História Looking For You - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Hyoyeon, Jessica, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Romance, Taeny
Exibições 213
Palavras 5.796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, FemmeSlash, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ei tem bastante gente de aniversário hoje, mas uma pessoa em especial é a minha dongsaeng do coração L_Mouse, e esse é o meu presente <3

Capítulo 7 - A unnie está apaixonada!


Fanfic / Fanfiction Looking For You - Capítulo 7 - A unnie está apaixonada!

O sol parecia querer castigar quem saísse de casa, já dentro de casa a temperatura se mantinha agradáveis e com esse argumento Taeyeon estava jogada no sofá da sala dos pais com o notebook sobre as pernas ajeitando algumas coisas do trabalho, já que faltaria a semana inteira.

Ouve passos atrás de si e logo Hayeon, sua irmã caçula, aparece a sua frente e se joga no sofá também ficando do lado contrário ao seu. A morena apenas volta a atenção para o seu trabalho, sendo que teria até o fim do dia para entrega-lo. Ouve um suspiro impaciente e a pequena se acomoda numa melhor posição no sofá, seu pé bate no braço da mais velha e ela acha divertida a expressão da irmã quando o notebook balança atrapalhando sua digitação.

Ela esbarra novamente no braço e sorri quando Taeyeon lhe olha, mas fica com um bico quando volta a atenção para o aparelho. Tenta novamente e a morena está prestes a ralhar com a caçula, quando a porta da sala é aberta.

- Taengoo! - o irmão mais velho entra no lugar.

- Oppa! - a morena deixa o notebook sobre a mesa de centro e levanta correndo para os braços de Jiwoong, Hayeon também levanta, mas ao contrário da outra, apenas cruza os braços e vai para a cozinha.

- Ei Hayeon! - ele tenta chamar, mas é ignorado. - O que aconteceu aqui, vocês brigaram? - questiona.

- Ela estava fazendo birra! - dá de ombros. - Mas me conte tudo! - puxa o mais velho para o sofá.

- Eu pedi Hannah em noivado nesse fim de semana. - revela e Taeyeon faz careta.

- Eu não gosto dela! - faz bico e desvia o olhar.

- Tae - chama a atenção da dongsaeng e segura o seu queixo para a fazer lhe olhar. - Eu amo a Hannah, por favor, não implique com ela, sim?

Taeyeon suspira e apenas concorda com a cabeça.

- Ela vai vir jantar aqui hoje, seja simpática e puxe assunto.

- Vou me esforçar!

- Então sorria para mim! - puxa as bochechas dela esticando os lábios da mesma num sorriso. Taeyeon acaba rir mesmo e Jiwoong lhe abraça. - Agora vamos atrás da nossa maknae birrenta!

Levantam e seguem para a cozinha atrás da Kim mais nova, encontram Hayeon sentada na mesa com uma taça de sorvete de baunilha, o preferido da morena.

- Pensei que fosse ganhar um abraço de urso da minha princesa! - Jiwoong provoca, ela ergue o olhar, mas assim que vê Taeyeon, fecha a cara. A morena percebe e fica intrigada com tal ato. - O que deixa você chateada? – ele pergunta e se aproxima deixando um beijo carinhoso nos cabelos castanhos.

Percebendo que a mais nova não iria falar se estivesse ali, Taeyeon resolve subir para o quarto, passa pela sala pegando o notebook e sobe. Seu celular sobre a cama exibia na tela a chegada de uma mensagem de Sooyoug.

Se joga na cama para responder.

(...)

Jessica chega ao andar desejado e espera as portas do elevador abrir, caminha até a porta e mesmo tendo a chave, estava com preguiça de vasculhar a bolsa cheia de coisas em busca da mesma. Bate na madeira e espera a pessoa do outro lado vir lhe atender, não demora a ouvir passos e a voz de Yuri dizendo que já estava chegando.

- Olá - se surpreende - Amor!

Jessica lhe sorri e passado o susto Yuri a abraça e beija seus lábios num selinho.

- Boa noite seobang! - lhe dá outro selinho mais demorado.

Yuri a puxa para dentro do apartamento e Jessica joga a bolsa no sofá quando chegam a sala e assim, tem as mãos livres para segurar o rosto de sua morena e aprofundar mais o beijo, sua língua entrando na boca de Yuri e as fazendo soltar um gemido. A morena termina o beijo com alguns selinhos e sorri encostando suas testas.

