História Look at me - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Barbara Palvin, Justin Bieber
Exibições 82
Palavras 1.419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"O jogo"

Capítulo 7 - The game


Fanfic / Fanfiction Look at me - Capítulo 7 - The game

POV. Justin Bieber.

Mesmo estando com um sentimento de felicidade, por minha garota ter me desejado sorte, estava puto, por ver ela de papainho com o Bryan, sim eu estou com ciúmes da Jessy, mas ela é diferente do restante das garotas, ela não gosta de chamar atenção,o jeito tímido e de menina que ela tem, o modo como ela mexe nas mexas soltas do cabelo dela quando esta concentrada em algo, o sorriso de menina, ou o modo como ela cora quando eu digo algo, sim eu gosto da Jessy a um tempinho já, acho que foi quando o irmão dela me chamou para fazer parte do time de basquete e eu não sabia se era bom e ela me ajudou.

Flashback . on

-vamos La cara, você é bom.

 Chris disse me levando força para o ginásio onde o time jogava só tinha o pessoal do ultimo ano.

- não Chris , eu não jogo tão bem assim – uma garota se aproximou de nós dois,seus cabelos castanhos médio ate a cintura amarados em um rabo de cavalo,livros na mão, olhos azuis claros, eu uma cara de anjo.

-chris podemos ir- ela disse

-só um minuto Jess, vamos Justin faz o teste – neguei

- você é bom- ela chamo nossa atenção, corando logo em seguida – quer dizer eu vi você jogar esses dias e você deveria tentar –assenti e ela arregalo os olhos- não que eu fique te espionando- ri de sua confusão

-tudo bem – dei de ombros

Flashback off

Por causa dela eu entrei pro time naquele verão e o irmão dela me ajudou, eu acho que ela nem lembra disso, todas as vezes que eu tentava me aproximar ela se afastava, ai eu desisti e bem agora estou me fodendo para conquistar ela, meus amigos me zoariam agora e jogariam na minha cara a minha frase ‘’justin bieber nunca se apaixona’’, bom eu não ligo se isso acontecer ainda mais se for a Jessy quem for tornar essa frase uma mentira.

-BIEBER – o treinador gritou apontando para a quadra, corri e me posicionei, olhei para a entrada da quadra e ela entrava,mordendo os lábios, sorri, sabendo que ela fazendo aquilo quando estava nervosa e com vergonha.

-presta atenção no jogo Bieber- Andrew chamou minha atenção, olhei para Bryan que tinha seu olhar em Jessy, ele me olhou e sorriu, bufei me posicionando direito, e ouvi o apito do inicio do jogo.

[...]

Estávamos no intervalo do jogo, nosso time tava na frente, me aproximei dos outro jogadores,olhando para a arquibancada,vendo Jessy sorrindo de algo que Sara falava para ela, sorri vendo ela sorrir.

-EI! Bieber se quer ir ate a arquibancada e pegar sua garota, foca aqui e ganha esse jogo logo – assenti ouvindo suas ordens,voltamos para a quadra e Bryan me encarou sorrindo.

-uma Aposta Bieber?- ele falo olhando para Jessy, endireitei meu corpo- ela me parece ser boa e tímida as melhores, uh?- me aproximei dele

-fica longe dela Bryan – ele riu

-quem pegar primeiro justin?

sugeriu, foi o que faltava para minha paciência acabar, acertei um soco no nariz dele, antes dele reagir o treinador entrou em nosso meio.

-ela não é assim, fica longe – gritei me soltando de Andrew

-já chega os dois, Bieber volta para sua posição e Bryan vai cuidar disso –voltei para minha posição vendo ele entrar no vestiário, passei a Mão no cabelo tentando me acalmar, e o jogo começou de novo.

[...]

Faltava um minuto e nos já havíamos ganhado, a arquibancada já estava gritando os últimos minutos, o apito final foi dado e as lideres invadiram a quadra, olhei para a Jess e ela me olhava sorrindo,seu sorriso sumiu assim que senti Mãos rodearem minha cintura, olhei para Marcelli e neguei.

- Sai –afastei ela, correndo para a arquibancada, meus olhos estavam em Jessy que já estava vermelha devido aos olhares que estavam em nós, ela me olhou com uma cara de ‘’ que merda você ta fazendo?’’ sorri.

-quer jantar comigo sexta a noite? – o silencio se estalou envolta de nós, ela demorou para me responder, me deixando nervoso.

- sim – ela mordeu o lábio escondendo o sorriso, sorri junto, algumas pessoas a nossa volta gritaram em comemoração e outras ficaram de sussurros, puxei ela para meus braços em um abraços.

