História Looking for the Past - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Blindspot, Fbi, Justin Bieber, Policial, Serie, Violencia
Visualizações 15
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amorinhas!

Alguns avisos para vocês:

🌼 A Fanfic será baseada na série Blindspot e, pode conter alguns spoilers por tal semelhança.

🌼 A estória jamais será movida a favoritos e comentários, mas ajuda bastante como incentivo.

🌼 Teremos apenas 20 capítulos, em média. Estou considerando uma segunda temporada, mas nada confirmado.

🌼 Espero do fundo do meu coração que vocês gostem e aprovem o meu trabalho!

Boa leitura!

Capítulo 1 - I. Prólogo


A noite estava fria e movimentada na cidade que nunca dorme. Uma das atendentes do serviço de emergência estava cochilando em sua pequena mesa de carvalho no fundo de uma sala cheia. Em uma de suas mãos, um copo de café estava quase acabado. O telefone tocou e a moça morena não tardou em atende-lo.

— Emergência, como posso ajudá-lo? — A atendente falou com curiosidade na voz. Em troca, recebera apenas silêncio. — Senhor, você está precisando de ajuda?

— Time Square. 00h. — A voz do outro lado da linha estava modificada, o que causou um arrepio pela espinha da moça. — O tempo está passando, vocês precisam agir
.
A ligação caiu e, quase que automaticamente, a moça se levantou seguindo em passos largos até uma saleta onde estavam reunidos alguns agentes que estariam de plantão naquela noite. Ela entrou sem bater, o que causou um pequeno susto em todos. Suas pernas tremiam e sua voz estava a um fio.

— Código Preto. Times Square, às 00h. Falante não identificado, usava modificador de voz. — Disse atropelando as palavras. Os homens que se amontoavam ao redor da mesa escura e cheia de papéis logo ficaram de pé.

— Chamem o Agente Jones! Peçam para evacuar o local e mandem o esquadrão anti-bombas o mais rápido possível! — Não procuraram saber mais sobre a ligação, apenas correram em direção à saída.

A noite seria longa, todos sabiam disso. O costumeiro zunido das ligações eram quase inaudíveis para a moça que havia atendido ao alerta. Ela mal sabia, que naquela exato momento, algo desconhecido por todos estaria pestes a acontecer.

x.x

Pela primeira vez na história, a avenida mais movimentada do mundo estava vazia. Pela primeira vez na história, as vistosas propagandas estampadas por todos os lados não eram o foco principal.

Vários agentes da polícia estavam amontoados por todos os cantos e, helicópteros rondavam a área para evitar ataques aéreos.

Todos estavam de olho em um único ponto: A bolsa que havia sido deixada por um desconhecido que, por azar, nenhuma câmera conseguira filmar o rosto. Apenas identificaram que ele havia saído de uma van na cor branca e, que possuía uma tatuagem do lado esquerdo do pescoço; era uma espécie de cobra.

Faltavam apenas alguns minutos para a 00h, horário no qual aconteceria o evento prometido na ligação. Evento tal desconhecido por todos; não houvera sequer um que mandato para iniciar uma busca, todos estavam apreensivos com o que viria a acontecer.

O governo do Estados Unidos estava lutando contra uma onda de ataques terroristas, esse viria a ser o quarto em menos de três meses.

O tempo estava voando, apenas um minuto para a meia noite. Os olhos ansiosos buscavam pontos cegos para poderem descontar a ansiedade em forma de tiros.

Nada aconteceu.

Todos respiraram aliviados, mas a tensão ainda estava pairando pelo ar. O agente Jones manteve seu olhar fixo a bolsa, ela havia começado a se mexer há poucos segundos.

— Fiquem preparados para o que virá. — Disse alto para que todos o ouvissem — O esquadrão anti-bomba iniciará o procedimento, o objeto será levado para análise e somente aí começaremos as buscas. Será uma noite longa.

Homens de uniforme seguiam com cautela até a bolsa que não lhes dava mais sinal de vida. Patrick, o mais antigo do batalhão, se abaixou ao lado da bolsa, puxando o zíper com toda cautela possível. Olhos atentos o observavam, por baixo daquele uniforme, ele estava soando frio.

— É um corpo! — Gritou Patrick. Não era a primeira vez que vira um corpo em meio a suas operações, mas a surpresa viera poucos segundos depois. — e ela está viva!

Murmúrios soaram pelos ouvidos de todos, estavam surpresos após tanto suspense.

Ela estava fraca, não conseguira levantar por si só. Estava nua, o que causou ruborização nas bochechas do homem já de idade ao seu lado. A mulher de cabelos escuros estava com a boca tampada e olhos esbugalhados, em busca de ajuda — era possível ver aquilo. Ela arriscou se movimentar, mas foi em vão, seus olhos estavam vermelhos de choro e boca inchada. Ainda na mira de todos, ela começou a chorar, mais uma vez.

Seu corpo, estava preenchido por tatuagens e, a maior de todas em suas costas, mostrava nitidamente a quem se dirigia. Um nome. Justin Drew Bieber.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! :)

Minhas redes sociais:
Twitter: @thrustjbieber
Ig: @lorh._

Leiam minha outra estória: https://spiritfanfics.com/historia/night-changes-9132137


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...