- Amei a surpresa! - murmura.

- Que bom, por que de qualquer jeito, eu iria passar a noite aqui e voltar só amanhã. Você dormiria na sala se brigássemos! - sorri e Yuri solta uma risada.

- Eu te amo, minha ice princess! - deixa um beijo carinhoso na ponta do nariz da Jung.

- Eu sei! - dá de ombros e se solta do abraço. - Quero comida! - fala manhosa, Yuri vai até ela abraçando sua cintura por trás e a guiando até a cozinha enchendo de beijos seu ombro.

(...)

Depois do jantar, que serviram e foram comer na sala, ambas apenas deixam os pratos sobre a mesa de centro e se acomodaram abraçadas no sofá. Yuri suspira satisfeita pelo alimento e por estar ali com a namorada nos braços. A carinha cansada da Jung deixava o seu coração apertado, e morria de medo de algo lhe acontecer por fazer as duas horas de viagem sozinha e quase de noite.

Já tinha tomado uma decisão.

- Amor? - chama Jessica e beija sua testa para lhe fazer despertar. Quando a loira abre os olhos e ergue a cabeça, tem certeza de que já tem a sua atenção. - Eu estava pensando, estamos namorando há quatro anos, e lembro que tínhamos combinado que quando estivéssemos terminando a faculdade iríamos morar juntas!

Jessica se ajeita no sofá apoiando a cabeça sobre a mão ficando mais alta para ver o rosto da namorada.

- Eu já terminei minha faculdade, e você está no último semestre. - continua - Não quero você fazendo essas viagens longas e se cansando ainda mais! - ajeita os cabelos loiros atrás da orelha - Eu amo você, então quero lhe convidar para vir morar comigo.

Jessica fica surpresa e levanta do sofá passando as mãos no rosto, Yuri faz o mesmo.

- Yul eu - suspira. - Nossa estou tão emocionada com isso! - sorri e se aproxima segurando as mãos da amada. - Eu amo você seobang, mas não posso deixar o asilo agora! Na verdade, eu gosto muito de lá e criei um amor por aquelas pessoas que foram abandonadas pela família e necessitam de carinho!

A expressão alegre de Yuri murcha e Jessica percebe isso, larga as mãos da morena e segura seu rosto.

- Não fique chateada comigo, por favor. - súplica. Yuri se inclina e sela seus lábios.

- Estou orgulhosa por você pensar no bem dos outros, acima de tudo e querer ajudar! - a abraça.

- É o meu trabalho cuidar deles seobang! - dá de ombros.

- Que tal eu ir morar com você? - a pergunta surpreendente a Jung.

- Como? - solta Yuri. - Yul você não pode fazer isso! Você tem um emprego fixo aqui. - começa a argumentar, mas a morena não lhe deixa continuar selando seus lábios.

- Jessica Jung, você aceita casar comigo?

Tudo escurece.

(...)

Tiffany acha estranho quando chega para trabalhar na quarta-feira e Yuri não está no vestiário como de costume ajeitando as suas coisas. Guarda suas coisas no armário e segue para dar a primeira aula do dia.

Estava descansando no intervalo para a próxima aula quando avista uma figura inusitada caminhando pela academia, o que Jessica estaria fazendo ali? Deixa a garrafinha de água sobre o banco saí da sala.

- Jessica! - chama sua atenção. - O que faz aqui?

- Olá Stephanie! - caminha em sua direção. - Vim encontrar com Yuri! Ela marcou uma reunião com Boa!

- Estranhei de não ter a visto hoje. Aconteceu algo? - pergunta. Jessica não contém o sorriso e ergue a mão mostrando o anel em seu dedo. A reação de Tiffany é de dar pulinhos e gritinhos animados chamando a atenção das outras pessoas.

- Yul fez o pedido ontem e fomos comprar as alianças hoje cedo! - admira bobona olhando para a aliança.

- Que incrível! - segura a mão da loira.

- Ei garotas! - Yuri chega passando o braço sobre os ombros da noiva e deixa um beijo em sua bochecha.

- Olá Yul! Parabéns! - dá pulinhos animados novamente abraçando as duas ao mesmo tempo.

- Obrigada Fany! - sorri. - Venha almoçar conosco, tenho outra coisa pra contar!

Tiffany olha insegura para Jessica, não queria ser um incomodo entre as duas. Mas o sorriso que Jessica lhe dá, mostra que está tudo bem, então aceita.

