soco nele – ela parou de andar me fazendo a encara

- porque?

- pro treinador me liberar, para poder ir falar com você - ela sorriu boba – o que me faz lembrar que você vai ter que me manter ocupado ate segunda, por que eu fui afastado ate segunda por causa disso – ela me olhou com os grandes olhos azuis agora demonstrando arrependimento.

- me desculpa, você poderia ter esperado ate amanha para falar comigo- ela deu de ombros voltando a andar

- e correr o risco de você não querer me ouvir ou pedir para seus pais te mudarem de escola, nem fodendo – passei meus braços por cima de ombro.

- não iria pedir para mudar de colégio, não posso deixar Sara – a olhei indignado – qual é Bieber você não é tudo isso – abri minha boca ainda mais indignado e me afastei dela – qual é jay? Estou brincando- ela tentou alcançar minha boca mas por ser mais baixa que eu não conseguiu.

-eu não sou tudo isso, para você querer me beijar – fiz pirraça, ela riu mas seu riso sumiu assim que vimos Marcelli e Chris conversando parados na frente do carro dele.

- Jess aquele que a vadia líder esta falando é seu irmão ?– Sara se aproximou com Andrew

- eu estou rezando para que eu tenha batido minha cabeça e seja coisa da minha cabeça – ela respondeu, abracei ela por traz assim que vi os dois se aproximarem de nós.

- oie casais – ela disse como se fosse nossa amiga, ninguém respondeu ela

-hey, o boliche ainda ta de pé dude? – Chaz e Ryan chegaram

- não sei, se a Jessy quiser – a encarei e ela deu de ombros

- adoro boliche – Marcelli disse sorrindo para Chris

- ninguém te convidou – Sara rebateu , e vi Andrew sussurrar um ‘’relaxa’’ para ela

- bom eu quero ir – Chris deu de ombros

- vamos então – Jess o convidou

- então eu vou levar a Celli junto – encaramos ele, senti o corpo de Jess ficar tenso

- hey, relaxa – sussurrei em seu ouvido – ela só quer te provocar – ela se viro de frente para mim e seus olhos mostravam o quanto aquilo tinha a incomodado, dei um selinho nela a puxando para meus braços, emcarei Marcelli que sorria em nosso direção.

- a Jess vai comigo – Chris disse, fazendo minha garota me abraçar mais forte.

- eu também vou com você Chris – ela disse se aproximando dele

- tudo bem Celli e Jess vão comigo – ele disse dando de ombros

- eu nao vou no mesmo carro que essa garota chirstian, eu vou com o Justin – ela nem se virou para ele para falar.

- tudo bem – deu de ombros, bufei pelo modo que ele falo com ela.

- vem vamos – nos despedimos de todos e fomos para meu carro – ei não fique assim baby, é isso que ela quer – ela nego

- hoje mais cedo quando ela me disse aquelas coisas, ela disse que iria ter tudo que era meu, Jay eu não achei que ela iria fazer e agora ela ta com meu irmão – já conseguia ver lagrimas em seus olhos

- baby, ela sabe que você iria se sentir mal, é isso que ela quer, não deixe isso te abalar que ela se afasta – ela assentiu , entrelacei nossas mãos em cima de sua perna e fomos assim ate o boliche. Chegamos por ultimo, todos já estavam La dentro, pegamos nossos sapatos e fomos para a mesa que todos estavam, me sentei do lado de Ryan com Jessy do outro, logo Sara sentou ao seu lado.

- preciso que fique de dubla com a Marcelli – ele me olho confuso – vai cara, te pago uma bebida depois

-sabe joga né viado – ri

- vamos fazer as duplas – sugeri – eu vou com Chaz, Jess e Chris, Drew e Sara E Ryan e Marcelli – todos assentiram menos Marcelli que me olho seria, ela iria falar mas Sara a interrompeu

- vamos logo antes que eu desista – todos rimos e fomos para as pistas, eu e chaz estávamos na frente junto com Jess e Chris que pareciam duas crianças quando acertavam, ele pegava ela no colo e saia gritando e rindo, sorri vendo o quanto ela estava feliz.

- vou querer duas bebidas por estar agüentando aquela garota – Ryan bufo do meu lado, ri de sua cara mas parei assim que vi Jess vindo em nossa direção.

