História Look at me - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Barbara Palvin, Justin Bieber
Visualizações 1.603
Palavras 1.273
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"Tão linda, tão meiga,tão menina,tão minha"

Queria agradecer pelo comentários e pelos favoritos❤
E dizer que como eu estou revisando alguns capítulos, e isso demora um pouco eu irei postar somente, no domingo,quarta e sexta.
Espero que gostem.❤ Revisado

Capítulo 14 - SO BEAUTIFUL,SO SWEET,SO GIRL,SO MINE


POV Justin Bieber

Depois de passar o resto da tarde terminado as coisas com Ryan, a vontade de levar ela lá e dizer o quanto eu gostava dela, só aumentou, mas eu precisava esperar o momento certo.

Eu não esperava que a noticia de que nós havíamos nos afastados, sim, afastados, o que não duraria por muito tempo se dependesse de mim ,chegasse tão rápido nos ouvidos das lideres, assim que cheguei no colégio e todas vieram em minha volta me fazendo gargalhar por serem tão iludidas.

Eu realmente não queria ser só amigo da Jess, e parece que ela não notou isso, quando encontrei caitlin no shopping, fique surpreso e não achei que fosse causar tudo aquilo que causou. E quando ela foi com Bryan comprar sua bebida, eu não tive outra escolha, eu precisava falar com ela,  se eu não poderia acabar perdendo ela.

Ela estava em silencio, e isso me incomodava e muito, nesse um mês que passamos juntos, já tinha conseguido notar que qualquer coisa e palavra a deixava frágil e isso me fazia querer trancar ela em um quarto, para ninguém machuca-la.

- fale algo – pedi e ela continuou em silencio – Jess por favor, fale algo – implorei.

- onde esta me levando? – suspirei

- você vai ver, espero que esteja pronta – dei de ombros e ela me olho pela primeira vez desde que entramos no carro.

- para que?mais um de seus joguinhos?- porra de menina marrenta que eu fui arrumar viu.

- fique quieta- pedi e ela riu.

- bipolar – disse baixo.

- eu ouvi marrentinha – parei o carro na frente do penhasco, eu amava a vista que tínhamos dalí.

- que foi? Vai me matar agora – bufei.

- odeio quando você da uma de menina irônica Jessy – a puxei para a ponta. E ela se agarrou a meu corpo com medo.

- eu odeio você –sorri – me leva para casa – neguei ,a fazendo me olhar.

- eu sei que você esta querendo me matar, mas antes de você fazer isso me deixe falar – ela assentiu – quando eu te vi pela primeira vez eu te achei, muito certinha, para mim você era aquelas meninas intocáveis , e eu não estava errado , ah Jess, você não sabe o quanto é  bom poder, saber que eu fui o primeiro garoto a te beijar e sou o único que pode fazer isso – ela suspirou – você pode estar me achando um louco por achar isso,mas eu, não consigo imaginar outra pessoa te tocando, te dando aquilo que eu deveria te dar, te fazendo sorrir, ser o motivo do seu sorriso- toquei seu rosto com uma das mãos e ela fechou seus olhos, apreciando meu toque - aconteceu rápido demais, amor, você só precisou sorrir e eu já estava La, louco por você – ela riu – acho que foi naquele dia que seu irmão queria me colocar no time, eu fiquei louco por você, mas seu irmão me mataria, e você não me deixava aproximar, então eu comecei a ser o babaca que eu era antes daquele dia – fechei meus olhos me lembrando – quando você esbarou em mim a primeira coisa que eu pensei foi ‘’ essa é minha chance’’ , não estou aqui dizendo que você estava errada em me afastar, eu fui um idiota, mas eu queria te fazer algo especial, você não sabe o quanto doeu ver você chorando por mim, eu juro que mais uma vez eu me jogo daqui – ri e ela continuo seria– eu tinha que ter certeza que você sentia o mesmo por mim, e hoje quando você jogou na minha cara que tava apaixonada por mim, foi o momento mais feliz da minha vida ate agora – sorri – eu sou um merda por ter feito você sofrer tanto eu não te mereço Jess, mas eu sou um fodido por não conseguir te deixar ir, então – virei ela de frente para o penhasco e alguns momentos depois as luzes se acenderam, formando a frase que eu estava ensaiando na frente do espelho a dias.