- Só tenho mais uma aula agora de manhã, depois de um banho podemos ir! - ambas concordam.

- Vamos dar uma volta e nos encontramos no restaurante! - Yuri combina.

(...)

Taeyeon bate de leve na porta e ao não obter resposta, abre a mesma encontrando Hayeon deitada na cama ainda de pijama com o celular na mão. A mais nova desvia o olhar para o aparelho. A morena senta na beira da cama e limpa a garganta.

- Desculpe - murmura.

- Você nem sabe do por que está se desculpando! - murmura também. Envergonhada Taeyeon baixa o olhar.

- Não sei mesmo! - dá de ombros. - Eu apenas fiquei na minha, você quem ficou estranha!

- Eu sou adolescente Tae, sou estranha! - isso faz a morena rir. - Eu fiquei feliz com a notícia de que você viria nos visitar, mas poxa unnie, nesses quatro dias você apenas ficou naquele computador, eu queria ir passear e ter conversas de garotas com a minha irmã! - joga os braços para cima frustrada - Mas foi só o Woong chegar que você largou tudo e até foi gentil com a Hannah! - cruza os braços e faz biquinho.

- Oh Hayeon! - se aproxima da mais nova e lhe abraça. - Desculpe por eu ter sido uma péssima irmã!

Tinha ficado tão focada em ocupar a cabeça com alguma coisa, que esqueceu o seu real objetivo para a viagem.

- Eu estava tentando ocupar a cabeça para esquecer umas coisas. Desculpe Hayeon! - beija os cabelos da irmã.

- O que aconteceu unnie? Está apaixonada? - se empolga o que a faz rir.

Hayeon solta da irmã e senta na cama com os olhinhos brilhantes, coisa de adolescente ver sempre um romance em todo lugar. Taeyeon revira os olhos e agarra o pescoço da irmã fazendo cascudo em sua cabeça.

- Minha vida amorosa não diz respeito a minha irmã mais nova! - levanta da cama rumo a porta do quarto.

- Isso quer dizer que está mesmo apaixonada? - a caçula estava logo atrás de si. - Quem é o cara? Ele é um oppa bonito? Como se conheceram? - estava pulando atrás de si.

- Ei por que tanta empolgação? - Hannah também aparece no corredor saída do banheiro.

- A unnie está apaixonada!

Taeyeon para de caminhar virando-se para a irmã língua solta, lhe dá um olhar furioso, pois não queria aquela mulher sabendo de sua vida. Hayeon se encolhe e murmura uma desculpa.

- Oh! Mas isso é ótimo! - Hannah também se entusiasma.

A morena apenas vira e volta a caminhar pelo corredor descendo até a cozinha, sua mãe tinha ajeitado o café e Jiwoong levanta da mesa assim que vê as três entrando.

A Sra. Kim serve um copo de achocolatado para os quatro.

- Por que estão quietas? - questiona estranhando tal comportamento.

- A unnie está brava, por que eu contei a Hannah que ela está apaixonada! - revela.

Todos os olhares da mesa vão para Taeyeon.

(...) 

Elas já tinham jogado bastante conversa fora desde a chegada de Tiffany ao restaurante, mas Yuri nada de contar a outra novidade, embora a Hwang já suspeitasse o que fosse sendo que estavam noiva. Os pratos já tinham chegado e se deliciavam com o almoço leve enquanto o casal contava como se conheceram, a castanha ria sem parar.

- Ela ficou muito brava comigo. Fui me desculpar e acabei a convidando para sair. Eu conquistei Jessica Jung com todo o meu charme e sedução! – Yuri passa o braço sobre os ombros da loira e com a outra mão joga os próprios cabelos de um jeito exibido. – E vinho, essa minha noiva ama vinhos! – completa.

Tiffany solta uma risada e Jessica fuzila a noiva, mas acaba por rir também.

- É uma história bonita. Estou feliz por não ter desistido dela Yul! – a castanha incentiva.

- Foi a melhor decisão da minha vida! – a morena olha para a loira e de longe era notável o amor que existia ali. 

Tiffany pensa em quando poderia fazer trocas de carinhos e olhares com a sua Taeyeon. E falando na baixinha, a Kim tinha sumido novamente, mas dessa vez ela não teve coragem de pedir para Sunny ou Sooyoung o paradeiro da morena, não queria parecer uma louca controladora, embora estivesse mesmo louca de preocupação. Estava pensando em pedir para Seohyun se Yoona sabia alguma coisa.