- já jogaram? – perguntei e ela nego

-ele disse que já ganhamos e que iria ensinar ela a jogar agora – se sento do meu lado encarando os dois, vadia, ela sabia jogar.

-entendi, então coma algo enquanto ele jogam – chamei a moça e pedi batatas fritas e um refrigerante para ela.

- estou sem fome – deu de ombros

- você não comeu nada desde que saímos do colégio – ela me olho e seus olhos estavam sem brilho – hey, eu quero você bem, eu preciso que você fique bem, para que eu ficar bem – ela assentiu dei um selinho nela, a cada cinco minutos Marcelli olhava em nossa direção para ver se ela estava olhando os dois e isso tava me deixando muito puto. Eles chegaram na mesa no mesmo momento em que a comida de Jess chegou, e ela começou a comer em silencio.

- estou com fome, mas não tem uma garçonete aqui – ela disse olhando para Chris

- é só você ir no balcão e pedir – Jess disse irônica, enquanto comia suas batatinhas

- a Jess pode dividir com você Celli, não pode? – Chris perguntou a olhando

- não – Sara respondeu antes que ela respondesse – a celli tem perna Chris

- qual o problema da Jess dividir? – ele perguntou

- nenhum, pode pegar, perdi fome – ela empurrou as batatas para Marcelli a olhei incrédulo – tudo bem eu comi algumas – bufei olhando para a vadia que sorria em nossa direção.

- o que acha de irmos patinar – sugeri olhando para ela, que assentiu sorrindo, nos levantamos sem falar nada e fomos para a pista, ela soltava gargalhadas gostosas quando eu tentava fazer algum passo e quase caia, estávamos andando abraçados quando senti seu corpo ficar meio mole

- Jess esta tudo bem? – nos levei ate a borda a encostando e ficando em sua frente

- sim, só foi uma tontura podemos voltar pra a mesa – assenti, voltamos para a mesa e todos nos encaram

- o que aconteceu? – Chris perguntou e Jess abriu a boca para falar mas Marcelli a interrompeu

- Chris o que acha de irmos patinar? – ele assentiu

- você esta pálida, tem certeza que esta bem?- ele perguntou para a Jess

- sim eu s

- ela esta ótima vamos Chris – bufei me irritando

- eu juro que vou esquecer que você é uma vadia e eu quebrar a sua cara – estourei

- Justin, que isso cara? – Chris disse

- eu que pergunto, você ta tratando sua Irma que nem um lixo por causa dessa garota, ela só ta fazendo isso Por que tem inveja, e você caiu na dela direitinho não é Christian, serio cara esperava isso de um muleque, não de um cara de 19 anos- joguei tudo na cara dele

- Jay, não – ela tentou dizer

- olha quem esta falando o muleque que vai brincar com ela e depois jogar fora, assim como você fez com todas as outras – negue – só estou ajudando ela e mostrando o que ela não vê

- que ela tem um irmão que é um bosta, que não sabe nada da vida dela, por que hoje o muleque que vai usar ela passou o dia cuidando dela, por que essa vadia que esta do seu lado fez o favor de inventar varias mentiras fazendo a sua Irma chorar e não comer o dia inteiro ou você acha mesmo que ela estaria aqui onde ninguém suporta ela, porque um cara que ela mal conhece a chamou? – ele me olho e logo depois para Marcelli que estava tensa

- isso é verdade? – ela nego e Sara riu

- é claro que é verdade – Sara se aproximou dela –fala logo garota não tenho paciência com você – Andrew segurou ela

- sim, é verdade – ela deu de ombros, não sei como mas Sara se soltou e deu um tapa muito forte no rosto dela.

- para por favor – Jess pediu chamando a atenção para ela

- baby, me desculpa, eu não devia ter dito aquilo – ela assentiu, me senti um lixo por ter exposto ela daquele jeito na hora em que explodi

- vaza daqui logo – Chris disse para Marcelli, abracei Jess a levando ate a mesa e chamando alguém pedi dois sanduíches e uma coca e batatas, todos nos olhavam em silencio, me sentia um lixo por não poder fazer ela melhorar, vê-la tão frágil me deixava puto, encarava Chris quem me olhava arrependido.

- depois você fala com ela – disse assim que ele abriu a boca para falar, estava sentindo que deveria proteger Jess, e eu vou fazer isso ela querendo ou não, nada nem ninguem vai fazer mal a ela enquanto ela estiver comigo por perto.

