História Look At Your Death - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 37
Palavras 560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, aqui vou contar mais da história do Taehyung, então o cap é na visão dele.

(Leiam as notas finais)

Capítulo 8 - Chapter Eight: Feelings


I was just a small child, who has had a lifelong trauma, and now has become a killer.

[Flashback ON]

- Mamãe! Me deixe ir na praça! Por favor! - Eu disse puxando a barra de seu vestido.

- Não filho! Você precisa ficar aqui, a mamãe vai no hospital visitar sua avó e você precisa cuidar da casa! 

Eu tinha 8 anos nessa época, o pior dia da minha vida.

Mamãe saiu, e não voltou.

Passou 5 dias e eu continuava esperando ela. Logo, uma semana. E, por eu ter apenas oito anos, tinha esperanças dela voltar. Achava que ela tinha me abandonado.

Quase um mês depois descobri o que tinha acontecido. Quando estava voltando, foi assassinada.

No começo chorei muito. Mas depois de alguns anos a única coisa que senti foi raiva. Vontade de matar aquele homem. Vingança era apenas o que eu queria.

Sempre amei minha mãe e nunca soube quem foi meu pai. Mesmo agora, sendo um assassino tenho sentimentos.

Me importo com as pessoas, por exemplo, Yoongi. Me importo muito com ele, mesmo sendo apenas um colega de trabalho, para mim, ele é um amigo.

Não iria gostar se algo acontecesse com ele. Mesmo ele parecendo bem frio, tem coração.

E até hoje, ainda não encontrei quem a matou.

E quando eu encontrar, ele será meu novo brinquedinho.

[Flashback OFF]

Chegamos a casa de Yoongi e ele me olhava incrédulo.

- O que foi? - Eu perguntei o olhando curioso.

- Taehyung vem aqui. - Yoongi disse me puxando em direção ao penhasco que havia ali, tinha um balanço perto e ele se sentou nele.

- O que há de errado Yoongi? - Perguntei desviando o olhar da paisagem logo o olhando.

- Pode parecer loucura, mas aquela garota, apareceu aqui esses dias, sentada nesse penhasco dizendo estar procurando inspiração. - Ele disse me olhando.

- Yoongi, você está bem? - Eu o olhei - Ninguém sabe desse lugar, não é possível.

- É sim, eu não estou ficando louco Taehyung! - Ele disse alterando a voz e eu logo recuei.

Não é possível.

- Quando eu cheguei, tinha uma garota sentada ali - Ele aponta para o penhasco - E ela estava com um caderno, escrevendo algo. Ela me viu e logo se levantou com medo, ou sei lá o que, perguntei o que ela estava fazendo aqui e ela disse que estava procurando inspiração para terminar uma de suas histórias. No começo não liguei muito, pois estava ocupado, mas depois, pensando nisso, já suspeitava, mas não parecia ser possível, e agora, era ela mesmo! - Ele disse se levantando.

- Yoongi, se acalme. - Eu disse me levantando também. - O que vocês conversaram hoje?

- Ela veio me perguntar se eu era o mesmo homem da "casinha nas montanhas", e eu apenas dei de ombros, ela disse que não se importava, o que não parecia ser verdade, e eu disse que queria ir embora, pois estava com sono. Apenas isso. - Ele disse mais calmo.

- Precisamos saber mais sobre ela. - Eu disse o olhando.

- E aquela garota que você estava interessado? Pretende que ela seja mais uma das suas? - Yoongi disse sorrindo de canto.

Estremeci.

Não queria que ela fosse apenas isso. Queria mais, queria sentir algo, por incrível que pareça.

- Pare! Seu idiota. - Dei um soquinho de leve em seu braço - Ela apenas me pareceu mais interessante que as outras.

- Está se apaixonando, Taehyung? - Ele disse rindo - Um monstro como você?


Notas Finais


Em momento algum eu disse que eles são psicopatas, até pq não faria sentido um psicopata ter sentimentos.
Então nessa fanfic, eles são apenas assassinos que tem algum trauma e carregam consigo uma mágoa, ou seja, um sentimento, ou uma lembrança triste.
(No caso do Yoongi, ele teve motivos para aquilo, e eu logo irei explicar)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...