- Mas então, qual a outra novidade? – resolve entrar de uma vez no principal assunto que as levou a aquele almoço divertido.

Yuri e Jessica trocam um olhar e então voltam para Tiffany.

- Nós vamos ir morar juntas! - a Kwon revela, a castanha abre um lindo eye-smile para a amiga e vai falar algo, mas Yuri prossegue - Eu vou ter que sair da academia e ir morar no apartamento de Jessica!

Tiffany arregala os olhos tamanha surpresa e cobre a boca com as mãos para conter a exclamação.

- Eu não quero sair do asilo - Jessica começa - Você vai lá sempre então sabe o quanto aquelas pessoas precisam de atenção. - estende a mão sobre a mesa segurando a de Tiffany - Por isso Yuri vai pra lá! Mas você será bem vinda em nosso apartamento quando quiser. Não quero afastar minha noiva das amigas e vi que vocês se adoram!

Os olhos da castanha enchem de lágrimas, mas não de tristeza pois não cabia em si de tanta felicidade, tudo o que mais queria era ver Yuri feliz e Jessica lhe fazia feliz, além das duas terem se tornado amigas. Estava muito feliz por elas. Solta a mão de Jessica e levanta da mesa dando a volta até ficar próxima as duas e coloca os braços ao redor dos ombros de cada uma.

- Meu Deus, por que eu ficaria triste com uma notícia tão boa dessas! - exclama e beija a bochecha da morena - Desejo toda felicidade do mundo e sinceramente Kwon, espero que coloque o plano de abrir sua própria academia em prática, ok?

- Só se a minha melhor amiga Tiffany Hwang aceitar ser minha sócia e vir dar aula comigo de novo!

- Oh - ri - Prometo pensar com carinho na proposta! E você Jessica! - deixa um beijo na bochecha da mesma agora - Tenha paciência com esse morena aqui e não a deixe tomar muitos cafés!

As três caem na risada.

(...)

Juniel estava concentrada nas atividades que fazia que quando seu celular começa a tocar dá um pulo de susto fazendo os colegas riem. Tinha pego uma aula extracurricular na última semana de férias para ter companhia e sentir tanta a falta da namorada.

Sorri e levanta dizendo que vai atender a ligação e sai da sala.

- Taeyeonnie! - atende contente. - Quando você volta? - pergunta. Taeyeon ri do outro lado da ligação.

- Boa tarde Juniel! - cumprimenta primeiramente.

- Eu ainda não almocei então é bom dia! - dá de ombros. - Quando você volta, sinto muita sua falta! - faz voz manhosa.

- Sábado no fim da tarde acho que já chego. Tenho que ir visitar uma amiga, então chego só no fim do dia mesmo! - justifica.

Juniel engole a curiosidade de perguntar quem seria a tal amiga que a castanha iria visitar.

- Está bem! Como está sendo a viagem? Estão todos bem? - muda de assunto.

- Estava com saudades da minha família, mas Hayeonnie já está enchendo o saco! - ouve uma voz ao lado de Taeyeon reclamando e a Kim ri dizendo estar conversando com uma amiga. - Você está fazendo o que agora que não foi almoçar?

- Eu tenho as aulas agora pela manhã, lembra? - a morena murmura compreensiva. - Estamos apenas terminando um trabalho, já vou para casa!

- Não pule as refeições, ok? - ouve outra voz ao lado de Taeyeon. - Juniel tenho que ir agora, Hayeon, Jiwoong e eu vamos tomar sorvete! - a voz ao lado de Taeyeon se manifesta de novo. - E Hannah, eu não tinha esquecido dela! - responde para a pessoa ao seu lado. - Nos falamos mais tarde?

- Sim, eu ligo! - sorri.

- Bom estudo e vá comer! - lembra.

Se despedem e Juniel volta para dentro da sala encontrando a mesma parcialmente vazia, apenas Yonghwa ali que sorri quando lhe vê entrando.

- O pessoal saiu para almoçar, eu te esperei pra não ficar sem saber onde estaríamos! - justifica.

- Omo, obrigada! - fica sem jeito.

- Eles foram comprar algo e deixaram o material aqui, então quando voltarem nós vamos e eles cuidam! - concorda com a cabeça e volta a sentar no seu lugar.