(...)

Depois dela ter comido tudo o que pedimos, seu humor já estava bem melhor, ela e Chris brigaram por um tempo mas agora só faltavam se comerem, ok péssima idéia pensar isso, nós conversamos também e estávamos de boa, já estava ficando tarde e Jess já estava meio sonolenta.

- ai gente ela é tão fofa – Sara disse apertando as bochechas da minha garota – olha parece um bebe, come e já fica com sono – todos rimos e ela mostrou a língua para a Sara.

-esta com sono? – ela assentiu, puxei ela para mais perto e ela colocou as pernas em cima das minhas e deitou sua cabeça em meu ombro, depois de um tempo Sara já dormia no colo de Andrew e Jess lutavam para manter os olhos abertos, comecei a fazer carinho em seu cabelo, enquanto conversava com os garotos sobre o jogo, o qual eu não iria jogar.

- nunca imaginei que meus amigos iriam se tornar dois viados – Ryan disse rindo e levando todos juntos

- as vezes é bom ser viado assim – Chris deu de ombros, nos fazendo olha-lo

- pode falar quem é mina Narumy – disse arrumando a cabeça de Jess no meu ombro

- não é ninguém , não mas – ele deu de ombros – mas voltando para vocês, é bom ter alguém sabe que não seja só para comer e jogar fora – Chaz o interrompeu

- você quer dizer uma foda fixa? – todos rimos da cara de confuso dele – ou de uma mina firmeza e PA

- ele ta falando de alguém que seja, sua namorada Chaz - expliquei e ele fez careta

- dispenso – rimos de novo

- é quando você encontra aquela mina que vai fazer você fica maluco cara, ela vai fazer você correr tanto atrás dela, que quando você tiver ela em seus braços, você vai esquecer as outras, e só vai querer fazer aquilo se for com ela, que se ela te olhar sem aquele brilho no olhar que ela sempre tem você, vai ficar maluco só para descobrir quem foi o otario que tiro o brilho do olhar dela, que quando um idiota fizer ela chorar você vai querer matar ele e fazer ele chorar o dobro, quando você encontrar essa garota ai você vai ver que só pelo fato de você ser o motivo do sorriso, vai valer a pena ter largado todas as outras – ele suspirou e olhou para mim, que encarei Jess que se mexeu no meu colo abrindo seus olhos azuis, sorri para ela que sorriu de volta, dei um selinho em seus lábios – ai você vai ver, que você esta ferrado por que se ela disser que vai te deixar você perde todo o sentido e o pior é que você esta tão apaixonado que não vai querer as outras, só ela é a certa para você – voltei a encara ele, que ainda nos encarava.

- onde você leu isso mano – Ryan soltou fazendo todos darem risada, voltei a olhar para Jess que estava quase dormindo de volta.

- vamos embora, já esta tarde – disse arrumando Jess em meus braços

- quer que a leve? – Chris perguntou, neguei – ta vendo, é disso que eu estava falando – ele aponto para mim e Andrew que carregava Sara e eles riram

- vou levar ela no meu carro – ele assentiu, e abriu a porta para mim, coloquei ela do bando e passei o sinto nela, o caminho ate sua casa eu tentava fazer as curvas mas devagar possível, para não acorda-la. Cheguei em frente a sua casa e Chris nos esperava na porta

- meus pais já estão dormindo, vem – segui ele tomando cuidado para não bater e nem tropeçar em nada. O quarto dela era todo organizado como da ultima vez que estive aqui. A coloquei na cama e tirei seus sapatos a cobrindo. Encarei seu rosto, tão serena parecia um anjo, me aproximei deixando um beijo em sua testa e um selinho em seus lábios

- eu acho que estou apaixonado por você minha pequena garota.

Sai do quarto dando de cara com seu pai, e Chris atrás dele rindo da minha cara, o pai dela me dava medo,mas eu encarava qualquer coisa pela minha garota .


Notas Finais


Diria que um capítulo fofo❤
Eu queria agradecer ao comentários de um leitora que me ajudo muitooo, por isso comentem sempre vai me ajudar.
Ela me deu umas dicas e eu realmente percebi que ela estava certa, então por isso os próximos capítulos vão demorar um pouco mais, irei reler eles e mudar algumas coisa, okay, vou tentar dar o meu melhor e fazer o mais rápido possivel.
Até mais baby's😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...