- você aceita namorar comigo, baby? – ela colocou a Mão na boca e consegui ouvir seus soluços.

- você é um idiota, eu te odeio muito – ela me abraço, sorri a girando – sim – não esperei nem mais um segundo para juntar nossos lábios em um beijo cheio de saudade.

- minha garota – disse entre o beijo, dei vários selinhos nela, me separando de seu corpo. Peguei a caixinha no meu bolso e dei para ela.

- é lindo – ela tiro os colares os olhando os dois tinham a letra J mas o dela era cheio de pedrinhas.

- que bom que gostou, foi Sara que escolheu – ela me olho chocada e eu tive que rir de sua cara. Colocamos os colares, e puxei seu corpo para junto do meu, dei impulso para ela subir em meu colo, e assim ela fez envolvendo suas pernas na minha cintura, sentei ela no capo do carro ainda sem parar o beijo, puxei mais sua cintura, contra meu corpo,fazendo ela arfa contra minha boca, desci meus beijos pelo seu pescoço, fazendo ela se arrepiar.

- eu amo seu cheiro amor – sussurrei em seu ouvido, mordendo seu modulo.

- Jay – ela suspirou meu nome, o apelido que ela tinha me dado, saiu como um gemido baixo, e na condição de um mês sem sexo que eu estava, isso não me ajudaria a ir com calma com ela.

- não, baby, não faça isso – pedi, estava me concentrando o Maximo para não ir rápido com ela, mas porra, eu to um mês sem comer ninguém, e a minha garota é gostosa. Voltei meus beijos para seus lábios, sentindo seu gosto – adoro morangos – disse contra seus lábios.

- seu pervertido – ela riu, mas paro assim que apertei sua cintura – Jay, acho melhor irmos – sorri.

- me deixe te mimar, mas alguns minutos – não deixei ela responder, e a deitei sobre o capo, controlando meu peso em cima dela, sua língua brincava com  a minha enquanto, uma de  suas mãos estavam na minha nuca  e a outra  no fim das minhas costas, sorri vendo sua intenção, mas sua vergonha não deixava.

- pode pegar se quiser- sussurrei contra seus lábios, voltei a beija-la sentindo sua Mão descer pra minha bunda, apertei sua cintura por debaixo na blusa a fazendo apertar minha bunda por impulso, mordi seu lábio terminando o beijo, arfando contra seus labios lhe dei dois selinhos,sua Mão ainda estava em minha bunda – acho que estou criando um monstrinho – olhei seus olhos azuis que estava, brilhando e suas bochechas coradas, ela era tão linda , tão meiga, tão menina, tão minha.

- você poderia parar de falar e me beijar - ela me encarou, aproximei minha boca da sua, mas não deixando ela me beijar - Justin!

- você precisa dela, não precisa - ela assentiu

- me beija,por favor.

Cobri seus lábios com os meus, sem nenhuma delicadeza, nossas bocas se moviam rapidamente, no nosso ritmo, como uma dança onde eu só sabia dançar com ela. Arrumei meu corpo em cima do seu deixando nossos corpos colados, ela arfou, assim que sentiu nossas intimidades se encostarem, sim baby, isso que você faz comigo, em apenas um beijo.

-jay, melhor paramos

Sua respiração estava descompassada e sua voz saiu baixa a deixando sexy.

- você poderia deixar de ser menos gostosa, amor?

Sentei ela no capô de volta, vendo ela rir, puxei sua cintura de encontro com a minha,a fazendo me encarar sem rir agora.

-está achando graça disso baby? - ela negou, sem desviar seus incríveis olhos azuis de mim - o que você está fazendo comigo uh?.

Ela me encarou confusa, sorri contra seus lábios lhe dando um selinho.

- estou parecendo um virgem.

Ela riu, beijando meus lábios de volta, eu nunca me cansaria dos seus lábios, nunca me cansaria de nada vindo dela. 


Notas Finais


Aaaaa que pedido lindo, apaixonada no Justin gentee❤
Será que o dela cimento dos dois ira ficar mais quente? Jess safadinha.
Quem não quer pegar na bunda do Justin, né?
Comentem o que acharam❤
Bjs baby's até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...