Se concentra para continuar a fazer a atividade que estava antes da ligação, mas percebe pelo canto do olho Yonghwa lhe fitando e começa a sentir o rosto esquentar, deixa o caderno de lado e pensa num assunto para começarem a conversar, mas nada lhe vem a cabeça.

- Quem era no telefone? - quebra o silêncio, Juniel fica surpresa com a pergunta e demora em responder. - Desculpe, não quero ser evasivo! - toma o silêncio dela de forma errada.

- Era apenas uma amiga! - temia sofrer algum preconceito por parte do garoto, por isso preferiu mentir, embora na sua verdadeira opinião não era de um todo mentira, já que os modos de Taeyeon consigo eram bem mais de "amigas que trocam beijos" do que de namorada mesmo.

Seu coração apertava só de pensar que talvez a morena estivesse apaixonada por outra pessoa, se fosse esse o motivo de tanto distanciamento de sua parte, preferia que a Kim fosse sincera de uma vez. Estava apaixonada por Taeyeon, claro, mas não se importaria em ficar apenas com a sua amizade, afinal quem gosta mesmo da pessoa, fica feliz em vê-la com quem a faz feliz.

- Voltamos! - sai dos devaneios quando o grupo volta com as mãos cheias de embrulhos de comida. - Agora vocês podem ir!

- Obrigada! - espera Yonghwa levantar também e saem juntos da sala.

- Você gosta de que tipo de músicas? - ele começa um assunto novo e vão conversando assim até voltarem para a sala novamente depois de comprar o almoço.

(...)

Sexta-feira pela noite e Hayeon insistiu em dormir com Taeyeon por ser sua última noite ali, tinham feito uma pequena festa do pijama entre irmãs e depois de alguns filmes a caçula acabou dormindo agarradinha na mais velha.

Por ainda não estar com sono - talvez ansiedade da viagem de volta - a morena não estava conseguindo dormir, então optou por assistir mais um filme antes de se forçar a dormir. Desvia o olhar da televisão quando ouve uma batida na porta e sua mãe abre colocando apenas a cabeça para dentro.

- Não está conseguindo dormir? - pergunta com um sorriso de mãe que já conhece muito bem os filhos. Taeyeon assente com a cabeça. - Vamos descer na cozinha e preparo uma xícara de leite para você! - convida.

Taeyeon se desvencilha com cuidado de Hayeon para não a acordar e segue a Sra. Kim até o primeiro andar da casa. Senta-se numa das cadeiras da mesa enquanto observa a mais velha caminhando pelo cômodo em busca do necessário para o preparo do que falou.

Já com a xícara em mãos sopra um pouco antes de beber o primeiro gole e a mãe senta-se no lugar a sua frente.

- Hm, o que Hayeon falou na quarta-feira é verdade? - pergunta. Taeyeon suspira, sabia que uma hora ou outra a mãe iria a questionar, na sua opinião até que ela soube esperar um pouco antes de deixar a curiosidade lhe dominar.

Pacientemente bebe mais um gole do leite e deixa a xícara sobre a mesa, mas mantém as mãos ao redor da mesma.

- Eu estou mesmo gostando de alguém! - deixa o olhar baixo quando confessa e escuta a exclamação surpresa da mãe.

- Omo! - a Sra. Kim estende a mão sobre a mesa até segurar a sua.

- Mas mãe - ergue o olhar para a mais velha - Eu não muita certeza de como vão ser as coisas entre nós, é um pouco confusa a nossa relação. Por isso não contei nada e também não quero que a senhora fique espalhando isso por aí!

- Taeyeon - aperta de leve a mão da filha - Se é uma relação confusa, quer dizer que não é o certo!

- Mas eu - suspira e fecha os olhos com força - Eu posso dizer que estou muito apaixonada por essa pessoa. E estaria disposta a dar uma nova chance caso ela merecer!

- Bem - a Kim sorri - Eu lhe aconselho a tentar errar é humano e faz as pessoas aprenderem. Se você acha que é o certo dar uma chance, então dê e saiba que vou estar aqui caso precisar de um colo de mãe!

Taeyeon levanta da cadeira dando a volta na mesa até chegar a mais velha com um olhar pidão que logo faz a Kim entender o que a filha quer e dar espaço e abrir os braços a acolhendo no colo.