-Justin você esta soado – ouvi sua voz abafada, pela força que estava a apertando, soltei ela sorrindo.

-certo, me desculpe – cocei a nuca a olhando – se você me esperar, eu posso te levar para casa – a encarei esperando sua resposta, ela assentiu.

- eu te espero aqui mesmo – assenti, desci a arquibancada correndo para o vestiário onde ja estavam a maioria dos jogadores.

- olha só se não é nosso capitão apaixonado, pessoal – Chaz foi o primeiro a me zoar, dei de ombros sorrindo

- mais ta virando um viadinho mesmo – Ryan acrescentou empurrei ele brincando e todos riram, Chaz e Ryan são meus amigos desde pivetes, sempre souberam da minha queda por Jessy.

- mais ai vai rolar uma festa La em casa, em comemoração – um dos jogadores falou e todos comemoraram

- amanha tem treino, ninguém atrasado ou de ressaca- o treinador disse entrando

-qual é treinador? – ele cruzo os braços

- eu vou tomar uma ducha e levar Jessy para casa e depois dormir – caminhei ate meu armário pegando minhas coisas.

- sejam viadinho igual o Bieber, garotos –o treinador disse, fazendo todos rirem, neguei com a cabeça, entrei no box e não demorei muito. Me olhei no espelho do vestiário, short jeans e uma regata branca, não estava tão mal.

- já chega de perfume Justin, a menina vai ficar espirrando a cada cinco minutos – Ryan avisou, sim Jess tinha alergia a alguns perfumes o do Ryan por exemplo.

Sai do vestiário e vi Jess sentada no meio da quadra olhando tudo em volta, tinha bem poucas pessoas ali ainda, me aproximei estendendo minha Mão para ela, que sorriu e se levantou com minha ajuda.

-ainda esta cedo podemos ir tomar sorvete? – sugeri enquanto caminhávamos para fora do colégio.

-nós podemos passar no mercado e comprar os sorvetes, e ir fazer o trabalho - eu estava muito cansado, mas se fazer isso significa ficar perto dela, então vamos La .

-esquece você deve estar cansado – ela disse encolhendo os ombros

-estou mesmo, mas nos podemos fazer o trabalho sentados, certo – ela sorriu assentindo, sorri, entramos no meu carro, já que Sara acabou levando o dela, estávamos em silencio e ela batia os dedos contra a perna.

-pode ligar o radio se quiser – a olhei por um breve momento e voltei meus olhos para a estrada, a voz dos meninos da one direction, entrou no meus ouvidos ,a olhei negando.

- ah não, baby – mudei de estação e estava tocando Beyonce –xo , ela me olho – qual é ela é gostosa

-sim ela é – rimos, cantamos algumas partes juntos, o caminho ate o mercado foi muito bom, estacionei o carro e desci para abrir a porta para ela, mas ela já tinha descido.

- assim não da para ser cavalheiro – ela solta uma risada que me fez rir e saiu andando na minha frente, não olha justin, não olha!

-ei! Espera- corri para andar ao seu lado, pegamos cobertura de vários sabores e chantili.

-que sabor você gosta? – paramos de frente para refrigerador

-chocolate – fiz cara de nojo – que foi?

- não gosto de chocolate – peguei o de chocolate e de morango e ela pegou um de maracujá pequeno, nós tivemos uma pequena briga e acabou que ela me convenceu de pagar metade, o caminho do mercado ate sua casa foi em um silencio bom. Fizemos o trabalho enquanto comemos e brincamos.

-voce poderia me dizer onde vamos jantar amanha, sabe para mim poder ver minha roupa – ela deu de ombros

- não vou cair nessa, mas vai com uma roupa que você se sinta confortável nada elegante demais – dei de ombros e ela assentiu, senti meu celular vibrar e o peguei ‘’ onde você esta Justin?’’ era minha mãe.

-já esta tarde – ela disse suspirando, coçando os olhos de sono, sorri com cena.

-eu já vou, minha mãe já esta me mandando mensagem – ela assentiu, me levando ate a porta.

- então, nos vemos amanha?- me aproximei e senti seu corpo ficar tenso

- sim, nos vemos amanha – ela sorriu, deixei um beijo em sua testa e andei ate o carro, antes de entrar me virei vendo ela na porta ainda, acenei e ela deu tchau com a Mão, sorri e entrei no carro, sorrindo igual um idiota.



Notas Finais


O que estão achando? Aceito qualquer comentário bons,ruins.
Até amanhã bjs❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...