- Oh minha garotinha está apaixonada! - abraça bem forte a filha e Taeyeon deixa a cabeça apoiar no ombro da mãe. - Tae você promete usar preservativo? - a morena logo se afasta da mãe para poder lhe olhar na cara, enquanto sente o próprio rosto esquentar.

- Mãe - tenta levantar, mas a Kim lhe segura a cintura para permanecer no lugar.

- É sério Taeyeon! - ri - Meu sonho é ser vovó, mas sinceramente estou esperando isso de Jiwoong e Hannah primeiro! - esclarece - Você está terminando a faculdade agora e mesmo assim, com 23 anos lhe acho nova demais pra pensar em bebês!

- Você teve Jiwoong com 20 anos! - lembra.

- E não me arrependo disso. Mas eu quero que meus filhos estudem e sejam alguém na vida, claro que filhos não são justificativa para não estudar, mas eu e seu pai nos esforçamos para lhes dar o melhor!

- Eu sei omma! - abraça novamente - E obrigada por tudo! - beija sua bochecha. - Prometo que não vou decepcionar!

- Taeyeonie? - ouvem uma voz fraca e sonolenta na porta e ali está Hayeon coçando os olhos de um jeito fofo. - Já está na hora de você ir?

- Ainda não minha pequena! - faz sinal e ela também se aproxima sendo abraçada por ambas.

(...)

A ideia era aproveitar a viagem de volta para visitar a Sra. Hwang no asilo, mas infelizmente não conseguiu dormir dentro do ônibus então estava muito cansada, mas sabia que se não aproveitasse aquela viagem, provavelmente demoraria mais algumas semanas para poder fazer a visitar, principalmente por que as aulas voltariam.

Já com a mala nas mãos caminha quase se arrastando do portão até a recepção do asilo onde, como já era o esperado, encontra Jessica, o estranho era o sorriso em seus lábios.

- Ei Kim! - lhe cumprimenta animada. Taeyeon já estava acostumada as alterações de humor da mesma, então pouco se importou com isso. - Você sumiu!

- Olá Jessica! - dá um meio sorriso cansado.

- Estão todos lá fora! - aponta para a porta. - Esses dias bonitos deixam os idosos animados!

- Posso deixar minha mala aqui? - aponta para o objeto ao seu lado.

- Claro, posso ficar cuidando do seu parente! - ri e a morena revira os olhos desejando que o humor frio da loira voltasse.

Ao sair para o jardim dos fundos do lugar encontra todos os idosos reunidos em várias fileiras e lá na frente de todos dando instruções dos exercícios está Yuri, o provável motivo do bom humor da Jung. Todos faziam alongamentos conforme a outra instruía e quando se aproximou mais, notou certa pessoa sentada no gramado a sombra de uma árvore. Queria muito recuar e voltar para dentro, pegar a sua mala e correr atrás do ônibus, mas infelizmente a Hwang já havia lhe visto e fazia sinal para que se aproximasse.

- Ei sumida! - sorri mostrando seu eye-smile e dá batidinhas no lugar ao seu lado para que ela sente-se.

- Fui visitar meus pais! - dá de ombros.

- Espero que tenha aproveitado! - a morena concorda. - Senti sua falta! - confessa sem vergonha de falar. Taeyeon baixa o olhar, não podia mentir.

- Também senti a sua! - ergue o olhar e Tiffany lhe encara surpresa, apenas dá de ombros novamente e desvia o olhar em direção as pessoas se alongando, abre um enorme sorriso quando vê Michelle se aproximar.

- Garotas! - exclama e Tiffany é a primeira a levantar do chão entregando uma garrafinha de água para a avó. - Taeyeon que bom que veio! - abraça a morena quando levanta.

- Desculpe ter sumido Michelle, tive uns contratempos! - se desculpa, Michelle e Tiffany trocam um olhar discreto já que a senhora sabia o motivo do sumiço da Kim e quem ela estava querendo evitar.

- Está tudo bem, querida! - segura a mão de Taeyeon dando um leve aperto. - Venham, vamos sentar num lugar melhor enquanto conversamos e observamos a aula de Yuri! - puxa ambas consigo. - Sabe Tiffany, essa sua amiga é uma ótima professora! - elogia.

- Ela vai ficar feliz em saber do elogio! - concorda.

- E você Tae, o porquê dessa carinha tão cansada? - vira-se para a morena e acaricia sua bochecha.

- Estou voltando de viagem e não dormi direito! - suspira.

- Isso é síndrome de Jessica Jung! - a castanha brinca tirando risada das duas.

- Oh querida, devia ter ido direto para casa! – lhe olha de um jeito carinhoso.

- Eu estava com saudade da senhora e me sentindo culpada por ter sumido durante as férias! – se desculpa.

- Tiffany me contou que você estava ocupada ajudando uma amiga, então está desculpada! – fala, Taeyeon e Tiffany trocam um olhar.

- Hora do lanche! – Jessica aparece chamando a atenção de todos principalmente de quem ainda fazia os alongamentos.

As pessoas começam a se dispersar da frente de Yuri para ir ao refeitório do asilo comer, então a Kwon se aproxima de todos abraçando a cintura da Jung e beijando sua bochecha.

- Vocês são animados. – fala e Michelle ri.

- Estávamos justamente lhe elogiando agora a pouco! – Tiffany sorri para a amiga.

- Tiffany – Jessica chama – Mudando de assunto, quando é mesmo o aniversário da sua irmã?

A castanha quase pula de felicidade pela a Jung ter lembrado do seu pedido de ajuda.

- Omo é mesmo! – Michelle exclama – A Hyo está de aniversário!

- Ela disse que vai vir passar o dia aqui com você! – Tiffany comunica a senhora. – É no fim desse mês! – responde agora para Jessica – O dia cai numa sexta-feira, combinamos de ir para uma festa!

- Ótimo, vamos marcar na agenda! – olha para a noiva.

- Ela pediu para lhe convidar também! – vira-se para a Kim que está em silencio apenas ouvindo a conversa toda. – Você vai? – pergunta segurando a mão de Taeyeon, que fica confusa com a repentina colocação na conversa.

- Hã eu

- Mas é claro que vai! – Yuri responde por ela, queria deixar a amiga castanha feliz.

- É

- Ótimo! – bate palmas de um jeito animado que faz Taeyeon sorrir também, Michelle, Yuri e Jessica riem da interação das duas, eram tão obvias...

- Yuri? – Taeyeon chama a atenção da outra. – Você volta ainda hoje pra casa?

- Por que?

- Eu pegaria uma carona com você.

- Hm na verdade, estou morando com a Sica! Ficamos noivas essa semana! – estende a mão e mostra o anel, a Kim levanta e cumprimenta ambas desejando felicidades ao casal. – Alias, estou fazendo um bico temporário aqui no asilo, mas a dona da academia em que trabalhava disse que tem uma amiga que está à procura de professores!

- Oh não! – Michelle se manifesta – Jessica não deixe a Yuri sair daqui ela é uma ótima professora para nós!

- Obrigada Sra. Hwang! – abraça a senhora – Posso continuar aqui no fim de semana!

- Acho justo!

- Eu daqui a pouco estou voltando, aceita carona? – Tiffany oferece. 

Taeyeon tem receio de aceitar, não queria ficar sozinha com Tiffany por duas horas dentro de um carro, mas também estava cansada demais para esperar o próximo ônibus que fosse para a sua cidade, e sabe-se lá o ônibus passaria, ou então se tinha um ônibus. Não teve outra opção a não ser aceitar a carona de Tiffany.

(...)

O silêncio no carro estava desconfortável para ambas, mas nenhuma das duas tinha algum assunto para iniciar, Tiffany resolve que é uma ótima ideia colocar alguma música e assim faz, então logo o silêncio é preenchido e quando olha para Taeyeon, ela está sorrindo para si, seu pensamento é que a morena está sorrindo bastante para si naquele dia então estava feliz por isso.

- Como foi a viagem? - puxa assunto. A Kim demora alguns segundos para responder.

- Foi muito boa - suspira - Minha irmã mais nova, Hayeon fez minha mãe e eu prometermos deixá-la vir passar o Natal comigo! - ri.

- Ela tem que idade? – olha rápido para o rosto de Taeyeon.

- Quinze.

- Oh, ao menos não vai arrumar confusão como a Hyo faz! - descontrai um pouco a situação.

- Hahahaha talvez! - dá de ombros.

- Você vai mesmo pro aniversário da Hyo? - tinha que perguntar para ter certeza.

- Posso conversar com a Juniel.

- Ah claro. - amua já menos animada do que antes.

- Ainda bem que a Michelle me desculpou por ter ficado tanto tempo ir vê-la!

- Vovó tem um bom coração. Estou tão feliz por ter voltado a falar com ela! Eu sou muito grata por você ter se empenhado tanto em ajudar a Michelle, ela te considera como uma neta também sabia? - ri - Mas eu preciso convencer a cabeça dura da Hyoyeon a vir visita-la, ao menos no aniversário. Você me ajuda Tae? Taeyeon?

Apenas obtém o silêncio como resposta, vira-se e encontra Taeyeon com a cabeça levemente tombada para o lado, os olhos fechados e um biquinho fofo nos lábios, a respiração calma indica que tinha dormido. A morena está tão fofa daquele jeito que Tiffany tem que estacionar o carro no acostamento só para observa-la por alguns momentos, mas também Taeyeon estaria desconfortável daquele jeito e poderia acordar com dor no pescoço.

Tira o cinto de segurança e vira-se para os bancos de trás do carro onde está a mala de viagem da Kim e procura pelos bolsos se tem aquelas almofadas de pescoço para viagem. Sorri quando encontra uma com estampas de caveiras, bem ao estilo Taeyeon mesmo! Seria complicado tentar ajeitar a morena sentada ao seu lado então sai do carro dando a volta e abre a porta de Taeyeon sentando na beirada do banco.

Observa Taeyeon mais uma vez, estava sentindo tanta falta de ter a morena perto de si, de poder lhe observar dormindo, de sentir o aconchego de estar num abraço. Tinha sido tão idiota, devia ter percebido antes que o seu coração também batia mais forte quando estavam juntas, que o carinho e o sorriso de Taeyeon era o que lhe deixava feliz. Mas apenas achou essas sensações todas normais, coisa de momento, passageiras.

Sente algo quente em seu rosto e percebe que está chorando, limpa rápido a lágrima e funga se concentrando em pensar em como colocaria a almofada sem acordar Taeyeon. Resolve ir na sorte mesmo e com cuidado se aproxima mais dela a puxando para frente para encaixar o objeto. A morena murmura um pouco e cai para frente, no ombro de Tiffany.

Prende a imensa vontade de rir e ajeita a almofada no pescoço de Taeyeon a empurrando com cuidado de volta para escorar no banco.

- Pronto meu bem! - sente as bochechas vermelha quando nota o que acabou de falar, ainda bem que Taeyeon estava dormindo.

As bochechas de Taeyeon também estão vermelhas, mas é com certeza por causa do calor que fazia dentro do carro, tinha que abrir um pouco os vidros ou estariam fritas até chegar ao destino final. Acaricia a bochecha da morena e morde o próprio lábio para conter a imensa vontade de beijar Taeyeon naquele momento, mas ela estava dormindo e um selinho de leve não acordaria.

Molha os lábios com a língua e se inclina, mas prende a respiração para não correr risco de acordar a Kim e toca seus lábios de leve fechando os olhos também. Não consegue segurar a vontade de chupar o lábio inferior de Taeyeon. A surpresa é quando a morena começa a retribuir o beijo tocando suas línguas e tudo fica mais intenso.

Sente as mãos de Taeyeon em seus ombros e seu corpo é empurrado para trás quebrando o beijo, abre os olhos e a Kim continua com os seus fechados.

- Eu tenho namorada Tiffany. Não posso fazer isso! - as palavras quebram o coração da castanha. 

- Mas você também me beijou! - acusa com os olhos cheios de lágrimas.

- Você quem me atacou enquanto estava dormindo! - devolve.

- Você retribuiu Taeyeon, você também quis esse beijo tanto quanto eu! - seca a lágrima.

- Tiffany, eu realmente senti muita a sua falta, e foi muito difícil passar as férias longe de você, mais difícil foi viajar pra longe e saber que não poderia apenas abrir a porta do meu apartamento e bater na porta do lado para lhe ver. Mas eu estou com a Juniel e ela me deixa bem por que sei que a nossa relação é de verdade!

- Ótimo então! - grita e levanta do banco saindo de perto da Kim. – Se ela te dá uma relação de verdade, fica com ela então!

Fecha a porta do carro com força fazendo Taeyeon dar um pulo de susto e dá a volta no carro entrando em seu lugar. O resto da viagem passou em silencio e com uma Tiffany furiosa ao seu lado, mas a castanha não estava nenhum pouco satisfeita com a resposta da Kim e isso teria volta. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...